Solidariedade sempre!

0comentário

O Capim-Santo adora divulgar ideias e iniciativas bacanas é o caso dessa dica de hoje. O Natal está chegando e muita gente nesse período tenta de alguma forma ajudar a quem precisa, mas as vezes não sabe como. Então se você é desse time, não perca o Brechó de Natal.

Foi-se o tempo em que brechó era lugar para comprar objetos fora de moda. Agora, é possível encontrar roupas e acessórios, interessantes e com bons preços.
 
Durante dois dias, o Convento das Mercês vai abrigar o Brechó de Natal. Uma iniciativa do Instituto Mirante que vai fazer a alegria de muita gente.
 
Roupas femininas, masculinas, sapatos, bolsas, acessórios, bijuterias, além de brinquedos e outros artigos que poderão ser adquiridas a preços populares.
 
São peças doadas por pessoas e estabelecimentos comerciais que serão vendidas nos dias 3 e 4 de dezembro no Convento das Mercês.
 
O dinheiro arrecadado no Brechó de Natal com a venda dos produtos será revertido para a compra de cestas natalinas e brinquedos, que serão doados para instituições apoiadas pelo  Instituto Mirante que desenvolvem atividades com crianças e adolescentes.
 
O Brechó de Natal será realizado nesta sexta e sábado de 10h às 21h, com entrada franca. Imperdível!!!

Beijos e até!!!

sem comentário »

Transforme latas de tinta em cachepôs

1comentário

A ideia, fácil de copiar, deixa o jardim com um visual descolado. Conheça os detalhes!

Não jogue fora as latas de tinta usadas: transforme-as em cachepôs para o jardim ou dentro de casa. Na foto acima galões de tinta de 18 litros viraram lindos cachepôs. Para isso, bastou passar removedor de tinta pelo lado de fora das latas e depois lavar bem e remover o topo.

Depois, as peças receberam pintura automotiva e cinco furos na parte inferior, para a drenagem. Se você não tiver como fazer esse tipo de pintura use um rolinho que o efeito também é lindo!

Para que o novo vaso tenha uma boa drenagem basta cobrir o fundo dos recipientes com 5 cm de brita. Nessa sugestão uma muda de eufórbia em vaso de plástico foi colocada em cada lada. Outra camada de brita fez o acabamento.

Beijos e até!!!

Fonte: Minha Casa

1 comentário »

Flores para presentear

1comentário

 

Postei essas imagens de flores, mas o meu foco hoje está nas embalagens. Nos três casos os arranjos foram montados com sacos de papel, fitas e barbante. Achei a ideia super prática e criativa. O que vocês acharam?

Beijos e até!!!

Fotos:  Urban Crop  e Skinnlaminx

1 comentário »

Aprenda a fazer a guirlanda do advento

0comentário

O Mais Você  deu uma ótima dica de artesanato que, além de lindo, é muito simbólico: a guirlanda do advento. Advento vem do latim advenire – que significa vir, chegar. Representa o tempo de espera daquele que há de vir.

Essa guirlanda ou coroa teve origem na Alemanha no século 19, nas regiões evangélicas. Só no século seguinte é que os católicos adotaram o costume. E até hoje, no período natalino, elas são usadas para enfeitar as festas, simbolizando a chegada de Cristo. Quem ensina a fazer a guirlanda é a designer floral Eunice Soffner, lá de São Paulo.

Anote o material para fazer a guirlanda do advento e confira o passo a passo no vídeo:

8 plantas conhecidas como “suculentas”
½ maço de tuia
½ maço de azevinho
2 vasos grandes de kalanchoê vermelhos
1 caixa de musgo
12 nozes
Flores secas
8 amarrados de pau de canela
Ráfia e arames número 22, com 20 cm de comprimento
4 velas vermelhas
Alicate de florista e faca
1 espuma de 40 cm de diâmetro no formato de guirlanda

E aí gostaram? Essa guirlanda é um lindo arranjo para a sua mesa. Beijos e até!!!

sem comentário »

Plantas que trazem sorte e proteção

0comentário

Expostas em vasos charmosos e locais estratégicos, espécies de desenho escultural e fácil manutenção trazem frescor para a casa, além de sorte! Se você está precisando atrair bons fluidos, conheça espécies que são verdadeiros amuletos.

Neste projeto a designer Karina Arruda optou em não plantar todas as espécies diretamente na terra. Ela preferiu reaproveitar vasos que já tinha ao criar este jardim de entrada.

As peças foram misturadas sem a preocupação de combiná-las. Nos vasos foram dispostas plantas que, na tradição popular, são associadas a sorte e proteção como: comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia amoena) (1), alecrim (2), manjericão (3) e pimenteira (4). As diferentes alturas dos vasos fazem todas aparecerem. Para completar o espaço, a designer colocou minipapiros na fonte ao fundo e duas moitas de moreia (Dietes bicolor) próximas ao deque de madeira.

A maioria das espécies escolhidas por Karina dá pouco trabalho. Regar diariamente e expor ao sol são os cuidados principais. Temperos pedem manutenção mais atenta, como o manjericão, que deve ser podado com frequência, e a pimenteira, cujo ciclo de vida é curto e precisa de substituição constante.

Fonte: Minha Casa

sem comentário »

Aprenda a montar uma fonte

2comentários

Segundo o feng shui, ter uma fonte em casa é garantia de prosperidade.  Especialistas recomendam dispor a fonte próxima à parede da porta principal. Outra localização indicada é no canto esquerdo de quem entra na sala. No entanto, é preciso tomar alguns cuidados. Depois de instalada, ela jamais deve ficar vazia. “Isso estanca a energia”, detalha Mariângela Pagano, consultora de Feng Shui.
Se você é daqueles que gosta de colocar a mão na massa, confira o passo-a-passo e crie sua fonte personalizada.

Material

- Cuia de fibra de vidro ou bacia de cimento ou cerâmica (37 cm de diâmetro e 15 cm de altura)
- Motor, de preferência, silencioso
- Pedrisco
- Planta aquática

Despeje as porções de pedriscos no fundo da bacia. Eles podem ser substituídos por pedras ou seixos maiores. Evite areia, pois ela prejudica a bomba. No centro do vaso, assente o motor. Os pedriscos vão esconder e firmá-lo no fundo da peça. Depois, cubra o equipamento com água. Ele deve ficar sempre submerso, do contrário queimará.

Delicadamente, coloque as mudas da planta aquática. A escolhida foi o aguapé (Eichhornia crassipes). Depois, ligue o motor na tomada e ajuste o fluxo de água do chafariz.

Beijos e até!!!

Fonte: Minha Casa

2 comentários »

Casa de boneca ou de gente?

0comentário

Olhando assim até parece uma casinha de boneca não é mesmo? Mas é só aparência. Essas imagens são de uma casa de verdade e foram tiradas do blog da Eva Kylland.

Muitas flores e uma mistura de cores de muito bom gosto. Em outro ponto da fachada conjunto de vasos de formatos e material variados compõe o paisagismo.

Na parte interna da casa móveis rústicos e com muito colorido dão continuidade a proposta da parte externa da casa. Tecidos florais cobrem as almofadas do sofá criando um clima romântico.

Beijos e até!!!

sem comentário »

Telhado verde

2comentários


Nos dias de hoje em que a temperatura do planeta está cada dia mais alta buscar soluções para amenizar o calor é o sonho de muita gente. Uma saída que muitos arquitetos e paisagistas tem usado é o telhado verde. Os telhados verdes podem deixar sua casa mais fresca sem usar aparelhos de ar-condicionado.

Mas para ter esse “jardim nas alturas” é necessária a contratação de profissionais especializados, afinal ninguém quer resolver um problema criando outro, não é verdade? Já pensou uma infiltração em casa!!!

Na montagem acima, mostro duas soluções para quem quer “enfiar o pé na grama” de verdade. Agora se você é menos ousado, mas não desiste nunca (rsrsrs) pode optar pela ideia da montagem abaixo.

Aqui, bancos e espreguiçadeiras dividem espaço com árvores e muitas plantas em vasos. Ah! Tem um espelho d’água também, mas ele pode ser substituído por uma fonte montada em bacias de cimento, cobre ou outro material e para movimentar a água a boa e velha bomba de aquário resolve.

Beijos e até!!!

Fotos: Eva Kyllan e Casa e Jardim

2 comentários »

Jardim vertical alternativo

3comentários

Gente essa dica foi enviada ao Capim-Santo pela minha amiga Cynara Aragão. Ela viu no site Minha Casa e eu achei incrível a ideia.  É um jardim vertical feito em uma sapateira dessas compradas em mercados e feiras. Na sapateira foram plantadas várias espécies de suculentas. Veja na sequência dos bolsos quais são elas: (1) aórtia cuspidata (Haworthia cuspidata), (2) dedinho-de-moça (Sedum burrito), (3) ripsális arbustivo (Rhipsalis baccifera), (4) rosa-de-pedra (Echeveria glauca), (5) aórtia (Haworthia sp) e (6) colar-de-pérolas (Senecio rowleyanus).

Agora veja um passo a passo e aprenda a fazer o seu jardim vertical.

Material:

- Sapateira de náilon
- Varão de 1,50 m com suportes
- Suculentas (aqui foram usadas nove mudas de espécies variadas)
- 1 kg de terra vegetal
- 1 kg de argila expandida
- Pá de jardinagem

Passo a passo:


Coloque o varão na parte superior da sapateira – veja que ela tem uma abertura apropriada para receber esse reforço. Instale os suportes do varão na parede e pendure o acessório. Escolha os bolsos que receberão as mudinhas e preencha cada um deles com cerca de cinco dedos de argila expandida.

Cubra a metade do espaço que sobrou em cada um dos bolsos com terra vegetal (enriquecida com adubo e nutrientes). Plante as mudas de suculentas em seus respectivos lugares. Cuidado para não ferir as raízes durante esse processo. Complete com terra a área em volta das plantas. Como o náilon é poroso, a água excedente escorrerá naturalmente após a rega.

Cynara obrigada pela dica!!! E vocês, o que acharam? Beijos e até!!!

Reportagem Visual: Tatiana Guardian e Verônica Naka (Assistente)
Fotos: Kit Gaion/Minha Casa

3 comentários »

A arte de reaproveitar

0comentário


 

Na hora de decorar um ambiente, as pessoas logo correm para casas de materiais de construção, garden centers e lojas de decoração em busca de peças novinhas em folha. Porém, esquecem-se que reaproveitando materiais de casa ou garimpando peças antigas em ferros velhos e depósitos é possível criar soluções interessantes e econômicas. É só usar a criatividade. Onde muitos enxergam apenas lixo, podem existir charmosos produtos.

Essa foto mostra duas ótimas ideias de como decorar a casa e também se tornar um amigo da natureza. Veja esse quadrinho feito com uma antiga porta de um maleiro de um guarda-roupa de pinus (esquerda). A porta pintada com tinta látex, vasinhos próprios para encostar, um pé de cactos artificial (pode ser um de verdade ou suculentas!!!), conchinhas e passarinhos…

Nesta outra (direita), margaridinhas colhidas no jardim foram parar no banheiro dentro de um frasco de sabonetes usado que recebeu um lacinho feito com fio de palha. E aí gostaram das dicas?

Beijos e até!!!

Fotos: Jeito de Casa

sem comentário »