Policial militar põe arma na cabeça de motorista da

0comentário


Secretaria de Turismo na praça João Lisboa

Uma discussão de trânsito entre um policial militar e um motorista da Secretaria Estadual de Turismo ocorrida há cerca de duas horas, em pleno Centro, quase termina em tragédia.

O motorista Israel Pereira Viana e o policial militar identificado como Manoel Vitorino trafegavam, ambos em carros particulares, pela rua da Paz, por volta do meio-dia e meia, quando começaram a se desentender.

Segundo testemunhas, o PM, que estava à paisana, teria ficado irritado porque o outro condutor desenvolvia baixa velocidade à sua frente e passou a pressioná-lo para fazer a ultrapassagem. Como o outro não deu espaço, Manoel fez uma manobra brusca. Assim que os dois veículos emparelharam, Israel teria ameaçado o policial de morte e feito um gesto obsceno com o dedo médio de uma das mãos.

Furioso, o PM seguiu o outro motorista até a praça João Lisboa. Israel estacionou seu carro em frente ao escritório central dos Correios. O militar parou logo atrás, foi em direção ao rival, arrancou-o de dentro do carro, para em seguida encostar um revólver em sua cabeça. Dezenas de pessoas que presenciaram a cena ficaram assustadas.

Contidos os ânimos, os dois seguiram para o Plantão Central da Beira-mar para registrar ocorrência. Lá, foram informados de que ali só se fazem registros em caso de flagrante. Manoel e Israel se dirigiram, então, ao 1º Distrito Policial, na rua da Palma, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

sem comentário »

IBGE confirma: São Luís não tem 1 milhão de habitantes

0comentário

Foi divulgado nesta manhã o resultado oficial do censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os números confirmam que São Luís não tem mesmo 1 milhão de habitantes. O resultado contraria as estimativas do próprio órgão e os interesses da Câmara Municipal, que promete entrar com ação na Justiça para que seja feita a revisão da contagem populacional.

O recenseamento apontou que a capital maranhense tem 921.450 habitantes. Segundo estimativa feita ano passado pelo IBGE, a população de São Luís chegava, na época, a 998.385 habitantes. Ou seja, o próprio órgão responsável pelo censo superestimou o contingente populacional do município.

Desde seu início, o censo foi marcado por polêmica. O IBGE alegava que vinha sendo impossível aos recenseadores ter acesso a boa parte dos 200 mil domicílios capital maranhense, sobretudo os da área considerada nobre, onde muitos imóveis permaneciam o dia inteiro fechados. Ainda de acordo com o órgão, muitas pessoas, também moradoras de bairros de alto padrão, dificultavam e até mesmo impediam a entrada dos agentes em suas residências por medo da violência.

Mesmo com a divulgação do resultado oficial – até o momento, definitivo -, a polêmica está longe de ter fim. A Câmara de Vereadores deverá mobilizar todas as suas forças para que haja uma recontagem, sob a alegação de que ao atingir 1 milhão de habitantes, o município receberá muito mais recursos federais, entre outros benefícios.

Outra conseqüência do aumento populacional seria a criação de 10 novas vagas de vereadores no Legislativo municipal. Assim, o número de cadeiras aumentaria dos atuais 21 para 31.

São dois aspectos distintos. Um abrange toda a população, que, espera-se, seja contemplada com mais obras e serviços com o aumento dos repasses federais à prefeitura. O outro favorece um grupo restrito. Para o bem dos ludovicenses, o primeiro deve prevalecer sobre o segundo.

sem comentário »

Governo limita viagens a Morros e

0comentário


prejudica turismo na região do Munim

Portaria baixada pela secretária de Estado das Cidades, Desenvolvimento Regional Sustentável e Infra-Estrutura, Telma Pinheiro, limitou em 30 por semana o número de viagens turísticas a Morros, cidade conhecida por suas belezas naturais, em especial o rio Una, e que todos os fins de semanas atrai milhares de visitantes. A medida deixou apreensivos empresários do ramo turístico, pois pode prejudicar a exploração dessa atividade, que há vários anos gera trabalho e renda não só à população do município, mas a toda a região do Munim.

Em seu artigo 2º, a portaria fixa o número máximo de excursões semanais e determina que seja obedecida a ordem cronológica dos pedidos. Ou seja, quem chegar primeiro obtém autorização para fazer a viagem. O critério é mais do que contestável, já que pode dar margem a favorecimentos, dependendo da ligação desta ou daquela empresa com a secretaria.

A Associação das Empresas de Ônibus, composta por empresários que organizam excursões a Morros regularmente, foi a primeira entidade a se manifestar contra as prováveis perdas que deverão decorrer da restrição do número de viagens ao município. A entidade afirma que a limitação levará grande parte das empresas à falência.

Morros foi fundada em 28 de abril de 1935. A cidade, cuja área territorial é de 1.260,9 km², tem 15.865 habitantes, segundo dados do IBGE de 2006. A economia, apesar de pouco desenvolvida, tem como uma de suas principais atividades justamente o turismo. Ano passado, a arrecadação da prefeitura com o Imposto sobre Serviços (ISS) foi de apenas R$ 80.000,00. Grande parte dessa pequena receita foi gerada pela exploração da atividade turística.

Em vez de dotar a cidade de infra-estrutura capaz de acolher todos os visitantes, tendo em vista a desordem que marca o turismo na região, o governo optou por implementar uma medida que inibe a exploração da atividade e que certamente contribuirá para tornar o município ainda mais pobre.

sem comentário »

Bandido leva pistola de delegado durante assalto

0comentário

O delegado da Polícia Civil, Eduardo Jansen, lotado no 1º Distrito Policial, no Centro, foi assaltado no último sábado. Ele foi abordado por um bandido quando chegava, à noite, à casa do sogro, no Olho d’Água.

Ao perceber a aproximação do assaltante, Eduardo Jansen chegou a puxar a pistola. Ao vê-lo de arma em punho, o bandido, num ato de desespero, agarrou-se ao delegado e, após uma luta corporal, conseguiu tomar a arma, uma pistola .40, de propriedade da Polícia Civil.

Avisado de que a vítima tratava-se de um delegado, o bandido fugiu, levando a pistola, e até o momento não foi identificado.

sem comentário »

Delegação de natação de Imperatriz desiste de competir nos JEM’s e acionará Estado na Justiça

2comentários

A delegação de natação de escolas de Imperatriz, que veio a São Luís participar da fase final dos Jogos Escolares Maranhenses (JEM’s), desistiu de competir e já retornou ao município. Dirigentes, técnicos e atletas ficaram revoltados com o atraso de quatro dias para o início da competição. As provas seriam realizadas, inicialmente, nos dias 24 e 25 deste mês, mas foram remarcadas e acontecerão de amanhã até quinta-feira desta semana.

Os imperatrizenses acusam a presidente da Federação Maranhense de Natação, Daniela Flexa Ribeiro, de agir com descaso em relação às equipes do interior do estado. Eles reclamam ainda do mau desempenho da academia DM Aquatic, contratada para organizar as provas de natação, que seria ligada ao secretário adjunto de Esportes, Eduardo Teles.

Os imperatrizenses deixaram a capital tão logo souberam do atraso da competição. A delegação, composta por 30 atletas, alegou que não tinha condições financeiras de ficar mais tempo em São Luís e já havia, inclusive, comprado as passagens de volta.

Acusando a presidente da federação de agir com irresponsabilidade, a delegação, chefiada pelo professor José Ércio, anunciou que acionará o Governo do Estado na Justiça por causa do prejuízo acumulado com a compra de passagens e com o custeio da permanência na capital.

Sobre o suposto favorecimento à DM Aquatic, vencedora da licitação por meio da qual foi escolhida a empresa organizadora das competições aquáticas dos JEM’s, eles acusam de liderar o esquema o secretário ajunto de Esportes, Eduardo Teles, a presidente da Federação Maranhense de Natação, Daniela Flexa Ribeiro, e um professor identificado como Mário. Ainda de acordo com a denúncia, Teles treina seus alunos nas instalações daquela academia.

Eduardo Teles é filho de Reginaldo Teles e Maria Lúcia Teles, ambos fundadores do Partido Democrático Trabalhista (PDT), que mantêm forte ligação com o governador Jackson Lago e com as demais figuras de proa da legenda. Assim como o filho, Reginaldo e Maria Lúcia Teles já ocuparam cargos importantes em administrações pedetistas.

2 comentários »

Cantora Alcione lamenta caos administrativo no Maranhão

4comentários

Incomodada com a repercussão negativa das medidas equivocadas e com a apatia do governo Jackson Lago (PDT), a cantora Alcione decidiu se manifestar. Preocupada com o prejuízo que o caos administrativo tem causado à imagem do Maranhão, a Marron fez duras críticas à gestão pedetista.

Alcione disse estar triste com o que está acontecendo em seu estado. “O povo do Maranhão não merece isso. Nosso estado estava indo pelo caminho certo. Agora, tudo o que foi feito está sendo destruído”, lamentou, atribuindo a culpa ao governador Jackson Lago e aos seus auxiliares e aliados.

Dentre os membros do governo, a Marron só poupou o secretário estadual de Cultura, Joãosinho Ribeiro. “Os demais são todos aproveitadores”, detonou.

4 comentários »

Acusado de envolvimento na morte de Bertim, vereador é beneficiado com habeas corpus

0comentário

Mesmo foragido, o vereador de Presidente Vargas Antônio Uchôa Frazão Filho, o Tonim, acusado de envolvimento na morte do prefeito Raimundo Bartolomeu Aguiar, o Bertim, foi beneficiado com habeas corpus.

A sentença foi assinada pelo desembargador Mário Lima Reis, o mesmo que pôs em liberdade o ex-comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Roberto Uchôa.

A decisão deve ter revoltado ainda mais o promotor Benedito Coroba, que iniciou greve de fome na última segunda-feira, em protesto contra a libertação dos supostos autores da trama que resultou na morte do prefeito.

Com Tonim livre da cadeia, aumentam as chances de Coroba definhar.

Nota do Sebrae teve inspiração pedetista

Teve inspiração pedetista a nota de esclarecimento publicada hoje na imprensa pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para contestar informação publicada por este blog sobre a contratação da Caravelas Turismo, agência que pertence ao secretário estadual de Turismo, João Martins Neto.

O autor do texto foi o superintendente Manoel Pedro Castro Neto, irmão do deputado federal pedetista Julião Amin, nome defendido pelo governador Jackson Lago para concorrer à sucessão do prefeito Tadeu Palácio, e que tem enfrentado forte resistência dentro do partido.

Qualquer tentativa de politizar a questão, por meio da citação de ex-dirigentes do Sebrae, como o ex-diretor-superintendente João Vicente Abreu Neto, que ocupou o cargo por oito anos, não é mera coincidência.

Mesmo com aumento de R$ 173 milhões dos recursos do
Fundeb, Jackson insiste em cortar salários de professores

O governador Jackson Lago omitiu dos professores o aumento de R$ 173,4 milhões dos recursos do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) que cabem ao Maranhão. Previsão do Tesouro Nacional mostra que essas receitas terão aumento de 89,7%. Mesmo assim, o governador pedetista insiste em tentar economizar recursos, sabe-se lá para que, à custa do magistério. A informação é do deputado Gastão Vieira, presidente da Comissão de Educação da Câmara Federal.

Em 2006, o governo estadual recebeu 193,2 milhões do Fundeb. Outros R$ 854,4 milhões foram repassados às prefeituras. Este ano, a estimativa é de que o Estado receba R$ 366,6 milhões e as administrações municipais ganhem R$ 1,291 bilhão do fundo. Ou seja, dinheiro não faltará para o governo gastar com educação.

Se o governo já tinha ciência de que receberia tão volumoso recurso, então por que fez aprovar a falecida Lei do Cão, que tantos prejuízos financeiros causou a milhares de professores e demais servidores públicos estaduais? É importante lembrar que o Estado deverá destinar um mínimo de 60% para pagar a folha de salários.

Talvez esse tenha sido o motivo que levou o governador a autorizar a contratação imediata de centenas de docentes aprovados em seletivo para substituir os grevistas. Com o fim do movimento, muitos dos que foram atingidos pela substituição ficaram ociosos, obrigando a Secretaria de Educação a contingenciá-los. Existe maior demonstração de falta de competência administrativa?

Jackson faz escola: prefeito aliado do
governador também é campeão de nepotismo

O governador Jackson Lago está fazendo escola no quesito nepotismo. O prefeito de Açailândia, Ildemar Gonçalves (PSDB), é, assim como seu aliado no Palácio dos Leões, é recordista em contratar parentes para cargos públicos.

Os principais cargos de segundo escalão em todas as secretarias do Município são ocupados por mulheres dos irmãos do prefeito e familiares, por maridos e filhos das irmãs do prefeito, além de cunhados, cunhadas e outros.

Na administração direta, são cerca de 40 parentes. Outros 10 têm negócios com a prefeitura. As transações incluem aluguel de veículos, prédios, contratação de farmácias, gráficas, empreiteiras e etc, o que configura improbidade administrativa.

Abaixo, a lista de parentes de Ildemar Gonçalves que ocupam cargos em sua administração:

1. HELSON BATISTA DOS SANTOS, SOBRINHO,
SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO

2. ILDENOR G DOS SANTOS, IRMÃO,
SECRETÁRIO DE OBRAS

3. SERGIOMAR SANTOS, SOBRINHO,
SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

4. ZITA GONÇALVES, ESPOSA,
SECRETÁRIA DE AÇÃO SOCIAL

5. SIDÔNIO GONÇALVES, FILHO,
SECRETÁRIO DE GABINETE

6. SILEI ELCEM DOS SANTOS JUNIOR, SOBRINHO DE 2º GRAU, SECRETÁRIO DE ESPORTE CULTURA E JUVENTUDE

7. ILKA LEÃO RAMOS, PRIMA, SECRETÁRIA EXECUTIVA DO GABINETE

8. MARCONDES LEITE, ESPOSO DE UMA SOBRINHA,
SECRETÁRIO DE SAÚDE

9. PETRONEO GONÇALVES, IRMÃO, ASSESSOR ESPECIAL DE SAÚDE

10. CELESTE DOS SANTOS RAMOS, CUNHADA, ESPOSA DO SECRETÁRIO DE OBRAS, COORDENADORA DE SAÚDE

11. LUCILIA SANTOS, ESPOSA DO SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO, CHEFE DO RH

12. SUELI SANTOS, SOBRINHA, COORDENADORA DE EDUCAÇÃO

13. NAPOLIAO GOMES, ESPOSO DE SOBRINHA,
DIRETOR DO CENTRO DE ZOONOZES

14. ZELITA SANTOS, SOBRINHA, COORDENADORA DE RH

15. FABIANA G DOS SANTOS, SOBRINHA, COORDENADORA DO EJA

16. ILDENOR G S FILHO, SOBRINHO DO SECRETÁRIO DE OBRAS, CHEFE DA FARMÁCIA BÁSICA

17. WALDELINA G DOS SANTOS, SOBRINHA, 1ª TESOUREIRA

18. SÍLVIO G RAMOS, SOBRINHO, 2º TESOUREIRO

19. ALCENIR F SANTOS, PRIMO, COORDENADORA DE FARMÁCIA BÁSICA

20. JOSE CARLOS SANTOS, SOBRINHO, ENCARREGADO TESOURARIA

21. ILNA DOS SANTOS, SOBRINHA, COORDENADORA DE BOLSA FAMÍLIA

22. Dr BANDEIRA, ESPOSO DE SOBRINHA, CHEFE DO SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA

23. CRISTINA GONÇALVES, CUNHADA, AUDITORA DA SAÚDE

24. MARCELO S RAMOS, PRIMO, CHEFE DE COMPRAS

25. OSVALDO BATISTA DOS SANTOS, PRIMO, CHEFE DE TRANSPORTE

26. RAILDA RAMOS, PRIMA, COORDENADORA DE CULTURA

Existem outros que estão prestando serviço, mas este blog ainda não teve acesso aos nomes, parentesco com o prefeito e respectivos cargos.

sem comentário »

Sebrae esclarece sobre contrato com agência de turismo

1comentário

Atendendo a solicitação feita pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), via nota de esclarecimento publicada hoje pelo jornal O Estado do Maranhão, a respeito da nota “Agência que pertence ao secretário de Turismo de Jackson Lago fornecerá passagens à Emap e ao Sebrae”, publicada no último dia 21, este blog acrescenta a seguinte informação:

O contrato firmado com a Caravelas Turismo para o fornecimento de passagens foi firmado em 2006, mediante processo licitatório, na modalidade Pregão Presencial, nº 21/06. Na época, o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae era José de Ribamar Barbosa Belo.

Entretanto, é oportuno enfatizar que a essência da nota se mantém inalterada. Ou seja, a agência pertence, de fato, ao secretário estadual de Turismo, João Martins Neto, e o Conselho Deliberativo do Sebrae tem como presidente atual o empresário Júlio Noronha, que acumula o cargo com os de secretário estadual de Industria e Comércio e presidente do Conselho Deliberativo da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap). Trata-se, portanto, de um acréscimo de informação, e não de um desmentido ou correção.

Feitos os esclarecimentos, o blog reitera sua posição de pautar-se pelos princípios éticos, colocando-se sempre à disposição para eventuais observações, mantendo-se aberto, inclusive, a criticas, desde que estas não ofendam a honra.

Equipe da TV Mirante é barrada em evento do governo Jackson

Uma equipe da TV Mirante, composta pelo repórter Werton Araújo, o repórter cinematográfico Francisco Batalha e o iluminador Aderson foi barrada ontem ao tentar entrar no Palácio dos Leões para cobrir a abertura da XXIV Reunião do Conselho de Segurança do Nordeste (Consene). A solenidade teve a presença do secretário nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, Luiz Fernando Corrêa, e do governador Jackson Lago, entre outras autoridades.

Quando se preparava para acessar as dependências do palácio para iniciar seu trabalho, o repórter Werton Araújo foi interceptado por uma assessora , que argumentou que a participação da imprensa no evento era restrita. O cinegrafista Francisco Batalha chegou a fazer imagens do início da reunião, mas foi obrigado a se retirar.

Em contato telefônico com a produção da emissora, outra assessora pediu desculpa pelo ocorrido, mas manteve a posição de não permitir a entrada da equipe de reportagem da TV Mirante no Palácio dos Leões.

O curioso é que profissionais de outros veículos, como os jornais O Imparcial e Pequeno e a TV Difusora, tiveram livre acesso à reunião e não enfrentaram dificuldade para entrevistar o secretário Luís Fernando Corrêa e o próprio governador Jackson Lago.

Um jornalista que fez a cobertura do evento afirmou que os assessores palacianos pareciam monitorar, a todo instante, o trabalho da imprensa, dando a impressão de que tentavam identificar profissionais de veículos não alinhados ao governo.

O episódio é mais uma prova da truculência de Jackson Lago e do desprezo de seu governo pela democracia.

1 comentário »

Porto inseguro

0comentário

Sob a administração do ex-governador, ex-deputado federal e candidato derrotado ao Senado nas últimas eleições, João Castelo, o Porto do Itaqui virou um verdadeiro barril de pólvora. A Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), presidida por ele, antes muito bem avaliada por seu modelo de gestão, hoje tem sua imagem manchada por sucessivas denúncias de irregularidades.

O escândalo mais recente envolve a Cefor Segurança Privada, favorecida com um contrato de R$ 4,2 milhões, em detrimento da empresa Santa Clara, que recebia R$ 800 mil – cinco vezes menos – para prestar o mesmo serviço. A Cefor tem como um dos sócios Rodrigo Cordeiro Gonçalves, primo legítimo de João Castelo, que apesar de ter apenas 15% das ações da empresa (Domingos Alcântara Gomes é o sócio majoritário, com 70% das ações), teve participação decisiva para que a empresa vencesse a concorrência. O terceiro sócio é Rafael Mendes Alcântara, dono dos outros 15% do bolo acionário.

Mas há quem diga que o esquema que beneficiou a Cefor é apenas um dos muitos que se desenrolam no Itaqui. Fontes de dentro do próprio porto afirmam que há irregularidades muito mais graves se processando e caso venham à tona serão capazes de destituir Castelo da presidência da Emap e implicá-lo, junto com seus auxiliares mais próximos, em ações judiciais por crimes de malversação de dinheiro público.

O clima na área portuária é de extrema tensão. As trocas de acusações, ameaças e chantagens dão o tom à atmosfera de guerra ali vivenciada. Qualquer passo em falso de um dos envolvidos poderá resultar na explosão de uma bomba de alto teor destrutivo.

sem comentário »

Agência que pertence ao secretário de Turismo de Jackson Lago fornecerá passagens à Emap e ao Sebrae

5comentários

A Caravelas Turismo venceu a licitação para o fornecimento de passagens à Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) e ao Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A partir de agora, executivos e funcionários de ambas organizações viajarão com passagens fornecidas pela agência.

Detalhe: a Caravelas pertence ao secretário estadual de Turismo, João Martins Neto, que por meio da empresa faturará significativa quantia com o contrato, cujo valor ainda não foi publicado no Diário Oficial do Estado.

Tanto a Emap como o Sebrae tem como presidente de seus Conselhos Deliberativos o secretário estadual de Indústria e Comércio, Júlio Noronha, genro do governador Jackson Lago. Somente na Emap, Noronha embolsa R$ 2,5 mil por reunião.

5 comentários »