Feliz ano novo!!!

0comentário

feliz 2016

sem comentário »

Deputado Wellington renova compromisso com o povo maranhense para 2016

1comentário
Deputado Wellington teve reconhecida e aprovada atuação no ano de 2015 e promete manter o desempenho em 2016

Deputado Wellington teve reconhecida e aprovada atuação no ano de 2015 e promete manter o desempenho em 2016

Ao fazer referência à chegada de 2016, o deputado estadual Wellington do Curso (PPS) utilizou as suas redes sociais para destacar as suas expectativas para o ano que se inicia, bem como as metas de sua atuação em defesa do povo do Maranhão.

O parlamentar, que teve reconhecida e aprovada atuação no ano de 2015 na Assembleia Legislativa, afirmou que continuará incessantemente em defesa da população do Maranhão, seja na realização de denúncias, seja na fiscalização enquanto parlamentar, ou “sendo a voz” dos que antes não possuíam.

“Um novo ano se inicia e o meu sentimento de gratidão a Deus permanece. Agradeço a Deus pela oportunidade de representar o povo do Maranhão e poder dar voz às denúncias da população. Em 2015, vivi muitas experiências no Parlamento Estadual. Experiências estas que trouxeram aprendizagens e somaram às minhas ações em defesa de todos os maranhenses. Em relação a 2015, resta agradecer a Deus. Quanto a 2016, estamos gratos pela oportunidade de continuar representando os anseios do Povo e, por isso, continuaremos denunciando, fiscalizando e cobrando o cumprimento dos direitos de todo cidadão”, afirmou.

Durante a mensagem, Wellington também externou seu desejo de vivenciar um Maranhão de mais igualdade a todos, além de destacar a necessidade de se fomentar as principais demandas do povo maranhense.

“Que 2016 venha repleto de paz, de saúde, de oportunidades e de educação. Que tenhamos a paz espiritual, concedida por Deus e que tenhamos também a paz análoga à Segurança Pública. Que tenhamos saúde e que, paralelo a isso, o Estado fomente as ações no Sistema Público de Saúde. Quanto às oportunidades, que elas alcancem a todos, sem distinção. Que em 2016 haja mais oportunidades de emprego e ascensão social. Dentre as expectativas, que em 2016 a educação passe a receber a atenção que é devida e que passe a ser prioridade em nosso estado. Infelizmente, as competências impedem que o deputado estadual resolva algo de forma imediata. No entanto, todas as fiscalizações, denúncias e cobranças quanto ao cumprimento dos direitos fundamentais como segurança, saúde e educação por mim continuarão sendo feitas. Reafirmo o meu compromisso não em defesa política, mas em defesa do povo do Maranhão”, ressaltou o deputado Wellington.

1 comentário »

Sindicato protocola representação no MP contra seletivo para o sistema penitenciário

0comentário

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público do Estado do Maranhão (SINTSEP) protocolou ação na Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Probidade Administrativa de São Luís, para invalidar o Processo Seletivo Simplificado para formação do quadro de reserva para Unidades Prisionais de São Luís, por não obedecer aos ditames legais.

Em novembro deste ano, foi lançado pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Administração Penitenciária (Sejap), o Edital nº. 021/2015, referente à realização do Processo Seletivo Simplificado, para a formação de cadastro de reserva, de candidatos do sexo masculino, para o cargo de Agente Penitenciário Temporário, a serem locados nas Unidades Prisionais da Região Metropolitana de São Luís.

O processo seletivo foi embasado no inciso VIII, do artigo 2º, da Lei Estadual nº 6.915/1997, que dispõe sobre a contratação, por tempo determinado, de pessoal para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público.

No entanto, o seletivo vai de encontro com a própria lei que o rege e também afronta a Constituição Federal, pois tem como objetivo a formação de cadastro de reserva, o que não pode ser admitido, na medida em que afronta natureza jurídica da própria Lei Estadual, que é caracterizada para atender a necessidades urgentes e temporárias, com contratação imediata de pessoal.

O SINTSEP defende que, se for para preencher cadastro de reserva, o mais coerente e legal é a realização de Concurso Público, conforme prevê a própria Constituição, pois o seletivo não vislumbra o caráter de urgência para admissão de pessoal para o cargo de Agente Penitenciário.

sem comentário »

“Vou curtir o Réveillon e só volto segunda-feira”, diz condenado que não retornou a Pedrinhas após saída temporária de Natal

1comentário
Dos 345 presos beneficiados com a saída temporária no Natal 51 não voltaram

Dos 345 presos beneficiados com a saída temporária no Natal, 51 não voltaram (Foto: Biné Morais/O Estado)

Uma fonte revelou um rápido e surpreendente diálogo que teve hoje cedo no bairro São Francisco com um preso beneficiado pela Justiça com a última saída temporária de Natal e que há mais de 48 horas está na condição de foragido. O detento, cujo nome o blog manterá em sigilo, deixou a cadeia dia 23 deste mês, com a obrigação de voltar dia 29, mas até o momento não retornou ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas para continuar cumprindo sua pena, assim como outros 50 apenados.

Condenado a três anos de prisão por assalto, o foragido, morador da Ilhinha, resolveu prolongar o período fora do xadrez até a virada do ano, mas garantiu que na próxima segunda-feira se apresentará ao presídio. “Minha mulher arranjou trabalho, não quero me complicar nem causar problema para minha família”, afirmou.

Enquanto não regressa, ele pretende aproveitar bem o tempo, livre, leve e solto e já fez até planos: vai curtir a virada do ano na Avenida Litorânea, onde haverá vasta programação festiva, promovida pelo Governo do Estado e pela Prefeitura de São Luís. Nem mesmo as centenas de policiais escalados para fazer a segurança da festa na orla.

Só um detalhe preocupa o preso: o dinheiro. Ele revelou já ter guardado dinheiro para gastar no Réveillon, mas a quantia é pouco para tanta diversão. “Reservei só R$ 20,00. Se eu levar mais vão logo pensar que estou roubando”, justificou, prometendo passar em virada em clima de paz e amor.

1 comentário »

Sem banheiro em trailler da Praça Deodoro, PMs urinam em garrafas pet

0comentário
Garrafas pet usadas pelos policiais para urinar ficam jogadas pelo chão do trailler (Fotos: Flora Dolores)

Garrafas pet usadas pelos policiais para urinar ficam jogadas pelo chão do trailler (Fotos: Flora Dolores)

Policias militares lotados no posto avançado instalado na Praça Deodoro enfrentam extrema dificuldade quando precisam fazer suas necessidades fisiológicas. Sem banheiro dentro do trailler, eles urinam dentro de garrafas pets, que permanecem o dia todo guardadas entre seus pertences para uso contínuo, já que dentro do posto não há aparelho sanitário e nos arredores não existe banheiro público em condições de utilização.

Os militares guardam as garrafas plásticas após beber a água que recebem. Os vasilhames são colocados estrategicamente sobre a pia, dentro do compartimento onde deveria haver um vaso ou mictório. Quando a vontade aperta, recorrem às garrafas,l que ao fim do dia são descartadas junto com o lixo.

Garrafas plásticas ficam estrategicamente guardadas em cima da pia

Garrafas plásticas ficam estrategicamente guardadas em cima da pia

Policiais lotados no trailler consideram o serviço um castigo por causa da vulnerabilidade e da falta de banheiro. No posto não há um único militar satisfeito, tamanha a sensação de insegurança e o desconforto. O descontentamento geral acaba dificultando o patrulhamento.

Câmeras

Sem uso, câmera de videomonitoramento foi abandonada dentro de armário

Sem uso, câmera de videomonitoramento foi abandonada dentro de armário do posto avançado da Deodoro

Outro sinal de precariedade do trailler é o não funcionamento de algumas câmeras de videomonitoramento que vigiar as praças Deodoro, do Pantheon e todo o entorno. O blog flagrou pelo menos um aparelho sem uso, dentro de um armário.

O combate efetivo à violência, portanto, está só na propaganda. O descaso com a segurança público é uma realidade e a vítima não é só o povo. Os próprios policiais também sentem na pele.

sem comentário »

Cúmulo da imprudência

0comentário
Mulher foi flagrada viajando perigosamente na garupa de moto

Mulher foi flagrada viajando perigosamente na garupa de moto (Foto: Luís Garcês)

Uma mulher não identificada foi flagrada hoje viajando na garupa de motocicleta na Avenida Jerônimo Albuquerque, nas imediações do Hospital Carlos Macieira, segurando nada menos do que cinco volumes. Transportada sem qualquer sustentação, presa ao veículo apenas pelo peso do corpo, a passageira carregava duas sacolas e uma bolsa na mão e no braço direitos. Com o outro braço, levava uma bolsa e na coxa, do mesmo uma lado, uma mala.

Em caso de uma frenagem ou manobra mais brusca, ela fatalmente seria lançada ao solo, com alto risco de sofrer ferimentos graves. Reprovável também foi a omissão do condutor, que ignorou todas as normas de segurança no trânsito ao permitir carona tão perigosa.

É ou não é o cúmulo da imprudência?

sem comentário »

Crise econômica, desemprego e outros fatores podem agravar a famosa “melancolia de fim de ano”

0comentário

Neuropsicanalista diz que 2015 foi um ano complicado e, por essa razão, seu final é propenso a estados melancólicos

Neuropsicanalista Fabiano Goes diz que dificuldades deixaram pessoas mais propensas à melancolia no final de 2015

Neuropsicanalista Fabiano Goes diz que dificuldades deixaram pessoas mais propensas à melancolia no final de 2015

A crise e os problemas que marcaram 2015, sem dúvida, terão impactos na passagem de ano e agravarão os estados de espírito daqueles que, nesta época do ano, estão propensos a adentrar o terreno da melancolia. Foi o ano dos escândalos na política, das revelações bombásticas, das prisões inesperadas, da economia esvaindo-se no precipício e do desemprego e das dívidas que passaram a amedrontar os brasileiros como um fantasma. Tudo isso refletiu no lado sentimental das pessoas.

Segundo o neuropsicanalista Fabiano Goes, entre outras coisas, esses estados emocionais geralmente desencadeiam um sentimento de vazio e de perda de sentido das coisas. Manifesta-se ou se exacerba em alguns indivíduos, próximo ou durante as comemorações de fim de ano. As causas, não obstante, podem estar ligadas a conflitos psicológicos e relacionais silenciados ou negligenciados.

“A melancolia, dependendo da intensidade e da duração dos estados melancólicos, pode ter sérias implicações. E pode inclusive caracterizar uma patologia. Se for precedida por um evento verdadeiramente doloroso, se sua intensidade não comprometer a capacidade laboral do afetado, ou se tender a reduzir com o tempo, não é patológica. Entretanto, se surgir sem motivo plausível, comprometer o rendimento laboral do afetado e não se atenuar com o tempo, caracterizará uma doença”, explica Goes, acrescentando que há várias maneiras de tratamento, incluindo psicoterapia, psicofarmacologia e meditação.

Contudo, o mais recomendável é prevenir o seu aparecimento ou combatê-la em sua fase inicial. Como dizia Ralph Waldo Emerson, a modernidade gerou um estado de tensão permanente e dificilmente alguém sai ileso de seus tentáculos, sendo ela um terreno propício para o aparecimento ou o agravamento de debilidades e distúrbios psíquicos.

“A crise gera uma sensação de desamparo e perda de otimismo. Os que julgam que sua trajetória existencial encontra-se desordenada, em tempos de crise inclinam-se a prospectar futuros menos promissores e perdem ou diminuem o ânimo para o combate. As dívidas, as incertezas em relação ao futuro do país e o desemprego, tendem a agravar a situação, levando muitos ao desânimo e a uma tristeza que se agrava com a proximidade do Natal e da passagem de ano”, afirma o neuropsicanalista, acrescentando que os elementos agravantes são inaptidão para a reflexão e adoção de novas posturas, defesa, isolamento, retenção de mágoas e inabilidade no trato social, enquanto as atenuantes são apoio familiar, desejo de mudança, capacidade reflexiva, foco no positivo e combatividade.

O tipo de tratamento e sua duração dependem da natureza da melancolia. Se sua natureza for não-patológica, psicoterapia ou assessoria comportamental são suficientes para o enfrentamento, e os resultados vêm em um prazo mais curto. Se for de natureza patológica, o tratamento deverá englobar psicoterapia e psicofármacos (medicamentos que atuam no humor), e a duração excederá oito meses. Nos consultórios, o número de pacientes que sofrem desse tipo de melancolia aumenta a cada ano.

Conforme Fabiano Goes, até o comércio no geral está vivendo essa melancolia de fim de ano, uma vez que é mantido por pessoas que o operacionalizam, tanto como trabalhadores quanto consumidores, todos eles vítimas de um ano com problemas financeiros e políticos marcantes.

“Como a crise gera uma sensação de desamparo e perda de otimismo, obviamente, neste quadro, as pessoas tendem a ser mais tímidas em seus gastos, a não ver razão para comemorações e a criar reservas para possíveis pioras no campo financeiro. Sem falar que os desempregados, por questões práticas, não têm como contribuir intensamente para a movimentação do mercado”.

sem comentário »

Dutra mergulhado na lama, literalmente

1comentário
Ávido por nova chance na política, Domingos Dutra dessa vez mergulhou na lama literalmente

Ávido por nova chance na política, Domingos Dutra dessa vez mergulhou na lama literalmente

O ex-deputado Domingos Dutra (PCdoB) a cada dia se supera em sua tentativa desesperada de sair do ostracismo político em que se encontra desde a surra que levou nas urnas, em 2014, ao buscar a reeleição à Câmara Federal. Dessa vez, mergulhou na lama a pretexto de catar sururu, estratégia pouco convincente, que soou mais como piada do que como algo digno de respeito e admiração.

Nos últimos meses, Dutra vem fazendo campanha eleitoral antecipada, na ânsia de vender sua imagem como candidato viável e competitivo à Prefeitura de Paço do Lumiar. Para tanto, apela descaradamente para o populismo, liderando manifestações de rua que costumam reunir uns poucos gatos pingados e que mais incomodam o povo, tanto pelo barulho, como pelo teor falacioso do seu discurso.

Mergulho na lama confirmou desespero de Dutra por uma nova chance na política

Mergulho na lama confirmou desespero de Dutra por uma nova chance na política

Recém-filiado ao PCdoB do governador Flávio Dino, Dutra investe pesado no prestígio que acredita ter adquirido em sua aventura comunista. Oportunista, faz incursões em gabinetes do governo estadual e posa ao lado de secretários, como se estes fossem seus cabos eleitorais.

A realidade é que Dutra tem muito menos apoios do que pensa ter, pois não desperta confiança ou qualquer outro sentimento associado ao carisma. Pelo contrário, é visto com antipatia, seja pela camadas populares, seja pela classe política.

Para além da metáfora, o mergulho de Dutra na lama o colocou em seu devido lugar.

1 comentário »

Deputado Zé Inácio participa de entrega de unidades odontológicas

1comentário
Deputado Zé Inácio entrega chave de Unidade Odontológica Móvel ao prefeito de Peri-Mirim, João Felipe

Deputado Zé Inácio entrega chave de Unidade Odontológica Móvel ao prefeito de Peri-Mirim, João Felipe

O deputado Zé Inácio ( PT ) participou, na manhã da última terça-feira( 29), no Palácio dos Leões, da entrega de 11 Unidades Odontológicas Móveis do Programa Brasil Sorridente, doadas pelo Governo Federal a prefeituras maranhenses para atendimento da população. A cerimônia contou com a presença do Governador Flávio Dino.

Zé Inácio foi a autoridade escolhida para entregar a chave da unidade odontológica para o prefeito de Peri-Mirim, João Felipe. “Essas unidades contribuirão de forma significativa para o resgate da autoestima da população, que pouco tem acesso à saúde bucal. A parceria do Governo do Estado com o Governo Federal é mais uma vez acertada”, destacou o parlamentar.

O Programa Brasil Sorridente, criado pelo Ministério da Saúde com vistas a facilitar e ampliar o acesso da população ao tratamento odontológico gratuito, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e tem como finalidade contribuir com a saúde bucal em regiões de difícil acesso.

Cada unidade conta com um consultório odontológico completo, que oferece a mesma capacidade de atendimento de um consultório odontológico tradicional, contendo cadeira odontológica, raios-x, autoclave para esterilização do material, além de equipamentos dentários para uso dos profissionais. Cada uma delas pode realizar cerca de 350 atendimentos por mês.

Nesta segunda etapa, os municípios contemplados foram Alcântara, Arame, Brejo, Icatu, Humberto de Campos, Jenipapo dos Vieiras, Marajá do Sena, Monção, Peri-Mirim, Presidente Sarney e Santana do Maranhão.

1 comentário »

Transparência foi a marca da Câmara Municipal de São Luís em 2015

0comentário
Além da licitação que escolheu banco, Astro de Ogum citou outros avanços, principalmente no setor de Comunicação

Além da licitação que escolheu banco, Astro de Ogum citou outros avanços, principalmente no setor de Comunicação

“Posso afirmar, sem medo de errar, que a transparência foi uma de nossas marcas no ano de 2015, um ano extremamente positivo para a Câmara Municipal de São Luís. Pela primeira vez na história desta Casa, realizamos licitação para definir qual a instituição de crédito que ficaria responsável pela operacionalização de nossa conta bancária. O Bradesco, que já era dono da conta, ganhou o certame licitatório, porque ofereceu a melhor proposta”, disse Astro de Ogum, presidente daquela casa parlamentar.

Além da licitação para a escolha do banco, o presidente do Legislativo Ludovicense citou ainda outros avanços, principalmente no setor de Comunicação, em que as sessões plenárias passaram a ser transmitidas ao vivo pela Rádio Difusora AM, dando maior visibilidade para as atividades da Câmara, além de ter aberto um processo de oferecer possibilidade de trabalho para repórteres, editores e técnicos.

“São duas situações que estabelecem o nosso nível de transparência, uma vez que, com as transmissões das sessões ao vivo, a população toma conhecimento da atuação de cada um dos 31 vereadores, e a outra foi a forma que encontramos para contratação do banco para gerenciar a conta da Câmara”, destacou Astro de Ogum.

O balanço feito pelo presidente do parlamento São-luisense destaca ainda que os vereadores aprovaram, no fim do período legislativo, o projeto enviado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, para aprovação de projeto aurotizativo para licitação para o setor de transporte coletivo, outro processo inédito na esfera municipal.

“Não houve, nesta Câmara, qualquer vereador envolvido em escândalo. O Legislativo da capital teve uma atuação marcante e extremamente positiva, sob todos os aspectos. Aprovamos ainda o novo Regimento Interno da Casa e, agora em 2016, iremos contar com a participação comunitária, dentro de algumas sessões específicas, por conta do programa Tribuna Popular. Com isso, estamos unificando o elo entre o Legislativo e a sociedade”, acrescentou Astro.

Apoio

Apoio dos vereadores orientou a forma colegiada da administração da Câmara Municipal de São Luís

Apoio dos vereadores orientou a forma colegiada da administração da Câmara Municipal de São Luís

O trabalho de Astro de Ogum à frente da Câmara Municipal contou com o apoio irrestrito dos colegas em 2015. Francisco Carvalho (PSL), atual 1º Vice-presidente, que já dirigiu a Casa parlamentar em três ocasiões, afirmou que Astro dimensionou as ações legislativas e administrativas de uma forma que foi ao encontro às aspirações dos vereadores e dos servidores.

Na concepção do vereador Armando Costa (PSDC), que está no exercício do segundo mandato, Astro de Ogum deu um choque de gestão ao abrir uma janela de transparência, explicar o que realmente acontece em todos os setores da Câmara.

O vereador Nato Sena (PRP), também de segundo mandato, enfatiza que o vereador Astro fala a linguagem do povo e dos colegas, e tem uma atuação marcada pela sinceridade e busca de avanços.

Já na opinião do vereador Francisco Chaguinhas (PSB), um dos grandes avanços da administração de Astro de Ogum nesse primeiro ano foi a aliança feita com o IPHAN para a construção da sede própria da Câmara, localizada na Madre de Deus, onde funcionou a antiga fábrica têxtil São Luís.

“Posso dizer que o Astro foi um gigante nessa questão, com o apoio da ex-superintendente do IPHAN, a doutora Kátia Bogéa, que deixou alocado recurso da ordem de R$ 15 milhões para esse projeto, que é um antigo sonho de todos nós vereadores”, ressaltou Francisco Chaguinhas.

“O ano de 2015 foi de êxito aqui na Câmara. Ao contrário do que se especulou, não houve demissões, conseguimos articular o parcelamento de débitos junto ao INSS e ao IPAM, como forma de evitar prejuízos dos servidores quando estiverem no período de aposentadoria; conseguimos quitar dívidas de fornecedores e azeitamos a máquina”, observa Astro de Ogum.

Conforme o presidente da Câmara, a instituição também sofreu as seqüelas da crise financeira que vem assolando o país, já que teve grandes reflexos na Prefeitura, atingindo também o Legislativo, que não é órgão gerador de recursos e sobrevive de repasses.

“Sobrevivemos à crise, mesmo com dificuldades. Funcionou a criatividade. Tivemos de cortar gorduras, e isso graças ao apoio dos colegas vereadores. Nossa administração é e continuará colegiada. Agradeço a todos os colegas, e aos servidores, que nos ajudaram a superar todas as etapas, todos os obstáculos”, finalizou o presidente da Câmara Municipal.

Na manhã da última terça-feira (29), Astro de Ogum esteve reunido com representantes de vários jornais diários, em sua residência, no Olho D’Água, onde mostrou os números de sua administração à frente do Legislativo de São Luis, em meio a uma descontraída conversa, que se prolongou por mais de duas horas.

Ele disse aos jornalistas que sua expectativa com relação a 2016 é de que a economia brasileira venha a melhorar e de que a crise política possa ter uma trégua, no sentido de que o País encontre o seu rume e volte ao desenvolvimento.

“Estamos, na realidade, vivendo momentos de turbulências. Estamos num túnel sem luz e a continuar esse panorama, não sabemos o que possa ocorrer. O impeachment da presidente Dilma seria uma verdadeira catástrofe política, por provocaria o início de um novo governo em meio a uma crise sem precedentes”, frisou o presidente da Câmara Municipal.

Nessa mesma manhã, ele concedeu entrevista ao programa Câmara em Destaque, uma de suas iniciativas, onde apresentou o saldo de seu primeiro ano como presidente da Casa. Ao final, desejou a todos que 2016 seja um ano de mudanças, de avanços e de conquistas.

Balanço

Astro de Ogum encerrou mostrando os números de 2015, no que tange ao processo legislativo, afirmando que o sexto período legislativo da décima oitava legislatura encerrou na segunda-feira(21/12).

Até a última ordem do dia, quando foi realizada a última sessão do período, o Legislativo municipal aprovou 776 requerimentos, 12 moções, 294 indicações, 175 projetos de lei, 136 projetos de decretos legislativos e 02 emendas à Lei Orgânica do Município.

sem comentário »