Primeiro, o aluguel camarada; agora, a metralhadora para intimidar

5comentários

Policial militar empunha metralhadora na direção de populares que resistem à instalação da Funac na Aurora (Foto: Biné Morais/O Estado)

Soldado da Polícia Militar empunha metralhadora em posição de confronto com a clara intenção de intimidar populares indefesos, que apenas protestam contra a insegurança que rondará o dia a dia na Aurora com a instalação de uma unidade de ressocialização da Funac no bairro. O praça integra o forte aparato policial destacado para vigiar o prédio que abrigará menores infratores que cumprem medida socioeducativa por assalto, tráfico e até homicídio.

O imóvel, alugado pelo Estado pelo valor mensal de R$ 12 mil, pertence ao engenheiro eletricista Jean Carlos Oliveira, filiado ao PCdoB, partido do governador Flávio Dino. Além do contrato de locação, que em 15 meses lhe rendeu R$ 172 mil, o até então desconhecido comunista ocupa alto cargo na Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), estatal cujos dirigentes são indicados e nomeados pelo Palácio dos Leões.

Apesar de todos os indícios de favorecimento, Flávio Dino e o seu secretário de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, que também preside o PCdoB no Maranhão, juram que a escolha do imóvel de propriedade do colega de partido abrigado no governo foi mera coincidência.

E recorrem à habitual e temerária truculência comunista para reprimir quem contraria sua versão e seus interesses.

5 comentários para "Primeiro, o aluguel camarada; agora, a metralhadora para intimidar"


  1. Jorge Anderson Ribeiro Sousa

    Impondo a força ao invés do diálogo uma péssima gestão desse governado lamentável essa situação

    • João de Sousa Ferreira

      …FAÇO MINHAS, AS TUAS PALAVRAS, Jorge Anderson Ribeiro Sousa… E DIGO MAIS; VOTEI NESTE COMUNISTA, MAS JÁ ME ARREPENDI MUITO, POR SUAS “atitudes…” FRENTE AO governo DO MARANHÃO. 2018 VEM AÍ !!!

  2. João de Sousa Ferreira

    …2018 VEM AÍ !!!

  3. raimmundo

    o pior ta por vi r a tona um advogado ligado ao comunismo vendeu milhares de ações, ou melhor os direitos advocatícios , o negocio tá em torno de 10 milhões, de milhares de ações de uma categoria profissional, so ações de 21 %, URV, e outras perdas salariais , o comprador, um causídico que é linha de frente do governo

  4. raimundo

    o pior ta por vir. um advogado de um sindicato comunista vendeu milhares de ações, para um advogado que etá na linha de frente do governo. O negocio em torna de 12 milhões

deixe seu comentário