Márcio Jerry em campanha antecipada?

0comentário

Mirando uma vaga na Câmara Federal, em 2018, o secretário de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos e presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, parece disposto a turbinar sua popularidade e até mesmo a desfazer a má fama e a antipatia que sua figura desperta no povo e em grande parcela da classe política. Para tanto, investe pesado em patrocínio de festas de Carnaval no interior, com a providencial inclusão do seu nome entre os apoiadores.

É o caso de Esperantinópolis, onde a folia será bancada pelo governo, em parceria com a prefeitura local. O material de divulgação do Carnaval do município, cuja programação se estenderá de sábado a terça-feira, traz estampado, além das atrações, o nome de Márcio Jerry (logo abaixo da logomarca do Governo do Estado), um caso inequívoco de personalismo e um claro indício de oportunismo eleitoreiro.

Em meio à tentativa do comunista de reposicionar sua imagem, surge um questionamento: não estaria ele cometendo ato de improbidade ao promover o seu nome à custa do cargo que exerce e dos recursos do Estado, abusando do poder supremo que lhe é confiado pelo governador e amigo Flávio Dino?

sem comentário »

Bomba: suplente denunciado nacionalmente por abusar menor assume Conselho Tutelar em São Luís

0comentário

Um conselheiro tutelar suplente denunciado em nível nacional por suposto abuso sexual de uma adolescente de 15 anos assumiu recentemente a titularidade do Conselho Tutelar da Área Anil/Bequimão. O caso, segundo o relato da vítima, aconteceu em dezembro do ano passado e já é de conhecimento de órgãos de defesa da criança e do adolescente de São Luís. O blog obteve com exclusividade cópia da ocorrência, registrada pelo Disque Direitos Humanos (Disque 100), unidade do Departamento de Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, vinculado à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Conforme consta em denúncia formulada ao Disque 100, o conselheiro tutelar suplente identificado apenas como Neto “passou as mãos nas partes íntimas da vítima”, que é interna do Abrigo Lar Dom Calábria, na Cidade Operária. O abuso teria acontecido na noite de 9 de dezembro de 2016, dentro de um carro que o suspeito dirigia quando fazia o transporte da menor para a referida unidade, mesmo não estando apto a desempenhar tal função.

Férias do titular

Neto está no pleno exercício da chefia do Conselho Tutelar da Área Anil/Bequimão devido às férias do titular. Mesmo denunciado, tem executado todas as tarefas e feito uso de todas as prerrogativas que o cargo lhe confere, como receber, apurar e comunicar às autoridades casos de pedofilia, maus tratos, abandono, falta de vagas em escolas, de leitos em hospitais, dentre tantos outros danos à infância e à adolescência.

Fonte com atuação na defesa dos direitos de crianças e adolescentes ouvida pelo blog lamentou o episódio e argumentou que o ato denunciado põe em descrédito a escolha de conselheiros tutelares. Ele explica que para se candidatar à vaga, qualquer indivíduo precisa comprovar tão somente a prestação de serviços comunitários. “Não é feita uma investigação social ou mesmo criminal do interessado”, observou.

Em São Luís, existem, atualmente, 10 conselhos tutelares: Cohab-Cohatrac, Anil-Bequimão, São Francisco-Cohama, Itaqui-Bacanga, Coroadinho-João Paulo, Centro-Alemanha, São Cristóvão – São Raimundo, Vila Luizão-Turu, Rural e Cidade Operária-Cidade Olímpica. Todos são vinculados ao Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) e mantidos pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Criança e do Adolescente e Assistência Social (SEMCAS).

Abaixo, cópia da denúncia formulada ao Disque 100 (o registro apresenta trechos apagados e é preciso ampliar para ler):

sem comentário »

Governo do Estado acata solicitação do deputado Wellington e reforma CAIC de São José de Ribamar

0comentário

Wellington pediu também implantação de uma unidade do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) no município

Na manhã desta quinta-feira (23), ocorreu a solenidade de entrega da reforma do CAIC de São José de Ribamar e, também, a inauguração do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia. Tais obras são resultados de solicitações feitas pelo deputado Wellington do Curso (PP) que foram encaminhadas ao Governo do Estado.

Trata-se da Indicação N° 955/2015, que foi apresentada pelo deputado Wellington no dia 03 de dezembro de 2015, que solicitava a reforma geral do Centro de Ensino São José de Ribamar (CAIC), no bairro São Raimundo do Saco.

“É com alegria que vemos mais uma de nossas solicitações ser acatada e transformada em realidade. Temos um posicionamento independente, em defesa do povo e, por isso, todas as solicitações aqui apresentadas não são minhas, mas da população. Ficamos contentes por saber que o Centro de Ensino foi reformado. Os estudantes agradecem.”, disse Wellington.

Além da solicitação da reforma do CAIC, Wellington pediu, ainda em 2016, a implantação de uma unidade do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) em São José de Ribamar, solicitação que também foi acatada.

“Em 2016, apresentamos a indicação N.º 147/2016, solicitando a implantação de um IEMA em São José de Ribamar. Fizemos uma solicitação específica para o bairro Parque Vitória, já que foi de lá que a solicitação dos moradores surgiu. Nosso compromisso é em defesa da educação e continuaremos dando voz às solicitações de cada habitante. Esse é o nosso jeito de fazer política: ouvindo a população, encaminhando as solicitações a quem pode efetivar e, então, ter o que nos motiva mais ainda a ter uma postura coerente e independente, isto é, um mandato popular”, afirmou o professor e deputado Wellington.

sem comentário »

Carnaval na Casa das Dunas

0comentário

Espaço vai virar território da folia e editará quatro animados bailes, de sábado a terça-feira; uma das programações terá Bicho Terra

Quatro motivos para prender o folião na Ilha de São Luís neste Carnaval quem tem é a Casa das Dunas. O espaço musical mais divertido da Avenida Litorânea montou uma programação diversificada, com os melhores bailes da temporada. A festa terá início no Sábado Gordo, às 20h, com o Baile da Bermuda.

O Baile da Bermuda terá Marabloco, Vamu di Samba, e Carlos Berg. No domingo, no Baile do Leblon, a festa será animada por Vamu di Samba, Mix in Brazil e Negro Som. A programação terá continuidade na segunda-feira, com o Baile do Bicho Terra e a participação da banda Mix in Brazil. E na terça-feira, hora de se despedir da folia, será a vez do Baile da Saudade, com Sambaceuma, Bicicletinha e Marabloco.

Segundo Ricardo Fernandes, sócio-proprietário do espaço de entretenimento, para subir ao palco e convidar os foliões a entrar na dança, um time animado de artistas foi escalado e garantirá a mistura de ritmos típica do entrudo brasileiro.

“Iremos oferecer bailes temáticos em clima de Carnaval com a nossa marca e eles embalarão a todos que escolherem a Casa das Dunas para aproveitar a festa mais popular do Brasil”, disse Ricardo Fernandes.

Um dos pontos altos da programação será o Baile do Bicho Terra, recebendo um dos projetos mais esfuziantes da Companhia Barrica. Comandado por José Pereira Godão, o bloco do Bicho Terra está no clima da primavera, nome do mais nome integrante da trupe.

“Faremos uma apresentação tal e qual costumamos fazer nas ruas do circuito, na Madre Deus, contagiando a todos com o nosso repertório, as nossas coreografias e, claro, com a nossa alegria”, garantiu José Pereira Godão.

sem comentário »

“Professores não querem só gratificação, e sim reajuste”, afirma Wellington em audiência

0comentário

Wellington reafirmou seu compromisso incondicional com a classe e anunciou que apresentarás alterações à Medida Provisória

Em defesa dos professores da Rede Pública do Estado do Maranhão, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) participou, na tarde desta terça-feira (22), de audiência pública que abordou a Medida Provisória n º 230/17, de autoria do Executivo. A audiência é resultado de várias solicitações de professores, que estão revoltados com a Medida Provisória que, dentre outras coisas, congela vencimentos dos professores ao violar o art.32 do atual Estatuto do Magistério, que impõe obrigatoriamente o reajuste dos vencimentos.

Durante a audiência, vários professores desabafaram e mostraram a insatisfação que permeia a categoria. “O atual governo nos desrespeita. Quem padece somos nós. Nosso Sindicato? Esse não nos representa. Representa o Governo, mas não os professores. E essa Assembleia aqui está mais uma vez sendo posta a teste: se é do lado do povo ou é apenas um puxadinho do Governo. Se nossa juventude está perdida no mundo das drogas a culpa é dos governantes”, desabafou o professor Rezzo Junior.

Indo ao encontro do desabafo do professor Rezzo, o próprio diretor do Sinproesemma, Euges Lima, concordou com a “politização do Sindicato”. “Houve discussão sobre o tema no Sindicato, mas é com tristeza que vemos que a vontade política predominou. Sem discutir coisa alguma com a categoria dos professores. Essa Medida é nociva aos interesses da nossa categoria”, afirmou Euges.

Os professores abordaram ainda o congelamento dos vencimentos e a tentativa do governo em reduzir o percentual de reposição salarial. “Querem congelar nossos vencimentos. Desde 2016, não tivemos o reajuste conforme o art 32 da 9.860/13 assegura. Não queremos só gratificação, mas sim reposição salarial de 19,87%. Qual a desculpa deles para retirar nossos direitos? Eles dizem que não há recursos. Para a Secretaria de Comunicação eles aumentam orçamento, e nós, professores, ficamos como?”, falou o professor Marcelo Pinto.

“Devem ter pensado ‘Vou dar uma esmola e o professor vai se calar. Nós somos profissionais. Tem que respeitar. Não estamos pedindo esmola. Só queremos que se cumpra a lei”, disse a professora Katia Pinheiro.

Na audiência, vários professores desabafaram e mostraram a insatisfação que permeia a categoria

Ao ouvir os desabafos dos professores, o deputado Wellington reafirmou seu compromisso incondicional com a classe e disse que irá apresentar as alterações à Medida Provisória, impondo um reajuste justo e de acordo com a lei para os educadores.

“Enquanto educador, eu não poderia me omitir. Não posso ver os vencimentos de professores sendo congelados e não fazer coisa alguma. Isso seria contraditório. Não somos contra o aumento da gratificação. Defendemos também o reajuste dos vencimentos de 11,36% retroativo a janeiro de 2016 e 7,64% referente a janeiro de 2017. Os nossos professores não estão pedindo favor algum: o Estatuto do Magistério impõe a obrigatoriedade desse reajuste. Iremos apresentar as alterações por meio de emenda à Medida Provisória, além de solicitar ao governo o reajuste de 19,87%. Tais pedidos refletem, tão somente, a vontade do professor, que merece ser respeitado e valorizado”, afirmou o professor deputado Wellington.

Além do deputado Wellington, estiveram presentes o deputado Eduardo Braide (PMN), o deputado Max Barros (PRP), o vereador Professor Sá Marques (PHS), além do professor da UEMA Saturnino e o professor do Estado Antonisio Furtado , representando a categoria.

sem comentário »

Carnaval invade academias de ginástica em São Luís

0comentário

Carnaval invade as academias
de ginástica em São Luís e uma forma de forma de confraternização entre alunos, pais e professores

A alegria não tem endereço fixo e tudo vale para entrar na folia. Na verdade, o que conta mesmo é a criatividade. Até as academias de ginástica entraram na dança em São Luís. Um exemplo é a Viva Água, no Renascença II, onde a festa invadiu todos os espaços de atividades.

Os alunos usaram fantasias até dentro da piscina e coloriram os setores de musculação, crossfit, hidroginástica e assim por diante. A professora Denise Araújo, diretora geral, adisse que o Carnaval na Viva Água é uma tradição. “É uma forma de confraternização entre alunos, pais e professores. Tudo em nome do bom humor e da alegria”.

sem comentário »

Wellington apresenta propostas para modificação do Pacto Federativo

0comentário

Wellington citou o exemplo de um deputado de Santa Catarina, que já começou a percorrer as assembleias com a proposta

A ampliação da autonomia dos estados e municípios e do poder do cidadão, através do Pacto Federativo, foram discutidas durante sessão plenária na Assembleia Legislativa do Maranhão. O deputado estadual Wellington do Curso (PP) apresentou a solicitação por meio de projeto de Decreto Legislativo.

Ao se pronunciar, Wellington fez referência ao deputado de Santa Catarina, Kennedy Nunes (PSD), que já começou a percorrer as assembleias com a proposta, já que é necessário que haja mais da metade das assembleias legislativas das unidades da federação para emendar a Constituição.

“Para que uma emenda à Constituição seja aprovada faz-se necessário que haja mais da metade das assembleias legislativas das unidades da federação. Até o momento, nove Assembleias já concordaram e faltava instaurar essa discussão aqui no Maranhão. Por isso, apresentamos o projeto de Decreto Legislativo e a ideia é implantar as reformas constitucionais previstas no Pacto Federativo a partir dos poderes legislativos estaduais, seguindo o que dita a própria Constituição federal”, disse.

VEJA A MINUTA DAS QUATRO PROPOSTAS APRESENTADAS:

1. Dar autonomia para os estados legislarem sobre descriminalização, propaganda comercial e agronegócio;

2.Permitir que eleitores apresentem emendas à Constituição Federal;

3. Incluir o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), o Imposto sobre Importação (IPI), a Contribuição Social sobre o lucro Liquido (CSLL) e o Imposto sobre Grandes Fortunas (que poderá ser criado) na repartição de recursos com estados e municípios, além de aumentar a parcela dos estados no FPE de 21,5% par 31,5% e dos municípios no FPM de 22,5% para 32,5%.

4. Tornar obrigatória a destinação de 10% da receita corrente bruta da União para investimentos em saúde pública.

sem comentário »

Crise também é um bom negócio

0comentário

Consultor em empreendedorismo é da opinião de que a atual retração da economia não é empecilho para abrir um negócio de sucesso no Brasil

Para Ricardo Carreira, a crise é o momento do empresário aprender mais, estudar mais, melhorar seu produto, investir na empresa

Ao contrário do que se imagina, crise combina com empreendedorismo, segundo Ricardo André Carreira, consultor, empresário, professor da Universidade Federal do Maranhão e diretor geral da Faculdade de Negócios Faene. Para ele, é a partir de uma necessidade que surge uma oportunidade, e no Brasil, ante a crise, há diversas áreas onde se podem achar as oportunidades.

“Acredito que as oportunidades ocorrem em função de necessidades. Em um momento de dificuldade é que surgem alentos. Fazendo uma simples comparação, poderíamos usar o exemplo elementar da chuva: dias seqüenciados de chuva trazem muitas dificuldades e prejuízos, com certeza. No entanto, se alguém perceber e começar a vender capas e guarda-chuvas, estará aproveitando essa oportunidade. Logo, nos momentos de dificuldades, precisamos buscar alternativas que viabilizem o negócio.

Segundo Carreira, há atividades que estão muito sobrecarregadas, como o varejo tradicional. As vendas estão em baixa, porém, as pessoas, principalmente as novas gerações, estão em busca de mais serviços, mais tecnologias e buscam aqueles que ofereçam oportunidades de negócio. Uma área interessante é a da controladoria, que oferece mecanismos de controle de custos e investimentos da organização. Na verdade, existem várias áreas de consultorias, assessorias e prestação de serviços que estão em evidência no momento.

Os empresários ou empreendedores podem usar de estratégias para que um negócio venha a vingar em um momento de turbulência. “Primeiro, você precisa identificar efetivamente a oportunidade, pois não podemos ser aventureiros, sem preparo, sem conhecimento do mercado que iremos atuar. Outra coisa importante é mostrar para o mercado que você tem algo a oferecer, que as pessoas precisam”, ensina.

Na realidade, de acordo com ele, é comum que o consumidor não identifique a necessidade no primeiro momento, mas precisa mostrar que é realmente útil. “Podemos exemplificar com os empórios, que eram lojas distantes e difíceis e hoje se proliferam, pois há um segmento que deseja um produto de maior qualidade, em um ambiente diferenciado”, exemplifica.

Ricardo Carreira explica que, sempre que existe uma retração nas vendas, é esse o momento do empresário aprender mais, estudar mais, melhorar seu produto, investir na empresa. Pode usar esse momento de baixa para preparar a empresa para a retomada. Também se faz importante o desenvolvimento de parcerias com ações conjuntas, integração de atividades, até mesmo a criação de grupos ou redes que viabilizem o negócio.

“Um exemplo é a parceria muito evidente entre instituições de ensino e empresas de captação de alunos, com aplicação de descontos especiais, bolsas e benefícios. Nossa indicação final é que o empreendedor deve possuir conhecimento do seu negócios, ter paixão pelo que faz e abusar da criatividade”, finaliza.

sem comentário »

Deputado Wellington promove audiência pública em defesa dos animais

3comentários

Wellington disse esperar que agora tanto Prefeitura quanto Governo do Estado façam algo de eficaz em defesa dos animais

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) utilizou a tribuna, na manhã de hoje (22), para fazer referência à audiência pública realizada por ele na tarde de ontem em defesa dos animais. A discussão sobre o tema foi realizada auditório Plenarinho, da Assembleia Legislativa do Maranhão, e contou com a presença do coordenador da União de Vigilância em Zoonoses, João Batista; do superintendente de Planejamento da Secretaria Municipal de Saúde, Henrique Jorge, da presidente regional do Conselho de Medicina Veterinária, Francisca Neide; da presidente da Comissão de Proteção dos Animais da OAB-MA, Camila Maia; do representante do grupo de estudos e pesquisas em saúde e intervenções assistidas com animais da UFMA, Professor Doutor Jean Marlos; além de representante do Projeto Patas em Ação, do projeto AAU (Amparo Animal da UFMA), da ONG Lar de Noé e do Grupo de Proteção Animal.

Ao elencar os encaminhamentos da audiência, Wellington disse esperar que agora tanto Prefeitura quanto Governo do Estado façam algo de eficaz.

“Em 2015, nós realizamos uma audiência pública e tivemos a representatividade da Prefeitura de São Luís. Após mais de 05 horas de audiência, tivemos alguns encaminhamentos, dentre eles o funcionamento regular da Unidade de Vigilância em Zoonoses e a implantação de uma Delegacia Especializada de Proteção aos Animais. Quase 02 anos se passaram e nada foi feito…estamos aqui de novo e, dessa vez, esperamos que agora tenhamos ações e não apenas discussões. Todos os encaminhamentos serão encaminhados ao Governador e ao Prefeito. A população aguarda um retorno eficaz”, disse Wellington.

VEJA AQUI ALGUNS ENCAMINHAMENTOS:

– Programa de Proteção Animal, nos moldes do que há em Curitiba;
– Alterar a Lei de Proteção aos Animais (Lei 10.169, de 2014), impondo Fundo Estadual de Proteção aos animais (capital financeiro para gerir políticas públicas);Delegacia Especial de Proteção aos Animais e Conselho Estadual de Proteção aos Animais com intuito de discutir políticas públicas;
– Articular a implantação do Projeto “Cavalos de Lata” em São Luís;
– Enfatizar ações de educação ambiental;
– Desconto em IPTU ou outra tributação para tutor responsável;
– Campanhas educativas de adoção e posse responsável, além de fazer termo de cooperação técnica com as universidades, conselho de veterinária, OAB, MP, PRF, Estado, AL/MA; bem como campanhas de castrações gratuitas.

“Que agora tenhamos ações e não apenas discussões”, destaca o deputado Wellington do Curso após a audiência em defesa dos animais. Assista:

3 comentários »

Pop rock com Pandha, pagode retrô e Carnaval no Mokai

0comentário

A banda Argumento promete surpresas para os foliões do CarnaMokai

A semana começa mais que animada no Mokai Lounge Bar, na Av. dos Holandeses. Nessa quinta (23.02) tem o melhor do pop rock com Pandha e Banda, à partir das 22H, com ingressos à venda no local. Já na sexta (24.02) acontece mais uma edição do projeto “Samba & Pagode Retrô”, comandado pelo Grupo Samba Ceuma, que recebe convidados especiais como Maguininho, e também a dupla Pedrinho e Valbinho (Vamu di Samba).

A proposta é tocar todas as músicas que marcaram época nos Anos 90, sucessos de grupos antológicos como Raça Negra, Soweto, Sorriso Maroto, Pagode dos 90 Belo, Salgadinho, Márcio Arte e muito mais. Para a galera dançar e cantar junto, à partir das 22H com ingressos à venda no local.

E nos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro, de domingo à terça – feira de carnaval, acontece o CarnaMokai, o super carnaval do Mokai com atrações maravilhosas como Argumento, Vamu di Samba, SL Samba, DJ. Walter Jr e outras surpresas.

Tudo isso regado a delícias exclusivas da cozinha Mokai, além de drinks e cerveja mega gelada. Atenção para o lote promocional com ingressos a R$ 30,00 por dia ou a R$ 100,00 o combo passaporte para curtir os quatro dias de folia com economia. Mais informações pelo fone (98) 991041515.11:19 23/02/2017

sem comentário »