Crise na OAB/MA: presidente de comissão renuncia a cargo

0comentário

Aldenor Rebouças Júnior fez duras críticas ao atual presidente da OAB/MA

O advogado Aldenor Rebouças Júnior renunciou ao cargo de presidente da Comissão de Legislação Participativa da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/MA. A decisão vem em repúdio à declaração de Thiago Diaz, em entrevista ao jornal Maranhão Hoje, que pretende a reeleição para eleição da OAB em 2018, mesmo sendo uma das suas propostas em 2015 o fim da reeleição para o cargo de presidente.

“Thiago Diaz, ungido sob a promessa de que não sairia à reeleição, hoje a cogita. Indagado pessoalmente na última sexta-feira (9), o presidente não descartou a possibilidade. É triste ver um jovem repetir prática política antiga”, postou Aldenor em seu facebook.

O advogado prossegue dizendo que sua renúncia se deve a uma questão de coerência. “Historicamente avesso à reeleição, fazendo oposição aberta às de Caldas Góis e Mário Macieira, preciso renunciar à presidência de uma comissão confiada. Só pode exigir coerência quem a pratica, inclusive em relação à própria classe. Espero que a ideia de recondução se dissipe e não precise engrossar as fileiras oposicionistas”, declarou.

Essa é apenas mais uma das quebras de campanha de Thiago Diaz, que anteriormente tinha prometido não aumentar anuidade (aumentou esse ano) e faria uma gestão voltada pros jovens advogados, mas hoje se vê rodeado pelos mesmos caciques que prometeu combater ao se eleger. Além disso, criou uma grave crise institucional com o TJ/MA ao sair arrancando sem permissão vários avisos no mural do Fórum de Coroatá, fazendo com que muitos advogados tenham enorme dificuldade em conseguir alvarás e despachar com os magistrados, efeito colateral da atitude truculenta do atual presidente da OAB/MA.

Sem comentário para "Crise na OAB/MA: presidente de comissão renuncia a cargo"


deixe seu comentário