Atletismo: ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA COPA BRASIL

0comentário
ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA COPA BRASIL CAIXA PROVAS DE COMBINADAS

Maior município do interior mineiro, Uberlândia será sede da COPA BRASIL CAIXA DE PROVAS COMBINADAS-2010, na pista Ádria Santos, no CNT CAIXA SESI, instalado na Vila Olímpica do Sesi Gravatás. O evento será disputados nos dias 17 e 18 de abril.

Serão disputados o decatlo masculino adulto e juvenil, o octatlo masculino menor, e o heptatlo feminino adulto, juvenil e menor.

INSCRIÇÕES

As inscrições de atletas, treinadores e dirigentes já podem ser feitas, por fax ou e-mail, e deverão ser entregues até o dia 09 de abril, na sede da CBAt, às 18 horas, de Manaus (19 horas, de Brasília).

sem comentário »

ATLETISMO DO BRASIL É CAMPEÃO DOS JOGOS SUL-AMERICANOS

0comentário
Fonte: CBAt
Valdiléia Martins garante o ouro do Brasil no salto em altura nos Jogos de Medellin (Washington Alves/COB/Divulgação)
O atletismo brasileiro obteve mais um grande resultado na temporada. Depois de obter um lugar entre os países top 10 no Mundial Indoor do Catar, agora foi a equipe sub 23, que manteve para o País uma hegemonia de quase quatro décadas na América do Sul. Isto porque, ontem (23), em Medellín, na Colômbia, o Estádio Alfonso Galvis foi palco da última etapa do torneio de atletismo dos Jogos Sul-Americanos. E a seleção nacional conquistou mais oito medalhas.

Assim, concluído o certame, que este ano correspondeu ao Campeonato Sul-Americano Sub 23, o Brasil obteve vitória absoluta no Quadro de Medalhas, com o total de 42 pódios, contra 34 da Colômbia, vice-campeã, e 15 da Venezuela, terceira colocada. Também no número de títulos a equipe brasileira levou a melhor: foram 13, contra 11 dos colombianos e seis dos representantes venezuelanos.

No geral, os brasileiros ganharam 13 medalhas de ouro, 18 de prata e 11 de bronze. E no Quadro de Pontos, o Brasil venceu 378, contra 287 da Colômbia e 133 da Venezuela. No total, 11 países colocaram atletas no pódio e 12 pontuaram.

O grande resultado da competição foi obtido logo na rodada de abertura, quando a brasileira Ana Cláudia Lemos Silva marcou 11.17 (vento de 1.4), na preliminar dos 100 m. Na prova, ela igualou o recorde sul-americano da prova, estabelecido em 1999, pela também brasileira Lucimar Moura. Na final, Ana Cláudia ganhou o ouro com 11.33 (vento de 1.5). Na última rodada, na noite desta terça, o melhor desempenho entre os brasileiros foi o de Valdiléia Martins, de 20 anos, que venceu o salto em altura, com 1,83 m.

“Foi um resultado muito bom da Ana Cláudia”, analisa seu treinador, desde outubro último, Katsuiko Nakaya. “É importante notar que ela tem 21 anos e a Lucimar, quando correu 11.17 em 1999, tinha 25. Então, pode-se esperar um progresso maior dela, já que, em geral, os velocistas alcançam o auge a partir dos 24, 25 anos”, completa o treinador.

Também o presidente da CBAt, Roberto Gesta de Melo, ficou feliz com o desempenho da equipe: “Foi mais um bom resultado do atletismo nacional na temporada”, afirma. “Vários atletas provaram ter potencial a ser desenvolvido para as grandes competições dos próximos anos”, lembra o dirigente.

MEDALHAS DO BRASIL NA ÚLTIMA ETAPA

OURO
Valdiléia Martins (salto em altura) 1,83 m

PRATA
Laís Gabriela Silva (salto em altura) 1,77 m
Jean Casimiro Rosa (salto triplo) 16,22 m
Lucas Ivan da Silva (lançamento do dardo) 65,30 m
4×400 m 3:40.68 (Bárbara Leôncio, Eliane Paixão, Ana Cláudia e Bárbara Oliveira)
4×400 m 3:07.11 (José Guilherme de Oliveira, Hederson Estefani, Henrique Souza e Helder Corrêa)

BRONZE
Rafaela Gonçalves (lançamento do dardo) 52,27 m
Jenifer do Nascimento Silva (1.500 m) 4:40.90

VIAGEM DE VOLTA
A equipe volta ao Brasil pelo voo AV 85, da Avianca, com chegada prevista para esta quinta-feira (25), às 05:30, no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Resultados completos no link abaixo:
http://www.consudatle.org/odesur2010/

sem comentário »

ATLETISMO – MUNDIAL DE CROSS

0comentário
SELEÇÃO VIAJA NESTA QUARTA PARA O MUNDIAL DE CROSS

 A seleção brasileira embarca amanhã (quarta-feira 24), para a disputa do Campeonato Mundial de Cross Country, marcado para o próximo domingo (28), em Bydgoszcz, na Polônia.

O Brasil se classificou para competir os 12 km masculino adulto do Mundial, ao vencer a prova no Campeonato Sul-Americano, em 27 de fevereiro, na cidade equatoriana de Guayaquil.

Joilson Bernardo da Silva, Gilberto Silvestre Lopes, Gilmar Silvestre Lopes, Sergio Celestino da Silva e Leonardo Vieira Guedes compõem a equipe do Brasil. Artur Araújo será o chefe da delegação e Henrique Viana, o treinador.

O embarque está previsto para as 22:45, desta quarta-feira (24), no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, pelo voo LH 9829, da Lufthansa.

Mais informações no link abaixo:
http://www.iaaf.org/wxc10/index.html

sem comentário »

ATLETISMO TERMINA NESTA TERÇA EM MEDELLÍN

0comentário

Fonte: CBAt

Da esquerda: Franciela Krasucki, Ana Cláuida Lemos, Vanusa Santos e Vanda Gomes, campeãs no 4×100 em Medellin (Marcos Andrade/CBAt)

Mais dez medalhas a equipe do Brasil conquistou na noite de ontem (22) no torneio de atletismo dos Jogos Sul-Americanos, em Medellín, na Colômbia. Este ano, o evento corresponde ao Campeonato Sul-Americano Sub 23 e a última etapa está programada para a noite desta terça-feira (23), no Estádio Alfonso Galvis.

Na rodada de segunda, os brasileiros ganharam mais cinco medalhas de ouro, três de prata e duas de bronze. No total, o Atletismo nacional lidera com 34 medalhas: 12 de ouro, 13 de prata e 9 bronze. A Colômbia ocupa a segunda posição, com 20 pódios: cinco ouros, nove pratas e seis bronzes.

Abaixo, as medalhas conquistadas na segunda-feira à noite:

OURO
Fernanda Borges (lançamento do disco) 55,68 m
Sara Pereira (salto com vara) 3,85 m
Allan Wolski (lançamento do martelo) 61,17 m
Tatiele Carvalho (5.000 m) 17:13.53
4×100 m 44.47 (Vanusa Santos, Vanda Gomes, Ana Claudia Lemos e Franciela Krasucki)

PRATA
Andressa Morais (lançamento do disco) 53,28 m
Raissa Schubert (salto com vara) 3,80 m
Bianca Santos (salto triplo) 13,20 m

BRONZE
Eliane Paixão (400 m com barreiras) 1:00.89
4×100 m 40.60 (Gustavo Santos, Rubens Quirino, Helder Corrêa e Jonathan Silva)

PROVAS DA ÚLTIMA ETAPA E BRASILEIROS INSCRITOS:

(NOTA: os horários apontados são locais – em Brasília são duas horas a mais.)

Sexta etapa – terça-feira – tarde (23/03)
17:00 – Lançamento do dardo feminino – Final (Jucilene Sales de Lima e Rafaela Gonçalves)
17:15 – Salto em altura feminino – Final (Laís Cavalcanti da Silva e Valdiléia Martins)
17:30 – Salto triplo masculino – Final (Jena Cassimiro Rosa e Fernando Cunha Filho)
17:30 – 5.000 m masculino – Final (Ronaldo do Carmo Rocha e Daniel Chaves da Silva)
18:00 – 3.000 m com obstáculos feminino – Final (Ingrith Barbosa e Rafaela Ritz dos Santos)
18:15 – Lançamento do dardo masculino – Final (Lucas Lima da Silva e Eduardo Alexandrino)
18:20 – 3.000 m com obstáculos masculino – Final (Jean Dolberth Machado e Valdison Silva)
18:40 – 1.500 m feminino – Final (Geisiane Mandelli de Lima e Jenifer Silva)
18:55 – 4 x 400 m feminino – Final
19:15 – 4 x 400 m masculino – Final

sem comentário »

ATLETISMO DO BRASIL AMPLIA LIDERANÇA EM MEDELLÍN

0comentário
ATLETISMO DO BRASIL AMPLIA LIDERANÇA EM MEDELLÍN

Fonte: CBAt

Jessica Santos: campeã dos 800 m nos Jogos Sul-Americanos em Medellin (Washington Alves/COB/Divulgação)

O Brasil conquistou mais 16 medalhas ontem (domingo 21) e ampliou sua liderança no torneio de atletismo dos Jogos Sul-Americanos, em Medellín, na Colômbia. Este ano, o evento corresponde ao Campeonato Sul-Americano Sub 23 e as provas começaram no sábado (20) e terminarão amanhã (23), no Estádio Alfonso Galvis. Na rodada do domingo, os brasileiros ganharam mais três medalhas de ouro, sete de prata e seis de bronze.

No total, agora, o Atletismo nacional lidera o Quadro de Medalhas com 24: sete de ouro, 10 de prata e sete do bronze. A Colômbia ocupa a segunda posição, com 20 pódios: cinco ouros, nove pratas e seis bronzes.

Abaixo, os brasileiros ganhadores de medalha no domingo:

OURO
Diego Araújo (decatlo) 7.204 pontos
Augusto Dutra (salto com vara) 5,00 m
Jéssica Santos (800 m) 2:09.72

PRATA
Cynthia Alves (heptatlo) 5.187 pontos
Pedro de Almeida (decatlo) 7.020 pontos
Cléber Damião (salto com vara) 4,80 m
Daniel Chaves (10.000 m) 31:03.27
Geisiane Mandelli (800 m) 2:10.98
Lutmar Paes (800 m) 1:47.52
Vanda Gomes (200 m)

BRONZE
Caio Bonfim (marcha 20.000 m) 1:33:05.1
Gilberto Lopes (10.000 m) 31:22.33
Lourival de Almeida (salto em distância) 7,45 m
Diomar Noêmio (800 m) 1:50.14
Bárbara Leôncio (200 m) 23.86
Rubens Quirino (200 m) 21.29

PROVAS DESTA SEGUNDA-FEIRA (22) E BRASILEIROS INSCRITOS:

(NOTA: os horários apontados são locais – em Brasília são duas horas a mais.)

17:00 – Salto com vara feminino – Final (Sara Santos Pereira e Raissa Schubert)
17:00 – Lançamento do disco feminino – Final (Andressa Oliveira Morais e Fernanda Borges)
17:15 – 400 m com barreiras feminino – Final
17:30 – Salto triplo feminino – Final (Giselle Marculino e Bianca Cristina dos Santos)
17:30 – 400 m com barreiras masculino – Final
17:45 – 5.000 m feminino – Final (Tatiele Roberta de Carvalho e Drielle Severiano)
18:00 – Lançamento do martelo masculino (Alan Melo e Allan Wolski)
18:10 – 1.500 m masculino – Final (Patrick Machado e Fabio Queiroz)
18:25 – 4 x 100 m feminino – Final
18:45 – 4 x 100 m masculino – Final

PROVAS DE TERÇA-FEIRA (23) E BRASILEIROS INSCRITOS:

(NOTA: os horários apontados são locais – em Brasília são duas horas a mais.)

17:00 – Lançamento do dardo feminino – Final (Jucilene Sales de Lima e Rafaela Gonçalves)
17:15 – Salto em altura feminino – Final (Laís Cavalcanti da Silva e Valdiléia Martins)
17:30 – Salto triplo masculino – Final (Jena Cassimiro Rosa e Fernando Cunha Filho)
17:30 – 5.000 m masculino – Final (Ronaldo do Carmo Rocha e Daniel Chaves da Silva)
18:00 – 3.000 m com obstáculos feminino – Final (Ingrith Barbosa e Rafaela Ritz dos Santos)
18:15 – Lançamento do dardo masculino – Final (Lucas Lima da Silva e Eduardo Alexandrino)
18:20 – 3.000 m com obstáculos masculino – Final (Jean Dolberth Machado e Valdison Silva)
18:40 – 1.500 m feminino – Final (Geisiane Mandelli de Lima e Jenifer Silva)
18:55 – 4 x 400 m feminino – Final
19:15 – 4 x 400 m masculino – Final

Resultados completos no link: http://www.consudatle.org/odesur2010/

sem comentário »

Hojé é dia de Atletismo: ATLETISMO DO BRASIL LIDERA JOGOS SUL-AMERICANOS

ANA CLÁUDIA GANHA OURO
E ATLETISMO DO BRASIL LIDERA JOGOS SUL-AMERICANOS

Fonte: CBAt

Com a bandeira do Brasil, Ana Cláudia comemora ouro nos 100 m em Medellín (Marcos Andrade/CBAt)
O Brasil conquistou oito medalhas neste sábado (20), quatro delas de ouro, no primeiro dia do torneio de atletismo dos Jogos Sul-Americanos, e lidera o evento, que este ano corresponde ao Campeonato Sul-Americano Sub 23, em Medellín, na Colômbia.

Na prova mais esperada da tarde, a brasileira Ana Cláudia Lemos Silva, que na semifinal, pela manhã, já havia marcado 11.17 e igualado o recorde sul-americano dos 100 m, voltou à pista do Estádio Alfonso Galvis, para a disputa da final. Ana Cláudia, que ocupa o primeiro lugar no Ranking Mundial da prova, marcou 11.33 (vento de 1.5) para vencer.

A prata e o bronze foram para as colombianas Yomara Hinestroza, com 11.63, e Nelay Caicedo, com 11.70. Franciela Krasucki ficou em quinto, com 12.27.

Andressa Morais foi venceu o lançamento do martelo com 55,95 m. Outra representante do País, Carla Michel ficou com a prata, com 55,42 m. Completou o pódio a venezuelana Dukina Freyttes, com 55,38 m.

O Brasil ficou no lugar mais alto no pódio também nos 400 m. Bárbara de Oliveira, já qualificada para o Mundial Juvenil, em julho, no Canadá, venceu com 53.38. As colombianas Yenifer Gonzalez, com 54.09, e Yanet Largacha, com 54.22 garantiram, respectivamente, prata e bronze. Cristina Silva ficou em sexto, com 56.52.

Nos 400 m masculino, Osmar Longart, da Venezuela, com 46.09, foi medalha de ouro. O Brasil completou o pódio: Hederson Estefani, com 46.85, foi prata, e Helder Corrêa, bronze, com 47.40.

No salto em distancia feminino, ouro para Ana Beatriz Esperança, com 5,99 m. A prata e o bronze ficaram, respectivamente, com Munick Tovar, da Venezuela, com 5,97 m, e Melissa Valencia, da Colômbia, com 5,96 m. Bianca Santos ficou em quarto, com 5,95 m.

Nos 100 m com barreiras, vitória da Argentina Agustina Zerboni, com 13.66. A brasileira Anita Souza ficou com a prata, com 13.69, seguida da peruana Giuliana Tovar, bronze com 13.87. Giselle Marculino foi a quara, com 14.04.

No heptatlo, após quatro provas realizadas, liderança da argentina Agustina Zerboni, com 3.365 pontos. Cynhia Alves é a segunda, com 3.164 pontos.

No decatlo, Diego Araújo lidera com 3.842 pontos, seguido do também brasileiro Pedro de Almeida, com 3.708.

Abaixo as provas de amanhã (22) e os brasileiros inscritos.

Quinta etapa – Segunda-feira – Tarde (22/03)
17:00 – Salto com vara feminino – Final (Sara Santos Pereira e Raissa Schubert)
17:00 – Lançamento do disco feminino – Final (Andressa Oliveira Morais e Fernanda Borges)
17:15 – 400 m com barreiras feminino – Final
17:30 – Salto triplo feminino – Final (Giselle Marculino e Bianca Cristina dos Santos)
17:30 – 400 m com barreiras masculino – Final
17:45 – 5.000 m feminino – Final (Tatiele Roberta de Carvalho e Drielle Severiano)
18:00 – Lançamento do martelo masculino (Alan Melo e Allan Wolski)
18:10 – 1.500 m masculino – Final (Patrick Machado e Fabio Queiroz)
18:25 – 4 x 100 m feminino – Final
18:45 – 4 x 100 m masculino – Final

Resultados completos no link: http://www.consudatle.org/odesur2010/

DIA DE ATLETISMO: RECORDE SUL-AMERICANO DOS 100 M

0comentário
ANA CLÁUDIA SURPREENDE E IGUALA RECORDE SUL-AMERICANO DOS 100 M

Fonte: CBAt

Ana Cláudia, acima no Brasileiro Sub 23,

igualou recorde sul-americano dos 100 m (CBAt)

Uma grande notícia para o atletismo brasileiro, logo na manhã deste sábado (20), na abertura do torneio de atletismo dos Jogos Sul-Americanos, em Medellín, na Colômbia. Na pista do Estádio Alfonso Galvez, na Série 1 da fase semifinal dos 100 m, a cearense radicada em São Paulo Ana Cláudia Lemos Silva se classificou para a final (marcada para esta noite, às 21:30, hora de Brasília).

Mais que isto, ela marcou 11.17, com vento de 1.4 m/s, e igualou o recorde sul-americano, estabelecido pela também brasileira Lucimar Moura, em Bogotá, em 1999. Ana Cláudia também passa a ocupar o primeiro lugar no Ranking Mundial da prova. Na Série 2, Franciela Krasucki ficou em segundo com 12.00, e também estará na final.

Ana Cláudia tem 21 anos, foi campeã sul-americana sub 23 em Lima-2008 e reserva do 4×100 m nacional, que obteve o quarto lugar nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008 e no Mundial de Berlim-2009. “Ela correu na raia 7, largou muito bem”, disse Ricardo D Angelo, da comissão técnica do Brasil. “A pista é rápida e a temperatura, de cerca de 27 graus, também ajudaram na obtenção do recorde pela Ana Cláudia”, explicou Ricardo.

Mas nem todas as notícias foram boas nesta primeira etapa do atletismo. No heptatlo, Vanessa Spínola se contundir e teve que abandonar a competição. Nos 20.000 m da marcha feminina, primeira prova final do torneio, o título foi para a colombiana Ingrid Hernández, com 1:42:56. Aline Sausen foi quarta com 2:02:33 e Liliane Barbosa foi desqualificada. Helder Correa com 48.30 e Hederson Estefani, com 47.23, passaram para a final dos 400 m. Nos 100 m, Gustavo dos Santos marcou 10.66 e também estará na final.

CAMPEONATO PROSSEGUE NESTE DOMINGO

O Brasil terá 26 atletas neste domingo (21), segundo dia do torneio de atletismo dos Jogos Sul-Americanos, que este ano corresponde ao Campeonato Sul-Americano Sub 23. Serão disputadas 24 provas, sendo 12 delas, finais.

O Brasil é candidato à conquista da medalha em várias provas. Na parte da manhã, por exemplo, a partir das 08 horas, de Medellín (10 horas, em Brasília), Caio Bonfim e Dejaime de Oliveira competem nos 20 km marcha. Caio já está qualificado para a Copa do Mundo de Marcha no México, em maio, e para o Mundial Juvenil, em julho, no Canadá.

Nos 200 m feminino, dois destaques: a paranaense Vanda Gomes, prata no Mundial Juvenil de Pequim-2006 e Bárbara Leôncio, ouro no Mundial de Menores de Ostrava-2007. Entre outros candidatos ao pódio, o Brasil tem Hederson Estafani nos 400 m com barreiras e Bárbara de Oliveira, na versão feminina da prova.

Abaixo as provas deste domingo e os brasileiros inscritos. OBSERVEM que os horários apontados são locais – em Brasília são duas horas a mais.

TERCEIRA ETAPA – DOMINGO – MANHÃ (21/03)
08:00 – 20 km Marcha masculino – Final (Caio Bonfim e Dejaime de Oliveira)
09:00 – Salto em distância feminino – Heptatlo (Cynthia Alves)
09:50 – 110 m com barreiras masculino – Decatlo (Diego de Araújo e Pedro de Almeida)
10:10 – 400 m com barreiras feminino – Semifinal (Bárbara de Oliveira e Wanessa Zavolski)
10:30 – Lançamento do disco masculino – Decatlo (Diego Araújo e Pedro de Almeida)
10:30 – 400 m com barreiras masculino – Semifinal (Hederson Estefani e Thiago de Souza)
10:50 – 800 m feminino – Semifinal (Geisiane Mandelli e Jéssica dos Santos)
11:10 – 800 m masculino – Semifinal (Lutimar Paes e Diomar Noêmio de Souza)
11:20 – Lançamento do dardo feminino – Heptatlo (Cynthia Alves)
11:30 – 200 m feminino – Semifinal (Vanda Gomes e Bárbara Leôncio)
11:50 – 200 m masculino – Semifinal (Rubens Quirino)
12:00 – Salto com vara masculino – Decatlo (Diego Araújo e Pedro de Almeida)

QUARTA ETAPA – DOMINGO – TARDE (21/03)
17:00 – Lançamento do dardo masculino – Decatlo (Diego Araújo e Pedro de Almeida)
17:00 – Salto com vara masculino – Final (Augusto Dutra e Cléber Damião)
17:20 – 10.000 m masculino – Final (Daniel Chaves e Gilberto Lopes)
17:30 – Salto em distância masculino – Final (Willian Barrionuevo e Lourival Nogueira)
17:40 – Arremesso do peso feminino – Final (Geisa Arcanjo e Renata Severiano)
18:00 – Lançamento do disco masculino – Final (Luis Schneider e Gerson dos Santos)
18:05 – 800 m feminino – Final
18:20 – 800 m masculino – Final
18:35 – 200 m feminino – Final
18:50 – 200 m masculino – Final
19:00 – 800 m feminino – Heptatlo Final (Cynthia Alves)
19:10 – 1.500 m masculino – Decatlo Final (Diego Araújo e Pedro de Almeida)

Mais informações no site do evento acesso pelo link abaixo:
http://www.consudatle.org/odesur2010/

sem comentário »

HOJE É DIA DE ATLETISMO –

0comentário
RANKING CAIXA CBAt DE CORREDORES-2010

José Magno dos Santos Mota e Maria Zeferina Baldaia lideram o “Ranking CAIXA CBAt de Corredores-2010”, após a disputa de duas etapas: a Meia-Maratona de São Paulo e a etapa de Ribeirão Preto do Circuito de Corridas Caixa.

No masculino, José Magno lidera com 52 pontos, seguido de perto por Valdir Sergio de Oliveira, que tem 48. O campeão do Ranking em 2009, Giomar Pereira, é o terceiro, com 45 pontos. O quarto é Luis Paulo Antunes, com 30, e o quinto, Sivaldo Santos Viana, com 28.

Entre as mulheres, Zeferina Baldaia tem 52 pontos e Conceição de Oliveira, campeã do Ranking-2008, é a segunda, com 38. Edielza Alves Guimarães é a terceira, com 31, um à frente de Simone Alves da Silva, quarta, com 30. Adriana Aparecida da Silva é a quinta, com 26.

No total, 62 atletas já marcaram pontos (31 no masculino e 31 no feminino). Os 10 primeiros do Ranking integrarão o “Programa Caixa de Apoio a Corredores de Elite” em 2011.

A disputa pelos pontos do Ranking CAIXA CBAt prossegue com a realização da Meia Maratona de Brasília, em 11 de abril.

sem comentário »

EQUIPE DE ATLETISMO SEGUE PARA A COLÔMBIA

0comentário
A equipe que representará o Brasil no torneio de atletismo dos Jogos Sul-Americanos terá 76 atletas e viajará nesta quarta-feira (17) para a Colômbia. Lá, disputará os Jogos Sul-Americanos, que este ano corresponderá ao Campeonato Sul-Americano Sub 23. O torneio de atletismo será realizado entre os próximos dias 20 e 23.

O embarque da delegação está previsto para as 08:35 desta quarta-feira, no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, pelo Voo AV 86, da AVIANCA.

A SELEÇÃO

MASCULINO
Diego Cavalcanti (RN) 100 m – 200 m – 4×100 m
Ailson Feitosa (SP) 100 m – 4×100 m
Eric Sigaki de Jesus (SP) 4×100 m
Gustavo Machado dos Santos (SP) 4×100 m
Rubens Quirino (MG) 200 m
Hederson Estefani (PR) 400 m – 4×400 m – 400 m com barreiras
Helder Corrêa (PR) 400 m – 4×400 m
Henrique Nogueira de Souza (MG) 4×400 m
Jose Guilherme de Oliveira (SP) 4×400 m
Lutimar Paes (SP) 800 m
Diomar Noemio de Souza (SP) 800 m
Patrick Machado (SP) 1.500 m
Fabio Queiroz (MG) 1.500 m
Daniel Chaves da Silva (SP) 5.000 m – 10.000 m
Ronaldo do Carmo Rocha (PR) 5.000 m
Gilberto Silvestre Lopes (RJ) 10.000 m
Jean Carlos Dolberth Machado (SP) 3.000 m com obstáculos
Valdison das Neves Silva (SP) 3.000 m com obstáculos
Jonathan Henrique Silva (SP) 110 m com barreiras
Thiago Nogueira de Souza (MG) 400 m com barreiras
Talles Frederico Sousa Silva (MG) Salto em altura
José André da Silva Pires (PE) Salto em altura
Augusto Dutra de Oliveira (SP) Salto com vara
Cléber Damião da Silva (SP) Salto com vara
Willian Barrionuevo (SP) Salto em distância
Jean Cassimiro Rosa (SP) Salto triplo
Fernando da Cunha Filho (PE) Salto triplo
Luís Henrique Schneider (SC) Arremesso do peso – Lançamento do disco
Bruno Tapias (SP) Arremesso do peso
Gérson Carvalho dos Santos (SP) Lançamento do disco
Allan Wolski (SP) Lançamento do martelo
Alan Melo (SC) Lançamento do martelo
Lucas Ivan Lima da Silva (SP) Lançamento do dardo
Eduardo Alexandrino (PR) Lançamento do dardo
Diego Pereira de Araújo (SP) Decatlo
Pedro de Almeida Lima (SP) Decatlo
Caio Sena Bonfim (DF) 20.000 m marcha
Dejaime César de Oliveira (DF) 20.000 m marcha

FEMININO
Franciela Krasucki (SP) 100 m – 4×100 m
Ana Claudia Lemos Silva (SC) 100 m – 4×100 m
Vanda Ferreira Gomes (SP) 4×100 m – 200 m
Vanusa dos Santos (SP) 4X100 m
Bárbara Leôncio (RJ) 200 m
Bárbara Farias de Oliveira (SP) 400 m – 4×400 m
Elaine Dias Paixão (SP) 400 m – 400 m com barreiras – 4×400 m
Aline Gonçalves Pinto (SP) 4×400 m
Cristiane dos Santos Silva (PI) 4×400 m
Geisiane Mandelli de Lima (SP) 800 m – 1.500 m
Jessica Gonzaga dos Santos (SP) 800 m
Jenifer do Nascimento Silva (SP) 1.500 m
Tatiele Roberta de Carvalho (SP) 5.000 m
Drielle Conde Severiano (SP) 5.000 m
Ana Paula Brandão (DF) 10.000 m
Nayara Luniere Chagas (DF) 10.000 m
Ingrith Nascimento Barbosa (RS) 3.000 m com obstáculos
Giselle de Albuquerque (SP) 100 m com barreiras – Salto triplo
Anita Leal Souza (SP) 100 m com barreiras
Wanessa Zavolski (PR) 400 m com barreiras
Valdiléia Martins (SP) Salto em altura
Laís Cavalcanti da Silva (SP) Salto em altura
Sara Santos Pereira (SP) Salto com vara
Raissa Schubert (RS) Salto com vara
Ana Beatriz Esperança (RJ) Salto em distância
Carla Naiara Novais (PR) Salto em distância
Bianca Amaro dos Santos (RJ) Salto triplo
Geisa Rafaela Arcanjo (SP) Arremesso do peso
Renata Tavares Severiano (RJ) Arremesso do peso
Andressa de Morais (SP) Lançamento do disco – Lançamento do martelo
Fernanda Raquel Borges (SP) Lançamento do disco
Carla Michel (SP) Lançamento do martelo
Jucilene Sales de Lima (SP) Lançamento do dardo
Rafaela Torres Gonçalves (SP) Lançamento do dardo
Vanessa Spínola (SP) Heptatlo
Cynthia Silva Alves (SP) Heptatlo
Liliane Priscila Barbosa (DF) 20.000 m marcha
Aline Luisa Sausen (RS) 20.000 m marcha

COMISSÃO TÉCNICA
Chefe da equipe: Marcos Andrade
Treinador-chefe: João Paulo Alves da Cunha
Treinadores: Victor Fernandes, Mauro Roberto França, Ademir Nicola Francisco, Ricardo D’ Angelo, Tânia Moura, Hebe Scolfaro da Silva, João de Sena Bonfim. Médico: Mauro Antonio Moreira
Fisioterapeuta: Rosana Calache

sem comentário »

Atletismo – CBAt PREMIA FABIANA E KEILA

0comentário

Fonte: CBAt

Fabiana Murer (à esq.) e Keila Costa recebem prêmio da CBAt e da CAIXA (IAAF Divulgação)
Fabiana Murer e Keila Costa, representantes do Brasil que subiram ao pódio no Mundial Indoor, disputado em Doha, no Catar, serão premiadas pela CBAt e sua patrocinadora, a CAIXA. Conforme a tabela de premiação aprovada para esta temporada, a medalha de ouro no Mundial dá direito a prêmio de R$ 20 mil, e a de bronze, R$ 10 mil.

Assim, Fabiana, campeã do salto com vara, e Keila, terceira no salto em distância, receberão, respectivamente, R$ 20 mil e R$ 10 mil. Fabiana também ganhou prêmios de seu clube, a BM&FBovespa, e do Pão de Açúcar.

Fabiana voltou ao Brasil na manhã desta terça-feira (16) e Keila chegou ontem à noite. Nos próximos dias, elas retomarão os treinos para a temporada aberta. Elas estão entre os destaques nos Meetings internacionais que a CBAt organiza tradicionalmente, em maio.

sem comentário »