Atletismo: ESPERANÇA NO HEPTATLO

0comentário

 Três das principais revelações brasileiras no heptatlo foram avaliadas pelo especialista holandês Geert Lenting, no Centro Nacional de Treinamento “CNT CAIXA SESI”, em Uberlândia (MG): Tamara Alexandrino (16 anos), do Rio de Janeiro Débora Pires (17), de São Bernardo e Jéssica da Silva (17), de Sertãozinho. Tamara e Débora estavam acompanhadas de seus treinadores pessoais, Ormandino Barcelos e Luiz Antonio dos Santos.

Geert Lenting optou por um plano de avaliação de sete dias, para observar detidamente as condições técnicas das atletas, em cada uma das provas que compõem o heptatlo:

100 m com barreiras – 1º dia
Salto em altura – 2º dia
Arremesso do peso – 3º dia
200 m – 4º dia
Salto em distância – 5º dia
Lançamento do dardo – 6º dia
800 m – 7º dia

Nas competições oficiais, o heptatlo é disputado em dois dias: as quatro primeiras provas acima, no primeiro dia, e as outras três, no segundo. “As três atletas demonstraram potencial, vamos acompanhar. Espero proximamente avaliar outras atletas”, disse Geert, que também comandará um Camping de decatlo, no mês que vem, também em Uberlândia.

sem comentário »

JOGOS OLÍMPICOS DA JUVENTUDE

1comentário
A primeira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude será realizada em Cingapura, de 14 a 26 de agosto próximo. A qualificação dos atletas para o torneio de atletismo dos Jogos será feita por meio de seletivas continentais.

Nas Américas, haverá três seletivas, todas marcadas para 03 e 04 de abril: uma para os países da América do Sul, em Uberlândia uma para a América Central e Caribe, em El Salvador e uma para os Estados Unidos, em Houston (para os atletas canadenses contarão os resultados do campeonato nacional da categoria, em 2009).

A “Seletiva Sul-Americana Caixa de Atletismo”, realizada pela Confederação Sul-America de Atletismo (Consudatle) e organizada pela CBAt, acontecerá na Pista “Ádria dos Santos”, instalada na Vila Olímpica do Sesi-Gravatás, em Uberlândia, segunda maior cidade mineira.

Poderão competir atletas com 16 e 17 anos, ou seja, nascidos em 1993 e 1994. Nas seletivas podem competir até dois atletas por país. Nos Jogos da Juventude, porém, cada país poderá ter apenas um atleta por prova.

Para a Seletiva de Uberlândia, a CBAt convocará os dois primeiros do Ranking da categoria, no período 01/01/2009-21/03/2010.

Com os resultados das Seletivas, será elaborado o Ranking das Américas. Para os Jogos da Juventude serão convocados, então, os melhores do Ranking em cada prova, segundo a cota reservada, pela organização, para os atletas do continente.

1 comentário »

INTERVENÇÃO NA FEDERAÇÃO DE ATLETISMO…

0comentário
FEDERAÇÃO RORAIMENSE DE ATLETISMO

O interventor na Federação Roraimense de Atletismo (Fera), professor Manoel Everardo Rezende, já está em Boa Vista. Designado pela Confederação Brasileira de Atletismo, Everardo já iniciou conversas com clubes filiados. O objetivo é, se possível, ainda este mês, regularizar a situação administrativa da Federação junto à CBAt. Neste sentido, o interventor já tem agendada uma reunião com representantes dos clubes para a noite desta terça-feira (16), às 20 horas, no Hotel Aipana Plaza, na capital do estado.

Ainda dentro do assunto, mas se referindo ao Maranhão, breve haverá eleição por aqui. Sei de um grupo de pessoas que muito fizeram pelo Atletismo maranhense e, desgostosos com os rumos que tomou, por inépcia da atual diretoria, e descaso para com os atletas, estão se reunindo para apresentar uma chapa de oposição e retomar o caminho certo.

Aguardo mais noticias…

sem comentário »

ZEFERINA BALDAIA E VALDIR DE OLIVEIRA: MELHORES DO BRASIL EM RIBEIRÃO PRETO

0comentário

Fonte: CBAt

Valmir de Oliveira salta em comemoração ao vice-campeonato, em Ribeirão Preto (Luiz Doro/Adorofoto)

Maria Zeferina Baldaia e Valdir de Oliveira, vice-campeões, foram os brasileiros com melhor classificação na etapa de abertura do “Circuito de Corridas Caixa-2010”, disputada ontem (14), em Ribeirão Preto, com cerca de 2 mil corredores. As provas do Circuito integram o “Ranking CAIXA/CBAt de Corredores”, na temporada.

Baldaia completou os 10 km em 36:51 e ficou atrás apenas da campeã, Elizabeth Chepkanan Rumokol, do Quênia, que fez 36:23. Conceição de Oliveira foi a terceira, com 36:59.

Entre os homens, o queniano Kiprop Mutai conquistou o lugar mais alto do pódio, com 31:01. Valdir de Oliveira chegou apenas 11 segundos atrás, com 31:12. José Magno Mota ficou com a terceira colocação, com 31:19.

A próxima etapa do Circuito será disputada no dia 24 de abril, em Campo Grande (MS).

Resultados

Masculino
1º Kiprop Mutai (Quênia) 31:01
2º Valdir Sérgio de Oliveira (Brasil) 31:12
3º José Magno dos Santos Mota (Brasil) 31:19
4º José do Nascimento Souza (Brasil) 31:21
5º Joilson Bernardo da Silva (Brasil) 31:24

Feminino
1º Elizabeth Chepkanan Rumokol (Quênia) 36:23
2º Maria Zeferina Baldaia (Brasil) 36:51
3º Conceição de Oliveira (Brasil) 36:59
4º Vanda Carneiro Chagas (Brasil) 37:23
5º Edielza Alves Guimarães (Brasil) 37:47

sem comentário »

EQUIPE DOS JOGOS SUL-AMERICANOS FAZ CAMPING EM SÃO CAETANO

0comentário
Fonte: CBAt
Hederson Estefani (à esq) e Rafaela Gonçalves da equipe brasileira sub-23 (Marcelo Ferrelli/CBAt)

Começou na noite de ontem (14), a reunião dos atletas da equipe de atletismo, que representará o Brasil nos Jogos Sul-Americanos-2010, a partir do próximo sábado (20), em Medellín, na Colômbia.

Os atletas estão em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, onde fazem uma Camping de preparação até a próxima quarta-feira (17), dia do embarque da seleção. Em São Caetano, Atletas e treinadores trabalham na pista do CER Vila São José.

Este ano, o torneio de atletismo dos Jogos corresponderá o Campeonato Sul-Americano Sub 23, e o Brasil terá 76 atletas (38 homens e 38 mulheres).

A SELEÇÃO

MASCULINO
Diego Cavalcanti (RN) 100 m – 200 m – 4×100 m
Ailson Feitosa (SP) 100 m – 4×100 m
Eric Sigaki de Jesus (SP) 4×100 m
Gustavo Machado dos Santos (SP) 4×100 m
Rubens Quirino (MG) 200 m
Hederson Estefani (PR) 400 m – 4×400 m – 400 m com barreiras
Helder Corrêa (PR) 400 m – 4×400 m
Henrique Nogueira de Souza (MG) 4×400 m
Jose Guilherme de Oliveira (SP) 4×400 m
Lutimar Paes (SP) 800 m
Diomar Noêmio de Souza (SP) 800 m
Patrick Machado (SP) 1.500 m
Fábio Queiroz (MG) 1.500 m
Daniel Chaves da Silva (SP) 5.000 m – 10.000 m
Ronaldo do Carmo Rocha (PR) 5.000 m
Gilberto Silvestre Lopes (RJ) 10.000 m
Jean Carlos Dolberth Machado (SP) 3.000 m com obstáculos
Valdison das Neves Silva (SP) 3.000 m com obstáculos
Jonathan Henrique Silva (SP) 110 m com barreiras
Thiago Nogueira de Souza (MG) 400 m com barreiras
Talles Frederico Sousa Silva (MG) Salto em altura
José André da Silva Pires (PE) Salto em altura
Augusto Dutra de Oliveira (SP) Salto com vara
Cléber Damião da Silva (SP) Salto com vara
Willian Barrionuevo (SP) Salto em distância
Jean Cassimiro Rosa (SP) Salto triplo
Fernando da Cunha Filho (PE) Salto triplo
Luís Henrique Schneider (SC) Arremesso do peso – Lançamento do disco
Bruno Tapias (SP) Arremesso do peso
Gérson Carvalho dos Santos (SP) Lançamento do disco
Allan Wolski (SP) Lançamento do martelo
Alan Melo (SC) Lançamento do martelo
Lucas Ivan Lima da Silva (SP) Lançamento do dardo
Eduardo Alexandrino (PR) Lançamento do dardo
Diego Pereira de Araújo (SP) Decatlo
Pedro de Almeida Lima (SP) Decatlo
Caio Sena Bonfim (DF) 20.000 m marcha
Dejaime César de Oliveira (DF) 20.000 m marcha

FEMININO
Franciela Krasucki (SP) 100 m – 4×100 m
Ana Claudia Lemos Silva (SC) 100 m – 4×100 m
Vanda Ferreira Gomes (SP) 4×100 m – 200 m
Vanusa dos Santos (SP) 4X100 m
Bárbara Leôncio (RJ) 200 m
Bárbara Farias de Oliveira (SP) 400 m – 4×400 m
Elaine Dias Paixão (SP) 400 m – 400 m com barreiras – 4×400 m
Aline Gonçalves Pinto (SP) 4×400 m
Cristiane dos Santos Silva (PI) 4×400 m
Geisiane Mandelli de Lima (SP) 800 m – 1.500 m
Jessica Gonzaga dos Santos (SP) 800 m
Jenifer do Nascimento Silva (SP) 1.500 m
Tatiele Roberta de Carvalho (SP) 5.000 m
Drielle Conde Severiano (SP) 5.000 m
Ana Paula Brandão (DF) 10.000 m
Nayara Luniere Chagas (DF) 10.000 m
Ingrith Nascimento Barbosa (RS) 3.000 m com obstáculos
Giselle de Albuquerque (SP) 100 m com barreiras – Salto triplo
Anita Leal Souza (SP) 100 m com barreiras
Wanessa Zavolski (PR) 400 m com barreiras
Valdiléia Martins (SP) Salto em altura
Laís Cavalcanti da Silva (SP) Salto em altura
Sara Santos Pereira (SP) Salto com vara
Raissa Schubert (RS) Salto com vara
Ana Beatriz Esperança (RJ) Salto em distância
Carla Naiara Novais (PR) Salto em distância
Bianca Amaro dos Santos (RJ) Salto triplo
Geisa Rafaela Arcanjo (SP) Arremesso do peso
Renata Tavares Severiano (RJ) Arremesso do peso
Andressa de Morais (SP) Lançamento do disco – Lançamento do martelo
Fernanda Raquel Borges (SP) Lançamento do disco
Carla Michel (SP) Lançamento do martelo
Jucilene Sales de Lima (SP) Lançamento do dardo
Rafaela Torres Gonçalves (SP) Lançamento do dardo
Vanessa Spínola (SP) Heptatlo
Cynthia Silva Alves (SP) Heptatlo
Liliane Priscila Barbosa (DF) 20.000 m marcha
Aline Luisa Sausen (RS) 20.000 m marcha

COMISSÃO TÉCNICA
Chefe da equipe: Warlindo Carneiro da Silva Filho
Delegado: Marcos Andrade
Treinador-chefe: João Paulo Alves da Cunha
Treinadores: Victor Fernandes, Mauro Roberto França, Ademir Nicola Francisco, Ricardo DAngelo, Tânia Moura, Hebe Scolfaro da Silva, João Sena Bonfim
Médico: Mauro Antonio Moreira
Fisioterapeuta: Rosana Calache

sem comentário »

BRASIL É TOP 10 NO MUNDIAL INDOOR EM DOHA

0comentário

Fonte: CBAt

Fabiana Murer comemora título mundial em Doha (Divulgação IAAF)

O Brasil obteve sua melhor performance histórica em Mundiais Indoor, que teve a sua 13ª edição, encerrada neste domingo (14), no imponente Aspire Dome, ginásio de atletismo, em Doha, no Catar. A equipe nacional conquistou uma medalha de ouro, com Fabiana Murer no salto com vara, e uma de bronze, com Keila Costa, no salto em distância.

Assim, o País ficou em 8º lugar no Quadro de Medalhas, junto com a Jamaica, e na frente de potências, como o Quênia, Alemanha, França, Ucrânia, Polônia e Espanha.

“O desempenho da equipe comprova o acerto do programa de preparação da CBAt, aprovado pelo Fórum-2009”, comemorou Roberto Gesta de Melo, presidente da CBAt e membro do Conselho da IAAF.

O dirigente elogiou o feito de Fabiana e a medalha de Keila, e dos outros bons resultados: “Tivemos mais um finalista (Jadel Gregório, sexto no triplo, com 16,78 m) e dois semifinalistas (Vicente Lenilson nos 60 m e Fabiano Peçanha nos 800 m). Isto é, a maioria dos integrantes da superou a fase inicial do Mundial”.

Os demais integrantes da equipe, em Doha, disputaram a fase preliminar do Mundial: Kléberson Davide (800 m), Jéfferson Sabino (triplo), Eliane Martins (salto em distância) e Gisele de Oliveira (triplo).

Com as medalhas de Fabiana e Keila, o Brasil soma 12 medalhas em Mundiais Indoor. As medalhas anteriores:

Zequinha Barbosa (800 m), ouro em Indianápolis-1987 e prata em Budapeste-1989 Róbson Caetano (200 m), bronze nos 200 m em Indianápolis-1987 André Domingos, Gilmar Santos, Eronildes Araújo e Sidnei Teles (revezamento medley), prata em Toronto-1993 Maurren Maggi (salto em distância), bronze em Birmingham-2003 e prata em Valência-2008 Jadel Gregório (salto triplo), prata em Budapeste-2004 e em Moscou-2006 Osmar Barbosa dos Santos (800 m), bronze em Budapeste-2004 Fabiana Murer (salto com vara), bronze em Valência-2008.

Antes da primeira edição do Mundial Indoor, em Indianápolis-1987, a IAAF realizou os Jogos Mundiais Indoor de Paris-1985 e João Batista Eugênio da Silva (200 m), foi o terceiro colocado.

sem comentário »

Atletismo – FABIANA MURER GANHA OURO NO MUNDIAL INDOOR EM DOHA

0comentário
FABIANA MURER GANHA OURO NO MUNDIAL INDOOR EM DOHA

São Paulo – Uma grande comemoração tomou conta de toda a equipe brasileira, assim que o título de Fabiana Murer, no salto com vara, foi confirmado no Mundial Indoor, encerrado neste domingo (14), no Aspire Dome, em Doha, no Catar. Fabiana, campineira na próxima terça-feira completará 29 anos, tornou-se a primeira mulher brasileira a ganhar ouro em um Mundial de Atletismo.

Para subir ao lugar mais alto do pódio, Fabiana saltou 4,80 m na primeira tentativa. Ela deixou em segundo lugar a ex-recordista mundial Svetlana Feofonova, da Rússia, que também fez 4,80 m, mas na segunda tentativa. Ambas tentaram 4,85 m, mas não passaram.

A brasileira, treinada por Elson Miranda, já havia saltado 4,50 m, 4,60 m e 4,70 m, sempre na primeira tentativa. Depois, passou 4,75 m na terceira. A polonesa Anna Rogowska, campeã mundial em Berlim-2009, ficou com a medalha de bronze, com 4,70 m. A campeã olímpica e recordista mundial Yelena Isinbayeva ficou na quarta posição, com 4,60 m.

“Estou muito feliz”, disse Fabiana, logo depois de dar a volta olímpica, à Sportv. “Estava bem preparada, mas só pude comemorar depois do último salto da Svetlana. Aí ficou definida a classificação e vi que tinha garantido o título para o Brasil. É grande estímulo para mim e para todos os atletas do Brasil, especialmente para quem faz salto com vara”, disse a atleta, que estreou os novos uniformes da seleção brasileira, fornecidos pela Nike, e que recebeu a medalha de ouro das mãos de Roberto Gesta de Melo, presidente da CBAt e membro do Conselho da IAAF.

O treinador Elson Miranda, que treina Fabiana há 15 anos, lembrou que não faz muito tempo, o salto com vara tinha pouca tradição no Brasil. “Tivemos que trabalhar muito, fui buscar conhecimento (fez muitas clínicas com Vitaly Petrov, ucraniano que foi técnico de Sergei Bubka e agora treina Isinbayeva) e conseguimos mudar isso”, afirmou.

Ele disse não ter dúvida de que esta evolução foi possível porque tivemos sempre apoio. Elson cita “a BM&FBovespa, clube de Fabiana, a Caixa Econômica Federal, patrocinadora oficial do atletismo nacional, e a Confederação Brasileira de Atletismo”. Elson e Fabiana passaram 40 dias na Europa, em preparação para o Mundial Indoor, com passagens e ajuda de custo pagos pela CBAt.

sem comentário »

Atletismo – Keila Costa no Pódio em Doha

0comentário

Primeira brasileira a competir neste domingo (14), último dia do Mundial Indoor, disputado em Doha, no Catar, Keila Costa garantiu a medalha de bronze no salto em distância. Keila marcou 6,63 m no primeiro salto e no sexto.

Assim, ela garantiu o pódio sobre a representante da Estônia, Ksenija Balta, que fez 6,63 m também, mas apenas uma vez e na terceira tentativa. No caso de marca igual, vale quem faz por último.

“Estava feliz por ir à final”, admitiu Keila, depois da prova. “Mas vi, pelas marcas das finalistas, vi que tinha chance de pódio e consegui desempatar contra a Balta no último salto”, explicou a atleta, que agradeceu os patrocinadores – CAIXA, Nike e Exército.

“Fiz uma boa temporada de treinamento”, disse a atleta, que pode se preparar na Europa, junto com o treinador Nélio Moura, com recursos do Programa de Preparação da CBAt.

Finalista nos Jogos de Pequim-2008, finalistas nos Mundiais de Osaka-2007 e Berlim-2009, Keila, de 27 anos, já havia sido a primeira mulher brasileira a ganhar medalha em um Mundial de Atletismo: bronze no triplo no Mundial Juvenil de Kingston-2002.

Em 2007, no PAN do Rio, a pernambucana de Recife ganhou prata no salto em distância e no triplo.

sem comentário »

Atletismo – Ronald Julião Bate Novamente Recorde

0comentário

 Ronald Julião voltou a melhorar o recorde brasileiro do lançamento do disco. Em 29 de janeiro, em Bragança Paulista (SP), ele já havia marcado 60,41 m e melhorado em 15 cm o recorde anterior, que pertencia há 20 anos a José Araújo de Souza.

E na manhã deste domingo (14), no “JP Sports de Lançamentos”, torneio da Federação Paulista, Ronald lançou o implemento de 2 kg a 61,60 m, em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo.

O atleta da BM&FBovespa, treinado por João Paulo Alves da Cunha, fez um período de treinamento no CNT CAIXA SESI de Uberlândia, da CBAt, em fevereiro. Segundo seu técnico, ele tem como meta, este ano, “a obtenção de um lugar no Campeonato Ibero-Americano, marcado para junho, em San Fernando, na Espanha”.

Ronald Odair de Oliveira Julião nasceu em 16 de junho de 1985, em Caieiras, cidade na região metropolitana de São Paulo, pesa 110 kg e 1,94 m de altura.

Comentários

sem comentário »

Atletismo – BRASIL EM TRÊS FINAIS DO MUNDIAL INDOOR, COM KEILA, FABIANA E JADEL

0comentário

Fonte: CBAt

Keila Costa acima em foto de Pequim passou à final em Doha (Wander Roberto/COB)

Termina neste domingo (14) o 13º Campeonato Mundial Indoor, que levou mais de 650 atletas de 150 países a Doha, no Catar. O Brasil estará presente em três finais no imponente “Aspire Dome”: Keila Costa, salto em distância, às 10 horas, de Brasília (16 horas, em Doha) Fabiana Murer, salto com vara, às 10:20, de Brasília e Jadel Gregório, salto triplo, às 11:40, de Brasília.

Keila conseguiu a qualificação neste sábado, ao ficar em sétimo lugar na prova de qualificação, com 6,48 m, logo no primeiro salto. Ela ainda saltou 6,43 m e queimou o último. Keila já havia sido finalista nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008, e nos Mundiais de Osaka-2007 e Berlim-2009.

A outra brasileira na prova, Eliane Martins falhou nas três tentativas e não marcou. A melhor marca foi a da portuguesa Naide Gomes, com 6,61 m.

Também competiram neste sábado Vicente Lenilson (60 m) e Fabiano Peçanha (800 m), que na véspera haviam passado à fase semifinal. Porém, eles não passaram à final: Lenilson foi o quinto na Série 3, com 6.69, e Fabiano, foi o sexto na Série 1, com 1:49.70.

Lenilson melhorou em relação à sua marca da preliminar (6.75). E Fabiano, embora sexto na sua série, fez um tempo melhor que o primeiro da Série 2 – o espanhol Luiz Alberto de Marco (1:51.05). “Lutei muito e cheguei à semifinal, mas hoje foi uma prova dura”, explicou Lenilson, que foi finalista do Mundial Indoor de Moscou-2006.

Os outros dois finalistas brasileiros conseguiram a qualificação na sexta: Fabiana, como a segunda, com 4,45 m, e Jadel, em quarto, com 16,85 m.

Resultados completos no link:
http://www.iaaf.org/wic10/results/eventCode=4144/index.html

sem comentário »