Mundo de fantasia ajuda no amadurecimento infantil

0comentário

Fantasiar faz parte do repertório da infância. Assim com as brincadeiras, a imaginação na infância tem um papel importante de estimular o desenvolvimento cognitivo, sendo um meio de expressão sentimentos e vontades. Além de saudável, esse universo mágico faz com que os pequenos consigam organizar as percepções de si mesmos e do mundo.

Instalado no Rio Anil Shopping desde o início de março, o Playground da Peppa Pig simula a casa da famosa porquinha, que é um sucesso entre a criançada. Além de propiciar lazer, esse universo estimula a imaginação. É comum vê-los no lugar deslumbrados e contentes de entrar na casa da personagem, que fica no local até o dia 7 de maio.

E esse encantamento ficou maior desde quinta-feira, 27, com a presença da Peppa e seu irmão George, que estão no shopping tirando fotos com os pequenos. A sessão de fotos gratuita acontece hoje, sexta-feira, das 17h às 20h, e no fim de semana e no feriado de segunda-feira, das 14h às 20h.

Segundo a psicóloga clínica do Hapvida, Carla Cristini, é importante para o desenvolvimento infantil passar por essa fase da fantasia. “Esse mundo imaginário irá auxiliar na construção psíquica”, afirma. Até uma certa idade, essa confusão entre a imaginação e realidade é saudável e necessária.

A psicóloga explica que não existe uma idade certa para que eles percam esta inocência, o “corte” tem de ser feito de forma natural, cada criança em seu tempo. “Depois de um tempo, se faz necessária a intervenção dos pais para começar a desconstruir esse imaginário mágico aos poucos. Os pais precisam ser os facilitadores desse amadurecimento emocional da criança. Por isso, é importante o diálogo”, diz.

sem comentário »

Canindé Barros disse que só pode apreender carros do Uber após 60 dias

0comentário
O secretário municipal de Trânsito e Transportes de São Luís, Canindé Barros (foto), informou com exclusividade ao blog  do Mário Carvalho, que os carros que trabalham para o aplicativo Uber só poderão ser apreendidos após 60 dias de promulgação pela Câmara Municipal da Lei nº 119/2015, de iniciativa da ex-vereadora Luciana Mendes, que proíbe o uso do serviço na capital maranhense, que foi homologado pelo presidente da Câmara de São Luís, Astro de Ogum.
Canindé Barrros afirmou que nenhum veículo, por enquanto, não será alvo de fiscalização repressiva à prestação de serviço na capital. Ele explicou que somente quando a Lei vigente for publicada no Diário Oficial do Município (DOM) e passados 60 dias, após a data da publicação, é que os carros do Uber poderão ser apreendidos.
Até lá, o Uber poderá atuar livremente em São Luís para o bem dos usuário do aplicativo, que pagam muito mais barato para se deslocar.
sem comentário »

Thaís Moreno com agenda lotada no feriadão

0comentário

A cantora Thaís Moreno agita mais um feriadão com três apresentações na orla marítima. Pelo terceiro fim de semana prolongado consecutivo, a artista esbanjará talento, charme e simpatia no palco, com repertório cada vez mais ao gosto do público.

O primeiro compromisso da agenda é um show, hoje à noite, no Beach Bar (praia do Calhau), tradicional pointdas apresentações de Thaís à beira mar. A cantora solta a voz às 23h, mesclando forró, axé, sertanejo, MPB e sucessos de outros estilos musicais, de todas as épocas.

No sábado, a artista anima um casamento, a partir da meia-noite. Cada vez mais requisitada para festas particulares, Thaís é certeza de alegria e diversão em eventos do gênero.

Domingo, ela volta à orla, para uma apresentação, às 16h, no Oásis Beach ( praia do Calhau), para onde sempre atrai público numeroso, formado, em grande parte, por sua crescente legião de fãs.

Fechando a agenda, Thaís Moreno volta a subir ao palco do Oásis Beach, na segunda-feira, feriado do Dia do Trabalhador. O agito rola a partir das 16h.

sem comentário »

LOJISTAS E CDL SÃO LUÍS REPUDIAM ABUSOS E AMEAÇAS EM PROTESTO NA RUA GRANDE

0comentário

Vendedores foram ameaçados de agressões e saques nas lojas da Rua Grande por manifestantes na manhã dessa seta – feira (28.04)

 

Agressões verbais e ameaças de saques por parte de manifestantes forçaram as lojas da Rua Grande a fecharem as portas na manhã dessa sexta – feira (28.04); sob protestos de lojistas e vendedores acuados e com medo.

O direito de ir e vir, assim como o livre arbítrio em escolher se vai aderir ou não a protestos e greves não são favores pessoais, mas direitos coletivos garantidos pela Constituição brasileira.

Direitos esses que foram completamente desrespeitados pelos membros da CUT e demais entidades nessa sexta – feira (28.04), durante os protestos contra reformas do atual Governo na Rua Grande. Além de impossibilitarem o acesso à principal via de comércio da capital maranhense, os líderes desses movimentos praticamente ameaçaram os lojistas que estavam com seus estabelecimentos abertos. Com discursos proferidos em microfones, os representantes das entidades sindicais que aderiram ao movimento grevista simplesmente ameaçaram os vendedores com frases como: “Não nos responsabilizamos pelas lojas abertas, pois é melhor liberar seus vencedores por um dia que ter a loja invadida e saqueada”. E mais, em vídeo uma manifestante com camisa da CUT ameaçava os comerciantes dizendo às pessoas de uma loja: “Nós vamos voltar aqui, nós vamos voltar”.

Márcia Mello, gerente das loja de cosméticos IAP localizada na Rua Grande, denunciou os abusos dos manifestantes:

“Esses manifestantes passaram aqui na loja batendo nas portas e na vitrine, só faltaram quebrar tudo. Fazer manifestação é uma coisa, destruir o patrimônio alheio é baderna. Cadê a polícia? ” , protestou indignada a gerente.

Foi esse clima de tensão e medo que os comerciantes da Rua Grande vivenciaram ao tentarem trabalhar para minimizarem os prejuízos de um comércio lojista já penalizado, que sofre com a atual crise econômica brasileira. Esse foi o preço que tiveram que pagar por tentarem se manter em atividade e conseguir honrar os compromissos de salários com os seus colaboradores.

O Pres. da Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís, Fábio Ribeiro, manifestou seu repúdio sobre esses abusos:

“Quando uma sociedade democrática desrespeita os direitos previstos pela Constituição, já estamos em situação de enorme prejuízo. Repudiamos todo o qualquer movimento que disfarçado de luta trabalhista sirva a interesses políticos disfarçados, como nesse caso, no qual o que se viu na Rua Grande foi uma verdadeira violência contra trabalhadores e empresários honestos, que com seu trabalho movem a já combalida economia desse país e dessa cidade. A CDL São Luís está solidária aos lojistas, e aos trabalhadores também, que sentiram-se lesados nesse dia, tanto comercial, quanto moralmente e confia nas autoridades e na Segurança Pública para impedir esses abusos”, declarou Fábio Ribeiro.

sem comentário »

Biblioteca Municipal recebe alunos de escola comunitária em ação do mês do Livro Infantil

0comentário

Brincadeiras, contação de histórias e muita animação fizeram parte da programação realizada pela Prefeitura de São Luís em alusão ao mês do Livro Infantil, em ação que aconteceu nesta quinta-feira (27), na Biblioteca Municipal José Sarney. Na oportunidade, as crianças de 5 e 6 anos da Escola Creche Comunitária Luís Inácio Lula da Silva, localizada no bairro Cidade Olímpica, ouviram histórias, conheceram os personagens e obras de Monteiro Lobato e brincaram com atividades sobre o livro e seu universo encantador. A primeira-dama Camila Holanda e o secretário municipal de cultura, Marlon Botão, prestigiaram o momento especial para as crianças.

“A Prefeitura desenvolve um importante trabalho de implantar espaços de leitura e bibliotecas nas comunidades, o que é reforçado pelo trabalho diário realizado na Biblioteca Municipal. Por isso, vim participar desta manhã de incentivo à leitura e aproximação das crianças com ambiente literário”, ressaltou a primeira-dama.

Com objetivo de valorizar os escritores locais e interagir o público infantil com os criadores de histórias de São Luís, o escritor Márcio Almeida apresentou seu livro e mostrou como nasce uma obra literária às crianças. Depois contou uma história do livro “Reinações de Narizinho”, de Monteiro Lobato.

“Este projeto é de suma importância, pois estamos estimulando essas crianças, desde pequenas, a terem familiaridade com o ambiente dos livros, conforme nos orienta o prefeito Edivaldo. A ação é uma forma de estender o trabalho formativo já realizado na Biblioteca diariamente, reforçando que a secretaria de cultura está preocupada em valorizar a cultura em todas as suas instâncias”, disse o secretário municipal de cultura, Marlon Botão.

A programação também contou com a apresentação da peça “Pílula falante de Monteiro Lobato”, com a personagem Emília, do Sítio do Pica-Pau Amarelo, e ao final, as crianças entoaram o Hino Nacional em forma de um coral, ensaiado previamente na escola.

“Nossa escola é comunitária e fica na zona rural e lá não temos ainda uma biblioteca, estamos recebendo doações de livros e futuramente teremos um espaço de estímulo como esse. Trazê-los para a Biblioteca Municipal é uma forma de incentivá-los a serem leitores desde cedo e também dinamizar o cronograma escolar, contagiá-los com o livro de forma divertida e prazerosa como este momento vivido hoje”, destacou a coordenadora pedagógica Escola Creche Comunitária Luís Inácio Lula da Silva, Leonarda Assunção.

INFANTIL

O mês de abril é considerado o mês dedicado ao livro, pois tem datas significativas no campo literário. Também neste mês, a Biblioteca promoveu a Semana do Livro Infantil, com atividades voltadas a dezenas de alunos de escolas públicas e crianças da comunidade. Uma das ações foi realizada na quarta-feira (26), no Hospital da Criança, com atividades na Brinquedoteca do Hospital e destinada às crianças internadas naquela unidade de saúde.

Durante a Semana do Livro Infantil houve lançamento e sorteios de livros, jogos culturais e lúdicos, dinâmicas de leitura com o tema do Sítio do Pica-pau Amarelo e participação de escritores locais. O projeto é permanente da Biblioteca Municipal e acontece todos os anos no mês de abril, em que é celebrado o Dia internacional e Nacional do Livro Infantil em homenagem os consagrados escritores Hans Christian Andersen e Monteiro Lobato, que aniversariam respectivamente nos dias 2 e 18 de abril; e ainda o Dia da Biblioteca, em 9 de abril; e o Dia Mundial do Livro, em 23 de abril.

sem comentário »

Prefeitura de São Luís participa do 1º Encontro de Articulação da Plataforma dos Centros Urbanos

0comentário

Representando o prefeito Edivaldo, o vice-prefeito Julio Pinheiro, durante o IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável que ocorre até sexta-feira (28), participou do 1º Encontro de Articulação da Plataforma dos Centros Urbanos 2017-2020 na tarde de quarta (26), no auditório da Praça de Boas Práticas, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília (DF). O encontro foi organizado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e teve como objetivo reunir representantes das oito capitais que fazem parte da Plataforma dos Centros Urbanos – São Luís, Maceió, Manaus, Fortaleza, Salvador, Belém, São Paulo e Rio de Janeiro.

Na gestão do prefeito Edivaldo, São Luís terminou o ano de 2016 com avanços nos índices avaliados pela Plataforma dos Centros Urbanos 2013-2020 (PCU), devido à redução das desigualdades intramunicipais e garantia de direitos das crianças e dos adolescentes mais vulneráveis. De acordo com dados do Unicef, em 2013-2016, São Luís conquistou a redução de sete dos dez indicadores analisados pela plataforma como mortalidade neonatal, aumento do número de mães que fazem o pré-natal completo, com sete ou mais consultas, e o número de crianças de 4 e 5 anos que frequentam a escola.

O encontro contou com a presença de Esperanza Vives, representante adjunta do Unicef no Brasil; Luciana Phebo, coordenadora da Plataforma de Centros Urbanos (PCU) e Eliana Almeida, coordenadora do escritório do Unicef em São Luís. Além do vice-prefeito Julio Pinheiro, estiveram presentes a secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andreia Lauande e a secretária municipal de Articulação Institucional, Ana Paula Rodrigues.

Luciana Phebo fez a abertura do encontro analisando os três ciclos anteriores da Plataforma de Centros Urbanos. “Buscamos o aprimoramento, pelo sucesso da iniciativa e pelos resultados alcançados a plataforma avançou, antes tínhamos oito centros urbanos envolvidos. Nesse terceiro ciclo, incluímos mais duas cidades: Vitória e Recife, completando 10 centros urbanos”, explicou a coordenadora.

“Os avanços alcançados representam um esforço conjunto das secretarias em melhorar os índices nas áreas da Saúde, Educação, Assistência Social, Cultura e Lazer. Demonstram também o compromisso da gestão do prefeito Edivaldo com as políticas públicas voltadas para as crianças e adolescentes de nossa cidade”, destacou o vice-prefeito Julio Pinheiro.

AGENDAS

São quatro agendas prioritárias em comum aos municípios que o PCU apresenta no plano de 2017-2020: redução dos homicídios de adolescentes, enfrentamento da exclusão escolar, promoção dos direitos da primeira infância e promoção dos direitos sexuais e reprodutivos dos adolescentes. “Acho que são eixos importantes e fundamentais. Precisamos fazer a disputa para a superação dessas mazelas, sendo aliados, fazendo diálogo com essas comunidades e a plataforma tem esse objetivo em comum”, comenta o gestor.

Segundo a articuladora municipal da Plataforma dos Centros Urbanos em São Luís, a secretária municipal da Semcas, Andreia Lauande, os indicadores melhoraram na cidade, olhando pela ótica da integração estado-município.

“Gostaria de destacar a parceria que São Luís fez junto ao Governo do Estado, onde o governador Flávio Dino ouviu todas as melhorias dos indicadores que conseguimos com a plataforma e trouxe experiências do Mais IDH, formando uma conexão. Penso que a troca de experiências pode agregar a situações que estão atreladas aos indicadores, favorecendo o cruzamento de informações com outras secretarias. Algumas experiências exitosas que podemos internalizar e agregar ao ponto de partida, dando maior visibilidade dentro da nossa cidade e fora dela. Agradeço a Unicef e ao convite feito à São Luís, e propomos criar um mapa dos serviços preventivos de São Luís, com as secretarias de Esporte, Cultura e Assistência Social, se contrapondo aos índices de violência na cidade”, disse Andreia Lauande.

COMITÊ

São Luís formou um comitê entre Estado e município que integrou os bancos de dados de delegacias e secretarias de saúde para facilitar, sobretudo, investigações de homicídios de jovens. Além disso, padronizou sua forma de organização territorial entre as secretarias, facilitando o processo de tomada de decisão na atenção integral à criança.

Para Ana Paula Rodrigues, secretária municipal de Articulação Institucional, a Plataforma dos Centros Urbanos mostra os avanços concretos no cuidado das crianças e adolescentes de São Luís. “As secretarias municipais em diálogo com os territórios podem buscar soluções conjuntas, estabelecendo prioridades na atenção aos adolescentes das regiões mais vulneráveis, que fazem parte do mapa da violência em nossa cidade”, comentou Ana Paula.

sem comentário »

Uber vai recorrer a Justiça para derrubar Lei promulgada por Astro de Ogum que proíbe o serviço em São Luís

0comentário

 

Por meio de nota, a Uber reafirmou a legalidade do serviço, proibido em São Luís por força de lei promulgada ontem pelo presidente da Câmara Municipal, Astro de Ogum (PR). Com o argumento de que a legislação aprovada na capital maranhense é inconstitucional, a empresa, que já acionou o Poder Judiciário para tentar anular a lei municipal, assegura que vai continuar operando na cidade. Segue a nota:

Milhares de pessoas que usam a Uber para se movimentar e para ganhar dinheiro em São Luís podem ser afetadas quando for publicada a Lei 429/2017, promulgada hoje pela Câmara de Vereadores da cidade. É importante lembrar que a Justiça brasileira já reiterou que os serviços prestados pela Uber e seus motoristas parceiros são legais, sendo que proibiçōes como esta são inconstitucionais. Desta forma, reforçando o nosso compromisso com esses usuários e parceiros, a Uber vai continuar operando em São Luís.

sem comentário »

Rodoviários vão parar amanhã em São Luís

0comentário

A partir da meia-noite desta sexta-feira até às 16h do mesmo dia os ônibus não vão circular em São Luís. Representantes das principais Centrais Sindicais estiveram no encontro, que aconteceu na sede do Sindicato dos Rodoviários, na manhã desta quinta-feira (27), véspera da data marcada para a paralisação dos trabalhadores em todo o país e decidiram pela paralisação.

Na ocasião, compareceram dirigentes estaduais da CSP Conlutas, CSB, CUT e CTB, que vieram em sinal de apoio, as decisões tomadas pelo Presidente do Sindicato dos Rodoviários, Isaias Castelo Branco e diretores da entidade.

De acordo com o que foi definido, os diretores do Sindicato dos Rodoviários irão para as portas das garagens das empresas de ônibus, já nas primeiras horas de sexta-feira (28). As equipes vão conversar e orientar os trabalhadores (motoristas, cobradores e fiscais), quanto à importância do engajamento no movimento e de cruzar os braços, ou seja, não exercer a atividade neste dia, marcado para ser de lutas em todo o país. Os coletivos só voltam a circular em São Luís, depois das 16 horas.

Os Rodoviários mantêm posicionamento contrário, as propostas que o atual Governo Temer, considerado por muitos movimentos, como ilegítimo, tenta garantir a aprovação no Congresso Nacional. A Terceirização já passou, mas a Reforma Trabalhista e a Reforma da Previdência, ainda precisam ser apreciadas. A Paralisação Nacional tem o objetivo de impedir que as três propostas sejam colocadas em prática no Brasil.

“Diferentemente desse Governo, o movimento desta sexta-feira (28), é legitimo e acima de tudo, preserva, defende os direitos dos brasileiros. Não podemos permitir que o Congresso Nacional, nos apunhale pelas costas. Nossa contribuição aos atos, que irão ocorrer em todo o país é fazer com que a categoria, cruze os braços e nem saia com os ônibus das garagens. É preciso que todos os trabalhadores se manifestem. Não podemos admitir que os brasileiros sejam derrotados. Vamos mostrar para Michel Temer e os aliados dele, que o povo é mais forte e é quem manda no Brasil”, declara Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

 

sem comentário »

Prefeitura beneficia mais de 6 mil pessoas em oito entregas do PAA em 2017

2comentários

Em oito entregas do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) feitas somente este ano, a Prefeitura de São Luís já beneficiou 6.400 pessoas com a entrega de 1.800 cestas e distribuição de mais de 35 toneladas de alimentos. Uma das beneficiadas foi a dona de casa Antonia Maria Ferreira Frazão, 42 anos, moradora do Recanto Santo Dumont que recebeu nesta quarta-feira (26), pela primeira vez, uma das cestas básicas do programa executado por meio das secretaria municipal de Segurança Alimentar (Semsa) e Criança e Assistência Social (Semcas). A oitava distribuição deste ano aconteceu na Igreja Getsêmeni, no bairro Cohab e contou com a presença do prefeito Edivaldo.

O programa, premiado pelo Sebrae no ano passado, semanalmente vem colaborando com a redução da insegurança alimentar de famílias carentes com distribuição de cestas de alimentos à familias antendidas pelos Centros de Referência e Assistência Social (Cras). Nesta edição mais de 200 cestas foram distribuídas à familias atenidas pelo Cras do território Cohab que dá cobertura a pelo menos 10 bairros no entorno.

“É mais um momento que nos gratifica por ter a oportunidade de alcançar centenas de pessoas garantido a elas um alimento mais saudável, de alto valor nutritivo, de muita qualidade. Esse programa, a cada etapa, mostra sua importância por atender uma demanda prioritária, que é a garantia do alimento a quem precisa, e por estimular a produção familiar na zona rural, beneficiando assim dois importantes eixos sociais da capital”, disse o prefeito Edivaldo.

“Estamos fazendo a quarta entrega somente neste território da Cohab. A entrega é feita de acordo com o cadastramento e acompanhamento das famílias pela Semcas por meio dos Cras. No ano passado a entrega para o território foram realizadas na Associação da AABEM, no bairro da Forquilha” disse a secretária Fatima Ribeiro, da Semsa.

Composta por verduras, legumes e frutas adquiridas pela Prefeitura junto aos produtores da agricultura familiar da zona rural de São Luís, a cesta contribui para assegurar a alimentação adequada para famílias cadastradas. Entre os produtos que compõe a cesta estão macaxeira, milho verde, abóbora, folhagem, entre outros itens.

DISTRIBUIÇÃO

Desde a retomada do programa em fevereiro deste ano, a Semsa já distribuiu mais de 1.800 cestas com mais de 35 toneladas de alimentos. No mês passado, o programa foi reforçado com a distribuição de peixes. O prefeito Edivaldo tem acompanhado pessoalmente as distribuições.

A coordenadora do Cras Cohab, Cristiane Melo, acredita que a distribuição tem atendido todo o universo de inscritos. “Ficamos responsáveis pela mobilização do público e articulamos o espaço para a entrega”, disse a coordenadora.

Mãe de uma criança com autismo, Antonia Maria Frazão, uma das que receberam a cesta, integra o grupo de Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Cras, que atende criança de até seis anos de idade. No início da semana, ela participou da palestra com nutricionista Lana Pinto, da Semcas na Igreja Getêsemeni, que repassou orientações sobre aproveitamento. “Além de explicar o valor nutricional dos produtos que integram a cesta, as pessoas recebem orientações sobre como aproveitar de melhor forma o alimento. Isso evita com que as pessoas desperdicem e aproveitem integralmente o que está sendo entregue”, ressalta Fátima Ribeiro.

2 comentários »

Prefeito Edivaldo recebe visita de grupos de escoteiros

2comentários

O prefeito Edivaldo recebeu integrantes de grupos de escoteiros do Maranhão, na manhã desta terça-feira (26), em comemoração aos 100 anos da instituição no estado. Estiveram no gabinete do Palácio La Ravardière integrantes do 1° Grupo de Escoteiros Coelho Neto e o 4° Grupo de Escoteiros Visconde de Cayru, que, na ocasião, conversaram com o gestor municipal, apresentaram as diretrizes da organização e entregaram o ‘lenço do escoteiro’. No Maranhão, são 10 grupos existentes, destes, seis na capital. No Brasil, são cerca de 90 mil jovens integrando estes grupos; no mundo, mais de 40 milhões.

“Parabenizo estes jovens, esta organização pelo seu centenário, destacando a importância que têm na formação dos nossos cidadãos e no estabelecimento da cidadania. Estamos sempre à disposição para recebê-los e prestar apoio às suas ações, e, dessa forma, também contribuir para a missão tão honrosa que desempenham no nosso país”, enfatizou o prefeito Edivaldo, aos integrantes escoteiros.

Após a entrega do ‘lenço do escoteiro’, os representantes dos grupos marcaram o momento com salvas de palmas e grito de guerra. O prefeito agradeceu a condecoração. O lenço simboliza a amizade, a integração entre as pessoas e como forma de homenagear autoridades destacadas; é utilizando ainda em missões de socorro.

A intenção da visita é congratular-se com o gestor municipal e aproximar os jovens escoteiros do poder público, ressaltou a diretora pedagógica do grupo Visconde de Cayru, Narcisa Enes Rocha. “Nesta data, pretendemos divulgar o movimento, formar parcerias e fortalecer a instituição fazendo com que os jovens tenham mais conhecimento de nossas instituições políticas e possam se inserir neste processo construtivo de ações públicas”, disse.

DESENVOLVIMENTO

O diretor regional e conselheiro da União dos Escoteiros do Brasil, Antônio Nunes, pontuou a importância da contribuição destes grupos para o desenvolvimento social, com base nas etapas de formação dos jovens na instituição. “O movimento de escoteiros é a maior organização de jovens do mundo e vemos no poder público um parceiro das ações. Nesta data significativa queremos coroar a união desta juventude e reforçar o papel importante desempenhado por eles como jovens cidadãos”, destacou Nunes.

Os jovens escoteiros fizeram relatos de sua vida na instituição e reforçaram a função conscientizadora e formadora de caráter. “Este é um momento importante para nosso grupo, sobretudo por poder estar diante do gestor da nossa cidade e mostrar um pouco do trabalho que desenvolvemos. Ser escoteiro é servir a nação e se preparar para a vida. Neste grupo temos muitos ensinamentos que nos tornarão cidadãos melhores e mais preparados para o futuro”, destacou o jovem Pedro Lívio, 18 anos, que integra o grupo Visconde de Cayru. Estiveram presentes durante a visita o secretário municipal de Articulação Política, Jota Pinto; e o líder do Governo Municipal na Câmara de Vereadores, Pavão Filho.

CIDADANIA

Os grupamentos de escoteiros são formados por jovens, que entram aos sete anos e podem permanecer até os 21. Após esse período, podem integrar as instituições como voluntários contribuindo com as atividades. Os escoteiros trabalham basicamente ações sociais e de cidadania; nos jovens reforça a formação de caráter e personalidade incentivando atos como amor e solidariedade ao próximo, formação religiosa e prestação de serviços à sociedade.

2 comentários »