Phill Veras está de disco novo: “Carpete”

0comentário

O cantor e compositor maranhense Phill Veras está de disco novo. Chama-se “Carpete”, o terceiro trabalho do artista. O jovem maranhense desperta-se para novos timbres e formas de guiar suas letras.

phillveras640

Com uma pesquisa partindo dos vários tambores e percursões de São Luis, Phill se reconecta ao seu local sem deixar de ser universal em suas intenções. Dentro de seu universo de estórias e verdades, sua concepção de unidade reuni fios delicados e tensos formando uma envolvente trama que estampa seu Carpete.

O disco foi produzido pelo músico Adnon Soares. O disco foi produzido pelo músico Adnon Soares e é composto por oito faixas dessa trilogia de Phil. São elas: “Sorriso ao Sono”, “Falsa Canção”, “Eu sim”, “Taquicardia”, “Meu Vão”, “Cala”, “Canto” e “Fundo”.

O álbum completo foi lançado no site Musicoteca. Clique Aqui e ouça”Sorriso ao Sono”, entre outras.

sem comentário »

Glória Pires de volta como vilã na TV

0comentário

Glória Pires, na minha opinião uma das damas da TV brasileira, estará de volta ao horário nobre da TV Globo, em “Babilônia”. O próximo folhetim das 21 tem estreia prevista para fevereiro.

gloriapires640

Ninguém esquece de Gloria Pires encarnando o personagem da mau-caráter Maria de Fátima, a filha que deu golpe na própria mãe em “Vale Tudo”, de Gilberto Braga. A atriz estará de volta e tem tudo para roubar a cena novamente na pele de mais uma mulher de caráter duvidoso com a assinatura do mesmo autor. Em “Babilônia”, ela será a rica e inescrupulosa Beatriz, que adora marcar território e seduzir bons partidos, traduzindo uma franca atiradora, pegadora ou piriguete.

Em entrevista, Glória Pires adiantou que Beatriz é “uma mulher rica, muita rica e má”. Ela volta ao Brasil viúva, depois de morar fora um tempo, em busca de arrumar sua vida por aqui também, e aí começam as armações de Gilberto, Braga.

São 51 anos de idade, 40 de profissão e depois de 26 anos de estrada, Gloria Pires, que diz adorar novidades e desafios, quer conquistar o telespectador em mais um papel de vilã, numa história que promete ser interessante, ágil, com uma pegada policial bem instigante. Vamos esperar pra ver !

sem comentário »

Duas exposições em cartaz na Galeria Trapiche

0comentário

A Galeria Trapiche mantém em exposição até o dia 4 de setembro as mostras “Punga dos Homens no Tambor de Crioula” e “Sobras da Flora”. O primeiro trabalho é uma exposição fotográfica sobre a “punga dos homens” registrada em imagens de festas de tambor de crioula na região do Munim. Já “Sobras da Flora” consiste em esculturas feitas a partir de reciclagem de materiais como madeira, galhos, troncos e raízes pelo artista plástico Edgar Pereira.

- Na dança das mulheres, a punga é um movimento de umbigada, de cumprimento e convite para a entrada na roda do tambor. A punga dos homens consiste em uma série de movimentos que se iniciam com bailado do coreiro baiador com a coreira na roda, escolha da parceria, os movimentos de combinação e preparação e a aplicação da punga – explicou Jonero Santos, um dos pesquisadores da mostra “Punga dos Homens no Tambor de Crioula.

Além de Jonero Santos, a exposição reúne fotografias produzidas pelos pesquisadores Anderson Fernandes, Marco Aurélio Haickel e Assuero Costa focando personagens masculinos que integram a manifestação cultural do tambor de crioula. A punga dos homens possui movimentos que lembram a capoeira. Alguns “golpes” visam à derrubada dos parceiros ou apenas sugerem jogos lúdicos de ataque e defesa.

Os registros foram feitos no povoado de Centro do Meio (cidade de Icatu), no povoado Quilombo de Miranda (cidade de Rosário) e em São Luís durante o 2º aniversário do Centro Cultural Mestre Amaral (Praça Dom Pedro II), quando os mestres baiadores e pungadores José Conceição Silva, conhecido como Zé de Lina, e Benedito Pincé vieram de Icatu para uma demonstração da punga dos homens na capital.

ARTE E RECICLAGEM

O artista Edgar Pereira é o autor da exposição “Sobras da Flora”, que utiliza a reciclagem de materiais como matéria prima do trabalho. Ele contou como surgiu a ideia para produção da mostra que utiliza madeira, galhos, troncos e raízes para a composição das esculturas em destaque na Galeria Trapiche.

- Eu estava andando pela orla do matagal próximo a minha residência e encontrei uma tora de acácia, sobra de podagem. Então me veio a ideia de fazer algo parecido com uma carranca, lembrando as do rio São Francisco. Comecei a entalhar pela primeira vez uma figura. Desde então, tomei gosto pelo tipo de passatempo e continuei a fazer outros trabalhos – explicou.

As mostras “Punga dos Homens no Tambor de Crioula” e “Sobras da Flora” ficam em exposição até o dia 4 de setembro, com entrada gratuita. A Galeria Trapiche está localizada na Avenida Vitorino Freire, no Centro Histórico, em frente ao Terminal de Integração da Praia Grande.

sem comentário »

Gira Mundo: intercâmbio e cidadania em SLZ

0comentário

A Prefeitura de São Luís, por meio do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) da Cidade Olímpica, recebe o projeto social Gira Mundo, desenvolvido pela Aiesec São Luís (Organização de Intercâmbio de Estudades Universitários). O  projeto oferece oficinas sobre multiculturismo, empreendedorismo, liderança, responsabilidade social e direitos humanos a jovens e adolescentes.

Os cursos estão sendo ministrados por intercambistas venezuelanos, italianos e alemães na sede do Cras, que oferece suporte à capacitação com equipamentos. As aulas são gratuitas e terão duração de cinco semanas, de segunda a quinta-feira nos horários matutino e vespertino. Participam da capacitação 20 alunos com faixa etária entre 16 e 22 anos de comunidades com vulnerabilidade social.

Segundo a coordenadora do Cras Cidade Olímpica, Luciana Rodrigues, a novidade de um curso ministrado por jovens de outras nacionalidades gerou muita curiosidade e expectativa entre dos adolescentes atendidos pelo Cras. Eles demonstraram interesse em conhecer culturas e costumes diferentes.

“A nossa expectativa é que esse momento tenha relevância no cotidiano dos nossos jovens e que os assuntos aqui trabalhados tragam resultados práticos, de forma que tenhamos mudança na realidade da comunidade e que esses jovens entendam que existem outras possibilidades e que as drogas não são a única alternativa”, comentou a coordenadora Luciana Rodrigues.

Para muitos dos participantes, o momento é de aproveitar os conhecimentos que podem ajudá-los no ingresso ao campo profissional. “Tudo isso é importante para que a gente tenha mais conhecimento e, ao chegar nas empresas possa aplicar. Meu foco aqui é o mercado de trabalho”, comentou Carlos Alejandro, 15 anos.

O entusiasmo dos participantes das oficinas foi percebido pelos instrutores da Aiesec. “Esperamos mudar pontos de vista e o mundo, trocando experiências e conhecimentos”, explicou o alemão Johannes Ruppel, de 25 anos. Ele contou que o conhecimento que os instrutores têm do Brasil é mudado quando chegam e são apresentados verdadeiramente ao país.

O projeto Gira Mundo ocorre simultaneamente em todo o país. Em São Luís, é a segunda vez que o projeto é executado em 2014, sendo que no primeiro trimestre a ação contemplou jovens na área Itaqui-Bacanga, nos espaços Casa Brasil do Anjo da Guarda e Sá Viana.

SOBRE O PROJETO

O Gira Mundo é um projeto social criado pela Aiesec Salvador com o apoio do Global Changemakers e do British Council que tem como objetivo atrair estudantes estrangeiros de diferentes partes do mundo para dar aulas e oficinas sobre diversos temas para crianças, jovens e adultos nos bairros mais desfavorecidos.

O projeto foi criado em julho de 2010 por membros da Aiesec Salvador e a primeira Rodada do Gira Mundo contou com 10 trainees, 4 ONGs diferentes e um time de AieseCers de Salvador e um de Tandil, Argentina. Os trainees fizeram oficinas sobre quatro temas diferentes: Responsabilidade Social, Sustentabilidade, Empreendedorismo e Diversidade Cultural.

AIESEC

A Aiesec é a maior organização mundial de estudantes e está presente em 125 países e territórios, com mais de 86 mil membros e 8 mil organizações parceiras, com sede em Rotterdam, Países Baixos. A sigla significa Associação Internacional de Estudantes de Ciências Econômicas e Sociais e, inicialmente, o principal objetivo era promover intercâmbios entre diferentes países para garantir o respeito a outras culturas e a manutenção da paz mundial num contexto pós-segunda guerra. Com o passar do tempo, a Aiesec se expandiu para outros cursos, universidades, e passou a trabalhar com membresia multidisciplinar. Hoje, a Aiesec não abriga apenas estudantes de ciências econômicas e sociais; por isso a expressão “Aiesec” não é mais considerada uma sigla, mas foi preservada pela força da marca e identificação de seus membros com a organização.

sem comentário »

Fórum discute diversidade cultural do Maranhão

0comentário

Em celebração ao Dia Internacional do Folclore, comemorado em 22 de agosto, a Secretaria de Estado de Cultura (Secma), por meio do Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho (CCPDVF), realiza, em São Luís, a Semana da Cultura Popular, até sexta-feira, dia 22/8, em São Luís. No evento são destacados os aspectos teóricos e artísticos das tradicionais manifestações culturais do Maranhão.

Na programação da Semana, mesas redondas, palestras e exposições de registros sobre diversas manifestações culturais do Estado, uma mostra do resultado da parceria do Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, com o Projeto Memória Audiovisual da Cultura Popular Maranhense e o Museu Digital da Imagem e do Som do Maranhão, lançado na abertura da Semana de Cultura Popular, que aconteceu nessa terça-feira (19), a Semana da Cultura Popular, no Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho (CCPDVF), na Praia Grande. Um projeto inovador no estado, o Museu Digital da Imagem e do Som. O objetivo é arquivar, virtualmente as memórias dos grandes colaboradores da cultura popular maranhense, dessa forma garantindo acessibilidade ao um rico conteúdo histórico-cultural, para diferentes gerações. A programação de solenidade de abertura contou, ainda, com as presenças do Tambor de Crioula da Fé em Deus, da Floresta, Santa Rosa (Axixá) e Centro Grande (Axixá).

A cultura popular no Maranhão é marcada por sua diversidade de gêneros que revelam toda riqueza e beleza existente na identidade cultural dos maranhenses.

PROGRAMAÇÃO

Dia 19 (terça-feira)
A partir das19h
-Abertura oficial do projeto Memória Audio-Visual da Cultura Popular Maranhensee do Projeto Museu Digital da Imagem e do Som do Maranhão

- Apresentações culturais/ Mostra de Tambor de Criola: da Fé em Deus, da Floresta, Santa Rosa (Axixá) e Centro Grande (Axixá).

Dia 20 (quarta-feira)
A partir das 17 h
-Apresentação do documentário Autos de Natal no Maranhão e Festas de Santo em ruas e terreiros:Com Adalberto Rizzo/ Ufma e Murilo Santos/ Ufma
-Palestra e documentário:Tramas do Trabalho Artesanal: com Paulo Keller/Ufma
-Apresentações culturais/ Festa do Divino Espirito Santo, Bumba Meu Boi deAxixá e Bloco Akomabú

Dia 21( quinta-feira)
A partir das 17 h
Reflexões sobre a história das expressões religiosas afro-maranhenses
pajelança: experiências religiosas e repressão no século xix e xx, com: Thiago lima dos santos – Ufma , Raimundo Inácio Souza Araújo – doutorando do programa de pós-graduação em história – Ufpe, professor do colégio universitário – Ufma e Priscila da Conceição Aguiar – graduando do curso de história Ufma. Integrante do Projeto Biblioteca Digital da Baixada Maranhense (REBAX-FAPEMA).
-Apresentações culturais/ Tambores de Criola Mirim: Arte Nossa, da Fé em Deus e do Terreiro de Iemanjá.

Dia 22 (sexta-feira)
A partir das 17h
Lançamento Livro Paramentação no Tambor de Mina, do escritor Gerson Lindoso/ Ifma e do documentário “Mina da Liberdade”IlêAshéOgunSogbô.
-Apresentações culturais/ Tambor de Mina do Terreiro de Ogum Sogbo, Blocos Tradicionais os Apaixonados, Os Feras e AbieeMailo.
Texto: Fátima Bogarim

sem comentário »

Poesia maranhense em performance no RJ

0comentário

celsoborges640

sem comentário »

Programação da Semana Maranhense de Dança

0comentário

Dias 25 (segunda) a 31(domingo) às 20h
Espetáculos e coreografias de dança com apresentação de grupos, companhias, bailarinos independentes, solos, duos, trios e dançarinos maranhenses e convidados de outros estados
Produção: Comissão de Dança TAA
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: De acordo com programação do espetáculo da noite
Duração: De acordo com programação do espetáculo da noite

Espetáculos

PRÓXIMO
Dia 25 (segunda) às 18h
Teatro Alcione Nazaré
Espetáculo de dança contemporânea com bailarinos do grupo BemDito Coletivo (MA), na abertura da VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Grupo BemDito Coletivo
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

AS CANÇÕES QUE VOCÊ DANÇOU PRA MIM
Dia 25 (segunda) às 20h
Teatro Arthur Azevedo
Espetáculo de dança contemporânea com bailarinos da Focus Cia. de Dança (RJ), na abertura da VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Focus Cia. de Dança (RJ)
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 55 min

3 PONTOS…
Dia 26 (terça) 16h e 19h
Teatro João do Vale
Espetáculo de dança contemporânea com bailarinos da Focus Cia. de Dança (RJ), na VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Focus Cia. de Dança (RJ)
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

ENFIM SÓ
Dia 26 (terça) às 20h
Teatro Arthur Azevedo
Espetáculo de dança contemporânea com bailarinos da Pulsar Cia de Dança (SL) na VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Pulsar Cia de Dança
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 50 min

ARTE EDUCAÇÃO 3
Dia 27 (quarta) às 18h
Teatro Alcione Nazaré
Coreografias de dança com bailarinos do Cia Anto-Freire, Mist Dance, Grupo Kairos, Paz e Esperança, Luane Macedo e Ingrid Félix, Gold Icep Cia de Dança, Cia de Dança e Teatro Primavera, SESC Hip Hop Dance Class, Vanda Cardoso Cia de Dança, Ministério de Dança FAM Efésios 6:12 Krump SLZ C
Produção: Comissão Dança
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

MOSTRA COMPETITIVA SOLOS
Dia 27 (quarta) às19h
Teatro João do Vale
Coreografias com bailarinos maranhenses na VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Comissão Dança
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

COMPARTILHADOS
Dia 27 (quarta) às 20h
Teatro Arthur Azevedo
Espetáculo de dança com bailarinos do Grupo Experimental (PE) na VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Grupo Experimental
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 50 min

TARDE MARANHENSE 1
Dia 28 (Quinta) às 16h
Teatro Arthur Azevedo
Coreografias com companhias, grupos e bailarinos maranhenses
Produção: Comissão Dança
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

CALENDÁRIO REVIRADO
Dia 28 (quinta) às 17h
Teatro Alcione Nazaré
Espetáculo de dança com grupo maranhense Grupo Afixirê (MA)
Produção: Grupo Afixirê
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 40 min

A RUN BOBOI
Dia 28 (quinta) 18h
Teatro Alcione Nazaré
Espetáculo de dança com Leila Nascimento (PE)
Produção: Leila Nascimento (PE)
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 40 min
Teatro João do Vale – 19h

PAINEL 20 ANOS
Dia 28 (quinta) 19h
Teatro João do Vale
Espetáculo de dança com Grupo Experimental (PE)
Produção: Grupo Experimental (PE)
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 50 min

NOITE MARANHENSE 1
Dia 28 (quinta) às 20h
Teatro Arthur Azevedo
Coreografias com bailarinos, companhias e grupos de dança maranhenses na VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Comissão Dança TAA
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

TARDE MARANHENSE 2
Dia 29 (sexta) às 16h
Coreografias com bailarinos, companhias e grupos de dança maranhenses na VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Comissão Dança TAA
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

PERFORMANCE CIA GIRA DANÇA
Dia 29 (Sexta) às 17h30
Teatro Alcione Nazaré
Performance com bailarinos da Companhia Gira Dança de Natal (RN)
Produção: Cia Gira Dança
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 30 min

MOSTRA “EU DANÇO, TU DANÇAS…NÓS DANÇAMOS”
Dia 29 (Sexta) às 18h
Teatro Alcione Nazaré
Performances com dançarinos de entidades Especiais da APAE e Idosos
Produção: Comissão Dança
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

EU ARTISTA – SOU COLUNA DE AÇO, TU QUE PASSAR? ARODEIA
Dia 29 (Sexta) às 18h
Coreografia com o bailarino maranhense Hélio Martins
Fonte do Ribeirão
Produção: Hélio Martins
Ingresso: Franca
Indicação: Livre
Duração: 30 min

LAMA
Dia 29 (Sexta) às 18h
Coreografia com a bailarina maranhense Doroti Martz
Fonte do Ribeirão
Produção: Doroti Martz
Ingresso: Franca
Indicação: Livre
Duração: 25 min

NOITE MARANHENSE 2
Dia 29 (sexta) às 20h
Teatro Arthur Azevedo
Coreografias com bailarinos, companhias e grupos de dança maranhenses na VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Comissão Dança TAA
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

TARDE DE GALA 1
Dia 30 (sábado) às 16h
Teatro Arthur Azevedo
Coreografias com bailarinos, companhias e grupos de dança maranhenses na VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Comissão Dança TAA
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

CRIANÇA NA DANÇA
Dia 30 (sábado) às 17h
Teatro Alcione Nazaré
Espetáculo de dança com bailarinos mirins de companhias e grupos de dança maranhenses
Produção: Comissão Dança TAA
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

SINTÉTICA IDÊNTICA AO NATURAL / BEMDITO
Erivelto Viana
Dia 30 (sábado) às 19h
Guest House (Rua 28 Julho-Centro Histórico)
Coreografia com bailarino maranhense Erivelto Viana interpretando a personagem Cintia Sapequara, da peça Uma Linda Quase Mulher
Produção: Erivelto Viana
Ingresso: Franca
Indicação: Livre
Duração: 60 min

NOITE DE GALA 1
Dia 30 (sábado) às 20h
Teatro Arthur Azevedo
Coreografias com bailarinos, companhias e grupos de dança maranhenses na VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Comissão Dança TAA
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

TARDE DE GALA 2
Dia 31 (domingo) às 16h
Teatro Arthur Azevedo
Coreografias com bailarinos, companhias e grupos de dança maranhenses na VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Comissão Dança TAA
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

PROIBIDO ELEFANTES
Dia 31 (domingo) às 18h
Teatro Alcione Nazaré
Espetáculo de dança com bailarinos da Cia Gira Dança (RN)
Produção: Cia Gira Dança
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

CORPO DESCARTÁVEL
Dia 31 (domingo) às 19h
Guest House – Rua 28 Julho- Centro Histórico
Espetáculo de dança contemporânea com bailarinos do grupo BemDito Coletivo (MA), na abertura da VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Grupo BemDito Coletivo
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

NOITE DE GALA 2
Dia 31 (domingo) às 20h
Teatro Arthur Azevedo
Coreografias com bailarinos, companhias e grupos de dança maranhenses na na VIII Semana Maranhense de Dança
Produção: Comissão Dança TAA
Ingresso: Troca por 1kg de alimento não perecível a partir das 14h na bilheteria do Teatro
Indicação: Livre
Duração: 60 min

sem comentário »

Festival reúne tribos com música e esporte

0comentário

Todas as tribos juntas e misturadas para se divertir com música e esportes radicais. São Luís recebe no próximo dia 6 de setembro (sábado), a partir das 15h, o Coca – Cola Festival, no Espaço Reserva (estacionamento do Shopping da Ilha). O evento direcionado ao público adolescente será realizado no Maranhão, Ceará e Pernambuco.

bondedastronda

As bandas que prometem fazer uma grande festa em São Luís foram escolhidas pelos próprios fãs, através da internet. São elas, o Bonde da Stronda, Fly e P9, as duas últimas, pela primeira vez na Ilha. Apresentação oficial do evento fica por conta do ator, cantor e ex-integrante do grupo ‘Rebeldes’, Mika ( Micael Borges).

Em cada cidade que passa, o público é convidado a participar de um concurso cultural antes da realização do evento e em São Luís não é diferente. A ideia é escolher alguém para ser ‘dono’ do evento, com direito a levar vários amigos ao festival, conhecer os artistas no camarim, entrevistar e o melhor, o sortudo terá sua própria imagem personalizada no cenário do Coca-Cola Festival São Luís.

O concurso é voltado ao público na faixa etária entre os 12 e 19 anos. Para ser o ‘dono’ do festival é necessário o cadastro e participação no concurso Festival do meu jeito (www.festivaldomeujeito.com.br) – com duração até o próximo dia 27 (quarta-feira) – na página do evento na rede social Facebook, pelo qual os adolescentes devem montar um evento virtual. Ao acessar o hotsite do concurso, cada participante concebe o próprio modelo de festival, através de uma estrutura do Coca-Cola Festival em três dimensões (3D), disponível na plataforma dessa ferramenta interativa. Ganha quem mais chamar amigos para participar do evento. Leia atentamente o regulamento da promoção.

ESPORTE

No dia do Coca-Cola Festival São Luís, a animação não ficará somente com a música, vai ter espaço também ao esporte. Uma série de atividades lúdicas no amplo espaço reservado ao evento: escalada, jogo de peteca, chute a gol, arena gol a gol, pula corda, jogo do labirinto, entre outros. O objetivo é reunir o público de forma saudável, antes do início da apresentação das atrações musicais. Até às 21h, jovens e adolescentes, poderão acompanhar o que já vem se destacando há bastante tempo em São Paulo e Rio de Janeiro.

SERVIÇOS

O QUÊ: Coca-Cola Festival São Luís

ONDE: Espaço Reserva (estacionamento do Shopping da Ilha)

QUANDO: 06 de setembro de 2014 (sábado), das 15h às 21h.

ATRAÇÕES: Bonde da Stronda, P9 e FLY. O ator Mika fará apresentação oficial do evento.

VENDAS: Os ingressos estão à venda nas lojas Chilli Beans (São Luís, Ilha e Rio Anil Shopping), também no site www.dringresso.com.br com valor de R$ 40. Ingressos inclusive para estudantes.

PRODUÇÃO: MARAFOLIA

sem comentário »

Sábado é dia de “Cão” em “Saint Louis”

0comentário

Quem não teve tempo de inscrever seu “pet” (cão) também está convidado a participar da Cãominhada Mirante FM, no sábado (23/8), na Lagoa da Jansen. O evento é aberto ao público e todos os serviços oferecidos, tais como, a vacinação e feirinha de adoção, são gratuitos e acessíveis a quem comparecer.

caominhada10814hnovaO Cãominhada ocorre neste sábado (23/8), com concentração em frente à Arena de Futebol de Areia da Lagoa da Jansen, a partir das 16h e largada às 17h.

As doações continuam, para ajudar as instituições que cuidam de animais abandonados basta levar a ração no dia do evento e entregar diretamente na barraca da AMADA – Associação Maranhense em Defesa dos Animais.

Para quem se inscreveu os kits serão entregues na quinta (21/8) e sexta (22/8), no empreendimento Jardins, no Cohafuma. Em 2013, na 1ª edição do evento, foram oferecidas 500 inscrições, para este ano, o número foi de 700. O planejamento é que para 2015 o evento alcance a marca de 1.000 participantes inscritos.

sem comentário »

Limonada: Música Maranhense na Vitrola

0comentário

Discotecagem de Música maranhense com JORGE CHOAIRY E JÉSSICA GOIS, no sábado (23/8), no projeto Limonada, na Guest House, na Rua da Palma, 142, Centro. E, ainda, vai ter exibição de curtas, palco livre com convidados, comidinha, exposição de arte e brechó.

limonadajorgeejessica

O comandante do set maranhense já está afinando a vitrola pro Limonada! E ainda vai ter exibição de curtas, palco livre com convidados, comidinha, exposição de arte e brechó. Acompanhe nossa página e fique por dentro do que ainda vai rolar dia 23.

sem comentário »