África, Cinema – Um Olhar Contemporâneo

0comentário

A mostra “África, Cinema – Um Olhar Contemporâneo” vai apresentar ao público carioca os principais nomes do cinema contemporâneo africano! Começou nesta terça-feira, 30 de junho, e vai até 12 de julho, domingo, na Caixa Cultural do Rio!

O evento contém 17 filmes, entre médias e longas. Além disso, promove uma oficina gratuita com o cineasta e pesquisador Joel Zito Araújo, que tem como foco as aproximações e diferenças entre as quatro escolas de cinema africano, cada uma representada por uma região.

A retrospectiva abrange um debate com o curador João Juarez Guimarães, o coordenador de conteúdo Leonardo Luiz Ferreira e o ator Milton Gonçalves.  Com retrospectivas de Mahamat Saleh Haroun e de Abderrahmane Sissako – indicado ao Oscar de filme estrangeiro em 2015 por “Timbuktu” (2014).

sem comentário »

Nosly e Djalma Chaves reverenciam Papete

0comentário

O ‘Projeto Nosly e Djalma Chaves Convidam’, propõe-se uma vez por mês, receber um convidado especial, seja um nome marcante da música local ou artista de expressão nacional.

djalma640

 

Outra ideia do projeto é lançar luz sobre novos talentos da música, fazendo um encontro musical de gerações no palco, o que permite a troca de vivências musicais que revigora a forma de todos verem e fazer a arte. Nosly e Djalma Chaves, para essa quarta edição do projeto, homenageiam o percussionista, compositor e cantor Papete.

nosly640

O show da dupla será nesta sexta-feira (3), a partir das 22h, no Malagueta Gastronomia. Nosly (na guitarra) e
Djalma Chaves (no violão) convidaram para dividir o palco com eles, Mauro Travincas (contrabaixo) Renato
Serra (teclado) e Fleming Bastos (bateria).

SERVIÇO

O QUÊ: PROJETO NOSLY E DJALMA CHAVES CONVIDAM recebe PAPETE.

ONDE: Malagueta Gastronomia (rua Graúnas, Renascença – segunda rua à esquerda após o Medical Center)

QUANDO: Sexta-feira (3/07), às 22 horas. Individual: R$ 25,00 Mesa: R$ 120,00. Reservas: 981640488 (whatsAp).

Realização: Satchmo Produções

sem comentário »

Sustentabilidade das relações sociais ou ‘picuinhas’ ?

1comentário

Das plataformas existentes nas redes sociais, o “facebook” é considerado, na minha opinião, o mais popular e acessível. E já que o espaço é democrático, o que se enxerga são pessoas ansiosas interagindo, opinando, sobre assuntos diversos, baseados no direito adquirido da liberdade de expressão. É gente questionando posicionamentos do pastor Silas Malafaia, do deputado federal Jean Wyllis, dos jornalistas Ricardo Boechat e Zeca Camargo. Enfim, gente destilando veneno com o discurso de modernidade para falar de sexualidade, criticar religião, se aquela música tem qualidade ou não, se Cristiano Araújo merecia ou não ter o espaço na mídia global por conta de sua morte, se o atendimento em bar é legal ou não, entre outras amenidades. Haja esquizofrenia ideológica. Haja intolerância sem precedentes !

Por outro lado, não se percebe ninguém preocupado com o outro em condição desigual. Não se discute temas pontuais como a fome do outro, a falta de saneamento básico, a educação e saúde precárias, as causas e consequências da violência urbana, a redução da maioridade penal em um Fórum coerente, Reforma Política em um país castigado de tanta corrupção, a crise econômica que toma de conta do país e preocupa.

No livro “Ansiedade: como Enfrentar o Mal do Século”, o psiquiatra Augusto Cury diz que “sem perceber a sociedade moderna – consumista, rápida, estressante e internetês – alterou algo que deveria ser inviolável, o desenvolvimento da inteligência, a criatividade e a sustentabilidade das relações sociais, em troca de picuinhas. “Adoecemos coletivamente. Este é um grito de alerta”, argumenta Cury.

Ele diz, ainda, que “vivemos numa sociedade superficial e estressante, que todos os dias nos vende produtos, serviços e polêmicas novas, porém não nos ensina a desenvolver um EU “gerente, maduro, inteligente, cônscio de seus papeis fundamentais. Cury questiona: como está o seu EU ?

Augusto Cury alerta que “não podemos fazer parte do rol dos que falam sobre maturidade, quando somos verdadeiros meninos no território da emoção, por achar que são donos de uma verdade absoluta e de que o mundo gravita em nossa órbita. Fecho o texto com uma frase célebre do filósofo francês Jean-Paul Sartre: “o ser humano está condenado a ser livre”.

1 comentário »

Anna Torres faz show em São Luís, em julho

0comentário

annatorres

sem comentário »

Cores e Formas do Sertão Maranhense em exposição

0comentário

O cotidiano, a memória dos lugares, as formas de fazer as habitações, a beleza das águas e da biodiversidade do Cerrado do Sul Maranhense estão sendo retratados na exposição fotográfica “Cores e Formas do Sertão Maranhense” da pesquisadora-fotógrafa, Ana Rosa Marques. A exposição será aberta nesta quinta-feira (25), às 19h, na Galeria Trapiche, com a produção artística de Claudionor Machado.

exposicao640

A pesquisadora conta que foram elaboradas 20 fotos/telas de forma a divulgar os conhecimentos sobre o modo de vida dessas comunidades sertanejas. O destaque foi dado às dimensões socioculturais e ambientais que existem na área de abrangência do Parque Nacional da Chapada das Mesas. A exposição traz paisagens da região da Chapada, em especial do município de Carolina e do Parque Nacional.

“Esperamos com este trabalho contribuir com a valorização dessa cultura subsidiando as políticas de ordenamento territoriais que estão em desenvolvimento nesta região”, destacou a pesquisadora.

A exposição, segundo explicou Rosa Marques, é resultado da pesquisa “As comunidades sertanejas da área de abrangência do Parque Nacional da Chapada das Mesas e a sua interação com o bioma cerrado: entre o cotidiano vivido e experiências em suas dimensões socioculturais e ambientais”. O trabalho foi realizado com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) e da Universidade Estadual do Maranhão.

Os interessados em visitar a exposição têm até o dia 10 de julho. A Galeria Trapiche, equipamento cultural da Prefeitura de São Luís sob a coordenação da Fundação Municipal de Cultura (Func) está localizada na Avenida Vitorino Freire, s/n – Praia Grande, em frente ao Terminal de Integração.

sem comentário »

Tem “Arrasta-Pé de César Nascimento” na sexta-feira

0comentário

cesar640

Uma festança inevitável. O Arrasta-Pé de César Nascimento vai acontecer nesta sexta-feira, dia 26/6, a partir das 21h, no Barulhinho Bom, na rua da Palma – nº 217, na Praia Grande. Além de César Nascimento e banda, a festa será aberta pelo Trio General Virgulino com a discotecagem de Pedro Sobrinho, numa produção de Letycia Oliveira.

Serviço:

O que: Arrasta-pé de César Nascimento, participações do Trio General Virgulino e DJ Pedro Sobrinho
Onde: Barulhinho Bom, Rua da Palma, 217- Praia Grande – Centro Histórico
Quando: 26/6/2015 – Sexta-Feira
Horário: 21h
Ingressos: R$ 20,00
Infomações: 99175-2213
Produção: Letycia Oliveira

sem comentário »

Otto começa turnê nesta quarta-feira, em SP

0comentário

Otto é um emblemático músico brasileiro que muito contribui, desde o final dos anos 90, com a renovação e experimentação na música contemporânea. Após cinco discos lançados; “Samba Pra Burro” (1998), “Condom Black” (2001), “Sem Gravidade” (2004), “Certa Manhã Acordei de Sonhos Intranquilos” (2009) e “The Moom 1111” (2013) e mais de 70 músicas gravadas, dentre álbuns solo e projetos paralelos, o cantor e compositor pernambucano prepara uma turnê resgatando canções de sua discografia que normalmente não costumam aparecer no setlist de seus shows.

otto

Batizada de “Recupera”, a turnê tem direção artística e concepção do próprio Otto, começa em Piracicaba nesta quarta-feira, dia 24 de junho, e chega em São Paulo em seguida, dias 26, 27 e 28 de junho no Sesc Pinheiros, com o repertório fresco.

– São canções que o público me pede há tempos. Então decidi montar um show completo com várias dessas músicas. O bis deixo livre pro que vier na hora – afirma Otto. As músicas ganharão novos arranjos. “Será um novo show, novo conceito, luz, cenário, um Otto revisitado, recuperando”. Não poderá faltar nesse novo repertório, canções tal como “O Que Dirá O Mundo”, “Distraída Pra Morte”, “Tento Entender”, “Lágrimas Negras”, “Quem Sabe Deus”, e “Indaguei a Mente”, dentre outras pérolas.

Otto será acompanhado pela sua espetacular Jambro Band: Guri (guitarra), Junior Boca (guitarra), Carranca (bateria), Rian (baixo), Marcos Axé (percussão), Malê (percussão) e Bactéria (teclado).

sem comentário »

Festival Sónar anuncia Hot Chip, em SP

0comentário

Após uma edição cancelada, o festival Sónar retorna a São Paulo neste ano misturando música, cinema e uma conferência sobre tecnologia e arte. Previsto para acontecer entre os dias 24 e 28 de novembro, o festival já tem como atrações musicais confirmadas a dupla The Chemical Brothers, a banda Hot Chip, o DJ e produtor francês Brodinski e o inglês Evian Christ.

hotchip640

Em evento para a imprensa realizado neste sábado (20), a organização do evento afirmou que novos nomes serão anunciados no futuro. Os ingressos começam a ser vendidos online já a partir da próxima sexta-feira, dia 26, às 10h. A inteira custará R$ 550, e a meia, R$ 275.

Os shows acontecerão apenas no dia 28, no Espaço das Américas. Já o SónarCinema e o Sónar+D, a conferência sobre tecnologia e artes, se estenderão do dia 24 ao 28 – e serão gratuitos. A curadoria das palestras do Sónar+D ficou a cargo de Hermano Vianna, Ronaldo Lemos e Ale Youssef. Os nomes dos palestrantes devem ser anunciados em setembro.

Em 2012 uma edição do festival foi realizada na Arena Anhembi, em São Paulo, e contou com 48 atrações, entre elas Kraftwerk, Justice, Criolo, Cee Lo Green e James Blake. A edição de 2013 foi cancelada dois meses antes de acontecer.

Criado em Barcelona, na Espanha, o Sónar o estará presente em mais três cidades da América do Sul neste ano: Buenos Aires (3 de dezembro), Santiago (5 de dezembro) e Bogotá (7 de dezembro).

sem comentário »

Emicida discursa contra a intolerância

0comentário

Foi em missão de paz que o rapper paulistano Emicida subiu ao palco Júlio Prestes, na Virada Cultural 2015 de São Paulo. O rapper se uniu ao grupo religioso As Águas de São Paulo para pedir fim do ódio religioso.

emicida640

Ao lado de João Donato, que assumiu o teclado no começo do show na tarde desse domingo, ele e os músicos de sua banda vestiram branco e pediram que o público fizesse o sinal de paz com as mãos e foi prontamente atendido.

Emicida havia convocado o público para ir de branco ao show, mas foi atendido apenas por apenas alguns fãs. No entanto, o rapper e os músicos estavam a caráter.

“Não viemos de branco à toa. Viemos de branco porque uma menina tomou uma pedrada ao sair de um culto de candomblé. Nos viemos de branco porque tem gente que, para falar de jovem, fala mais de cadeia do que de escola”, disse o músico, acompanhado pelos músicos também de branco.

Emicida também convocou todos para uma grande roda de samba ao chamar Martinho da Vila para o palco para cantar músicas do repertório do sambista, como “Canta, Canta Minha Gente”.

Depois da saída de Martinho, Emicida voltou a mostrar seu rap e até ensaiou uns passos de hip hop ao lado dos músicos. “Aí, tem maloqueiro nessa p…?”, perguntou.

O rapper ainda fez um discurso pró-diversidade racial ao dizer que “ninguém pode esquecer de onde todos viemos: foi da África. Ruivos, japoneses, brancos e negros. Todos de lá”.

Em um show carregado de discurso político, ele ainda criticou a Fundação Casa – “É fácil amar o diabo, difícil é morar no inferno” – e ainda defendeu as mulheres: “Quando é estuprada, ainda dizem que a culpada é ela”.

sem comentário »

Gilberto Gil e Caetano Veloso em turnê conjunta

0comentário

A turnê conjunta de Gilberto Gil e Caetano Veloso pelo Brasil já tem data para acontecer. Depois de Gil anunciar em seu site oficial, a produtora do evento divulgou o preço dos ingressos de São Paulo junto com o calendário da “Caetano & Gil – Dois Amigos, Um Século de Música”.

gilcae640

O primeiro show será em São Paulo, nos dias 21 e 22 de agosto no Citibank Hall, com ingressos que vão de R$ 120 a R$ 450 (inteiras). As vendas serão iniciadas na próxima semana pelo site da Tickets For Fun e também nas bilheterias da casa.

Além da capital paulista, eles também vão se apresentar em Curitiba (28 de agosto), Porto Alegre (29 de agosto), Belo Horizonte (26 de setembro), Brasília (03 de outubro), Rio de Janeiro (16 e 17 de outubro) e Salvador (28 de novembro). Na quarta-feira, Gil publicou uma foto dele com Caetano na praia, em 1978, dizendo que “de todos os músicos com quem já toquei, é com Caetano que me sinto mais tranquilo no palco”.

Turnê europeia

Antes de se apresentar no Brasil, a dupla fará um tour pela Europa, com shows em Amsterdã, Bruxelas, Londres, Paris, Milão, Barcelona, Madri e também em Tel Aviv, em Israel.

Recentemente, o músico britânico Roger Waters, ex-baixista do Pink Floyd, divulgou duas cartas abertas em que pedia aos dois brasileiros que cancelassem o show que fariam em Tel Aviv como forma de boicote ao governo de Israel. Para Waters, Israel promove uma espécie de Apartheid contra os palestinos.

“Foram duas cartas, eu li e não vou responder, porque acho que não carece de uma resposta pessoal. Foi uma coisa colocada ao nível da dimensão pública. É uma carta pública. Mantendo a minha ida [a Israel], que também é pública, acho que isso já suficiente como resposta”, disse Gilberto Gil em entrevista ao UOL, durante a entrega do Prêmio da Música Brasileira, no último dia 10 de junho.

sem comentário »