SOJA lança clipe da música Easier

0comentário

soja tour brasil

Após receber sua primeira indicação à premiação do Grammy pelo álbum “Amid The Noise And Haste”, a banda SOJA lançou o videoclipe da música Easier, com participação dos músicos Anuhea e J Boog, sob a direção de Adam Leeman e Jon Jon Augustavo. O vídeo foi gravado do Hawaii e já possui mais de 65 mil visualizações no canal do Youtube.

Atualmente, o grupo americano está fazendo um tour pelo Brasil, que inclui shows em 12 cidades. O primeiro, realizado em São Paulo, teve seus ingressos esgotados e foi recorde de público. Depois seguiram para o Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Brasília, Vila Velha e Belo Horizonte. Nesta quarta (17) os norte-americanos estarão em João Pessoa e em seguida Maceió (dia 18), Recife (dia 19) e Fortaleza (dia 20).

A banda de reggae Soldiers of Jah Army (SOJA) é composta por Jacob Hemphill (vocal e guitarra), Bobby Lee (baixo), Ryan Berty (bateria), Patrick O’Shea (teclados), Kenneth Brownell (percussão), Hellman Escorcia (saxofone) e Rafael Rodriguez (trompete).

A fama dos norte-americanos no Brasil é tamanha que os produtores chegam a travar uma “disputa” por datas de shows. Infelizmente, nossa cidade ficará de fora do circuito da banda, mas dessa vez não foi por falta de interesse da produção local.

DJ Waldiney

sem comentário »

Indicados ao “Melhor Álbum de Reggae” no Grammy Awards

0comentário

57 the annual grammy awards

A corrida para a 57ª edição do Grammy Awards começou na manhã da última sexta-feira (dia 5) com o anúncio dos indicados em quatro categorias. Através do programa “CBS This Morning”, Ed Sheeran, Pharrell Williams e o jornalista Kevin Frazier revelaram os primeiros nomeados a maior premiação da música mundial. As gravadoras inscreveram 20 mil canções e discos para análise dos especialistas. No entanto, apenas 83 serão premiados em fevereiro de 2015. Na categoria Melhor Álbum de Reggae, foram escolhidos, sem muita surpresa, os álbuns: “On The Controls” de Lee Perry; “Full Frequency” de Sean Paul; “Out of Many” de Shaggy; “The Reggae Power” dos veteranos Sly & Robbie & Spicy Chocolate; “Amid The Noise and the Haste” da banda Soja e “Fly Rasta” de Ziggy Marley. Os prêmios serão entregues em uma cerimônia que ocorrerá no dia 8 de fevereiro em Los Angeles, na Califórnia, e o evento será transmitido pela rede de televisão americana CBS.

Sobre os álbuns indicados:

On the Controls, de Lee Perry, foi lançado pela gravadora Upsetter em maio. Tornou-se um álbum bastante popular do produtor enigmático nos EUA. Chegou ao número cinco da Billboard Reggae Album. Em 2003, Perry ganhou o Grammy com Jamaican ET. Ele já foi indicado outras cinco vezes.

Full Frequency, de Sean Paul, é o sexto disco de carreira do cantor. Foi lançado em fevereiro. Ele ganhou o Grammy um vez, em 2004, como Dutty Rock. Esta é a sua quinta indicação.

Out of Many, de Shaggy, é o 11º disco do cantor e foi lançado em 2013. Produzido por Sly Dunbar e Robbie Shakespeare, conta com as colaborações de Tarrus Riley, Tessanne Chin, Beres Hammond, Chronixx, Cocoa Tea, Damian Marley, Konshens e Peetah Morgan. Esta é a quinta indicação de Shaggy. Ele ganhou, em 1996, com Boombastic.

The Power Reggae é a indicação dos lendários Sly & Robbie, sendo a 10º na categoria Melhor Álbum de Reggae. Em 1999 eles ganharam o prêmio para lektra Records opus Friends. Lançado em setembro pela VP Records, The Power Reggae contém 14 faixas. Entre os artistas em destaque estão: Gramps Morgan, Sizzla, Bitty McLean, Beenie Man, TOK, Romain Virgo, Alaine e Ce’cile.

Amid the Noise and The Haste, da banda americana Soja, ganhou sua primeira indicação ao Grammy. O sexto álbum dos norte-americanos foi número um nas paradas da Billboard Reggae Album e 20ª posição na Billboard 200 Album Chart em agosto, com vendas na primeira semana de mais de 12.000 cópias. Até o momento, ele já vendeu mais de 22.000 cópias.

Ziggy Marley, o filho mais velho de Bob Marley, ganhou três Grammys como vocalista dos Melody Makers. Sozinho, ele foi indicado quatro vezes, vencendo em 2007 com Love is My Religion e este ano como In Corcert. O artista tem mantido a hegemonia da família Marley na premiação com Fly Rasta álbuns, um dos melhores da carreira do cantor.

DJ Waldiney

sem comentário »

Fundação Gregory Isaacs ajuda instituições na Jamaica

1comentário

gregory isaacs foundation

Na última semana, a Fundação Gregory Isaacs assistiu algumas instituições que prestam serviços de caridade na Jamaica. Ela doou um pacote de presentes à casa Walker’s Place of Safety, em Kingston. Os itens foram comprados com recursos provenientes da “Hat affair”, um show anual que comemora o aniversário do cantor, em junho. Entre os itens doados, estão alimentos, livros e roupas.

“Assumimos essa responsabilidade de ajudar as instituições de caridade que Gregory Isaacs apoiava”, disse Colin Leslie, presidente atual da Fundação. Além da Walker’s Place of Safety, também foram assistidas a Fundação as casas Black Harmony Basic School, a St Barnabas Basic School, entre outras.

“Vamos sempre estar colaborando com eles e a Fundação continuará a tradição. Agradecemos a todos que contribuíram”, disse Linda, viúva do cantor.

Conhecido como “Cool Ruler”, por causa de seu estilo vocal descontraído, Gregory Isaacs foi um dos artistas de reggae que mais fizeram sucesso pelo mundo, ele é dono de canções que jamais serão esquecidas pelas gerações como All I Have Is Love, Soon Foward e Night Nurse. Ele morreu de câncer em outubro de 2010, aos 60 anos.

 DJ Waldiney

1 comentário »

“Melhor álbum de reggae” no Grammy Awards 2015: lista oficial sai nesta quinta (4)

1comentário

grammy awards

As indicações para a 57º Edição do Grammy Awards será divulgada nesta quinta-feira, dia 4. A categoria “The Best Reggae Album” foi instituída em 1985 e teve o grupo Black Ururu como primeiro vencedor com o disco Anthem, produzido por Sly & Robbie.

Ao longo dos anos, a categoria tem sido dominada pela família Marley, Bunny Wailer (que recentemente esteve em turnê pelo Brasil), Jimmy Cliff e Burning Spear. Enquanto a lista não sai, é possível fazer algumas previsões a respeito de quem poderá concorrer à premiação de 2015:

Shaggy – Out of Many, One Music. Produzido por Sly Dunbar e Robbie Shakespeare, que conta com colaborações de Tarrus Riley, Tessanne Chin, Beres Hammond, Chronixx, Cocoa Tea, Damian Marley, Konshens e Peetah Morgan.

Ziggy Marley – Fly Rasta. Fly Rasta foi lançado em abril. Foi o álbum mais bem sucedido comercialmente nos Estados Unidos por um artista de reggae jamaicano este ano, com vendas de mais de 16.000 cópias até à data.

SOJA – Amid The Noise and Haste. A banda de reggae norte-americana é provável ganhar a sua primeira nomeação com o seu sexto álbum de estúdio; diga-se de passagem, está excelente. O álbum abriu no número um na parada da Billboard Reggae Album e número 20 na Billboard 200 Album Chart em agosto, com vendas na primeira semana de mais de 12.000 cópias. Até o momento, ele já vendeu mais de 22.000 cópias.

Maxi Priest – Easy to Love. Lançado em julho, é o primeiro álbum do Priest em quase sete anos. Foi inaugurado no número dois na Billboard Reggae Album, vendendo mais de 1.100 cópias em sua primeira semana. Easy to Love já vendeu mais de 5.000 cópias.

Eu poderia acrescentar, também, as bandas  e os cantores de reggae: Rebelution (Count Me In), Giant Panda Guerilla Dub Squad (Steady), Snoop Lion (Reincarnated), Iration (Automatic), Dangerously Roots (Journey From August Town) e Lee Perry (Back on the Controls).

Com exceção de Back on the Controls e Automatic, os álbuns citados foram lançados no programas Reggae Point e Reggae Vibe.

 DJ Waldiney

1 comentário »

Ed Robinson lança álbum “Tribute to John Holt”

0comentário

tribute to john holt

O cantor Ed Robinson lançou o álbum intitulado “Tribute a John Holt” para homenagear o artista que morreu recentemente em Londres.

Robinson regravou importantes canções de John Holt e comentou sobre o assunto: “Eu havia gravado o single “Let Your Hair Down”, com Kemar McGregor e, durante esse período no estúdio, soubemos que John Holt passou mal, foi internado e em pouco tempo, morreu. Então decidimos gravar um álbum completo dedicado a sua memória”.

O trabalho, “Tribute to John Holt”, foi lançado no dia 11 de novembro e segue como o sétimo álbum de Ed Robinson. Algumas das canções presentes no disco são: Sweetie Come Brush Me, Stealing Stealing, The Tide is High, Police in Helicopter e I Want a Love I Can Feel.

Nascido em St. Elizabeth, Robinson mudou-se para Nova York há 20 anos. Ele é conhecido pelo cover Knocking on Heaven’s Door, de Bob Dylan.

DJ Waldiney

sem comentário »

Primeira marca global de maconha levará o nome de Bob Marley

0comentário

marley natural

A empresa norte-americana Privateer Holdings anunciou nessa terça-feira (18) a criação da primeira marca global de maconha, que levará o nome de Marley Natural, em tributo ao músico morto há 33 anos. O produto estará disponível apenas no fim de 2015.

A Marley Natural será comercializada somente nos países ou estados onde o consumo da maconha é legalizado. A lei federal americana proíbe o consumo diário, a venda e a posse de maconha, mas os estados de Colorado (oeste) e Washington (noroeste) autorizaram seu uso.

A estratégia surge em um momento em que cada vez mais estados norte-americanos permitem o uso da canabis. Oregon, Alasca e a capital federal, Washington, aprovaram a legalização em referendo, em 4 de novembro, enquanto o governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, autorizou a utilização em janeiro para fins medicinais.

Em entrevista à emissora NBC, a filha do cantor Bob Marley, Cedela Marley, afirmou que a marca é descrita como “uma das melhores marcas de canabis, enraizada na vida e no legado do cantor jamaicano”. “Parece natural que meu pai seja associado a este produto”, disse.

Bob Marley, que morreu de câncer em 1981, com 36 anos, considerava a canabis um ingrediente essencial da fé rastafári e militou ativamente pela legalização da erva.

 G1

sem comentário »

“A Miracle”, o novo álbum da banda Groundation

0comentário

groundation a miracle

A explosão do reggae americano fez florescer grandes bandas que, cada vez mais, ganham a simpatia do público mundial. A Groundation é representativa deste sucesso, ela está focada na evolução do ritmo, mas tem como base o roots oriundo da Jamaica. Os integrantes da banda incorporaram perfeitamente os elementos harmônicos, polirrítmicos e a improvisação do jazz ao reggae, dando assim uma nova vida a ambos os gêneros. A fusão única conseguiu cativar não só o público do reggae, como críticos de todo mundo que apreciam boa música.

Desde 1998, eles se apresentaram em mais de trinta países em seis continentes, dividindo o palco com diversos artistas, tais como Jimmy Cliff, Sly and the Family Stone, The Roots, Kanye West e Sonic Youth.

Continuando a longa história da banda californiana, recentemente, lançaram o oitavo álbum de carreira, chamado “A Miracle”, que promete levar aos fãs fortes emoções especialmente por ser inspirado no milagre da vida, que Harrison Stafford (vocalista) experenciou há pouco meses.

O álbum tem como base o dub e o ska, mas neste o grupo explorou um lado mais roots e maduro como participações especiais de Marcia Griffihts e Judy Mowatt, que formavam as “I Threes”, vocais de apoio de Bob Marley. Logo após o lançamento (21 de outubro), o disco alcançou a terceira posição da Billboard Reggae Album, entre um dos mais vendidos da semana no quesito reggae.

 DJ Waldiney

sem comentário »

Funeral musical e homenagens marcam a despedida de John Holt

2comentários

funeral de john holt

Nessa segunda-feira (17) ocorreu o velório do cantor John Holt na Catedral da Santíssima Trindade, em Kingston, Jamaica.

Dezenas de celebridades, incluindo colegas e músicos, fãs e imprensa estiveram no local. Vários artistas prestaram a última homenagem com corpo presente na tarde de ontem, nomes como Freddie McGregor, Ken Boothe, Derrick Harriott, Luciano, Tinga Stewart, Dennis Alcapone, Silverstones, Ken Bob, Errok Black Steel, Tommy Cowan (produtor musical), Errol Dunkley, Carlene Davis, Ninjaman, Lloyd Parks, Junior Tucker e George Nooks. O cantor U Roy que também estava presente fez um discurso sobre o Holt e cantou em sua homenagem.

As filhas de John Holt, Debbie e Natalie, recordaram dias felizes ao lado do pai: “Meu pai adorava sua vida, cantar para as pessoas”, disse Debbie. “O carinho dos fãs é imensurável, a sua discografia reflete nisso. Ele ganhou o respeito de especialistas de música em todo mundo”, comentou Natalie.

Holt foi enterrado no Memorial Park Dovecot em St. Catherine, Jamaica. Estiveram presentes a viúva Merle, filhos, netos, bisneto, irmãos, um número de parentes e fãs no mundo inteiro.

DJ Waldiney

2 comentários »

Bunny Wailer no Brasil

0comentário

bunny wailer show

Bunny Wailer, a “lenda viva do reggae”, como ele mesmo se intitula, chegou ao Brasil ontem (12) para uma série de shows.

Integrante da formação original do The Wailers, ao lado de Bob Marley e Peter Tosh, e conhecido por declarações a favor da legalização da maconha, não é a primeira vez que o artista vem ao Brasil.

Em sua primeira vinda ele desfilou no carnaval de Florianópolis e frequentou o famoso Café de La Musique na capital. No entanto, esta segunda passagem tem um gosto especial para os fãs do artista, a novidade é a sua apresentação em seis shows por algumas cidades do país.

Ontem foi a estreia, Wailer se apresentou no palco do Opinião, na cidade de Porto Alegre. Depois seguirá para Recife (14), Salvador (15), São Paulo (19), Rio de Janeiro (20) e Belém (22), onde encerra sua turnê no País. Os shows farão parte de diferentes festivais nacionais, a exemplo do República Reggae, um dos mais respeitados eventos do país.

O único membro vivo do The Wailers tem bastante influência na história do ritmo jamaicano pelo mundo, seja como o grupo ou em carreira solo. Certamente, um momento histórico para a nação regueira brasileira, uma oportunidade imperdível de acompanhá-lo nessa turnê.

DJ Waldiney

sem comentário »

Jacob Miller ganhará homenagem em festival jamaicano

0comentário

J

A produtora do festival Rebel Salute, que acontece anualmente na Jamaica, divulgou que irá homenagear o cantor Jacob Miller, uma das maiores estrelas do reggae da década de 70.

Tony Rebel, organizador do festival, confirmou o convite feito às bandas Inner Circle (onde Jacob era vocalista) e Thirld World (cujos membros também estavam ligados ao artista). Ambas participarão do festival que está marcado para ocorrer nos dias 16 e 17 de janeiro de 2015 em Richmond State, St. Ann.

Jacob Miller, uma das estrelas da explosão do reggae-raiz de 1970, morreu em 1980 em um acidente automobilístico aos 27 anos. O vocalista iniciou sua carreira no Studio One, no final dos anos 60, com o hit “Love Is A Message”, que ganhou uma versão com o produtor Augustus Pablo nos anos 70, intitulada Keep on Knocking. Com o Inner Circle, o rasta ganhou repercussão internacional. Gravou canções como Tired Lick Weed In A Bush, Tenement Yard, Everything Is Great, entre outros grandes sucessos.

DJ Waldiney

sem comentário »