Shows de Reggae em São Luís! Em setembro o trio jamaicano Mighty Diamonds!

0comentário

shows de reggae em são luís

Logo após vários questionamentos negativos sobre a ausência de shows de reggae em São Luís, o que de fato entristece quem curte e é fã, expectativas anunciam um segundo semestre de mudança. Unidos mostramos nossa força para fazer jus ao título de Jamaica Brasileira. Como falei em textos anteriores, “o reggae oscila, mas não quebra”. Até porque o reggae não é moda, mas parte da vida da maioria dos ludovicenses. É um ritmo que acalma a alma, que nos torna mais leves e até mesmos mais reflexivos e conscientes do que nos cerca. Além de tudo, tem o lado turístico, que movimenta o comércio da cidade.

Anúncios já começam a despontar nas redes sociais, destacando shows nacionais e internacionais: para julho já estão confirmados o cantor Ras Sparrow e a banda Cidade Negra. Já o Circuito Rasta Reggae confirmou para o dia 5 de setembro o show do grupo The Mighty Diamonds, na Choperia Marcelo, localizada na Forquilha. Os jamaicanos Donald Shaw, Fitzroy Simpson e Lloyd Fergurson virão pela segunda vez a São Luís e serão acompanhados pela banda maranhense Capital Roots, juntamente com atrações locais, as equipes Power Discos (com Saulo de Café) e Mega Vibes (Henrique Chaves e DJ Waldiney, do Reggae Point) e a discotecagem dos Djs Jorge Black, (o peso do reggae) e Junior Black (o homem pedra).

Por que não veem com a banda? Na década de 70, na Jamaica os trios jamaicanos não tinham banda específica, eles recrutavam músicos que lhe serviam com grupo de apoio. Mas isso não era regra, até porque também existiam grupos com suas bandas, a exemplo de The Gladiators, Burning Spear e muitos outros.

A venda de ingresso para o show do Mighty Diamonds terá início no dia 20/06 na Loja Rasta Reggae (Retorno da Forquilha). Sobre os valores, confira abaixo: Valores: Individual – R$ 35,00 / Casadinha – RS 60,00 / Espaço Vip: R$ 80,00 (com direito a salgados e serviços privados de bar). Obs: Serão disponibilizados apenas 100 ingressos para Área Vip. Os ingressos poderão ser parcelados nos cartões de crédito em até 2x (somente da Loja Rasta Reggae). Venda de ingresso também pela bilheteriadigital.com.

Afirmo, quanto mais valorizarmos os shows de reggae internacionais, mas teremos a chance de curtir novas programações. Essa é a forma de incentivar seus idealizadores, mostrar presença e respeito pelo reggae. Não importa quem irá produzir, o ritmo que está em questão. Enfim, devemos cobrar quando for necessário e expor assuntos produtivos para engrandecer a música cultivada aqui desde a década de 70.

DJ Waldiney

sem comentário »

Festas de reggae marcam o fim de semana

1comentário

festas em são luis

O último final de semana em São Luís foi regado a muito reggae. No porto da Gabi, a sexta-feira marcou o encontro das Equipes Rádio Zion e Mega Vibes e no sábado as Radiolas Itamaraty e FM Natty Nayfson. Ainda no sábado, Ferreirinha, da radiola Estrela do Som, foi atração na Rotatória Roots. E para encerrar o domingo, a Mega Vibes, juntamente com convidados, fez a festa no Daquele Jeito Show (Vinhais). Todas, sem exceção, superaram as expectativas. Mesmo com a força do período junino na ilha, o reggae não deixa de ter a presença massiva do público. Todas as festas citadas tiveram como base o reggae tocado de vinil.

Menciono também o anúncio na última semana de dois shows de reggae na capital: a banda brasileira Cidade Negra e os jamaicanos do Might Diamonds. O show do Cidade Negra será no dia 4 de julho no Luau da Toca do Trovão (Araçagi) e o grupo Mighty Diamonds em 5 de setembro, na Choperia Marcelo (Forquilha). Confirmado também a segunda apresentação de Ras Sparrow & Queen La Makeda em 11 de julho, na casa de show Estação Beach (Araçagi).

É bom ver essa movimentação e aproveito para parabenizar os proprietários e produtores de reggae pelo empenho em oportunizar esses momentos, tanto para aqueles que fazem o reggae como para os fãs e simpatizantes do ritmo na nossa Jamaica brasileira.

DJ Waldiney

1 comentário »

Somos a Jamaica Brasileira

0comentário

vinil festival

O reggae em São Luís é dinâmico, já teve/tem seus altos e baixos, se renova com o passar do tempo sem, no entanto, perder a essência que o transformou em um dos principais identificadores da nossa capital. Temos dezenas de radiolas de reggae, bandas, DJs, equipes de vinil, grupos de dança, programas de rádio e TV, lojas especializadas, etc.

Quando destacamos o segmento “reggae de vinil”, podemos observar um público classificado não somente por adultos, aqueles que curtem o reggae há muito tempo, mas também jovens gerações que descobrem e renovam a cada dia um pouco desse universo. Adulto ou jovem, ambos buscam algo em comum: curtir um bom reggae, seja antigo ou novo. Tamanho exemplo se viu nesse domingo, 31, na primeira edição do Vinil Festival, que reuniu 15 equipes de reggae e mais dois DJs, sob a organização e produção do Circuito Rasta Reggae. Ouso em dizer que o evento já é considerado o maior da América Latina pela quantidade de equipes reunidas em um só momento. Do início ao fim da festa, a musica foi extraída dos discos de vinis. Uma grande mídia tomou conta da cidade e trouxe perto de 4000 pessoas presentes na Choperia Marcelo (bairro Forquilha), onde tudo ocorreu.

Afirmo a você leitor que o evento serviu para unificar as ideias e chamar atenção daqueles que não enxergam o ritmo como tal. E veio, ainda, para provar também que somente desprovidos de vaidade, poderemos dar uma nova cara ao ritmo que se difunde desde os anos 70 aqui em São Luís e elevou a cidade ao título de Jamaica Brasileira. Parabéns ao Circuito Rasta Reggae e outros projetos inovadores possam vir.

DJ Waldiney

sem comentário »

I Jahman em entrevista no Reggae Point

0comentário

i jahman em são luís

O cantor I Jahman, aguardado pelo público e fãs regueiros, já está em solo maranhense e aguarda o grande dia para a sua apresentação no Cais da Alegria (Anel Viário). No Reggae Point, ele falou da sua trajetória musical, da amizade que teve com Bob Marley, sobre o repertório que irá apresentar e outros detalhes relativos ao show. Como já foi tudo esclarecido, que todos possam curtir um belíssimo show nesta sexta-feira, 29. Você que ainda não comprou seu ingresso, ainda dá tempo! Garanta logo nas Lojas OverAll (Tropical Shopping, Rio Anil Shopping e Shopping da Ilha) ou pela bilheteriadigital.com. Te vejo lá!

DJ Waldiney

sem comentário »

Show de I Jahman em São Luís

0comentário

waldiney e i jahman

O cantor I Jahman já se pronunciou sobre o adiamento do show que aconteceria na última sexta-feira (dia 22) em São Luís. O motivo, segundo o artista, foi a preocupação com a saúde da filha que passa por uma recuperação e não pode acompanhá-lo juntamente com a esposa na viagem. Com os pensamentos focados nesta situação (que convenhamos é delicada) acabou por perder o voo. Além disso, soma-se a demora e dificuldade em remarcar uma nova passagem aérea. Assim, I Jahman chegou aos solos brasileiros um dia depois do esperado, fazendo show primeiramente no sábado passado em Teresina (23/05). E em São Luís, como já dito, o show foi transferido para a próxima sexta-feira dia (29) e será no Cais da Alegria, no Anel Viário.

DJ Waldiney

sem comentário »

Fique por dentro das informações sobre o show de I Jahman em São Luís!

0comentário

ijahman

O cantor Jamaicano I Jahman virá ao Brasil neste mês de maio para duas apresentações bastante esperadas. A primeira ocorrerá no dia 22/05 (sexta-feira) em São Luís e, posteriormente, em Teresina (PI) no dia 23/05. Será uma grande oportunidade para a massa regueira das referidas cidades prestigiarem o show da lenda do reggae mundial, que será acompanhada da banda maranhense Capital Roots, a qual também fará sua apresentação.

Segundo a produção, será montada uma mega estrutura no Cais da Alegria (Anel Viário) para receber os fãs do artista. Dentro da estrutura, o público poderá optar por dois espaços: pista e camarote. Os valores são: Pista – R$ 30,00 / Camarote Bob Marley – R$ 80,00 (com direito a Open Bar de Cerveja Skol). Os ingressos estão sendo vendidos antecipadamente nas Lojas OverAll (Tropical Shopping, Rio Anil Shopping e Shopping da Ilha), Lojas Toca do Surf e Sport (Cohab), Rio Poty Hotel e pelo site da bilheteriadigital.com. Sobre a venda de meia-entrada, para estudantes, idosos, professores e demais pessoas existe a lei que assegura esse direito, a venda será no dia 18 (segunda-feira) na Loja OverAll (Tropical Shopping). Para mais informações, entre em contato pelos números: (98) 99964 6428 – 98865 2522.

Esta será a terceira apresentação da lenda em terras maranhenses. O homem de poucas palavras foi grande amigo de música e futebol de Bob Marley. É uma das poucas figuras emblemáticas do reggae que defende fervorosamente a cultura rastafári. Suas canções são, até hoje, facilmente absorvidas pelo público, as melodias são bem arranjadas, o vocal chega atingir a perfeição. A meu ponto de vista, o rasta nunca teve o reconhecimento merecido, pela importância que representa ao ritmo jamaicano. Em relação ao repertório do show, foram escolhidas as mais populares canções do artista, a exemplo de Are We A Warrior, Charriot of Love, Sinner Man e One Step From Hell. Será uma noite ímpar e tenho certeza que todos (as) irão bailar nesta noite tão especial.

DJ Waldiney

sem comentário »

Disco tributo homenageará Desmond Dekker

0comentário

desmond dekker

Em breve sairá um disco tributo a Desmond Dekker, produzido pela cantora Suzanne Couch. As gravações já foram encerradas e uma empresa alemã se interessou pela distribuição do material. O álbum conterá 12 faixas do artista, que lideraram as paradas de sucesso das rádios britânicas no final dos anos 60 (principalmente as canções Israelites e 007), local onde ele viveu por 40 anos.

Couch gravou o disco em Los Angeles com a banda de punk/ska americana The Aggrolites e o famoso baixista jamaicano Phil Clen. Ela comentou, em sites, que fez o trabalho com muito orgulho e manteve a essência do original. Disse ainda que sua inspiração surgiu ao ouvir “Fu Man Chu”, em uma festa.

Suzanne começou sua carreira musical há 30 anos como tecladista e vocalista da Band Native. Já Desmond Dekker deixou sua marca no Ska e Rocksteady. Tornou-se ícone na Jamaica e imortal em Londres, onde em 2006 aos 64 anos.

A principal música do artista em São Luís é “Why Fight?”, do disco Back And Dekker, de 1980.

DJ Waldiney

sem comentário »

Qual a frase de Bob Marley mais influente para você?

3comentários

bob marley frases

Faz 34 anos que Bob Marley morreu, mas para seus milhões de seguidores ele continua mais vivo do que nunca. Apesar de ter passado mais de três décadas, Marley continua sendo bastante influente. Suas frases são citadas até hoje, principalmente, em redes sociais e agradam também à nova geração, que vê no artista um símbolo em prol da paz, amor e liberdade. As letras de suas canções são identificadas ainda com uma preocupação sobre questões e problemas sociais. Os mecanismos de busca na internet indicam como é enorme a procura pelas palavras de Bob Marley, uma expressão do carinho e da identificação dos fãs pela filosofia de vida do artista. Mas nem tudo são flores, frases fakes, aquelas que nunca foram ditas pelo artista, estão por aí para provar que uma busca apressada pode gerar equívocos. E para você, qual a frase do Rei do Reggae mais influente na sua vida?

DJ Waldiney

3 comentários »

50 anos de carreira de Noris Cole

1comentário

entrevista com norris cole e tinga stewart

Neste domingo (10) ocorrerá a festa em comemoração ao 50 anos de carreira de Norris Cole, uma das maiores lendas da história da Jamaica. Fundador e líder do grupo The Pioneers, Norris é reconhecido pelo mundo do reggae como um dos maiores produtores e influenciadores da música jamaicana, tendo colaborado com o sucesso de vários artistas de seu país, a exemplo de Márcia Griffiths, (do grupo The Wailers), Carlene Davis, Owen Gray, Eric Donaldson, Winston Groove, Johny Orlando, Dennis Brown, Donna Marie, The Pioneers, Jackie Brown, George Dekker, Tyrone Taylor, Brent Dowe, Fredy Mckay, Dennis Alcapone, Delroy Wilson, Justin Hinds, Alton Ellis, Lloyd Parks, Junior English, George Faith, Horace Andy, Augustos Pablo, Stanley Backford, Gregory Isaacs, entre tantos outros.

Norris, que adotou a capital maranhense para viver, disse que esse show é muito importante na sua trajetória com a música. É meio século dedicado ao ritmo e esta celebração terá um gosto especial, pois reunirá seu filho, o Norris Cole Júnior, sua esposa Lady Conceição e Tinga Stewart, que veio exclusivamente para a celebração.

Tinga Stewart teve início de carreira no final dos anos 60. A sua trajetória pode ser resumida em grandes parcerias musicais, citando nomes como Enert Wilson e o grupo Claredonians, Derrick Harriott, Boris Gardiner, Byron Lee And The Dragonaires, entre outros. Teve dois singles de sucesso no início da carreira, She’s Gone e Hear That Train, onde este último serviu para a campanha eleitoral de Michael Manley pelo partido PNP em 1971. Uma história fascinante e de grandes conquistas, como a vitória em primeiro lugar no Festival da Canção com a música Play The Music, de Ernie Smith, depois escreveu Hooray Festival e deu para seu irmão Roman Stewart, que também venceu o festival. Afirmou ter gravado mais de 200 singles como Funny Feeling, bastante tocados em São Luís. Em 1989 excursionou com o Reggae Sunsplash itinerante e percorreu vários países, incluindo o Japão. Ele gravou para Norris Cole a versão de Mr. Sea, do texano Johnny Nash, que ainda nem foi lançada oficialmente.

O mega evento será neste domingo e terá a Choperia Marcelo (Forquilha) como palco para as apresentações, que contará também com a banda Raiz Tribal, Lady Conceição, Norris Cole Junior, radiola FM Natty Nayfson e DJs.

Eu (DJ Waldiney) tive a honra de entrevistá-los nesta quarta-feira no Reggae Point, onde ficamos sabendo um pouco mais sobre a vida de cada artista e sobre o show.

DJ Waldiney 

1 comentário »

Alpha Blondy no Brasil

1comentário

alpha blondy

O cantor africano Alpha Blondy já tem datas confirmadas para shows no Brasil e aproveitará para lançar o seu 13º álbum de carreira: o “Positive Energy”. Como o próprio título sugere, o novo trabalho pode ser resumido por conter letras que trazem mensagens de paz, positividade e liberdade.

O disco começou a ser gravado no estúdio do próprio artista, na cidade de Abidjan (África), e teve finalização em Paris (França). Contou com a participação da sua banda Solar System em todas as faixas e a presença dos cantores Tarrus Riley (na música Freedom) e I Jahman (em Rainbow in The sky). De modo especial a faixa “Freedom” é a mais velha das composições, escrita em 1978, ano que Alpha foi exilado, e revela a defesa pela liberdade, enquanto um direito impagável. Outro aspecto em destaque no “Positive Energy” é a capa, a qual traz a imagem da avó desaparecida de Alpha Blondy representando-a como um anjo da guarda.

A turnê de lançamento do novo álbum será no dia 14 de maio em São Paulo, depois seguirá a Belo Horizonte (15/05), Porto Alegre (21/05), Rio de Janeiro (22/05) e nos dias 23/05 e 24/05 na Virada Cultural Paulista.

DJ Waldiney

1 comentário »