Combate ao Aedes

10comentários
Prefeitura de São Luís intensifica combate ao mosquito Aedes Aegypti

Prefeitura de São Luís intensifica combate ao mosquito Aedes Aegypti

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), como forma de evitar a proliferação de doenças, tem intensificado ações no combate ao mosquito Aedes aegypti. Equipes da Vigilância Sanitária visitam dezenas de casas diariamente nos bairros da capital, onde inspecionam e orientam os moradores sobre a importância da participação da população no extermínio do mosquito.

Levantamento da Semus, em 2016, aponta que mais de 1,2 milhões de imóveis receberam visita de agentes de endemias. E, por determinação do prefeito Edivaldo, realiza sistematicamente ações no sentido de combater o mosquito. Assim como promover mutirões e o incentivo do programa Selo Legal, concedido a borracharias, ferros-velhos e oficinas que seguem as recomendações de prevenção.

A titular da Semus, Helena Duailibe, destacou que a Prefeitura de São Luís, em parceria com outras secretarias municipais, estaduais e de outros órgãos, tem trabalhado coesa na busca de ampliar as ações no combate a incidência de casos das doenças causadas pelo mosquito a exemplo da dengue, zika e febre chikungunya . “Por isso contamos com outro parceiro fundamental, que é o apoio da população nessa importante guerra contra o mosquito Aedes aegypti”, enfatizou.

Segundo o coordenador do Programa de Combate a Doenças Epidemiológicas, Pedro Tavares, neste período de chuvas a principal ação é o trabalho de conscientização e sensibilização da população e o fortalecimento dos programas já desenvolvidos pela Semus na elaboração do plano de contigência que contempla o combate ao vetor e também na assistência ao paciente.

“Dentro do processo de erradicação do mosquito a população é uma peça fundamental. Inclusive, recomendamos que sejam feitas uma ou duas faxinas na casa a cada semana, porque não se pode acumular a água, evitando, assim, a criação do mosquito”, alertou Tavares.

Foto: A. Baeta

10 comentários »

Ritmo acelerado

4comentários
Prefeito Luis Fernando visita ruas e planeja obras para a Região das Vilas

Prefeito Luis Fernando Silva visita ruas e planeja obras para a Região das Vilas em Ribamar

Acompanhado de vereadores, secretários, assessores e da comunidade, o prefeito Luis Fernando Silva visitou na manhã desta sexta-feira (6) ruas dos bairros do J. Lima, Vila Sarney Filho I, Vila São Luís, cujas vias estão incluídas no plano de governo, elaborado ainda na pré-campanha, por meio dos seminários “Planeja – O Cidadão Decidindo”.

A visita aos bairros surgiu de uma reunião do prefeito com o vereador Manoel do Nascimento, que também pediu pela pavimentação das vias.

“Quando o vereador esteve comigo e apresentou suas demandas, disse logo de imediato que não adiantava ele mostrar papel, pois eu queria era vir aqui conversar com a população e reafirmar o compromisso que fizemos na campanha e nos seminários ainda na pré-campanha”, disse Luis Fernando.

Acompanhado também do líder do governo na Câmara, professor Cristiano, o prefeito disse que a sua gestão será sempre assim, em parceria com os vereadores e com diálogo permanente com a comunidade.

Para o prefeito, o trabalho que iniciou desde as primeiras horas da manhã não vai parar. “Vai continuar em ritmo acelerado. Estamos apenas no começo. Temos equipes trabalhando em vários pontos do município recuperando tudo o que foi destruído. Nossa missão é reconstruir São José de Ribamar para que os ribamarenses voltem a sentir orgulho da cidade”, disse.

Na região, a Avenida Mascarenhas de Moraes e algumas ruas adjacentes foram contempladas com os serviços iniciais de recuperação da malha viária que estava totalmente destruída por falta de conservação.

Foto: Divulgação

4 comentários »

Contratos suspeitos

7comentários

Predio

A deputada estadual Andrea Murad identificou em 2015 pelo menos 6 endereços de imóveis alugados pelo governo com valores acima do mercado. Todos esses aluguéis foram publicados no diário oficial e denunciados pela parlamentar na época. Entre os mais escandalosos estão os prédios de R$ 135 mil da Vigilância em Saúde e de R$ 20 mil por mês para as sedes da Setur e do Batalhão de Bombeiros Marítimos. Nos dois últimos casos, os proprietários tem ligações com outros contratos dentro do próprio governo.

“Um escândalo e isso não vem de hoje. Quando denunciamos as novas sedes da Setur e do Bombeiros Marítimos comprovamos que o imóvel da Secretaria de Turismo pertence a C A MALLMANN que também ganhou uma licitação na comunicação de Márcio Jerry e que no processo licitatório ainda deu o endereço da sua empresa privada sendo a mesma sede da então Setur. Tá tudo em casa no governo Flávio Dino. Já a casa dos Bombeiros Marítimos, na época fizemos uma pesquisa de mercado, o governo alugou um imóvel por R$ 20.000,00 por mês na avenida Litorânea e nós encontramos uma casa bem maior, com mais compartimentos, no valor R$ 7.000,00. O que Flávio Dino alugou está bem acima do valor de mercado. E o mais grave, essa casa escolhida pelo governo pertence a Alexandre Brandão, casado com Mariana Sá Valle, dona de escritório de advocacia que foi contratado também por dispensa em outro órgão do estado. É um verdadeiro cruzamento de benefícios aos aliados de Flávio Dino e Márcio Jerry”, explica a deputada.

CorpodeBombeiros

Outro exemplo é o aluguel de um prédio na avenida dos Holandeses, área mais cara de São Luís, no valor de R$ 135 mil por mês onde funciona apenas a Vigilância em Saúde. Mesmo depois de um ano e mais de R$ 1 milhão pago ao proprietário, a deputada denunciou que o prédio estava inacabado, não comportava todos os funcionários, apresentava problemas no cabeamento de energia, o elevador não funcionava e o estacionamento era insuficiente para abrigar os mais de 100 carros do órgão.

“A antiga sede da Vigilância em Saúde, que ficava na Alemanha, custava aos cofres públicos R$ 30 mil reais e comportava todos. Nesta nova sede lembro que denunciei que os funcionários faziam rodízio para trabalhar porque não cabiam todos no mesmo espaço, estrutura inacabada, esgoto entupido, elevador se funcionar e o governo ainda estava gastando mais de R$ 1milhão de novo cabeamento para internet. É uma vergonha, é uma imoralidade essa farra de aluguéis. Ainda em 2015 eu enviei ofício à Secretaria de Estado da Transparência e Controle que até hoje nunca tomou qualquer providências sobre os vários contratos irregulares que identificamos e denunciamos”, relembra Andrea.

Fica o espaço para o Governo do Maranhão se quiser se manifestar.

Fotos: Divulgação

7 comentários »

Casa comunista

5comentários
Jean Carlos, proprietário do imóvel alugado participa de encontro com Júlio Guterres

Jean Carlos, proprietário do imóvel alugado conversa com o também comunista Júlio Guterres

Reportagem publicada na edição de hoje (7) em O Estado do Maranhão revela que o imóvel alugado pelo comunista Jean Carlos Oliveira  ao Governo do Maranhão para instalação de uma Unidade de Ressocialização da Funac, na Aurora, funcionou em 2014 como um comitê de campanha do PCdoB, partido do governador Flávio Dino e do secretário Márcio Jerry, em 2014.

A reportagem exclusiva de O Estado, sepulta todas as versões de que o imóvel teria sido alugado por “mera coincidência”. Como destacou na TV Globo, o jornalista Alexandre Garcia em seu comentário, o PCdoB não é mesmo um partido tão grande assim para que o seu presidente não possa conhecer os seus filiados.

E a reportagem de hoje destrói completamente essa versão….

Segundo registro fotográfico feito pela assessoria do também comunista Júlio Guterres – candidato a deputado estadual na eleição de 2014 também pelo PCdoB -, na manhã do dia 30 de agosto de 2014 ocorreu no imóvel de Jean Oliveira uma reunião com educadores das redes estadual e municipal da região Anil/Aurora.

Em outra foto, Jean Carlos participa de um encontro no comitê de campanha

Em outra foto, Jean Carlos participa de um encontro no comitê de campanha do comunista

Do encontro, além do próprio Guterres e de correligionários, participou também, curiosamente, Jean Carlos Oliveira, proprietário do imóvel alugado um ano depois pelo governo do Estado para abrigar menores infratores.

O evento está fartamente documentado em uma página criada pelo então candidato Júlio Guterres. Pelas imagens, é possível perceber que Jean Carlos tinha certa proximidade com Guterres, e dedicou-se até a registrar o ato – em fotos e vídeos – em dado momento do encontro.

A casa do comunista, no entanto, não serviu apenas para abrigar esse evento de Júlio Guterres durante aquela campanha. Em entrevista a O Estado, Raimundo Costa, morador da rua onde fica localizado o anexo da FUNAC, disse que material de campanha do próprio Flávio Dino era guardado no local. E de lá distribuído na região.

“Eu trabalhei para o Jean nessa distribuição. O material gráfico era todo guardado aí dentro”, explicou Costa.

Foto3

Imóvel de comunista alugado pelo governo mantém placa de um buffet no local

Embora esteja alugado para o governo Flávio Dino desde julho de 2015, o jornal O Estado revela que o imóvel do comunista Jean Carlos Oliveira não foi ocupado pelo Estado pelo menos até a última quarta-feira, 4.

Paralelamente, contudo, seguiu funcionando no local o Espaço Único Buffet. Uma placa do empreendimento, por sinal, segue erguida no local mesmo após a transferência de menores infratores para o novo anexo do Centro de Juventude Canaã.

Leia mais

5 comentários »