Pedro Lucas assume a Agência Metropolitana

0comentário

Pedro Lucas Fernandes toma posse na presidência da Agência Metropolitana da Ilha de São Luís

O vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) tomou posse nesta quinta-feira (2), no cargo de presidente da Agência Metropolitana Além dele, o governador Flávio Dino (PCdoB) deu posse ao pastor Luís Carlos Porto, na Secretaria de Relações institucionais.

Flávio Dino disse que a Agência Metropolitana foi criada para resolver os problemas da Ilha. “A agência metropolitana tem a missão de resolver os problemas da Ilha e dos municípios do entorno”, destacou o governador.

No total, 13 cidades integram a Região Metropolitana da Grande São Luís: Alcântara, Axixá, Bacabeira, Cachoeira Grande, Icatu, Morros, Presidente Juscelino, Paço do Lumiar, Raposa, Rosário, Santa Rita, São José de Ribamar e São Luís. Mais de 1,6 milhão de pessoas estão na região, que assegura quase 40% do PIB do Estado.

Pedro Lucas agradeceu o convite do governador e disse que prometeu trabalhar pelo crescimento do Maranhão. “Agradeço a confiança do governador Flávio Dino, reafirmando o meu compromisso de sempre: trabalhar pelo bem da nossa população para que o crescimento do Maranhão seja constante”.

Ele destacou a importância do trabalho em conjunto com todos os prefeitos da Ilha. “Nosso trabalho não será executado de forma isolada. A participação dos gestores da região metropolitana será fundamental”, disse.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Braide pede força-tarefa por conta da chuva

3comentários

Deputado solicita força-tarefa do Governo e Prefeitura para minimizar estragos das chuvas

O deputado Eduardo Braide usou a tribuna nesta quinta-feira (2), para solicitar uma parceria conjunta do Governo do Estado e Prefeitura de São Luís, na contenção dos danos causados na capital pelas últimas chuvas.

“Recebi relatos de moradores de diversos bairros que ficaram alagados por conta das chuvas dos últimos dias, principalmente de ontem pra hoje aqui em São Luís. Bairros como Ilhinha, Jambeiro, Coroadinho, Cidade Olímpica (Bloco C), São Francisco, dentre outros. Com certeza, fica evidente a falta de planejamento e de responsabilidade de quem deveria cuidar da cidade e, por isso mesmo, apresentei uma indicação ao Governo do Estado e à Prefeitura de São Luís, solicitando uma força-tarefa em caráter de urgência para conter os danos causados pelas chuvas”, destacou o deputado.

Eduardo Braide também alertou para a intensidade das chuvas nos próximos meses em São Luís. “As previsões meteorológicas já apontam que o período chuvoso na capital ficará ainda mais intenso nos próximos dois meses. Além disso, com base nos dados da Defesa Civil, cerca de 60 áreas de São Luís estão sob risco de desabamento. É preciso evitarmos uma tragédia maior. É preciso resguardar o bem mais precioso que se tem: a vida das pessoas”, afirmou.

Ainda em seu pronunciamento, o deputado solicitou a efetivação da parceria entre o Governo e a Prefeitura. “Recebemos aqui na Assembleia o secretário de Infraestrutura há pouco tempo para tratar do programa Mais Asfalto. Na ocasião, o próprio secretário disse que iriam esperar as chuvas passarem para voltar com as máquinas nas ruas em relação ao asfaltamento. Se o Governo do Estado não tem condições de asfaltar as ruas no momento, é preciso retirar as máquinas dos galpões nesse período de chuvas para ajudar a Prefeitura na limpeza das galerias de água pluvial”, sugeriu Braide.

Por fim, o deputado cobrou a conclusão de obras que poderiam evitar uma série de transtornos. “Temos o exemplo da obra de drenagem da Cidade Olímpica (Bloco C), de responsabilidade da Prefeitura de São Luís. Estive no local e vi o quanto a obra, que já se arrasta há mais de três anos, é importante para os moradores daquela região. Já o Governo do Estado precisa agilizar as obras de recuperação da comporta da Barragem do Bacanga para evitar alagamentos em alguns bairros da Área Itaqui-Bacanga. A população não pode esperar sob pena de acontecer algo mais grave do que já está ocorrendo em São Luís. É preciso trabalhar e fazer com que essa parceria entre Governo e Prefeitura saia do papel”, finalizou Eduardo Braide.

Foto: Elias Auê

3 comentários »

Sampaio joga a primeira no Castelão

0comentário

Moto e Sampaio estreiam na Copa do Brasil 2017 na quinta-feira (9 de fevereiro)

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou as datas dos jogos pela terceira fase da Copa do Brasil.

O Sampaio vai enfrentar o Internacional, no Estádio Castelão, em São Luís, na próxima quarta-feira (8). A partida de volta ser;a na Arena Beira-Rio, em Porto Alegre, no dia 15 de março.

Com a marcação da partida com o Inter para o dia 8, a Federação Maranhense de Futebol (FMF) deve remanejar o jogo entre Sampaio e Imperatriz para o dia 18 ou 19 de março, bem como toda a última rodada.

Jogos de ida
Criciúma x Fluminense
Vasco x Vitória
ASA x Paraná ou Bahia (15/08)
Luverdense x Corinthians
São Paulo x ABC
Boavista x Sport
Joinville x Gurupi
Murici x Cruzeiro
Sampaio x Internacional
Goiás x Ponte Preta ou Cuiabá

Jogos de volta
Fluminense x Criciúma
Vitória x Vasco
Paraná ou Bahia x ASA (05/04)
Corinthians x Luverdense
ABC x São Paulo
Sport x Boavista
Gurupi x Joinville
Cruzeiro x Murici
Internacional x Sampaio
Ponte Preta ou Cuiabá x Goiás

Foto: CBF

sem comentário »

Sérgio Frota deixa o Sampaio no fim do ano

9comentários

Deputado Sérgio Frota, presidente do Sampaio anuncia saída do Sampaio para o fim do ano

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota disse em entrevista à Rádio Mirante AM que deixará o comando do clube no fim do ano quando termina o seu mandato.

O dirigente defendeu a alternância de poder na democracia do futebol.

Até ai tudo bem, mas acho que a declaração foi no mínimo inoportuna e deve ter sido motivada após a cobrança constante que muitos torcedores andam fazendo.

É claro que Sérgio Frota não será “eterno” no Sampaio, mas este assunto não deveria ter vindo à tona no momento em que o clube precisa se organizar e planejar para os próximos anos e reagir no sentido de voltar à Série B.

“Vou fazer dez anos no comando do Sampaio. É preciso ter uma alternância de poder. Tenho certeza de que saio deixando um legado positivo. É importante que haja renovação.

O dirigente disse ainda que nunca utilizou o Sampaio como trampolim político e que a sua ida para o futebol e depois para a política aconteceram naturalmente.

“Nunca quis ser político na minha vida. Hoje sou político por convicção porque acho que o problema do nosso país é politico”, disse.

Sérgio Frota disse que mesmo após a sua saída em dezembro continuará contribuindo com o Sampaio e o futebol maranhense.

“Vou continuar sempre a pensar e a trabalhar pelo Sampaio e pelo futebol maranhense porque sou apaixonado pelo futebol”, finalizou.

Foto: Agência Assembleia

9 comentários »

Moto muda postura após segundo balão

6comentários

Eloir chegou a ser apresentado pelo Moto, mas acabou assinando contrato com o Maranhão

Após os dois episódios lamentáveis envolvendo os atletas Eloir e Renan Dutra, a diretoria do Moto decidiu que somente vai divulgar os nomes de atletas contratados após a assinatura do contrato.

Nos dois casos, a falta de Ética, respectivamente de Maranhão e Sampaio abriu precedentes muito ruins no futebol maranhense.

Eloir chegou a desfilar e beijar a camisa do Moto, mas acabou abandonando o Moto e foi parar no MAC.

Renan e seu empresário também faltaram com a ética e somente após chegarem a São Luís e o próprio jogador anunciar o seu retorno ao Moto nas redes sociais foi parar no Sampaio.

O Moto também alega que Felipe Dias, Marcos Paulo e Válber foram aliciados, mesmo já tendo sido anunciados pelo time rubro-negro.

Definitivamente isso não é bom para ninguém. Nem para os clubes e muito menos para os jogadores que demonstraram não honrar a própria palavra.

Sinceramente não sei o que é pior. Se é quem alicia ou quem não tem palavra.

E o Moto está absolutamente correto em não ceder a qualquer tipo de ” vantagem” com esse tipo de profissional, pois se eles agem assim agora o que poderão fazer mais adiante?

Mas precisa aprender com esses episódios e trabalhar mais silenciosamente até para não ser surpreendido pelos “adversários”.

Foto: Welliandrei Campelo

6 comentários »

Hilton resgata Carnaval em Santa Rita

0comentário

Hilton Gonçalo traz alegria de volta ao povo de Santa Rita, após promoção do Carnaval do Povo

A Prefeitura de Santa Rita promoveu uma grande festa para a população e visitantes. Ao longo de quatro dias mais de 20 atrações se apresentaram no Carnaval da Alegria de Todos. A ação foi idealizada e desenvolvida pela Secretaria municipal de Cultura que ainda desenvolveu um concurso de desfiles de blocos e distribuiu R$ 8 mil em prêmios aos participantes.

O prefeito Hilton Gonçalo que esteve acompanhado da família ao longo dos quatro dias de festa falou que o Carnaval de Santa Rita em 2017, trouxe de volta a alegria e a possibilidade do povo de se divertir com tranquilidade. “

É muito importante também proporcionar lazer ao nosso povo, essa é uma preocupação que nossa gestão tem. Além de promover melhorias, buscaremos garantir o bem estar também através de ações culturais”, garantiu Hilton.

O Carnaval de Santa Rita atraiu milhares de pessoas que se divertiram com tranquilidade. Nenhum episódio de violência com gravidade foi registrado durante os quatro dias de festa, o que evidencia também o plano de segurança que está sendo implantado por Hilton Gonçalo, que visa a redução dos índices de insegurança. A ação é desenvolvida em parceria com o governo estadual.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Câmara debaterá regulamentação do Uber

0comentário

Regulamentação do Uber será debatido em audiência pública na Câmara de São Luís

Autor do Projeto de Lei n° 001/2017, que trata da “regulamentação da atividade econômica privada de transporte individual remunerado de passageiros”, o recém implantado Uber, em São Luís, o vereador Paulo Victor (Pros) anunciou ontem, em entrevista a O Estado, que protocolará na segunda-­feira, 6, um requerimento na Câmara Municipal pedindo a realização de uma audiência pública para que se discuta o assunto.

O objetivo é promover o debate não apenas entre os vereadores, mas também com setores da sociedade civil, para esclarecer pontos da matéria, que prevê regras e taxas a serem pagar antes do cadastro de motoristas (veja lista abaixo).

“A OAB vai participar, a Defensoria Pública e o Procon também. Nossa intenção é que essa audiência ocorra antes de o projeto ser apreciado”, declarou.

A proposta de regulamentação do serviço tramita na Casa desde o dia 23 de janeiro e ganhou repercussão há uma semana depois de o aplicativo efetivamente começar a funcionar na capital.

Na ocasião, o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, chegou a afirmar que os carros que fossem identificados trabalhando para o aplicativo seriam recolhidos pela SMTT. Mas depois recuou, dizendo que aguardaria o desfecho da tramitação da proposta.

Pareceres ­ Segundo o parlamentar, já há um parecer da assessoria jurídica do legislativo opinando pelo prosseguimento da tramitação da matéria. Ele trabalha, agora, para que seja aprovado um requerimento de urgência.

“O projeto será encaminhado para as comissões de Trânsito e Transportes e de Constituição e Justiça, que emitirão novo parecer. Meu pedido em requerimento é que esses pareceres sejam dados em regime de urgência, porque assim as comissões terão apenas metade do tempo normal para se posicionar sobre a proposta”, completou.

O vereador Paulo Victor prevê que até a aprovação ainda transcorram pelo menos 30 dias e avalia, ainda, um embate acirrado em plenário. De acordo com ele, já se percebe na Câmara uma divisão de bancadas pró e contra o aplicativo.

“Existe uma bancada a favor do serviço, mas existe já uma contrária, com uma ligação muito forte com os taxistas que estão querendo barrar esse projeto”, destacou.

O que diz o projeto – São requisitos para motoristas do aplicativo Uber:

Habilitação de acordo com a categoria do veículo a ser utilizado
Cadastro na SMTT, que deve ser renovado anualmente
Apresentação de ficha de antecedentes criminais
Veículo com no máximo 10 anos desde a fabricação
Pagamento de taxa anual com base no salário mínimo (de 80% a 100%)
Pagamento de ISS de 5% por corrida

O Estado

sem comentário »