Ribamar realiza ação social nas Vilas

0comentário

A Prefeitura de São José de Ribamar, em parceria com o Shopping Pátio Norte e a Maçonaria Loja Liberdade e Justiça, realizou no último sábado (12) a Ação Social “Melhor Para Todos”. A terceira edição do evento foi realizada no estacionamento frontal do Shopping contemplando a comunidade da região das Vilas e adjacências.

Dona Maria Teresa disse que acordou cedo para aproveitar a ação e realizar teste de glicemia e verificar como anda a saúde. “De parabéns a iniciativa da prefeitura que contempla a gente com serviços principalmente de saúde”, disse a dona de casa.

Já a estudante Cláudia Gomes aproveitou a ação para fazer serviços voltados a beleza, “Tô logo aproveitando para fazer as unhas e a sobrancelhas”, brincou.

Além da oferta de diversos serviços voltados a beleza tanto da mulher quanto dos homens, a Ação Social “Melhor Para Todos” também ofereceu serviços nas áreas de saúde, higiene bucal, educação, noções de ambiente, agricultura familiar, esporte com aula de zumba, contação de história para a criançada, mini palestras educativas voltadas à saúde além de aferição de pressão, teste de glicemia, diabetes e distribuição de preservativos.

Para o prefeito Luis Fernando, que acompanhou toda a ação ao lado do vice-prefeito, Eudes Sampaio, a Ação Social significa muito mais que a prestação de serviços para a comunidade. “Temos um compromisso de reconstruir nossa cidade e estamos fazendo isso inclusive devolvendo a população o direito de receber serviços próximos às suas moradias. E isso significa respeito”, finalizou.

Foto: Willian Tindale

sem comentário »

Moto perde e segue ameaçado pelo Z2

5comentários

O Moto deixou escapar mais uma oportunidade de se afastara da zona de rebaixamento após ser derrotado pelo Botafogo-PB, por 3 a 2, neste domingo, no Estádio Almeidão, em João Pessoa.

O time maranhense começou a partida perdendo, mas conseguiu virar o jogo e terminar o primeiro tempo vencendo por 2 a 1. O Botafogo partiu para o tudo ou nada no segundo tempo e conseguiu virar o placar para 3 a 2.

Os gols do Botafogo foram marcdos por Rafael Oliveira. Roger Gaúcho e André Santos. Para o Moto fizeram Vinícius Paquetá e Danilo Balla.

Mesmo com a derrota, o Moto segue na oitava colocação no grupo A com 13 pontos ganhos.

O Moto volta a jogar contra o ASA-AL, no próximo domingo (20), às 16h, em Arapiraca em mais um confronto direto na briga contra o rebaixamento.

Foto: Reprodução

5 comentários »

Flávio Dino paga por hospital sem funcionar

0comentário

 

O governador alugou e paga por um prédio particular o valor de R$ 90 mil por mês para os proprietários da Clínica Eldorado, localizado no bairro do Turú. Isso já dura um ano sem atender um paciente sequer. Essa clínica alugada por esse valor exorbitante, sem a menor condição de funcionamento, também exigiu do governo gastos com reformas no valor de R$ 903.165,56. Os proprietários já embolsaram R$ 990.000,00 pelos pagamentos do aluguel mensal de R$ 90.000,00 e estão reformando o imóvel velho e sem condições de uso, sem nenhum ônus, com dinheiro público, que deveria tá sendo aplicado para melhorar a saúde do povo maranhense.

A reforma, que já consumiu R$ 903.164,56, ainda não terminou. Tudo bancado por Flávio Dino. Nesse local ele quer instalar um hospital com apenas 34 leitos, segundo o secretário de Saúde, para ser referência em traumas e ortopedia. O problema é que a clínica alugada, nunca terá condições para ser uma unidade de referência para os casos de alta complexidade porque não dispõe de estrutura física, infraestrutura, número de leitos, equipamentos como ressonância magnética, tomografia computadorizada e outros necessários ao atendimento exigido nessa área. É necessário que se investigue o real motivo dessa decisão do governador em alugar por R$ 90 mil mensais e já ter gasto num prédio particular quase R$ 1 milhão na reforma sem que nesse local possa, sequer, se instalar o tal Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Maranhão, como o nome mesmo diz.

É inviável atender todos os pacientes do Estado, com apenas 34 leitos e sem a mínima infraestrutura da clínica. E Flávio Dino é crítico dos hospitais de 20 leitos, públicos, não particulares, projetado para atender com qualidade a população de um pequeno município. O que dizer então, de uma clínica velha, sem nenhuma condição, pertencente a particulares, com apenas 34 leitos para dar conta de todos os pacientes politraumatizados, muitos dependendo de neurocirurgias complexas, outros que necessitam de cirurgias ortopédicas também de alta complexidade, num prédio acanhado e remendado?

Como disse, isso precisa ser investigado até porque essa área extremamente complexa da medicina já estava programada para funcionar no projeto de ampliação do hospital Dr. Carlos Macieira, onde o governador vem cometendo um grave crime contra a administração pública ao alterar o destino da ampliação do hospital de Alta Complexidade. O HCM na sua primeira etapa foi estruturado para atender a demanda por atendimentos de alta complexidade de toda a rede estadual de saúde, faltando apenas leitos que estavam sendo concluídos na obra de ampliação do hospital. Ora, já existiam recursos e obras em andamento no projeto de ampliação do HCM para atender o perfil de traumas e ortopedias, mas o governador Flávio Dino resolveu alugar uma clínica particular, pagar por ela durante 1 ano sem funcionar o valor de R$ 990.000,00, só a título de aluguel, e na reforma mais R$ 903.165,55, enquanto que o projeto de ampliação do Dr. Hospital Carlos Macieira foi desviado para outra finalidade, cometendo assim um grave crime. Crime este que estarei acionando imediatamente a Justiça do Maranhão e o Ministério Público para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Chico Carvalho critica Distritão

0comentário

As decisões tomadas em Brasília em relação a Reforma Política preocupam os detentores de mandatos nos municípios e nos estados. Em são luís, por exemplo, o vereador Francisco Carvalho (PSL) faz duras críticas à decisões já tomadas pelos parlamentares como a regra do ‘distritão’ que modifica a forma para escolha de candidatos a mandatos de deputado federal e estadual e também de vereador.

O parlamentar criticou ainda a aprovação Fundo Especial de Financiamento da Democracia, que pela proposta do relator já aceita por maioria dos membros da comissão especial será de cerca de R$ 3,6 bilhões.

Segundo Chico Carvalho, para financiar as campanhas políticas, verba pública será tirada de áreas que precisam de investimentos grandes em prol da população.

“Será de onde sairá esse dinheiro para o financiamento público de campanha? Sairá da Educação, da Saúde, Infraestrutura e Segurança. Sairá do bolso do brasileiro que carece tanto da atenção do Poder Público que já deixa a desejar ao povo”, disse o vereador.

A proposta de mudança no sistema de escolha de deputados e também de vereador, preocupa Chico Carvalho. Segundo ele, as decisões que estão sendo tomadas em Brasília não vai melhorar o sistema eleitoral do país. Para ele, haverá um enfraquecimento da democracia com esse novo sistema de escolha de candidatos da eleição proporcional.

“O distritão vai enfraquecer nossa democracia. Veio para favorecer os partidos maiores e detrimentos da legendas pequenas. Essa forma aí vai beneficiar quem tem mais dinheiro para investir em candidatura. Aquele candidato que trabalha duro nas bases, acabará sendo prejudicado”, disse o vereador, que também é presidente estadual do PSL.

O parlamentar tem conversando com membros da bancada maranhense para saber qual é posição a ser tomada por cada um dos representantes dos maranhenses na Câmara dos Deputados. E segundo ele, a informação é de que o distritão deverá passar em plenário.

“Não tenho boas notícias de nossos deputados e isso é preocupante”, disse Carvalho.

Bancada – Sobre a reforma política e os assuntos que estão sendo discutidos na comissão especial da Câmara, somente um deputado maranhense já se posicionou: Hildo Rocha (PMDB). Ele é titular na comissão.

Rocha foi um dos deputados que votou a favor do ‘distritão’ e também o aumento do fundo de financiamento público de campanha.

Mais

Pela regra atual deputados federais, estaduais e vereadores são eleitos no modelo proporcional com lista aberta. Somados os votos válidos nos candidatos e no partido ou coligação, é calculado o quociente eleitoral, que determinará o número de vagas a que esse partido ou coligação terá direito.

Os eleitos são os mais votados dentro do partido ou coligação, de acordo com o número de vagas. Com a regra do “distritão’, cada estado ou município vira um distrito eleitoral. São eleitos os candidatos mais votados dentro do distrito. Não são levados em conta os votos para partido ou coligação.

O Estado

sem comentário »

Nagib prioriza Programa do Leite em Codó

0comentário

Desde que assumiu a Secretaria de Desenvolvimento Social, do Direito da Mulher, Segurança Alimentar e Igualdade Racial, a Primeira Dama Agnes Oliveira vem realizando inúmeras ações, por meio dos programas e projetos sociais, em prol da população codoense. Nesta semana, a secretária e o prefeito de Codó, Francisco Nagib, realizaram a entrega de caixas térmicas para as associações e clubes de mães cadastrados no Programa do Leite. As caixas térmicas servem para melhor conservação e armazenamento do leite distribuído aos associados.

“O Programa do Leite é muito importante para a complementação da nutrição de muitas famílias carentes de nosso município. Dar assistência a essas famílias é uma das prioridades do governo do prefeito Nagib. Temos esse compromisso social e não mediremos esforços para contribuir em propiciar uma melhor qualidade de vida para as famílias que mais precisam.”, disse a primeira-dama.

Geração de renda

O apoio que o governo Mais Avanço, Mais Conquistas dispõe as entidades vai além do Programa do Leite. Ele também se estende as oficinas de beneficiamento do produto e de geração de renda as famílias ou grupos em vulnerabilidade social. A presidente da Associação do Residencial da Trizidela, Cléa Santos, aproveitou a presença do prefeito Nagib para agradecer o incentivo que vem ofertando as entidades. “Sem esse apoio, a associação não poderia ter realizado o curso de queijos e derivados”, comentou.

Voluntária e parceira ao ministrar as oficinas, Ana Lúcia falou o quanto é gratificante contribuir para a independência financeira das mulheres participantes dos cursos. “É uma grande oportunidade de aprendizado para este grupo e uma forma valorosa de contribuição para ajudar as pessoas a aprenderem uma atividade e ajudar na renda familiar”.

Nas próximas semanas, a Secretaria de Desenvolvimento Social, do Direito da Mulher, Segurança Alimentar e Igualdade Racial irá iniciar novas oportunidades de geração de renda, com oficinas de iogurte, biscuit e confecção de bonecas. “A execução da distribuição do leite é de responsabilidade da Secretaria de desenvolvimento Social, que também tem o papel de orientar, fiscalizar. Além disso, a oferta de oficinas para os associados propicia um aprendizado e uma oportunidade de empreender, o que é muito importante para as famílias”, finalizou o prefeito Francisco Nagib.

Fotos: Divulgação

sem comentário »