Pereirinha paga indenização de R$ 5 mil a árbitro

17comentários

O árbitro Juscelino Souza Santos recebeu R$ 5 mil de indenização por danos morais na ação movida pelo Sindicato dos Árbitros de Futebol do Maranhão – Safema contra o presidente do Iape, Isaías Pereirinha.

O árbitro foi acusado pelo dirigente do Iape de ter recebido dinheiro para favorecer o Sampaio numa partida pelo Campeonato Maranhense deste ano. O episódio teve grande repercussão na imprensa e teria sido o principal motivo da saída do Iape do Campeonato Maranhense.

Para evitar que o assunto fosse adiante, o valor da indenização foi proposto pelo próprio Pereirinha durante audiência, ontem (20), na 4ª Vara Civil. O dirigente também teria reconhecido que cometeu um erro grave ao denunciar o árbitro sem ter as provas para apresentar.

Que bom! Que fique a lição!!!

17 comentários »

Perguntar não ofende…

6comentários

Muito oportuno o e-mail que recebi do ex-advogado do Sampaio, Jorge Henrique de Viveiros Vieira. Ele questiona a INÉRCIA da AMA Clubes após a eliminação do Nacional e da saída do Iape do Campeonato Maranhense, e ainda diante da possibilidade do Imperatriz deixar a competição devido a crise financeira.

E oportuna também a cobrança em relação à ajuda financeira que foi premetida durante aquele Seminário realizado na Câmara. Com a saída do Iape do presidente Pereirinha ainda vão falar deste assunto?

Só faltou o Jorge lembrar o Viva Nota. Nunca mais ninguém disse nada. Por enquanto só a promessa para o segundo semestre.

Leia o e-mail:

Boa noite, Zeca!

A onde está a AMA Clubes que não se manifesta sobre a situação dessas equipes que abandonaram o campeonato e de outras que ameaçam sair da competição por falta de condições financeiras?

Apenas lembrando. Com a saída do IAPE do campeonato, será que os Vereadores vão dar aquela ajuda que foi prometida para o segundo semestre, aos clubes da Capital, quando da realização do Painel promovido pelo Sr. Isaías Pereira.

Jorge Henrique de Viveiros Vieira
[email protected]
192.168.70.149 Enviado em 19/05/2011 as 21:31

6 comentários »

Números do Campeonato Maranhense

0comentário

Encerrada a primeira fase do Campeonato Maranhense, o título simbólico fica com o Sampaio que lidera com 15 pontos, cinco a mais do que o 2º colocado que é o MAC e 13 a mais do que o último que é o Bacabal. Confira a classificação:

Classificação

1 Sampaio 20 pontos
2 Maranhão 15 pontos
3 Santa Quitéria 15 pontos
4 Imperatriz 14 pontos
5 Moto Club 12 pontos
6 São José 11 pontos
7 Cordino 8 pontos
8 Bacabal 7 pontos

Próximos jogos

22/05 – Domingo
16h – São José x Santa Quitéria
18h – Maranhão x Sampaio

23/05 – Segunda-feira
20h – Bacabal x Cordino

26/05 – Quinta-feira
20h – Moto x Imperatriz

sem comentário »

Crise no apito

8comentários

A confusão que culminou com a retirada do Iape do Campeonato Maranhense expõe ainda mais a situação da arbitragem no Maranhão. Tenho dito aqui desde o ano passado que em matéria de arbitragem também estamos atravessando um momento bastante crítico.

Na temporada passada, os nossos árbitros pouco saíram para as competições nacionais. Este ano, na Copa do Brasil os nossos árbitros também foram mal aproveitados.

Mas qual seria o motivo? Um deles é a tal renovação. Os novos árbitros não estão correspondendo a bastante tempo. Sobram apenas Robson Martins, Mayron Frederico, Paulo Sérgio, Gladistoni Viana e Marcelo Filho. Mas, ainda assim, em diversas ocasiões estes são bastante questionados também e muitas vezes acabam vetados.

E quem vai apitar então? Essa é a questão. Será que a saída é trazer árbitros de fora? Os daqui não são confiáveis? Eles não sabem apitar? Quem se habilita a falar sobre esse assunto?

Se as coisas já não vinham bem com Lucas Lindoso diria que piorou com Renato Rodrigues. É visível a falta de comando.

A chiadeira não é só aqui na Capital. Os clubes do interior reclamam bastante e se sentem bastante prejudicados. Que digam Imperatriz e Bacabal que têm sido as maiores vítimas.

Vou esperar a apuração dos fatos. O torcedor merece esclarecimento para tudo que está sendo dito na imprensa. Este é o nosso papel e não vou arredar dele um milímetro sequer.

8 comentários »

Árbitro na Justiça contra Pereirinha

0comentário

O Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado do Maranhão divulgou uma nora repudiando as declarações do presidente do Iape, vereador Isaías Pereirinha no último domingo quando acusou o árbitro Juscelino Souza Santos de receber dinheiro para favorecer o Sampaio. O Safema já deu entrada num pedido de apuração na Justiça Desportiva e na Justiça Comum.

Leia a nota na íntegra

O Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado do Maranhão (SAFEMA) discorda totalmente das acusações feitas nas emissoras de Televisão e Rádio desta cidade pelo presidente da Câmara de São Luís e presidente de honra da equipe do Iape Futebol Clube, vereador Sr. Antonio Isaías Pereira ao árbitro Juscelino Souza Santos.

Infelizmente as mesmas desculpas voltam à tona após um fracasso em campo. O Iape que perdeu o jogo para o Sampaio Corrêa, no domingo passado pelo Campeonato Maranhense desfere sua raiva no árbitro da partida ao invés de procurar solucionar seus problemas. A incompetência dentro de campo supera os erros que por ventura aconteçam. Transferir responsabilidades e acusar a pessoa do Árbitro Juscelino Sousa Santos é no mínimo falta de inteligência.

Quando seu presidente de honra cita uma falta “inexistente” e o “acréscimo” do tempo da partida esquece de citar que o presidente do Imperatriz reclama de um pênalti não marcado por esse mesmo árbitro quando o Iape venceu de 1 x 0 em Imperatriz. Não cita que nos acréscimos venceu a equipe do Moto Club por 2 a 1. Também não cita a incompetência dos seus jogadores nas finalizações das jogadas para fazer os gols.

Nas rádios presentes no estádio Nhozinhos Santos, alguns cronistas e comentaristas concordaram com a marcação da falta e outros não. Acusar o árbitro Juscelino Sousa Santos da forma como foi feita em todas as funções dentro e fora de campo, inclusive a de policial Militar onde também goza de prestigio perante os seus superiores, pares e subordinados, e o Sindicato dos Árbitros, não tomar providencias na esfera da Justiça, Desportiva e Justiça Comum é fechar os olhos para a atitude ridícula tomada no final da partida.

Perder faz parte do esporte e, por isso é preciso saber lidar com a derrota e com a vitória.

Segundo as próprias palavras do vereador presidente da Câmara Municipal de São Luis e presidente de honra do Iape futebol clube, Antonio Isaías Pereirinha,  ele deixa claro que tirou o time do Campeonato Maranhense versão 2011 foi a pedido dos seus familiares e que tinham pessoas confundindo as coisas e estava prejudicando ele na política. A saída do Iape não está ligada ao Jogo Iape x Sampaio, tão pouco a arbitragem de Juscelino Sousa Santos. Essas afirmações estão claras nas suas
declarações.

O SAFEMA não tem outro meio a não ser recorrer à Justiça Desportiva e Justiça Comum para que seja esclarecido o que realmente aconteceu antes, durante e depois do Jogo, responsabilizar e punir os culpados.

O SAFEMA reconhece o trabalho que a CEAF vem realizando, com palestras, testes físicos, dinâmica de arbitragem e o sacrifício individual de cada um dos senhores árbitros com objetivo de melhorar o nível da nossa arbitragem.

São Luis, 11 de maio de 2011.

Marcelo Bispo Nunes Filho
Presidente do SAFEMA

sem comentário »

Gilson é escolhido destaque do turno

1comentário

O atacante Gilson, do Moto venceu a enquete realizada pelo BLOG sobre o principal destaque nesta primeira metade do Campeonato Maranhense. O goleador do Moto recebeu 395 votos (34,41 por cento). Votaram 1 mil 148 pessoas no período de 30 dias.

O segundo colocado foi o garoto Sapeca, do Imperatriz com 247 votos (21,52 por cento). Em terceiro ficou Naoh, do MAC com 227 votos (19,77 por cento).

Os outros dois votados foram Rivelino, do Iape com 149 votos (12,98 por cento) e Eloir, do Sampaio recebeu 130 votos (11,32 por cento).

1 comentário »

União pelo Sampaio…

15comentários

Ainda não consegui assimilar a decisão do presidente do Iape, Isaías Pereirinha de tirar o clube do Campeonato Maranhense e definitivamente largar o futebol, principalmente o fato de não querer mais nada com o mundo da bola.

Mas não vou tentar demovê-lo da decisão anunciada no domingo e confirmada na segunda-feira quando da entrega na Federação Maranhense de Futebol do pedido de afastamento temporário do Iape da competição. É uma decisão pessoal e precisa ser respeitada.

O que está me intrigando é o fato de Pereirinha dizer que não vai mais aos estádios de futebol. Todo mundo sabe aqui da sua relação estreita com o esporte e mais recentemente com o futebol.

Pois bem é sobre o futebol que gostaria de falar. Quando Sérgio Frota e Pereirinha se juntaram para o bem do Sampaio achava que nascia alí a possibilidade de um clube maranhense despontar no cenário nacional.

A parceria não durou muito. Os dois se desentenderam e nasceu o Iape. Na época o Sampaio figurava na Série C. Hoje é um clube que já agoniza na Série D por dois anos. A ruptura dos dois foi péssima para o Sampaio e para o futebol maranhense.

Pereirinha criou o Iape para mostrar que sabia fazer futebol. Não precisa. Quem o conhece sabe que a sua história se confunde com a do esporte maranhense.

Agora, que decidiu acabar com o Iape (uma dissidência do Sampaio) chegou a hora de pensar adiante. A pergunta que faço é: será que não está na hora de Frota e Pereirinha se unirem novamente em prol do sucesso do Sampaio e do futebol maranhense?

Pereirinha é dono do Iape, mas torcedor doente do Sampaio. E como um homem cego de paixão pelo Tricolor deveria repensar a decisão e continuar no futebol retornando ao Sampaio e trazendo de volta todo o seu prestígio político. É disso que o Sampaio e o futebol maranhense estão precisando no momento.

Vocês já imaginaram como o Sampaio seria mais forte se unisse todas as suas forças? Então, se é para o crescimento do Sampaio que Frota e Pereirinha começem a fumar o cachimbo da paz!!!

Pensem numa coisa bem simples: lugar de Boliviano é no Sampaio!!!!

Leia mais sobre o assunto:

E as provas? Onde estão?

Pereirinha entrega documento na FMF

“Quem faz falta é time grande”, diz Sérgio frota

A culpa é da imprensa também

Não acredito na posição de Pereirinha

Pereirinha perde a cabeça e anuncia saída do Iape

Foto: Arquivo O Estado

15 comentários »

E as provas? Onde estão?

5comentários

A confirmação do pedido de afastamento temporário do Iape do Campeonato Maranhense não deve servir para esconder o fato grave denunciado pelo presidente do Iape, Isaías Pereirinha, após a derrota por 1 a 0 para o Sampaio.

O mandatário do Iape acusou o árbitro Juscelino Souza Santos de receber dinheiro de dirigentes para favorecer o Sampaio. A informação, segundo Pereirinha chegou ao seu conhecimento antes do jogo e diante de tudo que aconteceu durante a partida, ele não teve qualquer dúvida do que chamou de “roubo”.

Pereirinha disse que recebeu a informação de que o árbitro teria recebido R$ 15 mil para favorecer ao Sampaio antes mesmo do jogo. O que me intriga é o fato de Pereirinha ter ficado calado quando deveria ter falado antes mesmo da partida. Se Pereirinha tivesse aberto o jogo, antes de tudo acontecer teria sido diferente.

A decisão anunciada ontem de cabeça quente por Pereirinha se confirmou hoje. O Iape desativou o seu departamento de futebol, pelo menos TEMPORARIAMENTE como está no documento entregue às 19h25min na Federação Maranhense de Futebol.

Não vi nesta segunda-feira nenhuma movimentação do Tribunal de Justiça Desportiva e muito menos por parte da Ceaf e do Sindicato dos árbitros no sentido de divulgar uma nota sequer. Todos, inclusive o presidente da FMF acreditam que o anúncio do presidente do Iape não é definitivo.

O certo é que, a grave denúncia e a decisão de Pereirinha de tirar o Iape do Campeonato Maranhense abre uma nova crise no nosso futebol. Se existe ou não qualquer tipo de armação dentro da FMF em favor deste ou daquele time temos que passá-la a limpo.

Pereirinha deve mostrar as provas do que disse. Do contrário, se optar mesmo por protestar retirando o Iape das competições oficiais estará apenas contribuindo com o fortalecimento daqueles que ainda acham que o futebol não deve ser jogado dentro das quatro linhas.

5 comentários »

Pereirinha entrega documento na FMF

19comentários

Os dois primeiros ato do ritual foram cumpridos. Pontualmente às 19h25min, o presidente de honra do Iape, vereador Isaías Pereirinha protocolou na Federação Maranhense de Futebol o pedido de afastamento temporário do Campeonato Maranhense. Ele chegou acompanhado das filhas e do genro.

A decisão de tirar o Iape do Campeonato Foi tomada após a derrota por 1 a 0 para o Sampaio, neste domingo. Pereirinha acusou o árbitro Juscelino Souza Santos de receber dinheiro para favorecer o Sampaio.

O documento de duas páginas e sete parágrafos não faz qualquer referência ao motivo de afastamento do Iape. O documento é assinado pelo presidente do clube Raimundo Vitor Hugo de Negreiro Neto (genro do vereador).

Ao ser abordado pela imprensa, o presidente do Iape e da Câmara de São Luís disse que esta era a última vez que estava pisando na sede da Federação e que nunca mais iria a um estádio de futebol.

O presidente Alberto Ferreira disse que não houve nenhuma anormalidade no jogo entre Sampaio x Iape. O presidente da FMF prometeu convocar em caráter de urgência os dirigentes dos clubes, entre eles o presidente de honra do Iape para tentar sensibilizá-lo para que mude de opinião.

Alberto Ferreira adiantou que na hipótese do Iape não modificar a sua posição, as duas equipes rebaixadas para a 2ª divisão do Campeonato Maranhense já estariam confirmadas e seriam o Iape que pediu afastamento e o Nacional que foi eliminado da competição pelo Tribunal de Justiça Desportiva.

O desfecho final, ou melhor o ato final será saber de Pereirinha vai ou não mudar de opinião.

Foto: Reprodução TV Mirante

19 comentários »

“Quem faz falta é time grande”, diz Sérgio Frota

10comentários

“Quem faz falta é time grande. É Sampaio, Moto e Maranhão”. Foi com esta declaração que o presidente do Sampaio Corrêa reagiu ao anúncio da desistência do Iape em continuar na disputa do Campeonato Maranhense feita pelo presidente de honra do clube, Isaías Pereirinha (reveja). Segundo o dirigente tricolor, não é verdadeira a denúncia de que o Sampaio teria desembolsado uma quantia de R$ 15 mil para “comprar” o árbitro Juscelino Sousa Santos.

Para Frota, a atitude de Isaías Pereirinha foi de quem não sabe perder. “Eu lamento [a decisão]. Isso é típico de uma pessoa que não sabe perder. Acusar o Sampaio de manipular. Eu fui à Federação pra defender o Sampaio porque queriam ganhar no tapetão. Eles têm um trabalho bonito, mas têm que saber perder. Futebol se ganha dentro de campo e fora de campo com organização. Isso faz diferença. O trabalho meu e da minha diretoria”, explicou.

Questionado sobre se havia dado dinheiro ao árbitro Juscelino Sousa Santos, o dirigente boliviano ironizou. “Então o Sampaio comprou juiz do Sub-14? Por isso que eu dei de 3 a 0 no Iape hoje? O Sampaio comprou o Sub-17? [Competição] Que tinha Sampaio, Maranhão e Moto e nós fomos campeões da Copa Mirante”.

As graves denúncias de Pereirinha sobre um possível esquema para favorecer o Sampaio foram, ainda, consideradas lamentáveis por Sérgio Frota, que comparou o seu poder aquisitivo com o do presidente da Câmara de Vereadores de São Luís.

“Isso aí, vindo de uma pessoa que tem papel de destaque no município, eu lamento. Eu quero dizer é o seguinte: quem faz falta é time grande. É Sampaio, Moto e Maranhão. Tu me conhece? Tu me conhece? [pergunta Frota ao repórter] E se eu fosse oferecer dinheiro, quem tem mais dinheiro? Sou eu ou o presidente da Câmara? O que é que tu acha? Quem conhece Sérgio Frota sabe que se eu fosse de oferecer [dinheiro], o Sampaio já estaria na Série B e não na Série D”, disse.

Por fim, o presidente do Sampaio ironizou, mais uma vez, o Iape. Para o dirigente, o Canário da Ilha é uma boa equipe para ser apenas vice-campeã do Campeonato Maranhense.

“O Sampaio hoje tem um jogo a menos que o Iape, e pode chegar e botar quatro pontos na frente. E depois eu tenho um jogo com eles de volta que eu vou ganhar de novo o jogo. Se eles jogarem, vou ganhar de novo e botar sete pontos na frente. O Sampaio tem mais elenco. O Sampaio tem mais time. O Sampaio tem mais comissão técnica e tem mais uma diretoria atuante. O Iape é uma bela equipe. Podia ser vice-campeão, porque o campeão neste campeonato é o Sampaio”, finalizou.

10 comentários »