MAC vence e segue na briga por vaga

0comentário

MAC vence o Americano por 3 a 2, no Castelão e segue na briga por classificação

O MAC se reabilitou no Campeonato Maranhense após a goleada que levou no clássico para o Moto por 3 a 0, na última quarta-feira.

O time atleticano voltou ao Castelão e venceu o Americano por 3 a 2, assumindo a liderança do Grupo B, com 7 pontos. Moto e Cordino que estão com 6 pontos se enfrentam neste domingo.

O resultado mantém o MAC vivo na briga por uma das vagas na semifinal do primeiro turno, pois terá dois confrontos diretos contra Cordino e Moto na sequência da competição.

Os gols do MAC foram marcados por Adham , Júnior Pirambu e Yuri, enquanto Emerson marcou duas vezes para o Americano.

O MAC volta a jogar na quarta-feira, em Barra do Corda, contra o Cordino, às 15h45. O Americano enfrenta o Moto, às 20h30, no Castelão.

Jogos do domingo

Três jogos fecham a rodada neste domingo. Confira:

15h45 – Santa Quitéria x Sampaio – Estádio Rodrigão – Santa Quitéria
15h45 – São José x Imperatriz – Estádio Dário Santos – São José de Ribamar
16h – Moto x Cordino – Estádio Castelão – São Luís

sem comentário »

Eloir é regularizado pelo MAC

1comentário

Nome de Eloir apareceno BID e jogador pode estrear no MAC exatamente contra o Moto Club

O meia Eloir deve fazer a sua estreia no MAC, no clássico desta quarta-feira contra o Moto pelo Campeonato Maranhense.

Apresentado pelo Moto na festa de lançamentos do novo uniforme, o jogar não se apresentou ao time rubro-negro para os treinamentos e acabou indo parar no MAC.

Com o nome regularidado no BID, Eloir está pronto e pode estrear exatamente diante do Moto.

O MAC é o segundo colocado do grupo B, do Campeonato Maranhense com 4 pontos ganhos. O Moto é o terceiro com 3 pontos. O líder do grupo é o Cordino que tem 6 pontos e uma partida a mais.

Foto: Divulgação/ Maranhão

1 comentário »

Ribamar Alves critica governo Flávio Dino

1comentário
Prefeito aliado reclama de abandono do governador

Prefeito aliado reclama de abandono do governador

Definitivamente a insatisfação dos aliados com o Governo Flávio Dino tem aumentado muito a cada dia e os insatisfeitos começam a publicizar o seu descontentamento.

Depois de vários deputados governistas reclamarem publicamente do Governo Flávio Dino nesta semana, agora foi a vez de um prefeito aliado reclamar do descaso e abandono do governador para com o seu município.

O prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves, em entrevista exclusiva ao repórter da Rádio/TV Mirante, Marcial Lima, não poupou críticas para o tratamento que o município está recebendo no Governo Flávio Dino.

“Além dos recursos federais terem diminuído, temos o problema da falta de parceria com o Governo do Maranhão. Até hoje Santa Inês não recebeu nenhum recurso”, afirmou.

santaines1Ribamar Alves afirmou ainda que, apesar de aliado do governador, foi abandonado. O prefeito reclamou do descaso do Governo Flávio Dino com Santa Inês, que não conseguiram entregar um hospital que receberam quase pronto e que nem as transferências obrigatórias o Estado tem feito.

“Somos aliados, fiz todo esforço para que ele chegasse ao Governo do Maranhão, trabalhei e votei para isso, mas parece que fui abandonado no meio do caminho, pois até hoje Santa Inês não contou com o Mais Asfalto, o hospital que foi deixado 80% pronto nunca foi inaugurado, na Cultura não recebemos nada, ajuda zero e nem as transferências obrigatórias estão sendo feitas”, disse o gestor revoltado e decepcionado.

O prefeito Ribamar Alves disse ainda que o abandono de Santa Inês não tem nada a ver com a sua prisão, pois desde o início do Governo Flávio Dino nenhum recurso foi repassado. O gestor finalizou destacando a importância da parceria para o município.

“O prejuízo é muito grande para Santa Inês. A parceria funcionou bem entre o ex-prefeito Bringel e a ex-governadora Roseana, que só na Saúde foi repassado em duas parcelas R$ 17 milhões, mas agora estamos abandonado”, finalizou.

E assim segue o Governo Flávio Dino, com mais reclamações do que elogios, inclusive dos aliados, imagina dos adversários.

Blog do Jorge Aragão

1 comentário »

MAC muda e Meinha põe time no ataque

7comentários

MeinhaEdmilsonGomes

É ganhar ou ganhar por três gol de diferença. Ou isso ou o MAC não conquista o primeiro turno do Campeonato Maranhense, na quinta-feira, às 20h15, no Estádio Castelão na decisão contra o Moto. Missão difícil, mas jamais impossível para uma equipe que tem a fama de “Demolidor de cartazes”.

Após a derrota por 2 a 0, no último domingo, não resta outra alternativa ao time atleticano a não ser vencer por três ou mais gols de diferença.

E o treinador Meinha decidiu partir prá cima do Moto e faz pelo menos quatro alterações na equipe. Abre mão de um homem de marcação e coloca mais um atacante.

O goleiro Pablo perde a condição de titular para Raniere. Denílson que cumpriu suspensão retorna na lateral-direita. Rômulo César será o lateral-esquerdo e o ataque terá Paulo César ao lado de Gileard e Élton.

O time do MAC será: Raniere, Denílson, Leomar, Ribamar e Rômulo César. Sandro, Rogério e Ratinho. Paulo César, Gileard e Élton.

Segura o Bode!!!!!!

Foto: Reprodução/ TV Mirante

7 comentários »

Metade do caminho

3comentários

MAC

Contagem regressiva para o retorno do Maranhão à primeira divisào do futebol maranhense. A metade do caminho já foi percorrido após a vitória por 3 a 0, contra o Boa Vontade, neste domingo no Castelão.

Os gols da vitória do MAC foram marcados por  Johildo, André e Gileard, todos no primeiro tempo.

Com três vitórias em três jogos, o MAC garantiu por antecipação o título do primeiro turno do Campeonato Maranhense da Segunda Divisão e só precisa vencer o returno para deixar esse calvário na próxima temporada.

O MAC enfrenta o Marília, na próxima quarta-feira, em Imperatriz, apenas para cumprir tabela neste primeiro turno.

3 comentários »

Caminhada do MAC

2comentários

MAC

Começou a hoje, a caminhada do MAC rumo à primeira divisão do futebol maranhense. Na abertura do Campeonato Maranhense da segunda divisão, o MAC não encontrou dificuldade para fazer 4 a 0 no Americano, no Estádio Castelão com gols de Helton, Kléo (2) e André.

No outro jogo, o Boa Vontade venceu o Babaçu por 2 a 1. Gilson marcou para o Babaçu. Marlon e Mazinho fizeram os gols da virada do BV.

A próxima rodada será na quarta-feira. O Maranhão pega o Babaçu, às 16h, no Castelão. No sábado serão disputados mais dois jogos: Americano x Boa Vontade, em São Luís e Marília x Babaçu, em Imperatriz.

A competição será disputada em dois turnos. Os campeões decidirão o acesso à primeira divisão em 2016. Se uma mesma equipe vencer os dois turno será campeã e garantirá o acesso.

Foto: Biaman Prado

2 comentários »

Livro do MAC

1comentário

livromacO livro “Salve, Salve, meu Bode Gregório: a História do Maranhão Atlético Clube” é uma publicação do professor de Educação Física Hugo Saraiva, autor dos livros “Sampaio Corrêa: uma Paixão dos Maranhenses”, lançado em Fevereiro de 2011, e “Memória Rubro-Negra: de Moto Club Eterno Papão do Norte”, lançado em Setembro de 2012. O trabalho sobre o clube atleticano será lançado no dia 24 de setembro.

O autor, após uma natural cobrança de alguns torcedores do MAC e até mesmo de bolivianos e motenses, reuniu alguns textos, fotos e pequenas publicações sobre o Maranhão e, em Outubro de 2012, resolveu aprofundar-se na história do clube, pela falta de uma publicação similar dentro da nossa literatura (em Setembro de 2013 foi lançado um livro sobre o clube atleticano e de autoria do jornalista Haroldo Silva, o que tira o ineditismo desta publicação, mas o novo livro do MAC vem apenas reforçar a bela história do clube atleticano).

Parte do título do livro é uma alusão à música Coração Atleticano, do cantor Zeca Baleiro, onde cita, dentre outros trechos, “Campeã que incendeia geral, corre sangue na veia, não teme rival. É paixão registrada em cartório, salve, salve, meu Bode Gregório”. O trabalho foi um minucioso processo de dois anos de pesquisas em diversas fontes – depoimentos de ex-jogadores, dirigentes, jornalistas esportivos, radialistas e torcedores.

O autor, atualmente professor das redes municipal e estadual de ensino, ainda passou duas férias inteiras numa jornada de quase sete horas diárias na Biblioteca Pública, pesquisando nas melhores fontes disponíveis: Jornal Pequeno, O Estado do Maranhão, Diário do Norte, Pacotilha-O Globo, O Imparcial, Jornal da Tarde, Diário do Norte, Jornal do Dia, O Esporte e muitas outras publicações que o auxiliaram na seleção do que de melhor (e pior) aconteceu em 82 anos de vida do MAC.

No total, foram diversas ligações e e-mails, mais de 50 pessoas entrevistadas e aproximadamente 72 horas de depoimentos gravados, tudo para contar em 440 páginas um pouco sobre os 82 anos de história do Maranhão Atlético Clube e alguns dos seus maiores jogadores.

Além da parte histórica, com passagens marcantes, jogos importantes, títulos inesquecíveis e memoráveis campeonatos, o livro retrata um pouco das maiores e demais torcidas organizadas do clube, além de algumas ações que ajudaram o rubro-negro, como a formação do Partido do Bode e a construção da sua sede social, no Bairro da Cohama.

O trabalho conta também um pouco sobre a história de algumas competições e títulos importantes, como a inesquecível campanha no Brasileiro de 1979, os 14 títulos estaduais e as participações em torneios nacionais, como a Taça Brasil, o Torneio Maranhão-Piauí, a Copa do Brasil e a Copa Norte, onde o clube atleticano detém nestes dois últimos, respectivamente, a melhor campanha maranhense na competição e o vice-campeonato, em 2000.

O livro contou com a participação, em depoimento, de grandes jogadores e pessoas ligadas à história do clube, Riba (o maior artilheiro da história do clube), Alcino, Bacabal (o maior artilheiro do Estádio Castelão), Junior Ferreira, Jackson, Hiltinho, Hamilton, Chiquinho, Juca Baleia, dentre outros craques, além de maqueanos ilustres, como a lendária dona Sebastiana e o cantor e compositor Zeca Baleiro.

Rico em fotos (são mais de 110 ilustrações) e tabelas dos mais importantes campeonatos disputados pelo clube, o livro ainda retrata, em um capítulo a parte, sobre todos os títulos estaduais conquistados em oito décadas, com destaque para os grandes heróis de cada conquista.

1 comentário »

MAC quer “virada de mesa”

2comentários

carloseduardoÉ melhor o MAC nem tentar uma “virada de mesa” para que possa disputar a 2ª divisão do futebol maranhense ainda este ano e retornar no ano que vem.

Além de amargar o vexame do rebaixamento será algo de gozação por parte dos adversários, pois ninguém vai apoiar uma imoralidade dessas.

O diretor de futebol do MAC, Carlos Eduardo vai levar a “proposta indecente” para a FMF que deverá vetar o pedido atleticano pelo que já conseguiumos apurar. No que está absolutamente correta.

“Vamos fazer um pedido para acontecer como foi com o Moto. (A analução) foi por conta do episódio que teve envolvendo o Chapadinha. Primeiro vamos pleitear a disputa e se conseguir disputar, aí vamos pensar na montagem do time”, diz Carlos Eduardo.

Em 2010 e 2012 quando tentaram a virada de mesa para beneficiar o Moto me posicionei de forma contrária e agora não seria diferente.

O MAC é grande sim, mas se caiu deve disputar a segunda divisão com a mesma dignidade que sempre disputou as competições e voltar sem qualquer tipo de favorecimento.

Que se encerre este assunto aqui…

2 comentários »

Postura equivocada

39comentários

Uma cena lamentável ontem, no Estádio Nhozinho Santos. Enquanto trabalhamos no sentido de unir o torcedor maranhense em torno dos nossos representantes em competições nacionais, ainda tem muita gente que não dá mesmo a mínima para algo tão importante.

torcidasampaioOntem, fomos surpreendidos com a presença de integrantes de uma facção de torcida organizada do Sampaio, inclusive com  faixas em meio à torcida do Paysandu. Foi no mínimo um ato de covardia com aqueles que amam o Maranhão de verdade. O pequeno grupo de torcedores do Sampaio gritava pelo “Papão da Curuzu” como se fosse o Tricolor que estivesse em campo.

Nunca, em jogos do Sampaio vi grupo de torcedores do MAC ou mesmo Moto com faixas ou bandeiras na torcida de times de fora. É o mínimo de respeito que podemos esperar.

No ano passado, também haviam torcedores do Sampaio com faixas em meio à torcedores do Bahia, no confronto do MAC pela Copa do Brasil.

Não vou generalizar, mas o pensamento desse grupinho de torcedores do Sampaio é totalmente equivocado. Será que eles acham que os paraenses vão torcer para os maranhenses algum dia? O Paysandu vai torcer para o Sampaio? Claro que não. Tenho certeza que a grande e imensa maioria da torcida do Sampaio não pensa ou age como esse pequeno grupo.

E não venham com esse argumento que isso é em nome da rivalidade. No Campeonato Brasileiro, surgem aqueles que dizem que o Sampaio é o futebol maranhense e que o seu bom desempenho é bom para todos. Prefeito, mas a recíproca é verdadeira quando falamos de torcida? Pelo visto não, quando é outro clube, a postura é essa que vimos ontem.

Fico triste pelo que vi. Sou ferrenho defensor dos nossos clubes em competições nacionais e em nome do fortalecimento desse pensamento é que trago aqui a minha indignação com a atitude desses “torcedores”.

Mas antes de condenar alguém, peço a esses torcedores que repensem essa postura equivocada. Se nós não acolhemos aos nossos quem vai acolher?

Fica o repúdio e o registro deste fato lamentável.

39 comentários »

MAC segura o Paysandu

4comentários

eltonMaranhão e Paysandu empataram por 2 a 2, no estádio Nhozinho Santos pela Copa do Brasil. Com o resultado, as duas equipes voltam a se enfrentar dia 16, no Mangueirão, em Belém.

O MAC foi melhor no primeiro tempo e abriu o placar com Élton (foto) que foi o melhor em campo.

O Paysandu reagiu no início do segundo tempo e empatou com Jô e virou com Lima em duas falhas do setor defensivo do MAC.

Quando tudo levava a crer que o Paysandu venceria o jogo, o Maranhão foi buscar o empate numa jogada de Élton que André Luís mandou para o gol paraense.

O Paysandu joga por um empate por 1 a 1 ou uma vitória para passar à próxima fase. O MAC tem que vencer ou empatar a partir do placar de 3 a 2. Novo empate por 2 a 2, leva a decisão para os pênaltis.

4 comentários »