Reconhecimento na terra do reggae

0comentário

Não é à toa que São Luís é conhecida como a Jamaica Brasileira…

O secretário de Cultura e Turismo do Maranhão, Diego Galdino foi aplaudido de pé nesta quinta-feira (10) durante reunião no Ministério da Cultura da Jamaica, em Kingston, capital do país.

O motivo foi a apresentação do projeto Museu e Quinta do Reggae que é desenvolvido pelo Governo do Maranhão por meio da Sectur. O projeto que é sucesso em São Luís foi criado na gestão de Galdino.

O coordenador do projeto, o jornalista Ademar Danilo também participou da reunião.

“Nossa viagem é vitoriosa, estamos conseguindo aproximar a Jamaica Brasileira da Jamaica Verdadeira. Turismo e cultura são nossas armas. Grandes perspectivas de parcerias com o Brasil”, destacou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Pabblo Vittar é destaque no Encontro

1comentário

O cantor, compositor e drag queen Pabllo Vittar foi um dos entrevistados no programa Encontro com Fátima Bernardes nesta quarta-feira (9).

Pablo Vitar que é maranhense começou cantando em Igreja e hoje ecooa no mundo pop. Tem milhares de seguidores nas redes sociais e é um símbolo LGBT. Ele falou sobre a carreira e do preconceito que enfrentou.

“Eu saí de uma cidade pequena do interior do Maranhão (Santa Inês) para São Paulo, ralei muito e nunca tive medo de colocar a cara à tapa”, afirmou.

Pabllo contou que desde criança queria ser diferente.

“Desde pequenininho eu descobri que eu era diferente e que eu queria viver diferente e fazer alguma coisa no mundo para deixar a minha marca. Eu nunca quis adotar um nome feminino porque quando eu quis adotar uma drag eu queria passar a minha verdade”, disse.

Leia mais

1 comentário »

Excelente produção de Mário Moraes

0comentário

Todo mundo sabe que São Luís é uma cidade carente de grandes eventos e estes, quando acontecem, geralmente deixam o público bastante frustado.

Por este motivo, acho que ainda cabem algumas observações sobre a excelente noite proporcionada pelo produtor cultural Mário Moraes com o show do cantor Diogo Nogueira.

Tenho ido a vários shows em nossa cidade e confesso que este ocorrido na última sexta-feira (4) foi um dos melhores ou porque não dizer o melhor em todos os aspectos.

Quando um produtor se preocupa em oferecer conforto e qualidade ao público e não apenas em ganhar dinheiro, a satisfação de todos é geral e deixa em todos nós um gostinho de quero mais.

Além do belo show que fez Diogo Nogueira, com repertório de muita qualidade, a produção se preocupou com todos os detalhes. Som, bebida, comida, local e principalmente atendimento levaram nota 10.

De parabéns Mário Moraes e que o seu exemplo sirva aos que realizam show em São Luís. O público agradece…

Foto: Reprodução

sem comentário »

Marília Mendonça e Luan Santana em São Luís

0comentário

Marília Mendonça, a rainha da sofrência

A rainha da sofrência e o príncipe do sertanejo, Marília Mendonça e Luan Santana se reencontram em São Luís nesta sexta-feira, dia 30 de junho, no “Arraiá 4mãos”, que será realizado no São Luís Shopping, a partir das 18h. A festa não para por aí, a programação será especial e em clima de despedia do São João, além desses astros da música, o público irá cantar também com Kátia Cilene, a voz do forró das antigas e dançar muito com o Bumba-meu-boi de Morros e Nina Rodrigues.

O discurso de Marília Mendonça é de alguém que já tem muita experiência de vida. Começou com “Infiel”, seu primeiro grande hit que usou para falar sobre as traições de um antigo romance. Agora vem com “Realidade”, seu novo DVD, virando o jogo ao assumir o papel da traidora. Ao menos no que diz respeito a relacionamentos, Marília é imbatível: diz até que virou baú de segredos alheios por abrir tanto sua sofrência.

Por outro lado, a cantora tem só 21 anos. “É que eu já tive muito namorado mala e já levei muito chifre. Estou rodeada desde os 15 anos por muitas histórias assim”, contou em uma recente entrevista. Para ela, traição não tem mesmo perdão e diz que, hoje, dificilmente é enganada por causa dos anos de “experiência”. Jamais toparia um relacionamento aberto. “Não dá. Sou muito ciumenta, a mais ciumenta do Brasil”.

Entre os sucessos que os maranhenses poderão cantar nesta sexta, temos “Alô porteiro”, “Infiel”, “Saudade do meu ex”, “Amante não tem lar”, “Sofrendo por três”, entre outros hits que estão entre os mais tocados nas rádios e com milhões de visualizações no Youtube.

Lua Santana, o príncipe do sertanejo

Já Luan Santana, apresentará seu novo trabalho, o “1977”, que representa o ano da criação do Dia Internacional da Mulher pela ONU, batiza o mais novo trabalho de Luan Santana, por razões que a proposta da vez já explica.

Desse repertório, além da riqueza promovida pela mistura das nobres vozes femininas em parceria no álbum, convém ressaltar o avanço da maturidade exibida pelo menino que foi se tornando homem diante dos holofotes. Assim como em seu último trabalho,  “1977” confirma a tendência de uma cabeça mais centrada, capaz de olhar com ternura e valorizar aquele meteoro melhor percebido pelo adolescente que foi um dia.

E, permitindo-se ver como alguém que cresceu, Luan bem que sensualiza, se exibe mais sexy, não só por questão de atitude física, mas, especialmente, pela obra cantada e decantada que vem aí, romântica por excelência, com espaço para um tom mais apimentado, à moda da vida real. Vide o atual clipe “Eu, Você,o Mar e Ela”, que inspira a balada, sem perder a condição do conceito universal, muito além do segmento que poderia rotular Luan por esse ou aquele gênero musical. E neste contexto e missão bem sucedida estão em ação: a gravadora Som Livre, a diretora Joana Mazucchelli, o diretor musical Dudu Borges, o próprio Luan, claro, e toda a sua equipe.

A concepção, do DVD ao CD, passa pela busca de um contraponto entre a ostentação do espetáculo e os grandes públicos, revelando a intimidade do cantor na hora de criar as canções e dividi-las com artistas tão distintas. Como cenário, um ambiente industrial atemporal  remete às operárias e suas constantes lutas por igualdade de gêneros ao longo da história.

Serviço:

O quê: Arraiá 4Mãos – Marília Mendonça e Luan Santana
Quando: Sexta-feira, dia 30 de junho
Onde: São Luís Shopping
Valores: O setor área vip custa R$ 80 e casadinha R$ 140. O camarote R$ 165 e a casadinha R$ 300 e o Backstage R$ 210 e a casadinha R$ 380. Todos os setores é possível parcelar em até 03 vezes sem juros.
Pontos de venda: Bilheteria Digital (Shopping da Ilha, Rio Poty Hotel, Rio Anil Shopping e Site), Loja Ingressando (São Luís Shopping) e Loja Visótica no Tropical Shopping.

Fotos: Divulgação

sem comentário »

Zeca Baleiro passa mal durante show

0comentário

O cantor Zeca Baleiro, 51 anos, passou mal durante um show no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza, na noite deste domingo (14), conforme nota do cineteatro. Zeca estava na segunda apresentação da noite – foram duas sessões já que as entradas para a primeira se esgotaram em menos de 24 horas.

De acordo com nota da produção do artista publicada em uma rede social, Zeca foi acometido por um mal-estar, causado por “uma queda de pressão, motivada provavelmente pela bronquite que está tratando”.

Na mesma nota, a produção informa que Zeca agradece o carinho dos fãs e já solicitou a realização de um novo show em Fortaleza, em data e local a serem informados, assim que definidos por eles.

Após o atendimento no hospital, Zeca Baleiro voltou para o hotel em que está hospedado para descansar e se recuperar, conforme comunicado do Cineteatro.

Leia mais

sem comentário »

Bell canta as só as antigas em São Luís

0comentário

Espetáculo de hoje no Rio Poty Hotel faz parte da turnê do baiano que tem 40 anos de carreira

São 40 anos de carreira. Quarenta anos de sucesso! Uma história de muita música, de brilho e emoções, que tem que ser celebrada. Os fãs, uma legião, vale dizer, não precisam esperar muito. Nasce o Bell Marques – Só As Antigas, show lançado em Salvador ano passado, agora roda o Brasil.

O “Bell Marques – Só as Antigas” será hoje no Rio Poty Hotel e as cantoras sertanejas Munik & Mariane, também participam do evento abrindo essa grande festa.

O evento contará a história desse que é um dos maiores nomes da música nacional, através de um repertório de mais de 100 músicas. Reunindo sucessos desde 1979, como Colar do Oriente, Cara Caramba, Gritos de Guerra, Lindo É Viver e Ele Não Monta na Lambreta, Bell Marques faz um show para quem gosta de música, de viver e reviver.

Seja o fã mais antigo – que acompanha o artista desde os antigos Carnavais da década de 1980 – ou os mais novos – que começaram a acompanhar o cantor em sua carreira solo, mas conhecem e reconhecem sua bagagem e importância para a música na Bahia e no Brasil – o show Só As Antigas é uma homenagem para todos.

Acostumado a ler pedidos de músicas em shows e Carnavais fora de época de todo o país, nas famosas placas espalhadas entre os foliões, Bell Marques decidiu cantar as mais pedidas de vez, num único show. O resultado? Vamos saber hoje no Rio Poty Hotel.

Ingressos à venda na Bilheteria Digital (Shopping da ilha e Rio Poty Hotel), na Visótica no Tropical Shopping e no site

sem comentário »

Show apoteótico do Fundo de Quintal

0comentário
Fundodequintal

Público lotou a Casa das Dunas para a apresentação do grupo Fundo de Quintal em São Luís

Foi apoteótico o show do grupo Fundo de Quintal em São Luís.

Um dos grupos mais antigos e autênticos do legítimo samba contagiou o público na Casa das Dunas com os grandes sucessos desde 1978, ano do surgimento do Fundo de Quintal.

Produzido por Mário Moraes, o show do grupo Fundo de Quintal já faz parte da lista dos melhores de todos os tempos em São Luís com direito a uma grande apresentação do grupo local Feijoada Completa na abertura.

No início do próximo ano, Mário Moraes confirma mais dois pesos pesados do samba por aqui Jorge Aragão e Arlindo Cruz.

Vamos aguardar!!!

Foto: Divulgação

sem comentário »

O Rappa se apresenta em São Luís

0comentário
Grupo se apresenta nesta sexta (7) em São Luís

Grupo se apresenta nesta sexta (7) em São Luís

Fortalecidos pelo reconhecimento nos palcos (dos quais praticamente nunca saíram), O Rappa entrou para o seleto grupo de bandas que transcenderam seus 20 anos de estrada. O grupo apresenta-se nesta sexta-feira (7), no estacionamento do São Luís Shopping, com show de abertura da Orquestra Invisível, Raiz Tribal e Kadu Ribeiro, a partir das 19h.

Com mais de 3 milhões de discos vendidos em sua carreira, O Rappa, formado por Marcelo Falcão, Lauro Farias, Marcelo Lobato e Xandão, hoje é uma banda que representa o grito das ruas, as emoções do cotidiano difícil, o apreço pela vida digna.

São 10 álbuns lançados, muitos prêmios conseguidos (são recorde de prêmios em videoclipes até hoje) e diversos discos de ouro, platina e diamante, além de muita história para contar.

Agora, os quatro integrantes se apresentam numa lindíssima estrutura mostrando todo o brilho que foi a gravação do DVD na Oficina Brennand, em Recife.

O repertório traz 17 músicas, incluindo 4 inéditas e clássicos dos álbuns “Nunca Tem Fim” e “Sete Vezes”, sem deixar de fora hits da carreira do grupo. Vale lembrar que a histórica oficina abriga as criações do escultor e artista plástico Francisco Brennand, de 89 anos, que esteve presente nas gravações e deu sua “benção” ao novo projeto d’O Rappa, ou seja, o sucesso é garantido.

A banda usa instrumentos diferentes nos arranjos, como uma guitarra de 12 cordas, clavinete, piano elétrico, escaleta e os steel drums (tambores de aço), muito usados na música caribenha. “Uma coisa mais crua, mas sem perder a identidade do nosso som”, afirma o guitarrista Xandão,

Para essa turnê, a banda investe no formato do DVD, mas sem perder sua pegada, motivo pelo qual uma verdadeira “Horda” de fãs cruza o país com suas letras na ponta da língua. “É um acústico diferente, pra cima.”  Finaliza Falcão.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Grande Encontro em São Luís é adiado

0comentário
Show com Alceu Valença, Elba Ramalho e Geraldo Azevedo em São Luís é adiado

Grande Encontro com Alceu Valença, Elba Ramalho e Geraldo Azevedo em São Luís é adiado

A produção local do evento ‘O Grande Encontro’ em São Luis, com os cantores nordestinos Alceu Valença, Elba Ramalho e Geraldo Azevedo, marcado para ser realizado no próximo dia 15 de outubro, informa que, por motivo de força maior, o espetáculo foi adiado.

Clientes que adquiriram ingressos poderão reaver os valores pagos ou ter estornadas suas compras por cartão de crédito, a partir de quinta-feira, dia 13.

O atendimento ao público será feito exclusivamente na Bilheteria da Fazenda (Avenida São Luis Rei de França, s/nº, Turu) ou pelo telefone 98 3248-5301.

Tão logo seja possível, será informada a nova data do show.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Diogo Nogueira se apresenta em São Luís

0comentário
Cantor Diogo Nogueira

Cantor e compositor Diogo Nogueira

Com produção de Mário Moares o sambista Diogo Nogueira apresenta-se em São Luís no dia 23 de setembro no Círculo Militar. Com pouco mais de oito anos de carreira, o carioca Diogo Nogueira é, sem dúvida, um dos principais nomes da nova geração do samba brasileiro.

Cantor, compositor, instrumentista, apresentador e que, recentemente, estreou como ator no musical “SamBRA”, o multifacetado artista apresenta sua turnê nacional.

A ótima fase do cantor inclui um recente Grammy Latino, na categoria de Melhor Canção Brasileira, com “Bossa Negra”, da parceria de Diogo Nogueira e Hamilton de Holanda, e uma nova música na novela “Totalmente Demais”. “A Mil Por Hora” é a décima música em trilhas sonoras de novelas.

Essa turnê tem no repertório as canções do novo álbum e os principais hits da carreira de Diogo. O público também ouvirá as músicas “Sangrando”, de Gonzaguinha, além de um pot-pourris de Djavan (“Avião”, “Flor de Lis” e “Fato Consumado”), de Almir Guineto e do Fundo de Quintal.

O sucesso “Nó na Madeira”, de João Nogueira, pai de Diogo, também faz parte do set list do show, bem como “Codinome Beija-Flor”, um pedido pessoal da mãe de Cazuza, Lucinha Araújo, fã confessa da versão de Diogo Nogueira para o grande sucesso do filho. Agora é a vez de São Luís receber o cantor.

O show será realizado dia 23, em única apresentação no Círculo Militar. Ingressos podem ser encontrados: Bilheteria Digital, Visótica Tropical, Bilheteria da Fazenda Open Music.

Serviço:
Show Diogo Nogueira
Local:Circulo Militar
Valores
2º Lote
Deck : R$ 70
Front open food de salgados: R$ 120
Lounge open food prime com “Boteco do Diogo” com roda de samba a partir das 21h R$ 150
Locais de venda:
Bilheteria Digital (Rio Poty e Shopping da Ilha) e Visótica Tropical Shopping

Foto: Divulgação

sem comentário »