Honorato propõe monitoramento da educação

2comentários

Vereador Honorato Fernandes propõe monitoramento do sistema de educação de São Luís

A situação do sistema de educação do município de São Luís foi o foco das discussões realizadas, na manhã desta terça-feira (18), durante Sessão Ordinária da Câmara Municipal. Em pronunciamento, o vereador Honorato Fernandes (PT), utilizando a tribuna da Casa, sugeriu a formação de uma mesa de diálogo permanente, entre o Parlamento Municipal e o Executivo, para monitorar o andamento das políticas do sistema de educação.

Ao analisar a situação do sistema de educação, o vereador destacou que o quadro precário do setor é reflexo das dificuldades pelas quais os municípios vêm passando com relação à arrecadação e das medidas equivocadas aprovadas em âmbito nacional, como a PEC do Teto dos Gastos, que estabelece para os três poderes e seus órgãos limites específicos para despesas.

“Estamos vivendo um contexto muito complicado, marcado pela limitação de gastos, após a aprovação da PEC 55, que congelou investimentos na educação e na saúde, sem contar a arrecadação dos municípios e estados que também passa por dificuldades”, destacou o parlamentar.

Honorato finalizou o pronunciamento sugerindo a formação de uma mesa de diálogo permanente, entre o Parlamento Municipal e o Executivo, para monitorar o andamento das políticas do sistema de educação.

“A melhor forma de enfrentamento dessa situação é por meio do diálogo. Precisamos construir uma mesa permanente de diálogo entre esta Casa, através da Comissão de Educação, e a Prefeitura, para tratar de questões que vão desde a remuneração à situação de trabalho, porque a educação precisa desse acompanhamento diário, para encaminharmos questões e construirmos soluções”, finalizou o vereador.

Foto: Agência Câmara

2 comentários »

Honorato repudia condenação prévia de Dino

2comentários

Vereador repudia condenação prévia e desrespeito a direitos individuais constitucionais

O vereador Honorato Fernandes (PT), repudiou na tribuna da Câmara de São Luís, nesta segunda-feira (17), a forma como a classe política vem sendo tratada em decorrência das denúncias dos delatores da operação Lava Jato, sem deixar, no entanto, de destacar a relevância da operação no combate à corrupção.

“Nós estamos passando por um momento político muito turbulento. A operação Lava Jato tem e deve ser tratada como uma atividade séria de combate à corrupção, já tão entranhada na cultura da nossa sociedade. Mas, nós, enquanto membros do poder legislativo, não podemos aceitar a forma como a política vem sendo tratada, como se esta fosse algo errado, quando na verdade a política é um instrumento de mudança e justiça social”, destacou o vereador, que cobrou da bancada maranhense do Congresso Nacional uma postura de enfrentamento às reformas que o governo Temer tenta implantar.

“Precisamos cobrar dos nossos representantes, a nível estadual e federal, que façam um enfrentamento às medidas cruéis que vêm sendo implementadas pelo governo Temer, governo ilegítimo, que quer acabar com a aposentadoria e trata a classe trabalhadora com total desrespeito, na medida em que apresenta uma série projetos que retiram do trabalhador direitos conquistados com muita luta ao longo desses anos”, afirmou.

Honorato deu sequência ao pronunciamento, criticando a condenação prévia dos políticos citados nas delações, a exemplo do governador Flávio Dino.

“Não podemos permitir também que fala daqueles que cometeram crimes e se declaram culpados tenha mais valor que a fala e a conduta de homens e mulheres de bem. O que percebemos é o achincalhamento da classe política como um todo, tal qual aconteceu como o governador Flávio Dino, cuja lisura no processo não me deixa dúvidas, tendo em vista a sua trajetória de luta, desde o movimento estudantil, passando pelo judiciário, pelo legislativo e agora no governo do estado”, afirmou Honorato, que finalizou o pronunciamento esclarecendo que o posicionamento dele não é em defesa do governador Flávio Dino, mas contra o que chamou de “achincalhamento da classe política”, com base em denúncias, quase sempre, não apuradas. Conduta que, segundo ele, fere o princípio da presunção de inocência previsto na constituição.

“Quero frisar ainda que a defesa que faço aqui não é do governador, mas de cada um de nós que integramos a classe política. Investigar crimes de corrupção é justo e ninguém está acima disso, mas nós precisamos honrar as garantias e direitos individuais previstos na nossa constituição, que nos garante também a presunção de inocência, até que o mérito seja julgado”, finalizou o vereador.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Favoritismo de Honorato preocupa adversários

0comentário

Favoritismo de Honorato em eleição do diretório do PT na capital leva adversários ao desespero

O favoritismo do vereador Honorato Fernandes na disputa da presidência do Diretório Municipal do PT de São Luís tem levado seus oponentes ao desespero. Durante o debate das chapas que concorrem ao controle do partido na capital, ocorrida nesta quinta-feira (7), alguns dos adversários de Honorato esqueceram de discutir propostas e partiram para o jogo sujo com uma sucessão de inverdades e acusações levianas contra o vereador.

O motivo de tanto desespero de alguns dos concorrentes de Honorato, incluindo um deputado estadual, tem motivo: não querem perder a hegemonia de 20 anos de desmando e locupletação no PT de São Luís. Aliás, o PT não só em São Luís como no Maranhão é um dos mais apáticos, atrasados e letárgicos do país.

Durante sua fala no debate, Honorato, que concorre pela Chapa “Unidade para Renovar”, lembrou do seu histórico de militância no PT onde desenvolve um trabalho junto às comunidades e em defesa dos direitos do trabalhador e da trabalhadora. Ele lembrou ainda da ajuda que deu a vários companheiros do PT ao longo desse anos, inclusive os inserindo na iniciativa privada.
Honorato defende o fortalecimento e a moralização do PT, que inclui o realinhamento às suas origens e o retorno da sua diretriz para a luta do mais necessitados e a defesa do trabalhador. A proposta é resgatar militantes históricos que sonham um novo momento para o partido, apesar das dificuldades conjunturais, dispondo-se a repactuar novas relações e caminhos em defesa da sociedade.

Por conta de suas propostas de um novo momento para o PT, Honorato a cada dia consegue aglutinar mais adeptos e segue se consolidando como favorito para vencer a eleição. Ele, que já foi líder do prefeito Edivaldo na Câmara e se tornou o primeiro vereador reeleito pelo PT na história da Câmara Municipal de São Luís, conta com o poio de diversas tendências da legenda, além de representantes de organizações não governamentais, sindicalistas, dirigentes, profissionais liberais, secretários de governo, movimentos sociais e militantes petistas.

O PED (Processo de Eleição Direta do PT) em São Luís está marcado para este domingo (9), no colégio Cintra, escola BCA Centro, Grupo Grita Anjo da Guarda e Associação da Cidade Operária.

Leia mais

sem comentário »

Honorato reúne apoiadores a eleição no PT

0comentário

Honorato Fernandes promove encontro com rede de apoiadores da chapa Unidade para Renovar

Neste domingo (2), já na reta final do Processo de Eleição Direta do PT em São Luís, o vereador Honorato Fernandes (PT), que encabeça a chapa “Unidade para Renovar”, promoveu um grande encontro com o objetivo de reunir com os integrantes e apoiadores da sua candidatura à presidência do Diretório Municipal do PT em São Luís.

Realizada no Espaço Baluart, a confraternização contou com a presença de filiados, militantes petistas e de alguns companheiros de legislatura do vereador Honorato, como os vereadores Sá Marques (PHS), Raimundo Penha (PDT), César Bombeiro (PSD) e Joãozinho Freitas (PTB).

Na ocasião, o candidato da chapa, que conta com o apoio de diversas tendências da legenda, destacou que o objetivo do grupo é trazer a unidade do PT, para resgatar o espírito de militância e reorganizar o partido.

“Nossa chapa é formada por vários companheiros de diversas forças do PT que querem escrever uma nova história para o partido. Nosso objetivo é fortalecer o PT, para que a nossa militancia volte a participar ativamenente das acoes do Partido”, afirmou Honorato, reforçando a necessidade de defesa dos ideais que norteiam a ideologia petista, tendo em vista a atual conjuntura política, marcada pela ameaça de direitos, sobretudo, da classe trabalhadora, segundo ele.

“Neste momento de ataques ao nosso projeto e aos direitos da classe trabalhadora, precisamos de unidade para juntos lutarmos em defesa do legado dos governos Lula e Dilma, da história do PT, do respeito à constituição e ao estado democrático de direito”, disse.

Representando parte da juventude petista, o militante Márcio Brito, cuja base de militância é formada em sua maioria por jovens e mulheres, ratificou o apoio à Honorato. “Estou aqui para reforçar o meu apoio à candidatura de Honorato e dizer que, no dia 09 de abril, toda minha base de militantes estará à disposição da chapa, votando e trazendo votos para a chapa Unidade para Renovar”, declarou o militante petista.

O fortalecimento do partido através da unidade também foi um anseio pontuado pelo Presidente do Sindicato dos Comerciários, Osvaldo Muller, que disse encontrar na candidatura de Honorato a alternativa para que isso ocorra. “Meu desejo e projeto é fortalecer o nosso Partido dos Trabalhadores, pois eu acredito que a unidade e a transformação vão vencer, por isso que eu apoio o companheiro Honorato Fernandes para presidente do PT de São Luís”, destacou o sindicalista.

A possibilidade de aproximação das bases, de reenergizamento da militância foram os pontos citados por  Cecilia Amin, membro da Comissão de Justiça e Paz de São Luís, para justificar o apoio à candidatura de Honorato.

“O PT precisa se reaproximar das bases, estar nos bairros e nas organizações sociais. Vejo no vereador Honorato Fernandes essa possibilidade de revitalização, de interlocução com a sociedade, de animar a militância para defender a política como a arte de promover o bem comum. Honorato Fernandes à frente do Diretório Municipal de São Luís é a melhor opção para fazer o PT voltar a ter vida”, disse.

A eleição do PED acontece no próximo domingo (9).

sem comentário »

Honorato discute comércio informal

0comentário

Vereador Honorato Fernandes discute comércio informal nos terminais de integração

O vereador Honorato Fernandes (PT), acompanhado do vereador Edson Gaguinho  (PHS), do presidente do Sindicato dos Ambulantes, Ribinha e do defensor público Jean Carlos Nunes esteve reunido com dezenas de trabalhadores ambulantes que atuam nos terminais de integração para discutir formas de organização do comércio informal no local. A reunião aconteceu na quinta-feira (30).

A discussão se faz necessária pois a presença dos ambulantes nos terminais tem sido alvo de frequentes reclamações. Na reunião também estavam presentes os ambulantes que atuavam nos terminais onde o comércio informal foi proibido, como o da Integração da Cohab.

Realizada no ano passado, a licitação do sistema de transporte  público trouxe algumas mudanças quanto a  dinâmica de funcionamento desse sistema. Uma delas diz respeito à administração dos terminais, que ficou sob a responsabilidade dos consórcios vencedores da licitação.

Durante a reunião, o presidente do Sindicato dos Ambulantes de São Luís, Ribinha afirmou que “o comércio informal vem crescendo nos terminais por conta do aumento do número de trabalhadores desempregados”. De acordo com o presidente do sindicato, “o contexto de crise econômica tem gerado inúmeras demissões. Desempregados, esses pais e mães de família vêm no comércio informal uma  alternativa de sobrevivência”, disse.

Para o vereador Honorato, que tem acompanhado e proporcionado espaços de diálogo com a categoria, “o desemprego é uma realidade que está posta e, diante desse quadro, nada mais natural do que esses trabalhadores buscarem alternativas de sobrevivência”, afirmou o parlamentar, destacando ainda que a solução é ” continuar dialogando com a categoria para encontrar uma saída que contemple a manutenção do comércio informal nos terminais, mas de forma disciplinada”, destacou.

Ao final da reunião ficou decidido como encaminhamento que uma força tarefa composta por representantes da Câmara Municipal, da Defensoria Pública e do Sindicato dos Ambulantes de São Luís realizá um levantamento dos ambulantes que atuam nos terminais. O levantamento será o primeiro passo para obter um panorama geral do comércio informal de cada terminal e assim pensar mecanismos de disciplinamento do mesmo.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Honorato destaca avanços no transporte

3comentários

 

Vereador Honorato destaca papel da Câmara na conquista de melhorias no transporte

Na manhã desta sexta-feira (31) o vereador Honorato Fernandes (PT) esteve presente na Audiência Pública com os defensores de táxis da capital maranhense. Realizada na Câmara Municipal de São Luís, a audiência foi proposta pelo vereador Marcial Lima e contou com a participação dos taxistas,  representantes da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT), e do Procon.

Na oportunidade, antes de tratar do tema proposto pela audiência, o vereador fez questão de ressaltar o papel desempenhado pela Câmara Municipal para tornar viável a realização do processo de licitação do sistema de transporte. “A Câmara lutou muito pela regulamentação do sistema de transporte de São Luís. O processo de licitação foi realizado após vários debates realizados nesta Casa”, destacou o vereador, que pontuou ainda as propostas apresentadas pela Câmara que foram incorporadas ao projeto de licitação, como a emenda que possibilitou a climatização dos ônibus e ressaltou as solicitações de intervenção feitas pelos parlamentares.

“Colocamos o projeto de licitação em pauta para votação, apresentando emendas ao mesmo, como a que permitiu a climatização da frota de ônibus. Sem contar as intervenções realizadas no trânsito da nossa cidade que são resultados de solicitações encaminhadas pelos membros da Câmara”, pontuou o parlamentar, citando também outros avanços do sistema de transporte.

“Dessa forma, conseguimos melhorias para  o  transporte público da nossa cidade, como a  instalação do sistema de biometria facial, a redução da idade média da frota, que antes era de 7 anos, hoje, após a licitação, é de 4 anos. O sistema conta, hoje, com 20 ônibus articulados em operação e mais de 50% da frota tem idade igual ou inferior a 2013”.

Após destacar os avanços do sistema de transporte, Honorato afirmou que desafios ainda precisam ser enfrentados, a exemplo do dilema entre os taxistas e as outras atividades que têm surgido como alternativas desse mercado.

“No entanto, ainda temos muitos desafios pela frente. Entre os temas que ainda nos surgem como desafios está a questão dos defensores de táxi que há anos lutam pela garantia dos seus direitos e hoje vivem um dilema com a concorrência de outras atividades, como o táxi-lotação e o serviço prestado pelo aplicativo Uber”, afirmou o vereador, que finalizou, dizendo que a via de  diálogo com os envolvidos é o melhor caminho a seguir na busca de soluções justas para a questão.

“Precisamos manter o diálogo com esses trabalhadores, a fim de encontrar alternativas que contemplem todas as modalidades de forma justa”, finalizou.

3 comentários »

Honorato faz reflexão sobre a Lava Jato

1comentário

Vereador Honorato Fernandes também defendeu a construção de uma escola no Rio Grande

Na manhã desta segunda-feira (27), durante sessão realizada na Câmara Municipal de São Luís, o vereador Honorato Fernandes (PT) utilizou a tribuna da Casa para falar dos desdobramentos da Operação Lava Jato na economia local e solicitar a intervenção do executivo Estadual e Municipal em assuntos referentes à educação da cidade de São Luís.

O vereador, que participou no último final de semana de um seminário nacional promovido pelo Partido dos Trabalhadores, cujo tema foi “O que a Lava jato tem feito pelo Brasil”, iniciou o pronunciamento fazendo uma reflexão acerca dos desdobramentos da Operação Lava Jato, na economia e na política.

O parlamentar disse estar de acordo com o “objetivo principal” da operação empreendida pela Polícia Federal, que é o combate à corrupção. “O principal objetivo da Operação Lava Jato é, teoricamente o combate à corrupção e, quanto a isso, ninguém é contra, pois a corrupção deve ser combatida em todas as instâncias, no Judiciário, Legislativo, no Executivo ou em qualquer outro canto”, disse Honorato, criticando, no entanto, a forma seletiva como a operação vem sendo conduzida.

“O que nós temos condenado é a perseguição clara e a condenação antecipada de vários companheiros petistas no Brasil afora. Diferente do que se percebe com relação a parlamentares de outros partidos, que aqui ou ali podem ter cometido equívocos ou atos criminosos”, afirmou.

Honorato pontuou ainda os reflexos dos desdobramentos da operação, no âmbito econômico, social e político.

“A forma como essa operação vem sendo conduzida traz reflexos negativos para nossa economia e para o nosso quadro social e político, pois o que nós constatamos hoje é o aumento do desemprego, populações voltando a viver abaixo da linha da pobreza, empresas como a Petrobras sendo sucateadas, projetos que entregam a ocupação do solo brasileiro para empresas internacionais, projetos como a terceirização, que nada mais é que a precarização da nossa mão de obra e a reforma da previdência, trazendo o fim do direito a aposentadoria. Portanto, não podemos aceitar o combate à corrupção baseado no desmonte de nossas empresas, no fim dos nossos direitos e no estado de excessão”, pontuou o vereador, destacando também de que forma a cidade de São Luís tem sido afetada por essa conjuntura.

“Aqui em São Luís, nós estamos sofrendo com a baixa da arrecadação e dos repasses federais, o que traz um prejuízo incalculável para a população ludovicense, que tem perdido oportunidades. Empresas como o Porto do Itaqui, que contribuem de forma significativa para o desenvolvimento do Estado, não têm recebido investimentos”, destacou o parlamentar.

(mais…)

1 comentário »

Honorato articula campanha do Grupo Grita

0comentário

Vereador Honorato Fernandes reforça apoio com campanha para a Via Sacra do Anjo da Guarda

Nos últimos anos, o vereador Honorato Fernandes (PT) tem integrado a rede de apoiadores do Grupo Grita, grupo de teatro popular organizador do espetáculo “Via Sacra do Anjo da Guarda”, considerado um dos maiores do gênero no Brasil e o maior espetáculo ao ar livre do Maranhão.

Na edição de 2017, que acontecerá no dia 13 e 14 de abril, a Via Sacra trará como tema “Quebra as correntes e desbrava-te!”. O tema sugere uma análise e estímulo para que expectador possa sair do estado de alienação, de ignorância, a fim de conquistar o mundo através do conhecimento, do saber supremo e poder ver a sociedade com um olhar mais crítico, para assim interceder no meio no qual está inserido.

O vereador Honorato, que acompanha o Grupo Grita desde o ano de 2015, ressalta a importância do espetáculo para a integração, socialização e valorização da história da comunidade do Anjo da Guarda, bem como de sua cultura popular. “Apoiar o Grupo Grita e, consequentemente, a Via Sacra do Anjo da Guarda significa manter viva a história dessa comunidade, marcada pela resistência dos movimentos sociais e pelo desenvolvimento da cultura popular”, disse.

O ator Carl Pinheiro, integrante do Grupo Grita, destaca a parceria e a sensibilidade do vereador. “Eu fiquei feliz, pois desde 2015, Honorato veio ajudar a Via Sacra que, apesar de ter mais de três décadas, todos os anos tem essa dificuldade para ser realizada. Ele percebeu a nossa agonia e veio nos abraçar”, disse.

Há 36 edições, os integrantes do Grupo Grita mostram à comunidade a história da condenação, morte e ressurreição de Jesus Cristo, com os personagens e fatos conforme narrados na Bíblia Sagrada, através de uma via sacra encenada que envolve mais de 4 mil pessoas no elenco, produção, apoio, equipe técnica, comércio informal, e profissionais de órgãos públicos que garantem a infraestrutura para a realização do espetáculo. Milhares de pessoas acompanham os dois dias de apresentação, na quinta e Sexta- Feira da Paixão, dia em que a Igreja lembra a morte de Jesus Cristo.

Para contribuir deposite nas contas:

Banco do Brasil
Agência: 2953-X
Conta corrente: 21248-2
CNPJ: 05.278.692/0001-58
Titular: Grupo Grita

Banco Bradesco
Agência: 0408-1
Conta corrente: 086053-0
CNPJ: 05.278.692/0001-58
Titular: Grupo Grita

sem comentário »

Honorato pede melhorias no trânsito

2comentários

Vereador Honorato solicita melhorias no trânsito, durante reunião com o secretário da SMTT

O vereador Honorato Fernandes (PT) esteve reunido, com o Secretário de Trânsito e Transporte de São Luís, Canindé Barros. Na ocasião, o parlamentar tratou com o secretário sobre questões relacionadas ao ordenamento do trânsito nos bairros do São Francisco, Renascença I e II, além de outros assuntos que envolvem o sistema de transporte da cidade, como licitação, consórcios, funcionamento dos terminais, sistema de monitoramento, e climatização dos coletivos.

De acordo com o vereador, a iniciativa de procurar o secretário para discutir pontos referentes ao ordenamento do trânsito no bairro do Renascença se deu após ouvir inúmeros relatos de dificuldade de tráfego na rua Mitra, situada próxima ao Bob’s e a Escola Crescimento. “Segundo os relatos que me foram feitos, o tráfego conturbado tem gerado várias colisões na região”, afirmou Honorato.

Após expôr o problema ao secretário, uma equipe técnica da secretaria foi encaminhada ao local para verificar as dificuldades apontadas. Constatado o problema, o secretário Canindé Barros garantiu que “uma intervenção será realizada, de modo que o fluxo da via passará a transcorrer em sentido único”, assegurou Canindé.

Além do ordenamento do trânsito, o vereador e o secretário discutiram outros temas que envolvem o sistema de transporte da cidade, como licitação, consórcios, sistema de monitoramento, climatização dos coletivos, implantação de redes Wi-Fi e de um sistema de alerta de emergência nos coletivos.

Dentre as novidades ressaltadas pelo secretário da SMTT, estão as medidas que visam a melhoria da segurança e comodidade dos usuários, cuja implantação já está em curso, ou prevista para curto prazo, segundo ele.

“Estamos trabalhando na implantação de medidas que visam o aprimoramento do serviço do nosso sistema de transporte. Já está em processo de avaliação um sistema de alerta de emergência, que poderá ser acionado pelos usuários em situações de risco. E dentro de pouco tempo, os usuários já terão também acesso à rede Wi-Fi nos coletivos”, disse o secretário.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Honorato discute comércio informal

8comentários

Vereador Honorato discute organização do comércio informal com Secretário de Urbanismo

Na tarde desta terça – feira (21), o vereador Honorato Fernandes (PT) esteve reunido com o secretário de Urbanismo e Habitação, Madison Leonardo para tratar de questões relacionadas ao comércio informal da cidade de São Luís. O Presidente do Sindicato dos Ambulantes de São Luís, Ribinha e o vereador Marcelo Poeta (PCdoB) acompanharam o vereador na reunião, realizada na sede da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação.

Na oportunidade, os vereadores e o sindicalista discutiram com o secretário algumas ações de disciplinamento do comércio informal que vêm sendo realizadas em várias regiões da cidade. Um caso específico foi destaque na conversa: a tentativa de retirada de sete vendedores ambulantes que atuam no bairro do Anil, mais precisamente, nas imediações do Cintra.

O caso foi exposto pelo vereador Marcelo Poeta, que tenta intermediar a questão de modo a encontrar uma solução viável para o ambulantes, sem, no entanto, comprometer ou minimizar as ações de disciplinamento do espaço público.

“Nosso intuito é possibilitar o debate entre os ambulantes, através das entidades que os representam, e o poder público, para assim chegarmos a um entendimento benéfico para ambas as partes”, afirmou Marcelo Poeta , que também agradeceu o vereador Honorato Fernandes por ter se somado à luta dos ambulantes e por ter proposto a reunião com o secretário.

“Agradeço o vereador Honorato, que se mostrou sensível à causa dos ambulantes, sugerindo um diálogo entre as partes”, destacou.

Honorato por sua vez explicou que o disciplinamento do espaço público é necessário, entretanto, deve-se levar em consideração a realidade das pessoas que já o ocupam.

“Acredito que, através desse diálogo, encontraremos um caminho que contemple o disciplinamento do comércio informal, não desamparando, no entanto, os pais e mães de família que já ganham o sustento naquele local”, afirmou o parlamentar.

(mais…)

8 comentários »