Nova direção do PT toma posse em São Luís

0comentário

Vereador Honorato Fernandes (PT)

Será empossada na sexta-feira (23), na Câmara Municipal, a nova direção municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) de São Luís. O presidente eleito, vereador Honorato Fernandes, comandará o partido pelos próximos dois anos e garante que terá a missão de reorganizar a legenda e fortalecer as relações políticas para contribuir com o processo eleitoral de 2018.

Honorato Fernandes foi eleito com 52% dos votos no Processo de Eleição Direta (PED). Agora vai comandar o partido que terá a executiva municipal composta de 14 membros mais o presidente municipal e o diretório municipal composto por 44 membros. Nessas duas composições, Fernandes conseguiu ter maioria.

No comando do PT de São Luís, Honorato buscará reorganizar o partido colocando setores para funcionar e abrindo novas frentes de discussão coma criação de áreas voltadas para as mulheres, negros e movimento LGBT.

Outra frente que o novo presidente vai atuar será no fortalecimento de relações políticas do partido. Assim como o novo presidente estadual da legenda no Maranhão, Augusto Lobato, Fernandes defende a aliança do PT com o PCdoB e o PDT. Segundo ele, é um movimento de fortalecimento dos partidos de esquerda.

“Vamos contribuir para ampliar a bancada do PT na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal”, afirmou o presidente municipal.

A posse ocorrerá nesta sexta-feira, 23, às 9h na Câmara Municipal de São Luís.

O Estado

sem comentário »

Honorato destaca turismo e homofobia

0comentário

Vereador Honorato Fernandes (PT)

Durante a sessão realizada nesta segunda-feira (19), na Câmara Municipal, o vereador Honorato Fernandes (PT), utilizando a tribuna da Casa, lamentou a carência de políticas voltadas para o turismo, sobretudo o náutico e ressaltou a urgência de ações de combate à homofobia.

O parlamentar iniciou o discurso destacando as belezas e riquezas naturais da cidade e alertando para a necessidade de debruçar um olhar mais atento para a exploração de tais riquezas.

“Possuímos uma enorme riqueza natural, paisagens belíssimas, no entanto, inexploradas. Precisamos ter uma atenção especial para estas regiões, que podem ser pontos de geração de renda através de empreendimentos e políticas voltadas para o turismo”, disse Honorato, informando ainda que uma indicação será encaminhada ao Governo do Estado, solicitando um estudo a fim de verificar a possibilidade de construção de um berço de atracação para passeios náuticos. Segundo o parlamentar, “o atrativo fará uma grande diferença no que diz respeito à exploração turística das riquezas naturais da nossa ilha”.

Homofobia

O vereador aproveitou a oportunidade para tratar de outro tema, a homofobia, situando-a numa perspectiva que a reconhece como fruto de uma das causas da violência: a falta de informação.

“Já pude acompanhar várias discussões sobre violência pautadas por esta Casa. No entanto, fala-se muito em formas de combate do efeito da violência, não das causas da mesma. Falo aqui da violência que é fruto da falta de informação e educação, que alimenta os mais variados preconceitos, mas como destaque quero trazer aqui a questão da homofobia”, destacou Honorato, lamentando o índice crescente de violência praticada por motivações homofóbicas.

“É o preconceito e a falta de informação que tem alimentando este tipo de violência. É um absurdo saber que a cada 28 horas um assassinato por conta da homofobia é registrado no Brasil e de cada 10 pessoas LGBT, pelo menos sete já foram vítima de algum tipo de violência”, lamentou o vereador.

Honorato falou ainda do requerimento de autoria dele, colocado em pauta logo depois, propondo a discussão do assunto pela Câmara, por meio de audiência publica, cujo tema é “Homofobia, Violência e Juventude”.

“Hoje, um requerimento de minha autoria está sendo posto em pauta, propondo que esta Casa promova uma audiência pública, a fim de discutir a homofobia, a violência e a juventude, pois os mais vitimados por este tipo de violência são os jovens”, informou o paramentar, destacando a importância de o tema ser pautado pelo Legislativo Municipal, de modo a dar mais visibilidade à causa e conscientizar a população acerca da diversidade sexual e de gênero.

“Nós, enquanto parlamentares, não podemos nos furtar do nosso dever que é promover o debate, ajudando a levar informação que ajude as pessoas a ter um olhar de tolerância e saber conviver com aquilo que é diferente”, disse o vereador.

Honorato finalizou a fala defendendo a educação de gênero nas escolas e o resgate da discussão do Plano Municipal de Educação, de modo a reverter decisão que retirou da grade escolar disciplinas que abordam temas relacionados à diversidade sexual e de gênero.

“Precisamos discutir novamente o Plano Municipal de Educação, aprovado na legislatura passada, que retirou da grade escolar disciplinas que elucidavam sobre questões de gênero na escola. a discutir questão de gênero é valorizar o homem e a mulher, é discutir a igualdade entre eles, é fazer o combate a homofobia. E isso precisa ser feito dentro de casa e nas escolas”, finalizou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Honorato rebate críticas e defende petistas

0comentário

Vereador Honorato rebate críticas de Chaguinhas  e defende legado dos governos petistas

O vereador Honorato Fernandes (PT) utilizou a tribuna da Câmara Municipal de São Luís nesta quarta-feira (3) para rebater o discurso do vereador Chaguinha (PP) em que o parlamentar critica a gestão dos governos Petista. Honorato criticou a fala do vereador atribuindo o seu posicionamento equivocado, à falta de informação ou má fé.

“Quero fazer algumas observações a fala do vereador Chaguinhas, que tem se posicionado a todo instante contra o meu Partido, fato que mostra ou sua má fé ou sua falta de informação. Discursos que não retratam a realidade do nosso País, que mudou de forma significativa durante os treze anos em que o PT governou o País”, afirmou o parlamentar, que seguiu pontuando os avanços alcançados nas gestões do PT.

“Os governos do PT tiveram falhas sim, mas a relevância dos acertos é bem maior. Acertos como a retirada de milhões de brasileiros da linha de pobreza, oportunizar o filho do trabalhador mais simples a ter acesso à universidade e a ter a sua carteira de trabalho assinada e que fez com que o “caboco do mato” tivesse acesso a um ponto de luz dentro de sua casa”, destacou o petista.

Após ressaltar os avanços conquistados durante os governos de Lula e Dilma, o parlamentar relembrou o cenário econômico deficitário herdado da gestão anterior, do peessedebista Fernando Henrique Cardoso.

“Década de 90, governo do PSDB, manchetes dos jornais estampavam: ‘Desigualdade regional cresce em 11%’, ‘Governo vai fechar 100 mil vagas e proibir horas extras’, ‘Economia brasileira cresce abaixo da média mundial’. Essa era a realidade do nosso país, durante a década de 90 e início dos anos 2000, quando o governo petista assumiu e começou a transformar esse País”, disse Honorato, que finalizou a fala dirigida ao vereador Chaguinhas, sugerindo ao mesmo maior responsabilidade com a trajetória histórica do Brasil ao formular seus discursos.

“Vossa Excelência precisa basear seus discursos em argumentos concretos e tem todo direito de fazer a defesa daquilo que ache defensável, mas que o faça sem desconsiderar a nossa história”, finalizou.

Sindicatos- Durante a sua fala o vereador Chaguinha também atacou os Sindicatos, ressaltando que os mesmos deveriam ser controlados. O vereador Honorato defendeu firmemente os Sindicatos e seus filiados.

“O Sindicato é a forma que os trabalhadores encontraram para, organizados, buscarem a melhoria nas condições de trabalho e a luta pelos seus direitos. Por isso vereador Chaguinha respeite os sindicatos”, destacou Honorato Fernandes.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Comissão repudia ataque a índios no MA

0comentário

Comissão de Direitos Humanos da Câmara repudia ataque a índios e trabalhadores em Viana

A Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de São Luís, presidida pelo vereador Honorato Fernandes (PT), formada também pelos vereadores Professor Sá Marques (PHS) e Marcial Lima (PEN), repudia o ataque a índios e trabalhadores no município de Viana (MA). Na região, está localizado o Povoado das Bahias, área da etnia gamela.

Os parlamentares também exigem que sejam tomadas providências no sentido de identificar e punir rigorosamente os autores dessa atrocidade e de qualquer ato de violência.

Os vereadores reiteram que os índios e trabalhadores em geral são tratados com absoluto descaso pelo Governo Federal em virtude do não respeito à demarcação de terras, situação que se assemelha aos moldes da ditadura militar.

sem comentário »

Honorato propõe monitoramento da educação

2comentários

Vereador Honorato Fernandes propõe monitoramento do sistema de educação de São Luís

A situação do sistema de educação do município de São Luís foi o foco das discussões realizadas, na manhã desta terça-feira (18), durante Sessão Ordinária da Câmara Municipal. Em pronunciamento, o vereador Honorato Fernandes (PT), utilizando a tribuna da Casa, sugeriu a formação de uma mesa de diálogo permanente, entre o Parlamento Municipal e o Executivo, para monitorar o andamento das políticas do sistema de educação.

Ao analisar a situação do sistema de educação, o vereador destacou que o quadro precário do setor é reflexo das dificuldades pelas quais os municípios vêm passando com relação à arrecadação e das medidas equivocadas aprovadas em âmbito nacional, como a PEC do Teto dos Gastos, que estabelece para os três poderes e seus órgãos limites específicos para despesas.

“Estamos vivendo um contexto muito complicado, marcado pela limitação de gastos, após a aprovação da PEC 55, que congelou investimentos na educação e na saúde, sem contar a arrecadação dos municípios e estados que também passa por dificuldades”, destacou o parlamentar.

Honorato finalizou o pronunciamento sugerindo a formação de uma mesa de diálogo permanente, entre o Parlamento Municipal e o Executivo, para monitorar o andamento das políticas do sistema de educação.

“A melhor forma de enfrentamento dessa situação é por meio do diálogo. Precisamos construir uma mesa permanente de diálogo entre esta Casa, através da Comissão de Educação, e a Prefeitura, para tratar de questões que vão desde a remuneração à situação de trabalho, porque a educação precisa desse acompanhamento diário, para encaminharmos questões e construirmos soluções”, finalizou o vereador.

Foto: Agência Câmara

2 comentários »

Honorato repudia condenação prévia de Dino

2comentários

Vereador repudia condenação prévia e desrespeito a direitos individuais constitucionais

O vereador Honorato Fernandes (PT), repudiou na tribuna da Câmara de São Luís, nesta segunda-feira (17), a forma como a classe política vem sendo tratada em decorrência das denúncias dos delatores da operação Lava Jato, sem deixar, no entanto, de destacar a relevância da operação no combate à corrupção.

“Nós estamos passando por um momento político muito turbulento. A operação Lava Jato tem e deve ser tratada como uma atividade séria de combate à corrupção, já tão entranhada na cultura da nossa sociedade. Mas, nós, enquanto membros do poder legislativo, não podemos aceitar a forma como a política vem sendo tratada, como se esta fosse algo errado, quando na verdade a política é um instrumento de mudança e justiça social”, destacou o vereador, que cobrou da bancada maranhense do Congresso Nacional uma postura de enfrentamento às reformas que o governo Temer tenta implantar.

“Precisamos cobrar dos nossos representantes, a nível estadual e federal, que façam um enfrentamento às medidas cruéis que vêm sendo implementadas pelo governo Temer, governo ilegítimo, que quer acabar com a aposentadoria e trata a classe trabalhadora com total desrespeito, na medida em que apresenta uma série projetos que retiram do trabalhador direitos conquistados com muita luta ao longo desses anos”, afirmou.

Honorato deu sequência ao pronunciamento, criticando a condenação prévia dos políticos citados nas delações, a exemplo do governador Flávio Dino.

“Não podemos permitir também que fala daqueles que cometeram crimes e se declaram culpados tenha mais valor que a fala e a conduta de homens e mulheres de bem. O que percebemos é o achincalhamento da classe política como um todo, tal qual aconteceu como o governador Flávio Dino, cuja lisura no processo não me deixa dúvidas, tendo em vista a sua trajetória de luta, desde o movimento estudantil, passando pelo judiciário, pelo legislativo e agora no governo do estado”, afirmou Honorato, que finalizou o pronunciamento esclarecendo que o posicionamento dele não é em defesa do governador Flávio Dino, mas contra o que chamou de “achincalhamento da classe política”, com base em denúncias, quase sempre, não apuradas. Conduta que, segundo ele, fere o princípio da presunção de inocência previsto na constituição.

“Quero frisar ainda que a defesa que faço aqui não é do governador, mas de cada um de nós que integramos a classe política. Investigar crimes de corrupção é justo e ninguém está acima disso, mas nós precisamos honrar as garantias e direitos individuais previstos na nossa constituição, que nos garante também a presunção de inocência, até que o mérito seja julgado”, finalizou o vereador.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Favoritismo de Honorato preocupa adversários

0comentário

Favoritismo de Honorato em eleição do diretório do PT na capital leva adversários ao desespero

O favoritismo do vereador Honorato Fernandes na disputa da presidência do Diretório Municipal do PT de São Luís tem levado seus oponentes ao desespero. Durante o debate das chapas que concorrem ao controle do partido na capital, ocorrida nesta quinta-feira (7), alguns dos adversários de Honorato esqueceram de discutir propostas e partiram para o jogo sujo com uma sucessão de inverdades e acusações levianas contra o vereador.

O motivo de tanto desespero de alguns dos concorrentes de Honorato, incluindo um deputado estadual, tem motivo: não querem perder a hegemonia de 20 anos de desmando e locupletação no PT de São Luís. Aliás, o PT não só em São Luís como no Maranhão é um dos mais apáticos, atrasados e letárgicos do país.

Durante sua fala no debate, Honorato, que concorre pela Chapa “Unidade para Renovar”, lembrou do seu histórico de militância no PT onde desenvolve um trabalho junto às comunidades e em defesa dos direitos do trabalhador e da trabalhadora. Ele lembrou ainda da ajuda que deu a vários companheiros do PT ao longo desse anos, inclusive os inserindo na iniciativa privada.
Honorato defende o fortalecimento e a moralização do PT, que inclui o realinhamento às suas origens e o retorno da sua diretriz para a luta do mais necessitados e a defesa do trabalhador. A proposta é resgatar militantes históricos que sonham um novo momento para o partido, apesar das dificuldades conjunturais, dispondo-se a repactuar novas relações e caminhos em defesa da sociedade.

Por conta de suas propostas de um novo momento para o PT, Honorato a cada dia consegue aglutinar mais adeptos e segue se consolidando como favorito para vencer a eleição. Ele, que já foi líder do prefeito Edivaldo na Câmara e se tornou o primeiro vereador reeleito pelo PT na história da Câmara Municipal de São Luís, conta com o poio de diversas tendências da legenda, além de representantes de organizações não governamentais, sindicalistas, dirigentes, profissionais liberais, secretários de governo, movimentos sociais e militantes petistas.

O PED (Processo de Eleição Direta do PT) em São Luís está marcado para este domingo (9), no colégio Cintra, escola BCA Centro, Grupo Grita Anjo da Guarda e Associação da Cidade Operária.

Leia mais

sem comentário »

Honorato reúne apoiadores a eleição no PT

0comentário

Honorato Fernandes promove encontro com rede de apoiadores da chapa Unidade para Renovar

Neste domingo (2), já na reta final do Processo de Eleição Direta do PT em São Luís, o vereador Honorato Fernandes (PT), que encabeça a chapa “Unidade para Renovar”, promoveu um grande encontro com o objetivo de reunir com os integrantes e apoiadores da sua candidatura à presidência do Diretório Municipal do PT em São Luís.

Realizada no Espaço Baluart, a confraternização contou com a presença de filiados, militantes petistas e de alguns companheiros de legislatura do vereador Honorato, como os vereadores Sá Marques (PHS), Raimundo Penha (PDT), César Bombeiro (PSD) e Joãozinho Freitas (PTB).

Na ocasião, o candidato da chapa, que conta com o apoio de diversas tendências da legenda, destacou que o objetivo do grupo é trazer a unidade do PT, para resgatar o espírito de militância e reorganizar o partido.

“Nossa chapa é formada por vários companheiros de diversas forças do PT que querem escrever uma nova história para o partido. Nosso objetivo é fortalecer o PT, para que a nossa militancia volte a participar ativamenente das acoes do Partido”, afirmou Honorato, reforçando a necessidade de defesa dos ideais que norteiam a ideologia petista, tendo em vista a atual conjuntura política, marcada pela ameaça de direitos, sobretudo, da classe trabalhadora, segundo ele.

“Neste momento de ataques ao nosso projeto e aos direitos da classe trabalhadora, precisamos de unidade para juntos lutarmos em defesa do legado dos governos Lula e Dilma, da história do PT, do respeito à constituição e ao estado democrático de direito”, disse.

Representando parte da juventude petista, o militante Márcio Brito, cuja base de militância é formada em sua maioria por jovens e mulheres, ratificou o apoio à Honorato. “Estou aqui para reforçar o meu apoio à candidatura de Honorato e dizer que, no dia 09 de abril, toda minha base de militantes estará à disposição da chapa, votando e trazendo votos para a chapa Unidade para Renovar”, declarou o militante petista.

O fortalecimento do partido através da unidade também foi um anseio pontuado pelo Presidente do Sindicato dos Comerciários, Osvaldo Muller, que disse encontrar na candidatura de Honorato a alternativa para que isso ocorra. “Meu desejo e projeto é fortalecer o nosso Partido dos Trabalhadores, pois eu acredito que a unidade e a transformação vão vencer, por isso que eu apoio o companheiro Honorato Fernandes para presidente do PT de São Luís”, destacou o sindicalista.

A possibilidade de aproximação das bases, de reenergizamento da militância foram os pontos citados por  Cecilia Amin, membro da Comissão de Justiça e Paz de São Luís, para justificar o apoio à candidatura de Honorato.

“O PT precisa se reaproximar das bases, estar nos bairros e nas organizações sociais. Vejo no vereador Honorato Fernandes essa possibilidade de revitalização, de interlocução com a sociedade, de animar a militância para defender a política como a arte de promover o bem comum. Honorato Fernandes à frente do Diretório Municipal de São Luís é a melhor opção para fazer o PT voltar a ter vida”, disse.

A eleição do PED acontece no próximo domingo (9).

sem comentário »

Honorato discute comércio informal

0comentário

Vereador Honorato Fernandes discute comércio informal nos terminais de integração

O vereador Honorato Fernandes (PT), acompanhado do vereador Edson Gaguinho  (PHS), do presidente do Sindicato dos Ambulantes, Ribinha e do defensor público Jean Carlos Nunes esteve reunido com dezenas de trabalhadores ambulantes que atuam nos terminais de integração para discutir formas de organização do comércio informal no local. A reunião aconteceu na quinta-feira (30).

A discussão se faz necessária pois a presença dos ambulantes nos terminais tem sido alvo de frequentes reclamações. Na reunião também estavam presentes os ambulantes que atuavam nos terminais onde o comércio informal foi proibido, como o da Integração da Cohab.

Realizada no ano passado, a licitação do sistema de transporte  público trouxe algumas mudanças quanto a  dinâmica de funcionamento desse sistema. Uma delas diz respeito à administração dos terminais, que ficou sob a responsabilidade dos consórcios vencedores da licitação.

Durante a reunião, o presidente do Sindicato dos Ambulantes de São Luís, Ribinha afirmou que “o comércio informal vem crescendo nos terminais por conta do aumento do número de trabalhadores desempregados”. De acordo com o presidente do sindicato, “o contexto de crise econômica tem gerado inúmeras demissões. Desempregados, esses pais e mães de família vêm no comércio informal uma  alternativa de sobrevivência”, disse.

Para o vereador Honorato, que tem acompanhado e proporcionado espaços de diálogo com a categoria, “o desemprego é uma realidade que está posta e, diante desse quadro, nada mais natural do que esses trabalhadores buscarem alternativas de sobrevivência”, afirmou o parlamentar, destacando ainda que a solução é ” continuar dialogando com a categoria para encontrar uma saída que contemple a manutenção do comércio informal nos terminais, mas de forma disciplinada”, destacou.

Ao final da reunião ficou decidido como encaminhamento que uma força tarefa composta por representantes da Câmara Municipal, da Defensoria Pública e do Sindicato dos Ambulantes de São Luís realizá um levantamento dos ambulantes que atuam nos terminais. O levantamento será o primeiro passo para obter um panorama geral do comércio informal de cada terminal e assim pensar mecanismos de disciplinamento do mesmo.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Honorato destaca avanços no transporte

3comentários

 

Vereador Honorato destaca papel da Câmara na conquista de melhorias no transporte

Na manhã desta sexta-feira (31) o vereador Honorato Fernandes (PT) esteve presente na Audiência Pública com os defensores de táxis da capital maranhense. Realizada na Câmara Municipal de São Luís, a audiência foi proposta pelo vereador Marcial Lima e contou com a participação dos taxistas,  representantes da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT), e do Procon.

Na oportunidade, antes de tratar do tema proposto pela audiência, o vereador fez questão de ressaltar o papel desempenhado pela Câmara Municipal para tornar viável a realização do processo de licitação do sistema de transporte. “A Câmara lutou muito pela regulamentação do sistema de transporte de São Luís. O processo de licitação foi realizado após vários debates realizados nesta Casa”, destacou o vereador, que pontuou ainda as propostas apresentadas pela Câmara que foram incorporadas ao projeto de licitação, como a emenda que possibilitou a climatização dos ônibus e ressaltou as solicitações de intervenção feitas pelos parlamentares.

“Colocamos o projeto de licitação em pauta para votação, apresentando emendas ao mesmo, como a que permitiu a climatização da frota de ônibus. Sem contar as intervenções realizadas no trânsito da nossa cidade que são resultados de solicitações encaminhadas pelos membros da Câmara”, pontuou o parlamentar, citando também outros avanços do sistema de transporte.

“Dessa forma, conseguimos melhorias para  o  transporte público da nossa cidade, como a  instalação do sistema de biometria facial, a redução da idade média da frota, que antes era de 7 anos, hoje, após a licitação, é de 4 anos. O sistema conta, hoje, com 20 ônibus articulados em operação e mais de 50% da frota tem idade igual ou inferior a 2013”.

Após destacar os avanços do sistema de transporte, Honorato afirmou que desafios ainda precisam ser enfrentados, a exemplo do dilema entre os taxistas e as outras atividades que têm surgido como alternativas desse mercado.

“No entanto, ainda temos muitos desafios pela frente. Entre os temas que ainda nos surgem como desafios está a questão dos defensores de táxi que há anos lutam pela garantia dos seus direitos e hoje vivem um dilema com a concorrência de outras atividades, como o táxi-lotação e o serviço prestado pelo aplicativo Uber”, afirmou o vereador, que finalizou, dizendo que a via de  diálogo com os envolvidos é o melhor caminho a seguir na busca de soluções justas para a questão.

“Precisamos manter o diálogo com esses trabalhadores, a fim de encontrar alternativas que contemplem todas as modalidades de forma justa”, finalizou.

3 comentários »