HERÓI DA FAB

0comentário

Morreu na semana passada no Rio de Janeiro, onde morava há anos, o major-brigadeiro da Força Aérea Brasileira, Rui Moreira Lima.
Veterano da II Guerra Mundial e símbolo da resistência nas Forças Armadas no período da ditadura militar, o brigadeiro nasceu na cidade de Colinas, no Maranhão, e pertencia a uma das famílias mais importantes de nossa terra – Moreira Lima, que deu ao Brasil tantos e ilustres representantes em diversas áreas profissionais.
O oficial da FAB, pela sua destemida coragem e pelos relevantes serviços prestados ao país ao longo da vida recebeu merecidas homenagens, mas no Maranhão jamais foi lembrado.
Quem o conheceu, diz que esse fato era uma de suas mágoas. O seu livro de memórias, “Senta a pua”, publicado em duas edições, mas esgotado, deve ser reeditado pelo Ceuma, compromisso assumido por Mauro Fecury.
CONVÊNIOS FIRMADOS
Na tentativa de destravar a máquina pública, o governo federal anuncia a flexibilização das regras para o pagamento de convênios firmados desde 2008.
Para que recebam esses recursos da União, os prefeitos deverão atender à legislação que estabelece a comprovação de regularidade fiscal.
Essa exigência do governo federal fará com que poucos prefeitos do Maranhão recebam os recursos, pois, salvo poucas e honrosas exceções, estão inadimplentes e com as prestações de contas em débito com os órgãos que tratam da matéria.
LOJAS DE ÓCULOS
Pela excessiva quantidade de lojas de óculos em São Luis, pode-se afirmar que grande parte de nossa população está com problemas na vista.
São tantas e localizadas em todas as partes da cidade, que permitem concluir que óculos é hoje um dos artigos mais procurados no mercado lojista.
No centro da cidade, em um só quarteirão podem ser encontradas inúmeras lojas de óculos de um lado e de outro da rua.
Em qualquer consultório de oftalmologia, marcar consulta com um especialista é tormento. Ninguém consegue ser consultado com menos de um mês de espera.
CASTELO EM PONTO DE BALA
Quem pensa que o ex-prefeito João Castelo vai cumprir a promessa, feita nas proximidades de deixar a prefeitura de São Luis, de não ser mais candidato a qualquer cargo eletivo, tomou o bonde errado.
Só espera a definição do quadro político, com vistas ao pleito de 2014, para dizer o cargo que pretende disputar.
Uma coisa, contudo, Castelo está certo: se Roseana Sarney não se candidatar ao Senado, ele botará sua candidatura na rua.
SAÚDE DA POPULAÇÃO
O IBGE lançou uma pesquisa para saber como anda a saúde no Brasil.
Até novembro milhares de domicílios em 1.600 municípios serão visitados em busca de informações sobre o atendimento à saúde nas redes pública e particular.
Como no Brasil de hoje, qualquer iniciativa de governo gera manifestação de rua e vandalismo, essa pesquisa poderá resultar em protesto ou, quem sabe, em outra Revolta da Vacina, nos moldes da que aconteceu no Rio de Janeiro, em novembro de 1904, quando a população insurgiu-se contra a invasão de domicílios pelos mata-mosquitos e policiais, imposta pelo governo federal para combater a varíola.
HOMENAGEM A GULLAR
Mais um homenagem ao poeta maranhense Ferreira Gullar está sendo prestada no Rio de Janeiro.
Desta feita, através de hot site especial sobre sua vida e sua obra, sob os auspícios da Editora Record.
O espaço terá biografia, fotos, reportagens e entrevistas do poeta.
Hot site significa levar informações e curiosidades de uma pessoa para o público.
SOUSÂNDRADE NO RIO
Na semana passada, no Rio de Janeiro, o escritor Joaquim Sousândrade foi tema de um seminário realizado na Casa de Rui Barbosa.
Participaram do evento os escritores Luiza Lobo, Luis Costa Lima e Manuel Ricardo Lima.
A escritora Luiza Lobo é membro correspondente da Academia Maranhense de Letras, professora de Literatura da Universidade Estadual do Rio de Janeiro e uma das maiores conhecedoras da obra do poeta maranhense conhecido por O Guesa.
JERRY ADRIANE MARANHENSE
Bastou que fluísse para todo o país a noticia de que um prefeito chamado Jerry Adriane, do município de São Roberto, no Maranhão, havia inaugurado obra em sua cidade, para que as redes sociais entrassem em ação.
Para os internautas, o prefeito era, na verdade, o cantor Jerry Adriane que se mudara para o Maranhão e se elegera, pelo seu prestigio, gestor de uma cidade pequena e desconhecida.
As fãs de Jerry Adriane só sossegaram quando ele, assediado, explicou que não era prefeito de lugar nenhum.
MILIONÁRIO NO CEUMA
O próximo projeto do Ceuma é trazer a São Luís o dono da maior rede de ensino de idioma e profissionalizante do mundo: o empresário Carlos W. Martins.
O proprietário do Curso Wizard lançou recentemente o livro “Desperte o milionário que há em você”, no qual mostra o método, os conceitos e princípios para criar um empreendimento bem-sucedido e também como ajudou a formar mais de uma centena de novos milionários no Brasil nos últimos anos.
Mauro Fecury quer que o empresário, nascido em Curitiba, mas mora nos Estados Unidos, lance o seu livro em São Luis e mostre à juventude maranhense como ficar rico sem precisar apelar para a corrupção e outros mecanismos ilegais.
INTERLOCUÇÃO SOCIAL
Mais uma excelente iniciativa do deputado Arnaldo Melo, presidente da Assembleia Legislativa, será posta em prática este mês.
A criação do Conselho de Interlocução Social, como forma de ampliar o sistema de ausculta e interação entre o Poder Legislativo e a sociedade civil organizada.
O jornalista Benedito Buzar, na condição de presidente da Academia Maranhense de Letras, foi convidado a fazer parte do Conselho de Interlocução Social.
RECADASTRAMENTO
No Maranhão, recadastramento do funcionalismo público sempre foi arte ficcional. Só acontecia em começo de governo e para não dar em nada.
Mas o recadastramento ora realizado pela Secretaria de Administração, parece ser diferente, até porque não começou demagogicamente no começo, mas no fim do governo.
Até agora, o recadastramento vem apresentando resultados altamente satisfatórios para a máquina pública estadual, que vai obter uma diminuição bem significativa na folha de pessoal, haja vista a quantidade enorme de funcionários fantasmas e pendurada nas tetas governamentais, que não apareceu para mostrar os documentos solicitados.
O MAIOR ALUISISTA
O desembargador-escritor Lourival Serejo dedica grande idolatria ao romancista maranhense, Aluísio Azevedo.
No Maranhão ninguém possui mais livros do autor de “O Mulato” do que ele. Dispõe em sua residência, no Calhau, tudo que diz respeito a Aluísio Azevedo. São livros editados no Brasil e no estrangeiro.
O escritor francês Jean Ives Mérien, que escreveu o melhor livro sobre Aluísio Azevedo, fez questão de conhecer a biblioteca de Lourival e saiu de lá impressionado.
Na noite de quinta-feira, jantavam na Cabana do Sol o escritor francês e os acadêmicos Benedito Buzar, Lourival Serejo e Joaquim Itapary.
FILME SOBRE ALUÍSIO
O escritor Jean Ives Mérien chegou a São Luis na época certa para quem tem um projeto de fazer um filme sobre o romancista Aluísio Azevedo.
Trata-se do cineasta Joaquim Haickel, que como membro da Academia Maranhense de Letras, fez uma longa e produtiva entrevista com o escritor francês e ainda gravou toda a sua conferência realizada na Casa de Antônio Lobo.
Em tempo: o professor Mérien tem dois grandes amigos em São Luis: Jomar Moraes que o ajudou a pesquisar sobre Aluísio Azevedo, e Joaquim Itapary, que à frente do Ministério da Cultura, mandou publicar a obra realizada pelo professor francês.

Sem comentário para "HERÓI DA FAB"


deixe seu comentário