MANDATO DE SENADOR

0comentário

Não é nada boa a situação do senador Roberto Rocha na esfera da Justiça Eleitoral.

Há quem diga que poderá perder o mandato no julgamento que brevemente acontecerá no Tribunal Regional Eleitoral, diante das numerosas e escandalosas irregularidades na prestação de contas  relativas às eleições de 2014.

Se o julgamento do TRE for pela perda do mandato de Rocha, não se sabe o que virá depois: se o segundo colocado no pleito, o candidato Gastão Vieira, se investirá no cargo, ou se o Tribunal opinará pela realização de nova eleição.

MARAJÁ DO SENA

O Maranhão, no que diz respeito ao desvio de recursos públicos, é o estado de maior referência nessa prática de crime.

Por isso, as cidades maranhenses em que os gestores municipais se esmeram na arte de se apropriar das verbas federais, são as preferidas pela TV Globo para figurar em seus programas jornalísticos.

A mais recente cidade maranhense escolhida para cenário do programa “Profissão Repórter”, foi Marajá do Sena, onde um prefeito inescrupuloso e odiado pela população mostrou ao país a sua irresponsabilidade pelas mazelas encontradas no infeliz município.

MICROSCÓPIO DO MÉDICO

O neto do saudoso médico, Alfredo Duailibe, vai dar ao curso de Medicina do Ceuma um equipamento valioso.

Trata-se de um microscópio, doado pelo avô ao advogado Alfredinho Duailibe, que fará questão de presenteá-lo a uma instituição de ensino superior, que prepara hoje os melhores profissionais de medicina do Maranhão.

O microscópio, pelo seu valor estimativo, será recebido pela direção do Ceuma em solenidade especial, para o Maranhão inteiro tomar conhecimento do gesto do advogado, diga-se de passagem, nobre e generoso.

CHORO DO GOVERNADOR

A presidente Dilma Roussef sabia que na sua recente visita a São Luis receberia do governador Flávio Dino palavras de solidariedade ao seu governo e de repúdio às tentativas de desestabilizá-la do cargo que ocupa.

O que não sabia e a deixou surpreendida e emocionada foi o choro do governador em plena solenidade pública.

A presidente ficou tão desvanecida com o gesto de Flávio que, na viagem de volta a Brasília, comentou o assunto, repetidas vezes, com a comitiva que a acompanhava.

INTERVENÇÕES CIRÚRGICAS

A crise é grave, chegou aos hospitais e os médicos começaram a ser atingidos por ela.

No Maranhão, os impactos dessa situação  incidiram principalmente nos trabalhos dos cirurgiões que fazem intervenções eletivas, ou seja, aquelas que não são emergenciais.

Os pacientes, sobretudo sujeitos às intervenções cirúrgicas, tipo bariátricas e plásticas, resolveram suspendê-las, adiá-las e esperar que os tempos de bonança voltem.

ALEGRIA E TRISTEZA

Observação pertinente do jornalista Benedito Buzar no velório de Marcelo Matos, que perdeu a vida precocemente.

Marcelo, pelo seu temperamento descontraído, não merecia ter o fim de vida que teve.

“Ele, conhecido por Alegria, teve um enterro completamente dominado pela tristeza”, completou Buzar.

CONDOMÍNIO DE POLÍTICOS

Um edifício na Ponta D’Areia se diferencia de todos os existentes na cidade de São Luis.

A diferenciação reside no expressivo número de políticos que ali mora e que, nas reuniões do condomínio, deita e rola.

Dos dez moradores do Edifício Carara, nada menos do que sete são proprietários de apartamentos e foram ou são políticos: Jurandir Leite, José Reinaldo Tavares, Tatá Milhomen, Jura Filho, César Pires, Soliney Silva e Arnaldo Melo.

ACADEMIA E CEMAR

Pela primeira vez, na história de vida da Cemar e da Academia Maranhense de Letras, as suas diretorias se reuniram para tratar de assuntos de interesse da cultura.

No encontro, ocorrido na semana passada, não houve assinatura de protocolo ou de convênio, mas foram vistos e discutidos assuntos que vão contribuir para o engrandecimento da cultura maranhense.

Ficou acertado que, de agora por diante, a AML e a Cemar poderão fazer programações juntas, com vistas a incentivar trabalhos e produções que dizem respeito à arte e à literatura.

DIA DOS PAIS

Em São Luis, para o comércio lojista, o Dia dos Pais foi igual ao das Mães ou dos Namorados.

O faturamento foi baixo e revelador da grave situação pela qual vem sofrendo o país, nos últimos meses.

Se até o final do ano, a economia do país não mudar de rota, as compras em comemoração ao Natal e ao Ano Novo, poderão, também, ficar aquém das expectativas dos lojistas e levar alguns ao encerramento de suas atividades comerciais.

VIAGEM INTERNACIONAL

Waldemiro e Iara Viana gostam de viajar e por isso conhecem muitas cidades brasileiras.

Esta semana, o casal partiu para uma nova empreitada turística, desta feita, rumo ao exterior.

Os Viana estão no Chile, onde cumprem uma agenda de visitas a várias cidades andinas.

SECRETÁRIO NA AML

A Academia Maranhense de Letras assistiu um fato inédito na sua vida centenária.

O interesse manifestado pelo novo secretário de Cultura de participar de uma reunião acadêmica.

O gesto do jovem Felipe Camarão foi aplaudido pelos membros da AML que o receberam, quinta-feira passada, e deles ouviu sugestões sobre os problemas da cultura maranhense, que o presidente Buzar prometeu encaminhá-las por meio de documento.

DE CARIOCA A TIMBIRA

Foi preciso que um deputado estadual apresentasse um projeto de lei, concedendo ao jovem advogado Eduardo Moreira o título de cidadão maranhense, para se saber que ele nasceu no Rio de Janeiro.

Na semana passada, a Assembleia Legislativa conferiu a Eduardo, de maneira merecida, um precioso documento que ele ostentará e mostrará com a maior felicidade e alegria, pois agora é um maranhense pleno e completo.

A biografia de Eduardo, já rica e gloriosa, enriquece-se mais ainda com a cidadania maranhense, honraria que já deveria ter sido a ele conferida há mais tempo, pois quem o conhece sabe que de carioca não tem nada, mas de timbira, tem de tudo e mais alguma coisa.

SETENTA ANOS

Amanhã, às 10 horas, o desembargador Lourival Serejo profere palestra na Câmara Municipal de São Luis.

Tema da palestra: Setenta anos da reinstalação da Justiça Eleitoral no Brasil.

Em função de um Decreto-Lei, assinado em 1932 por Getúlio Vargas, nasceu a Justiça Eleitoral. Mas ela teve vida curta, pois o Estado Novo a suprimiu da vida nacional. Voltou à cena em 1945, quando o país ajustava-se a conviver com a democracia.

Sem comentário para "MANDATO DE SENADOR"


deixe seu comentário