Juiz decreta prisão de detentos que não voltaram a

0comentário


Pedrinhas após saída temporária da Semana Santa

O juiz da Vara de Execuções Criminais, Jamil Aguiar, determinou a expedição de mandados de prisão para detentos de Pedrinhas beneficiados com saída de prisão temporária da Páscoa que não retornaram ao presídio.

Segundo o magistrado, dos 98 que foram beneficiados com a saída, nove não retornaram no prazo previsto, de acordo com a comunicação recebida pelo titular da VEC à tarde de ontem, terça-feira, 25.

Os mandados, que serão encaminhados aos órgãos competentes para proceder a recaptura dos foragidos, determina ainda a suspensão, por pelo menos seis meses, de todos os benefícios de qualquer natureza.

A saída temporária é concedida pelo juiz da Vara de Execuções Criminais. Para ser beneficiado pela medida o preso deve ter cumprido no mínimo 1/6 da pena e estar em regime semi-aberto.

(Com informações da Assessoria de Comunicação da Corregedoria Geral de Justiça).

Sem comentário para "Juiz decreta prisão de detentos que não voltaram a"


deixe seu comentário