Assalto causa prejuízo de R$ 17 mil à construtora Gautama

3comentários

A assistente administrativa da construtora Gautama Shirlei Cristiane Guimarães foi assaltada ontem, na avenida Carlos Cunha. A vítima contou que foi abordada por um desconhecido quando caminhava na calçada da via, nas imediações de um shopping. Ela havia acabado de sacar R$ 17 mil de uma conta da empreiteira em uma agência da Caixa Econômica Federal.

Em depoimento à polícia, a funcionária relatou que o homem se aproximou discretamente, a abraçou e pediu a ela que entregasse o dinheiro. Uma viatura da Polícia Militar ainda fez diligências na tentativa de localizar o assaltante, mas não obteve êxito.

Por ironia, a construtora que sofreu o desfalque é a mesma apontada como principal favorecida no esquema de fraudes em licitações de obras públicas no Maranhão e em outros estados, descoberto pela Operação Navalha, em 17 de maio do ano passado.

Por causa do desvio, o dono da Gautama, Zuleido Veras, foi preso pela Polícia Federal. A operação teve grande repercussão em nível local, por causa da prisão do ex-governador José Reinaldo Tavares, que teria, inclusive, recebido um automóvel de luxo de presente das mãos do empreiteiro.   

3 comentários para "Assalto causa prejuízo de R$ 17 mil à construtora Gautama"


  1. Milton

    Então ela estava com dinheiro da Gautama, e o assaltante levou? Explique, já que o título aponta que o assalto causou prejuízo à construtora, enquanto o corpo do texto nada fala a repeito.

    Resposta: isso mesmo, o dinheiro era da construtora. A ocorrência policial na qual me baseei para produzir a notícia deixa isso claro.

  2. O REVOLTADÍSSIMO

    É LADRÃO QUE ROUBA LADRÃO….

  3. L. Sobrinho

    Só 17 mil, muito pouco não, eu acho que a construtora não terá isso como prejuizo, já que a mesma andou dando foi de 100 e 200 mil pra dona Roseana Sarney e outros da turma, concorda! Outra coisa, se tu queres falar do Jackson procura outro pretexto. Seja mais profissional Daniel!

deixe seu comentário