Em nota, cúpula da PM e do Corpo de Bombeiros ameaça exonerar grevistas

1comentário

Grevistas foram convocados a desmontar acampamento armado na Assembleia Legislativa

Em nota divulgada após reunião realizada na manhã de hoje, no quartel do Comando Geral da Polícia Militar, no Calhau, os coronéis que compõem a cúpula da PM e do Corpo de Bombeiros convocam todos os oficiais e praças envolvidos na greve iniciada no último dia 23, decretada ilegal no dia seguinte, a retornar ao trabalho imediatamente.

Os coronéis reiteram que está em curso a aplicação da multa de R$ 200,00 por dia paralisado a cada manifestante e a instauração de processo de deserção, conforme decisão legal.

A nota traz ainda uma advertência aos policiais e bombeiros que ingressaram nas tropas em 2007 e 2010 e aos cadetes do Curso de Formação de Oficiais (CFO). Estes, por ainda não terem estabilidade, serão submetidos a processo administrativo disciplinar e poderão ser excluídos do serviço público, a bem da disciplina.

Segue a nota:

Foto: De Jesus/O Estado do Maranhão

1 comentário para "Em nota, cúpula da PM e do Corpo de Bombeiros ameaça exonerar grevistas"


  1. Major Schnneider

    Esses coronéis… Os senhores vão entrar para a história da PMMA como os CORONÉIS COVARDES E SEM NENHUMA DIGNIDADE. Os senhores nunca fizeram e nunca fazem nada pela tropa. Fazem sim por vcs mesmos. Gostam é de puxar um saco e bajular. Gostam duma diariazinha, dum carro com combustível, dum celular… Os senhores são sim mesquinhos e vis. Quando se aposentarem, serão como o Cel Bastos que ninguém quer ver por perto. Que dirão aos seus filhos no futuro. Que foram justos e líderes de verdade para com a tropa que comandaram. Falem a verdade a eles e a toda suas famílias. Que os senhores sempre foram e serão: Covardes e fracos. Tenho certeza que os senhores assinaram esse documento por puro medo e covardia. Não são homens para colocarem suas ideias. Seus pontos de vista por que são limitados. Os senhores poderiam entrar para a história de uma maneira mais digna, se pelo menos se juntassem e fossem dizer pelo menos para o secretário que é apenas um agente de polícia, que não está certo o policial trabalhar mais que 44 horas semanais, que não tá certo o policial trabalhar como uma viatura com pneus carecas, que não tá certo o policial trabalhar com munições e coletes vencidos, que não tá certo o governo dar reajuste para toda a categoria e deixar os policias militares sem reajuste e etc e tal. Deixem de serem covardes e falem pelo menos. Se não tem coragem para implorar uma audiência com a “Rainha do Nilo” pelo menos chorem para serem atendidos pelo agente Aluísio. Suas carreiras estão no fim.Sejam homens de verdade pelo menos uma vez na vida e na carreira.

deixe seu comentário