Grevistas rejeitam 10% de aumento e provam que movimento é político

1comentário

João Alberto não aceitará mais forasteiros na mesa de negociação

Ao rejeitar a proposta de reajuste salarial de 10,1%, mais um aumento escalonado que elevaria os vencimentos de soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros a R$ 3.891,00 até 2015, os grevistas confirmaram o que todos já sabiam: que o movimento iniciado há sete dias tem caráter meramente político e não busca melhorias às categorias envolvidas.

Mesmo com a ilegalidade decretada pela Justiça, o Governo do Estado se dispôs a negociar com os amotinados, escalando como emissário o senador licenciado e secretário de Projetos Especiais, João Alberto de Souza. Mas a flexibilidade de nada adiantou e o tão esperado fim da greve não veio, para a frustração dos que acreditavam em um desfecho ainda hoje.

Ao recusar a proposta, os líderes da paralisação zombam não só do governo, mas de todos os cidadãos que anseiam pela volta à normalidade. A impressão que ficou é que os cabeças do movimento querem mesmo é tripudiar, ainda mais quando delegam ao baiano Márcio Prisco o poder de decidir em nome de toda a classe. 

Do alto de sua experiência, João Alberto decretou que não mais negociará com forasteiros, atitude que certamente tem o apoio da população e até mesmo dos que foram humilhados ao perder a liderança para um agitador profissional de conduta duvidosa.

1 comentário para "Grevistas rejeitam 10% de aumento e provam que movimento é político"


  1. Zé do Povo

    Caro Daniel Matos , aproveitando o ensejo de sua reportagem, inclua uma bem bonita sobre a greve do Judiciário, pelas perdas salariais de uma classe muito sofrida e que neste exato momento milhares de processos importantes não estão sendo julgados, mas do que reclamar mesmo né? se não é importante processos julgados para o povo receberem os seus benéficos, mas policia é importante porque sem os ” para-balas do estado tirano” o povo pode morrer nas ruas….quanta hipocrisia! Na verdade você acaba de dizer que a Politica destrói, tumultua e não está nem aí para o povo. Belas palavras mão não com essa classe que tomba diuturnamente por um Brasil que se diz estar num estado de Paz…mas que paz?? FUZIS, METRALHADORAS ANTI-AÉREAS, HELICOPTEROS SENDO ABATIDOS NO AR, UMA ÉPOCA FUNESTA DE DROGAS E CORRUPÇÃO ESTAMPADA NA CARA DOS BRASILEIROS….

    “Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que sua sociedade está condenada”.

    Frase da filósofa russo-americana Ayn Rand (fugitiva da revolução russa, que chegou aos Estados Unidos na metade da década de 1920), mostrando uma visão com conhecimento de causa:

    A NOSSA JÁ ESTA CONDENADA E ISSO É SÓ REFLEXO, QUE PESSOAS COMO VOCÊ NOTICIAM!

    *Qualquer semelhança com pessoas e fatos com a realidade nesse conto é mera conincidência.

deixe seu comentário