Infraero apresenta plano de obras no aeroporto a deputados e a entidades de classe maranhenses

0comentário

A Infraero, representantes da bancada maranhense na Câmara dos Deputados, da Assembleia Legislativa do Estado e de entidades de classe como a Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema) se reuniram nesta terça-feira (24/4) para avaliar o andamento das obras de recuperação do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de São Luís. O objetivo foi buscar alternativas para dar mais agilidade aos serviços.

Durante o encontro, realizado na sede da Infraero, em Brasília, o presidente da empresa, Gustavo do Vale, apresentou o histórico do incidente que causou a interdição do terminal, as ações que tiverem de ser tomadas desde então, as dificuldades em encontrar uma empresa que realizasse as obras, entre outros pontos.

O diretor de Engenharia, Jaime Parreira, e o assessor especial da Presidência, José Clóvis Dattoli, detalharam o plano de execução à bancada maranhense. Entre as ações estão o reforço da equipe de engenharia da Infraero, que enviou 14 especialistas para dar suporte à obra, além de reuniões periódicas com a empresa contratada para buscar mais rapidez nos serviços. “Eles se comprometeram a implantar o turno de trabalho da madrugada, o que agilizaria o trabalho”, disse Jaime Parreira.

Após a exposição, o presidente da Fiema, Edilson Baldez, entregou uma carta assinada por diversas entidades de classe do Maranhão pedindo a conclusão das obras e a expansão do aeroporto. Ele também destacou a necessidade de se somar esforços em prol do aeroporto. “Nos colocamos à disposição para fazer o que for necessário pelo aeroporto de São Luís”, disse Baldez. Sobre a ampliação do terminal, o presidente da Infraero se comprometeu a avaliar as perspectivas para São Luís para dar uma resposta o mais rápido possível.

Controle externo

A participação dos órgãos de controle externo também foi abordada no encontro. O presidente da Infraero destacou que todo o processo tem sido acompanhado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e pelo Ministério Público Federal (MPF). “Além disso, a Justiça Federal mediou um acordo entre a Infraero e o consórcio para a correta execução da obra”, afirmou o presidente.

Ao todo, a reforma de recuperação do terminal de passageiros de São Luís vem recebendo investimentos que somarão R$ 12,7 milhões. Sobre o prazo de conclusão, a Infraero continua trabalhando com o cronograma apresentado à Justiça Federal pela própria construtora responsável pela obra, ou seja, 26 de maio.

Ao final foi acordado que os representantes da Fiema promoverão um encontro, em São Luís, o mais breve possível, entre os participantes desta reunião e a empresa responsável pela obra, EP Engenharia, Comércio e Representações Ltda. O objetivo é acelerar o andamento da obra o máximo possível.

Fonte: www.infraero.gov.br

Sem comentário para "Infraero apresenta plano de obras no aeroporto a deputados e a entidades de classe maranhenses"


deixe seu comentário