Terror em Paulino Neves

6comentários
Paulo foi levado ao hospital em uma caminhonete, mas não houve  tempo para o socorro

Paulo foi levado ao hospital de Paulino Neves em uma caminhonete, mas não houve tempo para o socorro médico

O clima é de terror desde a noite deste sábado em Paulino Neves, município da região dos Lençóis Maranhenses distante 390 km de São Luís. O motivo foi a morte de um homem identificado como Paulo, natural de Barreirinhas, alvejado por um cabo da PM após furar uma barreira policial montada na cidade quando conduzia um quadriciclo. Após o homicídio, populares incendiaram dois veículos da polícia, invadiram o imóvel onde funciona o destacamento militar do município e depredaram a casa de um carcereiro.

A morte de Paulo, primo da ex-vereadora identificada como Ana Lúcia, ocorreu por volta das 18h30. Ele foi perseguido e atingido a bala após desobedecer a ordem de parar dada pelos policiais que faziam uma barreira para tentar interceptar criminosos que agem em Paulino Neves. O homem dirigia o veículo sem capacete. O autor seria um cabo identificado como Genivaldo, que teria efetuado quatro disparos. Paulo ainda foi socorrido e levado ao hospital do município, onde já chegou morto.

Veículo utilizado pelos policiais em operações de segurança foi incendiado por populares

Jipe Troller utilizado pelos policiais em operações de segurança no município foi incendiado por populares

Confirmado o óbito, teve início uma série de atos depredação, cometidos, segundo testemunhas, por familiares e amigos de Paulo, que se deslocaram de Barreirinhas até a cidade vizinha para vingar a morte.

Alguns móveis retirados do destacamento foram jogados na rua e queimados. Documentos foram extraviados e munições, furtadas. Um jipe Troller e um quadriciclo utilizados pela polícia em operações policiais no território arenoso de Paulino Neves também foram incendiados. Os populares atearam fogo, ainda, na casa de um carcereiro e agrediram o filho dele. Também ameaçaram tocar fogo na ponte sobre o Rio Novo.

Quadriciclo da PM foi depredado por parentes e amigos da vítima dos tiros efetuados pelo policial

Quadriciclo da PM foi depredado por parentes e amigos da vítima dos quatro tiros efetuados pelo policial militar

As investigações do crime ficarão a cargo da Delegacia de Tutoia, já que em Paulino Neves existe apenas um destacamento, com apenas três militares. Segundo o comandante da PM na região do Baixo Parnaíba, major Edivaldo Mesquita, um inquérito policial militar vai apurar as circunstâncias em que foram efetuados os disparos.

A revolta tende a aumentar nos próximos dias, já que muitos populares estão aproveitando o episódio para chamar a atenção das autoridades para a insegurança e outros problemas do município.

Móveis e outros objetos do destacamento militar da cidade foram jogados na rua e incendiado pelos revoltosos

Móveis e outros objetos do destacamento militar da cidade foram jogados na rua e incendiados pelos revoltosos

Homem usa cinturão encontrado entre objetos e documentos revirados no prédio do destacamento da PM do município

Homem usa cinturão achado entre objetos e documentos revirados no prédio do destacamento da PM na cidade

Fotos: blog do Elivaldo Ramos

6 comentários para "Terror em Paulino Neves"


  1. Paulo

    A pergunta é: Será por que ele furou o bloqueio policial que estava lá para capturar bandido? tem que primeiro pensar, queimar viatura que já são pouca na região e assalto a toda hora.

  2. NICY O.CAVALCANTE

    no dia 29/06/13 naõ houve barreira policial, isso é apenas um álibe do policial JENIVAL e do PAULIR .Isso não siguinifica que eles podem sair por aí atirando e matando pessoas inoscente ea população ter q ficar de braços cruzados e quanto os carros de polícia isso não é nada são cromprados com nosso proprio dinheiro ”impostos”

  3. NICY O.CAVALCANTE

    NÃO HOUVE BARREIRA POLICIAL NO 29/06/13 ISSO É APENAS UM ÁLIBE DO POLICIAL JENIVAL E DO PAULIR.ISSO NÃO SIGUINIFICA QUE ELES PODEM SAIR POR AÍ ATIRANDO EM PESSOAS INOSCENTES E A POPULAÇAO TER QUE FICAR DE BRAÇOS CRUZADOS SEM FAZER NADA,E QUANTO AOS CARROS DA POLÍCIA QUE FORÃO QUEIMADOS LOGO SERÃO COMPRADOS OUTROS COM NOSSOS ”IMPOSTOS”

  4. j.j

    o paulir ja deveria ter rodado faz tempo, cagueta e pra tar de baixo do xão. isso ai e pra ver as porcarias que mandam pro lugar dos outros.policiais despreparados e incompetentes. a população não fez mais que a sua obrigação para ter um lugar melhor, e não policias fazendo papel de bandidos.

  5. ANA PAULA

    eu achei esse crime crueu,eles estão pago para nos protejer i não para nos matar adevido que já vai fazer um ano.meus a

  6. ANA PAULA

    os policia que matou paulo ele ainda vai trabalhar.isso e um absudo pq ele tirou uma vida,e por isso q o maranhao nao vai pra frente pq tão botando pessoas incapaz que não sabe de nada,pq aqui não tem proficionais,só um exemplos em Barreirinhas o hospital e ótimo mais não tem proficionais as tecnicas de infermagem não sabem ném aplicar um enjeção atende as pessoas mais os pessoas do interior sofrem de mais,elas não sabem de nada,tudo e mudança de prefeito ai eles colocam pra trabalhar quem eles querem,eles não querem saber se a pessoa e profissional ou não eles querem saber se a pessoa votou pra ele i quem sofre e o povo eles humilia as pessoas….

deixe seu comentário