Sem acordo com empresários, rodoviários confirmam greve para quarta-feira

3comentários
Rodoviários, donos de empresas, Estado e Município não entraram novamente em acordo e greve foi confirmada

Rodoviários e donos de empresas não entraram novamente em acordo e greve foi confirmada (Foto: De Jesus)

Motoristas e cobradores confirmaram para a próxima quarta-feira o início de uma greve por tempo indeterminado para pressionar os empresários do transporte público a conceder reajuste salarial de 16%, aumento do valor do tíquete-alimentação, inclusão de mais um dependente no plano de saúde e jornada de trabalho diária de seis horas.

Dirigentes do Sindicato dos Rodoviários voltaram a se reunir na tarde de hoje com a diretoria do Sindicado das Empresas de Transporte de Passageiros (SET), representantes do Governo do Estado e da Prefeitura de São Luís, na sede da Procuradoria Regional do Trabalho, mas novamente não houve acordo.

A paralisação começará à zero hora. Somente 30% da frota de coletivos deverá ser colocada em circulação, conforme manda a legislação. Com o número de ônibus reduzido, os usuários, que em condições normais já enfrentam grave problema de locomoção, terão ainda mais dificuldade para chegar ao trabalho, à escola, à faculdade, entre outros destinos.

3 comentários para "Sem acordo com empresários, rodoviários confirmam greve para quarta-feira"


  1. Sonia Bastos

    Infelizmente nossa situação não está fácil, é o desgoverno de décadas, esquecimento dos políticos e falta de comprometimento de muitos, pelo menos estamos tentando dialogar, mas nem isso agora está resolvendo parece que virou moda atar fogo em pneu e dizer que quero isso, quero aquilo quando os primeiros a serem corrompidos somos nós, acho que a gestão de edivaldo tem ainda muito a fazer, mas não jogo pedra na cruz, pois sei que esse barco ele apenas pegou andando. é triste, mas força p lutar temos que ter.

  2. Luzinete

    mais uma vez são luís vai ficar a mercẽ da própria sorte. acho que não custa nada as empresas de ônibus atender as reivindicaçoes dos trabalhadores pq dinheiro pra isso esses empresários tem.

  3. Carlos Alberto

    Eu tenho certeza q essa greve ñ vai ter, pois as providências já estão sendo tomadas.

deixe seu comentário