Polícia descobre “gatos” de energia em condomínio de luxo de São Luís

0comentário

Policiais civis e peritos verificam medidor com suspeita de adulteração

Operação da Polícia Civil, por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) e do Instituto de Criminalística (Icrim), deu cumprimento a mandados de busca e apreensão expedidos pela Central de Inquéritos, no condomínio Golden Green, localizado no bairro Cohajap. Após investigação, foram identificados pelo menos três imóveis do luxuoso residencial cujos responsáveis vinham cometendo furto de energia, o popular “gato”.

Mobilização policial e de peritos do Icrim foi intensa nas mansões do Golden Green com suspeita de “gato”

Habitado por endinheirados, o Golden Green é composto apenas por mansões. A princípio, foram expedidos quatro mandados para imóveis no referido condomínio, em virtude da suspeita de fraudes nos medidores de energia. Em três casas os peritos do Icrim constataram a existência de manipulação nos aparelhos, com o objetivo de burlar o sistema de medição.

Policiais constataram furto de energia em três dos quatro imóveis para os quais a Justiça expediu mandados

Diante da constatação do “gato”, foi dada voz de prisão para os responsáveis pelos imoveis. Foram autuados em flagrante delito por furto de energia elétrica (artigo 155, parágrafo 3 do Código Penal) Jose Ribamar Barbosa Oliveira Filho, João Luís Silva Machado e Marilson Oliveira Raposo.

Peritos analisam medidos de energia em uma das mansões onde foi apontada suspeita de “gato”

O medidor do quarto imóvel foi apreendido para ser submetido a exame detalhado na sede do Icrim.

Sem comentário para "Polícia descobre “gatos” de energia em condomínio de luxo de São Luís"


deixe seu comentário