Espigão proibidão

2comentários

Casal faz sexo ao ar livre em pleno Espigão

A foto de um casal em posição de cópula, em pleno Espigão Costeiro da Ponta d’Areia, circula desde ontem em grupos de Whatsapp. Alguns blogs publicaram a imagem e logo foram taxados de sensacionalistas, uma meia verdade, pois a generalização, nesse caso específico, é inadequada.

Isso porque é inegável que o ato sexual naquele espaço público representa a degradação de um ambiente concebido para ser um dos cartões postais de São Luís, destinado ao lazer, à diversão e até mesmo à interação familiar. Portanto, quem noticia o fato, além de ampliar acessos, não deixa de estar prestando um serviço de utilidade pública.

Já que o crime de atentado ao pudor não foi excluído do Código Penal Brasileiro, o homem e a mulher que protagonizam a cena poderiam muito bem ser enquadrados nesse artigo.

Mas é praticamente impossível que isso ocorra, pois a foto não os identifica, tamanho o cuidado de ambos em não mostrar os rostos, satisfazendo, assim, o seu fetiche, com total liberdade.

Em meio a tantos fenômenos midiáticos, o sexo explícito no Espigão da Ponta d’Areia se encaixa perfeitamente na categoria conhecida como “proibidão”, que se populariza a cada dia e aos poucos vai virando moda também por estas bandas.

2 comentários para "Espigão proibidão"


  1. marilene Derreira Sousa

    Isso é uma vergonha as pessoas não respeitam mais a intimidade e acham q qualquer lugar deve se fazer sexo

  2. Silva

    Caracas, eu queria tá lá pra ver esse macho lindo fudendo, e por trás, mmmmmmmm, que bunda linda!

deixe seu comentário