Wellington exige que Flávio Dino normalize fornecimento de remédios a diabéticos e hipertensos

0comentário

Wellington informou que 14 mil pacientes fazem tratamento mensal de diabetes, de hipertensão no Centro de Medicina Especializada

O deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) cobrou do governador Flávio Dino que volte a fornecer medicamentos específicos para o tratamento de pessoas com diabetes. A cobrança foi feita durante a sessão plenária na Assembleia Legislativa do Maranhão.

De acordo com o parlamentar, familiares de pacientes o procuraram para denunciar que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) deixou de fornecer insulinas do tipo lantus, indicadas para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2. Os pacientes afetados são do Centro de Medicina Especializada (CEMESP), no Bairro de Fátima.

“A solicitação aqui apresentada é de maranhenses que necessitam de tal medicamento. Cerca de 14 mil pessoas realizam o tratamento mensal de diabetes, de hipertensão no Centro de Medicina Especializada. De acordo com os dados da Associação Maranhense do Diabetes, o problema [de falta de medicamentos] ocorre há vários meses. Nós já havíamos solicitado ao Governo em oportunidades anteriores, principalmente a atenção às pessoas com câncer e às pessoas que fazem o tratamento de diabetes e hipertensão. Para quem não necessita, talvez seja irrelevante a disponibilização ou não de medicamentos. No entanto, para quem precisa é essencial. Sabemos que a saúde nessas unidades é dever do Governo do Estado e é por isso que estamos aqui cobrando a efetividade desse direito”, disse Wellington.

As insulinas do tipo lantus são indicadas para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2 em adultos e também é indicada para o tratamento de diabetes mellitus tipo 1 em adultos e em crianças com 2 anos de idade ou mais que necessitam de insulina basal para o controle da hiperglicemia.

Sem comentário para "Wellington exige que Flávio Dino normalize fornecimento de remédios a diabéticos e hipertensos"


deixe seu comentário