Em Poção de Pedras, prefeito que não deu votação esperada a Flávio Dino se vinga do povo atrasando salários

8comentários

Júnior Cascaria (ao centro), com seus aliados Flávio Dino, Weverton Rocha, Márcio Jerry e Fábio Macedo

Na cidade de Poção de Pedras, interior do Maranhão, situada a cerca de 350 quilômetros de São Luís, os servidores públicos municipais amargam um atraso salarial que já dura longos 40 dias. O não pagamento da folha do funcionalismo coincide com o fim do período eleitoral, do qual saíram vitoriosos o governador Flávio Dino (PCdoB), o senador Weverton Rocha (PDT), o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) e os demais aliados do prefeito Júnior Cascaria, que é filiado ao mesmo partido do chefe do Executivo estadual.

No mês de setembro, por motivos meramente eleitoreiros, o prefeito procurou agradar o povo e uma das formas que encontrou para mantê-lo satisfeitos e dispostos a votar nos candidatos apoiados por ele e o deu grupo foi efetuar o pagamento dos salários dos servidores públicos municipais em dias, mais precisamente no dia 30, dentro do mesmo mês trabalhado.

Apesar da “boa ação”, a votação obtida pelos candidatos da aliança do prefeito não foi a esperada. Na cidade, é voz corrente que o fracasso de Júnior Cascaria na eleição foi visível, pois ele não conseguiu dar os votos prometidos aos candidatos a deputado estadual e federal que o apoiaram.

Mesmo com toda a campanha de coação aos eleitores, denunciada por um blog da região, o prefeito por pouco não passou o vexame de ver Flavio Dino perder para Roseana Sarney em sua própria cidade. A vantagem do comunista para a emedebista foi de apenas 120 votos. Importante ressaltar que Flávio Dino contava com o apoio do Prefeito Cascaria, do Ex-prefeito Gildásio e de toda a Câmara de Vereadores, enquanto a adversária só tinha o povo, que repudiava a forma de governar dos comunistas.

Retaliação

Júnior Cascaria também não pagou a primeira parcela do 13º ao funcionalismo

Passadas as eleições, tendo em vista o dissabor e a vergonha passada pelo prefeito do PCdoB, o mesmo, seguindo o mau exemplo de Flávio Dino, resolveu massacrar os servidores públicos. Inconformado com o resultado das urnas, Júnior Cascaria teria feito a seguinte declaração em uma roda de conversa regada a muita bebida alcoólica: “Agora eles me pagam, vão passar um tempo sem receber pagamento, para aprender a me respeitar”.

Após 40 eternos dias, os servidores, no mês de outubro não viram a cor do salário. Em vez disso, o que se viu foram cortes de funcionários contratados da folha de pagamento. Já entrou novembro, e até a presente data, nunca foi efetuado o pagamento dos servidores efetivos e contratados. Outro abuso cometido pelo prefeito contra os servidores efetivos e contratados é o não pagamento da primeira parcela do 13º salário, que deveria ter sido creditada em julho.

Revoltado, um professor municipal, que preferiu não se identificar por temer represália, teria feito o seguinte desabafo: “Isto é uma vergonha, esse prefeito sabe que temos prestações para pagar todo dia 10, já vai entrar a segunda prestação do empréstimo e vou ficar sem receber nada”.

Oposição

A parcela da classe política que faz oposição ao prefeito e os setores da imprensa local não alinhados à gestão de Júnior Cascaria condenaram qualquer tipo de perseguição política e externaram solidariedade a todos os servidores do Município de Poção de Pedras, que passam por dias sombrios sob o jugo de uma gestão comunista. “Esperamos que os respectivos proventos dos servidores saíam o mais rápido possível”, manifestaram-se os oposicionistas.

É importante enfatizar que todo trabalhador é digno do seu salário. É o que nos assegura a Constituição Federal, e a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). O fato de todas as prefeituras receberem repasses do Governo Federal em dias também foi mencionado.

8 comentários para "Em Poção de Pedras, prefeito que não deu votação esperada a Flávio Dino se vinga do povo atrasando salários"


  1. Seu menino

    Podem contar comigo para tirar esse prefeitozinho medíocre e prepotente. A luta de vcs tb é minha.

  2. Joao Carlos

    E o pior de tudo tem contratado que tá com 3 mês de atraso e tem gente que alugou imóveis pra prefeitura e que tá sem receber também.

  3. Joao Carlos

    A Chica do pote disse que a igreja católica não vê dinheiro da prefeitura do aluguel da escola faz muito tempo.

  4. Joao Carlos

    Ninguém vai falar tambem dos alugeis do imovel do cascaria que ele recebe que ta em nome dos laranjas? Só do hospital é 40 mil por mês

  5. J Queiros

    Do ambulatório o prefeito tira tmb quase 10 mil. Todo mes ele leva 50 mil só de aluguel dos imóveis dele que estão no nome dos comparsas

  6. Seu menino

    Esse cascaria aí é tão ladrão que é capaz de roubar o pneu de um carro andando a 100km por hora kkkkkkkkk

  7. Investigador

    Façam um levantamento dos bens do cascaria antes e depois da prefeitura apesar de tudo estar no nome dos outros mas ele hoje tem 20 vezes mais patrimonio….

  8. António Furtuoso

    O maior pilantra do município que tivemos como prefeito e esse cascaria. Deus livre poção desta praga.

deixe seu comentário