Novo diretor da TV UFMA é denunciado por improbidade administrativa

21comentários

Professor Marcos Figueiredo terá que esclarecer medidas que tomou à frente da TV UFMA

Marcos Figueiredo, professor do Departamento de Comunicação é o novo diretor da TV UFMA, nomeado pela Reitora Nair Portela, já começou mal. Tramitam no Ministério Público Federal (MPF) pelo menos duas denúncias contra o diretor por improbidade administrativa. É que ele resolveu trocar favores com servidores do Ministério do Planejamento, cedidos à UFMA. Os servidores Luiz Sérgio Bello e Jacques Abreu Figueiredo trabalhavam na televisão da universidade, mas foram afastados ainda na antiga gestão por denúncias de assédio moral de funcionários e estagiários da emissora. Tudo de conhecimento da Reitora Nair Portela, da chefe de gabinete, Iran de Maria Leitão, e da diretora do Departamento de Pessoal, da PRH, Marília Cristine Valente Viana, que participaram de uma reunião para ouvir as denúncias dos funcionários ainda no ano de 2017, e concordaram com a remoção dos dois.

Marcos Figueiredo, que também sabia das denúncias, pôs os dois servidores dentro da TV UFMA novamente, assim que assumiu o cargo, desconsiderando o pedido dos funcionários para que eles não retornassem. A troca de favores fez Marcos Figueiredo “criar” cargos de direção para os dois sem nenhuma portaria, tudo de boca. O caso de Luiz Sérgio Bello é ainda mais grave, ele assume e assina e-mails e créditos de programas como “coordenador de núcleo de produção, de programação e técnico”, assume três chefias, sendo que sua função como servidor é de mero assistente de produção, sem ter sequer formação superior. O cinismo dos dois é tanto que eles fizeram até postagem nas redes socais comemorando a volta.

Marcos Figueiredo também “criou” cargos de “supervisão técnica” na TV UFMA, tudo sem portaria, e sem conhecimento da Ibrapp, empresa que terceiriza os funcionários. Os cargos foram criados para beneficiar Nilton Ericeira e Javier Sireira. O Nilton Ericeira foi suspenso e depois demitido da tv na antiga gestão por agredir um servidor, e volta recontratado pelo novo diretor. Javier Sireira é um estrangeiro, sem formação superior, também já foi denunciado por assédio moral e agressões no MPF. Sob a nova supervisão técnica, a UFMA vai ter que desembolsar pelo menos cem mil reais para consertar o storage da emissora, que queimou nas mãos dos supervisores sem capacidade alguma de trabalhar no cargo. Tudo isso é resultado de mais uma ação desastrosa da reitora Nair Portela.

Réu

Não é a primeira vez que Marcos Figueiredo terá de prestar esclarecimentos à Justiça. Em 2006 ele foi afastado do cargo de diretor do Núcleo de Eventos e Concursos da UFMA (NEC), após ser denunciado à Polícia Federal por envolvimento no escândalo de fraudes do vestibular de medicina, que foi anulado na época. O escândalo aconteceu na gestão do então reitor Fernando Ramos. Marcus Figueiredo foi afastado da direção do NEC, e somente agora, na gestão de Nair Portela, volta a ocupar cargo administrativo, primeiro como chefe da Ascom e agora como diretor da TV UFMA.

21 comentários para "Novo diretor da TV UFMA é denunciado por improbidade administrativa"


  1. NILTON ERICEIRA

    O SR. AFIRMA QUE AGREDIR UM PESSO SEM PROVAS E SEM SE QUER SABER O QUE DE FATO ACONTECEU. NESSE MOMENTO ESTOU ME DIRIGINDO A UMA DELEGACIA PARA REGISTRAR UM BOLETIM DE OCORRÊNCIA LEVANDO EM MÃOS UM PRINT COM ESSA POSTAGEM. POSTERIORMENTE, VOU ACIONÁ-LO JUDICIALMENTE EM UM PROCESSO CIVIL POR CALUNIA E DIFAMAÇÃO.

  2. Eliaquim Canavieira Maia

    Eu sou filho do Joaquim Maia, agredido por Nilton Ericeira e me disponho como testemunha.

  3. Eliaquim Canavieira Maia

    Sou filho do Joaquim Maia, agredido por Nilton Ericeira e me disponho como testemunha.

  4. Alexandre Bruno

    Sou testemunha de boa parte das ações de assédio relatadas e do testemunho inscrito na matéria.

  5. Larissa

    Não tiro o mérito da reclamação, mas a TV UFMA sempre foi palco de nepotismo e indicações fraudulentas. E isso não é responsabilidade do atual diretor, mas vem desde a época de Silvano Bezerra. Silvano era arrogante, prepotente, despreparado, só colocava para trabalhar amigos pessoais. Uma lástima que isso só tenha vindo a tona na nova gestão.

  6. Carol Monteiro

    A UFMA tá toda ERRADA! a TV Ascom é outro lixo, Marcus Figueiredo deixou como diretora de TV UMA INCAPAZ que é Nelciane Dias Dutra

  7. Wanderson Nunes

    Deveriam é agradecer pela oportunidade. Eliaquim Maia é filho de Joaquim, e ambos não são formados em comunicação e trabalhavam na TV UFMA em cargo de chefia e sem concurso público. Quando que uma pessoa não é formada em Jornalismo vai ser diretor de programação? NEPOTISMO,só na era de Silvano mesmo.
    . Além disso Nilton Ericeira é vitima de racismo, joaquim não aceitava perder para um negro

  8. Edvânia Kátia Silva Sousa

    Vi uma nota do Eliaquim Maia, filho do Joaquim Maia, no facebook condenando a contratação do Nilton Ericeira, dizendo que era um absurdo o mesmo ser chefe do Joaquim Maia, ai eu pergunto porque é um absurdo? Porque ele é negro? porque não vejo outro motivo para essa distinção, porque fora Nilton é competente, é profissional, tem experiência. Qual problema??? Em que Joaquim era melhor???

  9. Maria

    A TV Ufma sempre foi uma bagunça, mas como tudo na vida: PODE PIORAR.

  10. Michel Soares

    Meu caro Wanderson, nem o senhor Joaquim e nem o senhor Eliaquim trabalhavam em cargos de chefia, o Eliaquim entretanto, é Jornalista. diretor de progamação é uma função tecnica. Esse tal de Nilton tampouco é formado, muito menos o senhor Luis belo. E esse individuo jamais fora vitima de racismo, na verdade ele é apenas um incompetente lambe botas quando lhe é conveniente, além de tudo um ingrato, fofoqueiro e mentiroso, Silvano deu a ele varias oportunidades que nao soube aproveitar. Um coitado

  11. Júlio Pereira

    Só vejo ignorâncias, esse povo precisa ler legislação de radialista. Não precisa ter nível superior pra exercer essa profissão. Vão procurar conhecer os direitos antes de escolher o ofício. Por escolhi odontologia

  12. Wanderson Ney Lima Rodrigues

    Ignorante é senhor Júlio Pereira. Sei da legislação, sei que não há obrigatoriedade do diploma no entanto como também sei que tercerizado não é concursado e deve saber aceitar quando seu contrato acaba! E que concurso senhor Júlio Pereira exige sim diploma, a exemplo de UFMA, IFMA, TRT, TRE,ETC.Ali não é cargo vitálicio. Sobre o falecido EU LAMENTO mas reitero O CONTRATO ACABA. Esse rapaz Eliaquim é formado em Jornalismo? Onde? Joguei nome dele aqui no google, e parece ter vinculo ativo ainda na UFMA. Pai e filho trabalhando juntos não seria favoritismo? Deixo para vcs pensarem.

    Sou do quadro funcional do IFMA para sua informação e vc Sr. Julio Pereira é de onde?

  13. Wanderson Ney Lima Rodrigues

    Silvano é um nazista Michel! faça 5 minutos de pesquisa com os seus ex-alunos, para saber que acham dessa praga e entenderá que digo. Reitero, lamento a morte do rapaz, ninguém merece isso, mas ele mesmo se deixou levar pelas fortes emoções. Pessoas são contratadas e demitidas, contratos acabam mas a vida segue. Agora Silvano Bezerra? Péssimo docente, péssimo ser humano, esperava que ele mesmo morresse na Paraíba e não voltasse mais.

  14. Natalino Haddad

    Qual a dificuldade de entender que essas notícias são tentativas inescrupulosas do Natalino-Haddad de triturar a reputação da Ufma pra ganhar espaço e retomar o poder? Natalino é o típico neurótico com transtorno de personalidade narcísica estando disposto a qqer preco pra voltar à reitoria, distribuir cargos de cd pros aliados e aprovar obras(como da biblioteca) repartindo um dinheirinho com os ‘cumpanhero’. Se o brasil fosse sério… Ainda bem que com Bolsonaro, Haddad-Natalino não conseguira nada! Ufaaaa….#elenao

  15. Natalino Haddad

    Ex reitor tá desesperado, tadinho. O Bozo não vai nomear ele…

  16. Nilton

    Sou profissional. Tenho diversos curso na área técnica que a minha área de atuação. Posso meu há mais de 5 e com mais de 10 anos de experiência. Já passei por 3 emissora e emissoras que produzem. Silvano não passa de um falastrão aproveitador que não sabe gerenciar um TV, isso ele mesmo falou pra mim quando me chamou pra coordenar os editores da emissora. Na ocasião que me acusam de agressão, eu apenas revidei a um empurrão. Uma atitude de reflexo, algo natural na ocasião e tudo por que o senhor Joaquim estava orientado por Silvano a não deixar que a equipe de produção comandada pelo diretor de produção Luiz Belo (na época colocado por ele como chefe da produção) preparasse o estúdio para a gravação de um programa solicitado pela reitoria. Silvano alegou não ter sido consultado antes e que estava sendo “atropelado”. Voltando a história da agressão, eu revidei por entender que O TEMPO DAS SENZALAS JÁ FICOU NO PASSADO.

  17. Nilton Ericeira

    Não exerço uma profissão na clandestinidade, além de ter meus cursos eu possuo meu registro profissional que me habilita para a Função.
    Nilton Ericeira, DRT ‭0001895‬ basta entrar no site do ministério do trabalho e consultar minha situação profissional.

  18. Nilton Ericeira

    Diante das falsa acusações faço uso do meu direito de defesa e venho a público declarar falsa a acusação de ter agredido o já falecido Joaquim Maia eu revidei um empurrão em um momento de discussão inflamado que terminou com um pedido de desculpas por parte do Joaquim por ter-se excedido. não pretendo entrar em detalhes pois o mesmo já não pode mais falar por si.
    quanto a alegação descabida de que eu estou exercendo a função de DIRETOR TÉCNICO da emissora, embora eu tenha capacitação profissional suficiente para tal, não é verdade (SERIA UMA GRANDE HONRA). Mas no passado já fui EDITOR CHEFE nomeado pela gestão passada, apesar de eu ainda ser aluno do Curso de Comunicação Social – Rádio e TV, possuo diversos cursos e experiência na área técnica (EDITOR DE IMAGENS FINAL CUT PRO X, CINEMA 4D, COLORISTA) todos feitos na instituição STUDIO MOTION -SP, custeados por mim e que Silvano teve a cara de pau de dizer que a emissora foi que me enviou para fazê-los. Já trabalhei em 3 (três) emissoras locais (TV ATENAS/Igreja Mundial, TV GUARÁ E TV DIFUSORA, nessa ultima ainda mantenho ligação com dois diretores de programas independentes para quem presto pequenos serviços. No entanto causa estranheza o SR. ELIAQUIM MAIA questionar ocupação de Função/Cargo uma vez que o mesmo sendo ainda estudante de jornalismo foi indicado pelo seu pai ao ex gestor para o cargo de diretor de programas sem experiência ou habilitação alguma e acabou exercendo também a função de direto de programação. Não cabe a mim aprofundar nos detalhes de sua demissão, seria antiético. mas no que diz respeito a assédio moral, isso quem cometeu aqui foram Os Senhores Bruno Gouveia, juntamente com o Sr. Rafael Batista IGNORANDO A PRESENÇA DE PROFISSIONAL HABILITADO, não delegando demandas, o chamado esvaziamento ao ponto de dizerem que eu já não cumpria minhas funções. Ora! Ora! como poderia exercer função sem receber uma demanda.

    NILTON ERICEIRA
    DRT – ‭0001895‬

  19. Joana

    Nilton qual problema de ser aluno da UFMA? Muito pelo contrário isso só te credencia ainda mais. A TV UFMA assim como a ASCOM deve ser espaço de vivência dos discentes da UFMA. Eliaquim tbm é estudante, não tem diploma. Joaquim nem da area de humanas era ou seja despreparo total. O problema de Joaquim Maia é ouvir um revide de um negro, já que ele se achava melhor por ser amarelo. Quanto a Silvano não tem competencia para ser diretor. Outro racista e preconceituoso com nordestino, nem maranhense era, nem jornalista era e por isso não sabia administrar a TV

  20. Allan Costa

    Bruno Gouveia e sua esposa viviam de mamata na TV UFMA. Sim, a TV era estabulo de casais e amigos pessoas do monstruoso Silvano. ASmyne bezerra tbm.apresentadora é namorada de outro apresentador, que não é formado, não tem experiencia e do nada de estagiário e sem dicção e talento foi pra apresentador. Que eu fico triste é que essa panelinha está sendo feia com dinheiro público, verba federal. Mas a mamata acabou. Já eraaaaaa, vao trabalhar vagabundos. Como aluno da ufma digo #ForaSilvano

  21. Edvania Katia Sousa Silva

    Prezados. Nessa polemica, vi meu nome envolvido. Quero esclarecer que sou Edvanua Katia Sousa Silva, jornalista. Neste post aparece Edvania Katia Silva Sousa. Gostaria de conhecer e saber o que faz uma pessoa com um nome praticamente identico ao meu. Quanto a polemica, prefiro nao fazer juizo de valor jah que nao presenciei as situacoes

deixe seu comentário