Governo não quer beneficiar Madre Deus e bairros do Centro

2comentários
Adriano diz que um projeto dessa importância deveria ter sido amplamente debatido com todos os segmentos sociais e nas comissões técnicas do Legislativo

O deputado Adriano Sarney (PV) rechaçou a manobra governista para evitar o debate e tentar votar às pressas o Projeto de Lei nº 051/2019, de autoria do governo Flávio Dino (PCdoB). O PL institui o programa Habitar no Centro, que visa beneficiar moradores e imóveis do bairro Desterro, na Praia Grande, conjunto arquitetônico do Centro Histórico (tombado pelo IPHAN), além do eixo da Rua Rio Branco e quadras adjacentes, entre as praças Deodoro e Gonçalves Dias. O líder da Oposição quer realizar uma audiência pública para discutir e aprimorar a proposição. Além disso, Adriano apresentou uma emenda ampliando os benefícios para outros bairros como Madre Deus, Belira, Goiabal, Lira, Vila Passos, Vila Bessa, Vila Gracinha e Codozinho.

“Um projeto desta importância deveria ter sido amplamente debatido com todos os segmentos sociais e nas comissões técnicas do Legislativo, como a de Assuntos Municipais e Turismo. Não podemos permitir que esta Casa seja tratada como um anexo do Palácio dos Leões, em que projetos de lei do governo comunista passem por aqui sem a mínima discussão”, ressaltou Adriano.

O líder da Oposição lembrou que, em 26 de fevereiro, tentou-se aprovar um requerimento de urgência para apressar a tramitação do PL nº 051, mas conseguiu-se adiar a votação. Um novo embate ocorreu nesta quarta-feira, dia 13. Como resultado, o PL poderá voltar à pauta do plenário na próxima semana.

O PL nº 051/2019, em linhas gerais, visa articular políticas de revitalização de sítios históricos; apoiar e manter a população residente no Centro e atrair novos moradores, novas atividades comerciais e serviços, tornando o Centro da cidade atrativo e seguro à população que utiliza os serviços públicos e atividades comerciais, bem como ao turista interessado em seu acervo histórico e cultural.

2 comentários para "Governo não quer beneficiar Madre Deus e bairros do Centro"


  1. THIAGO

    Infelizmente é o modo de governar implantado no Maranhão, mas a Assembleia não pode ter uma finalidade cartorial. Os problemas de nossa cidade precisam serem discutidos de forma exauriente, com calma, com afinco, com seriedade. Parabéns por sua atitude Adriano!

  2. Bruno da juventude

    Esse Governo vota os projetos na Assembléia somente contando com os próprios interesses, não respeita a casa legislativa e muito menos o povo! Pelo visto, não querem também que vários bairros se beneficiem desse certo programa. Parabéns pela sua proposta de emenda, Adriano Sarney. Ótimo trabalho!

deixe seu comentário