Aluísio Mendes pede afastamento de Jefferson Portela e ameaça prendê-lo durante audiência na Câmara Federal sobre espionagem

0comentário
Jefferson Portela poderá sair da Câmara Federal preso, advertiu Jefferson Portela

Em discurso na tribuna da Câmara Federal, nesta quarta-feira (19), o deputado Aluísio Mendes (Pode) criticou duramente o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, e alertou que ele pode ser preso, caso aja com desrespeito durante a audiência que a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados realizará para averiguar supostos casos de espionagem a autoridades e adversários políticos do governo do Maranhão.

Ao iniciar sua fala, Aluísio ressaltou que estava quebrando uma promessa feita a si próprio ao criticar o sistema de segurança pública, uma vez que já foi secretário da pasta e tem a exata noção da instabilidade provocada por tais ataques. No entanto, frisou que a gravidade das denúncias feitas pelos delegados Tiago Bardal e Ney Jeferson de que Portela comandou um esquema de espionagem contra autoridades e desafetos do governo o fez mudar de postura.

Chamando o titular da SSP de bufão, covarde, desequilibrado e inescrupuloso, Aluísio garantiu que as denúncias serão apuradas criteriosamente e adiantou que será difícil para o secretário livrar-se da culpa, tamanha a consistência das informações já repassadas à comissão. “Atacar as pessoas não vai resolver nada. Que ele concentre suas energias em sua defesa, que é muito difícil”, recomendou.

Terror

O parlamentar externou preocupação ao dizer que no Maranhão vive-se um clima de terror, com uso da máquina do Estado para bisbilhotar e investigar ilegalmente autoridades e adversários políticos. Na condição de autor do requerimento que propôs a audiência, aprovado por unanimidade pelo plenário da Câmara Federal, Aluísio Mendes informou que outras pessoas que tiverem denúncias contra Portela poderão ser ouvidas.

Disposto a esclarecer os fatos, defendendo, inclusive, a federalização das investigações, Aluísio Mendes fez um alerta a Jefferson Portela. “Se esse bufão e desequilibrado acha que vai transformar o Congresso Nacional em circo e a comissão em picadeiro, está equivocado. Virá aqui para prestar contas das denúncias. E se faltar com respeito com qualquer autoridade ou parlamentar desta casa, será decretada a sua prisão. Eu, pessoalmente, o farei”, avisou o deputado, que presidirá a audiência, cuja data ainda será marcada.

Assista:

Sem comentário para "Aluísio Mendes pede afastamento de Jefferson Portela e ameaça prendê-lo durante audiência na Câmara Federal sobre espionagem"


deixe seu comentário