Marcial Lima alerta para buraqueira e assaltos em trecho da BR-226

0comentário
Trecho da BR-226 onde buracos representam risco a motoristas

Em viagem de retorno a São Luís, após alguns dias de visita ao município de Grajaú, sua terra natal, o vereador Marcial Lima (PRTB) fez um alerta para a buraqueira e o risco de assaltos no trecho da BR-226 próximo à reserva indígena Cana Brava, da etnia guajajara. Marcial chamou atenção principalmente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), responsável pela manutenção da malha rodoviária federal.

Com extensão de 20 quilômetros, o trecho, que interliga os municípios de Grajaú, Barra do Corda e Jenipapo dos Vieiras, tem buracos que representam verdadeiras armadilhas para os motoristas que trafegam na área. Os assaltos são constantes, mas, apesar do perigo, nenhuma intervenção foi feita até agora.

Marcial Lima dirige seu veículo no trecho esburacado

Marcial Lima se mostrou surpreso com a ausência de obras de tapa-buracos no trecho problemático, enquanto o DNIT realiza intervenções na BR-226, desde o acesso ao povoado Alto Brasil e a sede de Grajaú. “Este trecho tem alto índice de assalto e deveria também passar por obras”, recomendou o vereador, que chegou a demonstrar o risco trafegando com seu próprio veículo em meio à buraqueira. “É impossível para motoristas de ônibus, de caminhões e de carros de passeio desenvolver velocidade acima de 8 km/h neste local”, avisou.

Em recado aos desavisados que se recusarem a reduzir a velocidade, o risco de furar um pneu e ficar no prego em uma área extremamente perigosa é muito alto. Diante da ameaça, Marcial apelou ao DNIT para que priorize a recuperação do trecho com urgência para tornar as viagens mais seguras. “Neste período de férias de julho, muita gente viaja entre Barra do Corda e Grajaú pela BR-226”, lembrou.

Sem comentário para "Marcial Lima alerta para buraqueira e assaltos em trecho da BR-226"


deixe seu comentário