Clima de terror em UPA’s com início de mais uma demissão em massa

9comentários

Na UPA Araçagi foram demitidos, desde ontem, motoristas, agentes de limpeza, maqueiros e recepcionistas

UPA Araçagi: corte pessoal e aterroriza profissionais

Mais uma demissão em massa teve início nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s). O blog ainda não apurou o alcance da drástica medida adotada pelo governo Flávio Dino (PCdoB), via Secretaria de Estado da Saúde (SES), mas sabe-se que os cortes de pessoal atingem UPA’s da região metropolitana de São Luís. E como se não bastasse a perda do emprego, os profissionais desligados não estão recebendo suas rescisões.

Na UPA do Araçagi, cujos servidores são vinculados ao Instituto de Apoio ao Desenvolvimento da Vida Humana (IADVH), a nova leva de demissões começou ontem e teve continuidade hoje. Foram mandatos embora dois motoristas, um trabalhador da limpeza, um maqueiro, três recepcionistas e um porteiro. A previsão é que mais desligamentos ocorram a partir da próxima segunda-feira (18).

A informação é que todos os motoristas da UPA Araçagi serão demitidos e só ficarão os vinculados à empresa Alicia.

Sem rescisão

Profissionais que prestavam serviço às UPA’s e foram demitidos ano passado ainda não receberam as indenizações as quais têm direito por causa da rescisão do contrato de trabalho. Revoltados e em situação de penúria, os trabalhadores desempregados denunciam o calote e alguns já procuraram a Justiça do Trabalho para tentar receber os valores.

Nem a SES nem a Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH) vieram a público, até o momento, se pronunciar sobre as demissões e informar quais providências serão tomadas para que o corte de pessoal não prejudique o atendimento aos pacientes.

9 comentários para "Clima de terror em UPA’s com início de mais uma demissão em massa"


  1. Chora

    As upa’s são de responsabilidade da prefeitura de São Luís.. Como sempre essa TV nojenta atacando os adversários da bruxa Roseana..

  2. Informado

    Tu não sabe de nada.. as upas são geridas pelo governo do estado

  3. Luis Fernando

    UPA é responsabilidade direta do Estado.

  4. SOCADOR

    BANDO DE JUMENTO, APENAS A UPA ZONA DA RURAL É ADMINISTRADA PELA PREFEITURA. O RESTANTE É ESTADUAL.

  5. Paula

    Na upa cidade operaria também passou por isso ,e dizem q ainda vao demitir de novo E outra até nosso 40% de insalubridade tiraram da limpeza ! Sacanagem

  6. UPA

    AS UPAS SAO GERIDAS PELO ESTADO DO MARANHAO.

  7. João Santana

    Vota neles de novo, não era isso vcs queriam

  8. Marcia Carneiro

    Vergonha de um dia ter trabalhado e votado nessa Desgraça . Ele vendeu o discurso dele de Paz e Amor muito bem . Agora só perseguição . Desgraça … Roubalheira . Impostos caríssimo. Câncer do Maranhão chama se FD.

  9. Helena

    O problema não é só as demissões, mas também a falta de pagamento das rescisões trabalhistas, algumas dessas pessoas eram da época da Bem-viver que saiu sem pagá-lhes o que devia, depois ficaram mais de um ano sem nenhum vínculo empregatício, portanto sem FGTS e INSS, depois veio outra e os enrolou, é tudo muito sinistro o que ocorre nas unidades de saúde, as pessoas que lá trabalham recebem um salário muito baixo nem podem reclamar porque são punidas, agora sem que eles esperavam são demitidos sumariamente, eu não votei em Flávio dino porque acompanho política e sei que a mudança proposta por ele não passa de um engodo, seu autoritarismo, sua arrogância e sua nefasta ideologia já diz muito sobre quem ele é. Sinto muito pelos profissionais das UPAs, espero que Deus os abençoe para logo consiga um emprego no qual podem ter sua dignidade.

deixe seu comentário