Primeira-dama do tráfico é presa em churrasco no conjunto São Raimundo

0comentário
Prisão da suspeita aconteceu durante um churrasco

A mulher identificada como Taise Tobias Silva, conhecida como “Princesa”, considerada como a primeira dama do crime no Conjunto São Raimundo, foi presa na manhã dessa quinta-feira, 14, em uma casa naquele bairro onde estava sendo realizado um churrasco. 

A prisão foi efetuada por policiais da Superintendência da  Polícia Civil da Capital com apoio da Seccional Leste e delegacias do São Raimundo e Cidade Olímpica. Também foram presos no local Joenne Mendonça da Silva, Kellen  Cristina Rodrigues e Daniel Silva Alves,  conhecido como “Gordinho”. No imóvel, onde estavam Kellen e a proprietária, foram apreendidos vários aparelhos de telefone celular, um veículo Ford KA e uma certa quantidade de “skank”, (uma versão mais potente da maconha). 

PRIMEIRA DAMA

Taise  é  mulher do traficante Mauro Campos Alves Neto, conhecido como “Maurinho” e nora de Mauro Alves Soares, o “Demolidor”. Os dois são apontados como líderes de uma facção criminosa que seria responsável por vários assassinatos e tráfico de drogas naquela região. 

Mesmo presos eles com a ajuda de “Princesa” continuariam comando as atividades criminosas de dentro da cadeia. Taise estava foragida desde o mês de setembro deste ano quando a Polícia Civil deflagrou uma operação e prendeu 16 integrantes da quadrilha. Após a prisão os acusados foram autuados em flagrante por organização criminosa, tráfico e associação para o tráfico. 

Sem comentário para "Primeira-dama do tráfico é presa em churrasco no conjunto São Raimundo"


deixe seu comentário