“A incompetência de Flávio Dino e da Caema deixam mais de 150 bairros de São Luís sem água”, diz Wellington do Curso

0comentário
Adultos, adolescentes e até crianças carregam água para abastecer suas casas após parada do Italuís

Em pronunciamento durante a sessão plenária desta terça (10), o deputado estadual Wellington do Curso utilizou a tribuna para denunciar a falta de água em mais de 150 bairros de São Luís nesta terça. O parlamentar ainda criticou o péssimo serviço prestado pela Caema e a incompetência do Governador Flávio Dino para solucionar os frequentes problemas de abastecimento em São Luís e em diversos municípios do Maranhão, além de indícios de corrupção e o pagamento de supersalários para servidores da Caema.

Ao abordar o assunto, Wellington destacou incoerência de Flávio Dino de ter recursos para pagar supersalários para funcionários da Caema enquanto a população padece com a falta de água diariamente. Além disso, voltou a cobrar esclarecimentos do governo acerca do assunto e destacou o caso de um engenheiro que recebeu no mês de julho deste ano, R$ 91 mil e de um advogado que acumula cerca de R$ 51 mil de salário. De acordo com informações da Caema, a interrupção do abastecimento atingirá seis zonas em São Luís e ocorrerá para manutenção do sistema Italuís.

Cenas de pessoas carregando baldes e outros recipientes com água foram recorrentes em bairros de São Luís

“Mais de 150 bairros de São Luís ficarão sem água, mais uma vez. Esse é o retrato do Governo Flávio Dino e dos péssimos serviços prestados pela Caema no Maranhão. O sistema Italuís está sempre precisando de reparos que nunca são solucionados! Enquanto isso, quem padece com falta d’água é a população de São Luís e de diversos municípios maranhenses que lidam com o problema diariamente. Na Assembleia Legislativa sou autor do projeto que garante ao usuário de serviço de distribuição de água o ressarcimento em casos de interrupção da prestação do serviço. Centenas de maranhenses sofrem com a falta de água no Maranhão enquanto Flávio Dino paga salários de até R$91 mil para funcionários da Caema. Infelizmente, é essa a realidade dos maranhenses: ter que carregar água na cabeça”, disse Wellington

Sem comentário para "“A incompetência de Flávio Dino e da Caema deixam mais de 150 bairros de São Luís sem água”, diz Wellington do Curso"


deixe seu comentário