Equatorial Maranhão confirma que prédio onde mulher morreu eletrocutada tinha ligação clandestina

0comentário

Empresa alerta para o risco de eletrificação de cercas em desacordo com as normas técnicas

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sobre o incidente ocorrido na madrugada da segunda-feira, 24, na Rua Parque de Novembro, no Centro H istórico de São Luís, a Equatorial Maranhão informa que uma equipe de plantão esteve no local, juntamente com uma equipe do Corpo de Bombeiros e encontrou no imóvel uma ligação clandestina nas instalações elétricas internas que eletrificava um portão de metal, fato que vitimou uma senhora identificada como Maria Boas, 56 anos.

Viaturas da PM diante do corpo da mulher vítima de choque elétrico

A Equatorial Maranhão orienta que cercas elétricas somente podem ser construídas por empresas especializadas e devem seguir as Normas Brasileiras, quanto aos critérios técnicos e de segurança.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

Sem comentário para "Equatorial Maranhão confirma que prédio onde mulher morreu eletrocutada tinha ligação clandestina"


deixe seu comentário