É VOCÊ?! | DQ 201

0comentário

Trilha:

 

Eu sempre li bastante quando criança. Adorava todos os contos de fadas. Eles trazem sempre uma mensagem positiva sobre o amor. Assim, nós, românticas, passamos a perder sapatos, deixar crescer os cabelos e dar uma chance para uma fera – mesmo que essa não seja nada amável e nem se transforme em príncipe. Até que chega um dia, em que os adultos chamam de maturidade, que você morre para o amor, ou melhor, nós, românticas incuráveis, não deixamos de acreditar, apenas adormecemos. De olhos fechados, não vemos ninguém passar, nos recusamos a acreditar que contos de fadas existem e que ser uma princesa é só mais uma cruel mentira que salta dos livros. No fundo, no fundo, nós alimentamos, quase que secretamente, o desejo de ser despertada com um beijo. E se voltar a acreditar nisso for uma ilusão, então, faz um bem danado viver iludida.

 

Era pra ser um bom dia qualquer, seguido dum beijo de cada lado do rosto ou um aperto de mão. Ele diria o nome, e eu, o meu. E assim estaríamos apresentados. Mas quando ele me olhou com esses olhos morenos e esse sorriso de criança, eu cheguei a ouvir: “Era uma vez”. – Sim, Era uma vez. “Bom dia” e todo esse ritual de apresentação é para quem está apenas cumprindo um protocolo, uma norma de etiqueta. Era uma vez é algo mais intenso, dito no começo das histórias mais incríveis que a humanidade já ouviu. Eu senti, na paz que aquele sorriso me trazia, que estava finalmente despertando.

 

O tempo foi passando e não ficamos apenas no ‘era uma vez’. Saímos uma, duas, três, até chegar o dia em que ele me convenceu novamente a acreditar em contos de fadas. Apesar de toda mágica do sentimento, olhar para dentro de mim e ver meu coração em pedaços fizeram eu me sentir uma idiota, por acreditar nisso tudo novamente. Mas, um dia, você vai sentir no abraço de alguém um sentimento tão forte que, assim como um passe de mágica, todos seus pedaços serão colados. Essa pessoa pode até não ser um príncipe montado num cavalo branco, mas ela será tão grande, a ponto de preencher o abismo que o ‘era uma vez’ geralmente fica do “felizes para sempre”.

 

#DQ201 #espalheamorporaí

Sem comentário para "É VOCÊ?! | DQ 201"


deixe seu comentário