Minirreforma: propaganda em veículos só pode ser do tamanho do para-brisa traseiro

1comentário

Uma das novidades trazidas pela Minirreforma Eleitoral aprovada por meio da Lei nº 12.891/2013, sancionada pela presidente Dilma Rousseff no último dia 11, diz respeito à propaganda eleitoral em veículos. De acordo com a nova regra, apenas fica permitido colar adesivos microperfurados até a extensão total do para-brisa traseiro e, em outras posições, pode-se afixar adesivos até a dimensão de 50 cm por 40 cm.

A minirreforma também fixou a medida de 50 cm por 40 cm como a máxima para a impressão de folhetos, adesivos, volantes e outros impressos. Quanto às vias públicas, continua proibida a afixação de propaganda em postes, sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes e paradas de ônibus.

A novidade é que, além da proibição de pichação, inscrição a tinta, fixação de placas, estandartes e faixas, também não será permitido o uso de cavaletes, bonecos nem cartazes nas vias.

A propaganda eleitoral só é permitida a partir do dia 6 de julho do ano que vem. As Eleições 2014 serão realizadas em 5 de outubro, quando os eleitores elegerão presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, deputados estaduais e distritais.

Mesas

A colocação de mesas para distribuição de material de campanha e a utilização de bandeiras ao longo das vias públicas continuam permitidas, desde que móveis, e que não dificultem o bom andamento do trânsito de pessoas e veículos.

1 comentário para "Minirreforma: propaganda em veículos só pode ser do tamanho do para-brisa traseiro"


  1. Prof. Laercio

    Caro Flávio,
    Toda medida para baratear custos de campanha política é bem-vinda, pois torna a disputa eleitoral menos dependente do poder financeiro.Muitos cidadãos de bem não se candidatam devido ao alto custo de uma campanha. A Justiça pode e deve fazer muito mais para tornar a disputa mais igualitária. Isso é DEMOCRACIA.
    Feliz Natal ! Feliz 2014 !
    Prof. Laercio

deixe seu comentário