Cemar cortou a luz do Moto

0comentário

vela_png_thumb

O Moto é a mais perfeita tradução do abandono. A luz do Centro de Treinamento Pereira dos Santos foi cortada há mais de uma semana por falta de pagamento. Sem energia elétrica, a bomba d’água não funciona e os gramados estão queimados por falta de irrigação e mato está tomando conta da sede do clube.

O presidente do Moto, Cleber Verde, abandonou por completo clube. Primeiro, foi time de futebol, que foi rebaixada para a Segunda Divisão. No Tribunal de Justiça Desportiva, onde estás sendo julgado o Escândalo da Série B, a defesa do clube se resume apenas a Itamar Sousa. Agora, o “dirigente” abandonou a sede.

O mais assustador é que Cleber Verde está deixando uma situação “terra arrasada” para a próxima diretoria, pois liberou todos os jogadores que tinham contrato com o clube, inclusive, os pratas da casa e está deixando toda a estrutura do CT se deteriorar.

Sem comentário para "Cemar cortou a luz do Moto"


deixe seu comentário