Campeonato Maranhense só no dia de “São Nunca”

1comentário

Depois de tantos adiamentos, o Campeonato Maranhense de 2010 não será realizado este ano, pois já estamos em julho e sequer tem alguma previsão para o início da disputa. Tudo depende do julgamento do imbróglio da Segundona; aquele dos Viana 11 x 0 Chapadinha e do Moto que entrou na disputa pela janela. O pior é que seja qual for a decisão cabe recurso ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (TJD).

Sinceramente, acho que o Campeonato Maranhense não será realizado este ano, pois os recursos do Moto Clube contra a decisão da II Junta Disciplinar, que desconsiderou sua participação na Série B do ano passado, inocentou o Viana e eliminou o Chapadinha, por causa daquele vergonhoso jogo em que abriu as pernas e deixou o Viana enfiar 11 x 0, não puderam ser julgados. Os processos não poderão ser apreciados pelo TJD enquanto o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) não julgar o mérito de uma liminar concedida em favor do presidente do próprio TJD, José Ribamar Marques.

Porém, o STJD encontra-se em recesso por causa da Copa do Mundo e muitos de seus auditores estão na África do Sul, como convidados da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) só devem voltar ao Brasil depois do dia 12 de julho. Daí será preciso encontrar data para o julgamento do impedimento de Marques. Daí o processo aqui será destrancado e poderá ser marcada a data para o julgamento dos recursos do Moto. Se não houve mais nenhum pedido de liminar antes do pleno e a decisão sair logo, os que se considerarem lesados em seu direito deverão recorrer ao STJD.

Do jeito que a justiça desportiva anda a passos de tartaruga a novela do julgamento do imbróglio da Segundona ainda não está nem na metade. Pela legislação esportiva, que os dirigentes da Federação Maranhense de Futebol (FMF) não costumam respeitar, a tabela de toda e qualquer competição tem que ser divulgado no mínimo dois meses antes do início da disputa.

E não adianta o diretor técnico da FMF, José Alberto de Moraes Rego, o Geografia, divulgar tabelas com oito, dez e doze times, pois nenhuma delas terá validade e só poderá ser marcada data para o início do Estadual após o julgamento da Segundona.

Porém, é bom lembrar que todo esse imbróglio foi criado pela própria FMF ao colocar o Moto na Segundona no mesmo ano em que caiu. Com isso, a entidade submeteu o futebol local a um vexame internacional e ainda pode ter acabado com o Estadual de 2010.

Com isso, os dirigentes dos times de verdade: Maranhão, Sampaio e Imperatriz, pois os demais são de empresários ou políticos e não fazem diferença, ficarão pagando jogadores só para treinar, pois competição que é bom só no dia de “São Nunca”. Quem pagará a conta por isso? A FMF com certeza não.

Agora, o que chama atenção nisso tudo é que o torcedor maranhense não se importando se terá Campeonato Maranhense ou não, pois ele não acredita mais no futebol daqui. O esporte do torcedor local é ficar na frente da televisão e torcer pelos times de fora como o próprio presidente da FMF, Alberto Ferreira, o faz, pois sequer foi a final da Copa União.

Se este não é o fim do nosso futebol, com certeza é o começo do final.

1 comentário »

Nem oito e nem oitenta!

0comentário

No comando da Seleção Brasileira, Dunga teve resultados idênticos ao de seu antecessor, Parreira, pois os títulos foram os mesmos: Copa América, Copa das Confederações e até a eliminação nas quartas-de-final. Porém, não podemos esquecer que com ele a equipe do Brasil passou a ter profissionalismo e privacidade, que faltaram a Parreira na Copa de 2006.

Apesar de terem trabalhado juntos na Copa de 1994, Dunga é o tenso e fechado enquanto que Parreira é o relaxado e aberto. É justamente por isso que um é contraponto do outro, embora os resultados que obtiveram nas últimas duas copas sejam exatamente os mesmos. A trajetória dos dois na Seleção é tão parecida que ambos tiveram um vilão na eliminação: o de Dunga foi Felipe Melo que deu um pisão no adversário e foi expulso e o de Parreira foi Roberto Carlos que deixou de marcar um adversário para amarrar o meião. Como se o destino quisesse dar um aviso: nem oito e nem oitenta.

Com Dunga, não houve aquele “circo” montado na Copa da Alemanha, quando os principais jogadores saíam de madrugada da concentração, se é que podemos chamar aquilo de concentração, para dar entrevistas, gravar comerciais e participar de festas. Já o técnico Parreira que comandou a Seleção em 2006 não tinha o mesmo desprezo por craques que Dunga, pois gostava a tanto de jogar com craques que convocou Ronaldo, gordo e bichado, e esse foi um dois seus erros. Encontra-partida Dunga trocou Ganso por Felipe Melo e Neymar por Grafite, por detestar futebol arte.

A primeira Era Dunga (como jogador na Copa de 1990) ficou marcada como a derrota do futebol feio do técnico Sebastião Lazarôni. A segunda como a derrota do futebol pragmático (como treinador na Copa de 2010). Na Conquista do Tetra em 1994, ele estava presente, mas aquela geração não foi a dele, mas de Romário e Bebeto. E não podemos esquecer que ele estava presente como jogador no fracasso da Copa de 1998, na seleção dirigida por Zagalo e Zico.

Agora é tempo de aproveitar o que Dunga fez de bom: profissionalismo e privacidade. Porém, o novo treinador precisa evitar defeitos: autoritarismo e revanchismo. O que mostra que o treinador não pode ser nem oito e nem oitenta.

sem comentário »

Alessandro Martins é flamenguista?

0comentário

Fotos – Biné Moraes

computador alessandro

Estes computadores foram apreendidos no escritório do empresário Alessandro Martins, que está foragido da polícia desde a última quinta-feira. No detalhe captado pelas lentes foto-jornalista Biné Moraes, aparece um notebooks (no canto inferior à esquerda) com um adesivo do Flamengo. Será coincidência ou Alessandro Martins torce pro rubro-negro carioca?

Se confirmado, que Alessandro Martins além de bandido é flamengo, não será o primeiro criminoso a ter o nome relacionado com o time rubro-negro, pois podemos incluir a lista: os atacantes Adriano e Vagner Love (os dois primeiro por associação ao tráfico) e o goleiro Bruno, jogadores do clube.

Cinco pessoas foram presas hoje pela manhã, quatro em São Luís e uma em Brasília (DF), e vários documentos e computadores apreendidos na sede da Euromar, no Jaracti, por meio da Operação Euromar, realizada pela Polícia Civil do Maranhão, em parceria com o Ministério Público do Maranhão. Elas são acusadas de participarem da organização criminosa comandada pelo empresário Alessandro Martins, que teve sua prisão preventiva decretada na semana passada e já é considerado fugitivo da polícia.

O empresário tem dois mandados de prisão expedidos e está sendo procurado. A polícia já informou à Polícia Federal, a portos e aeroportos do Brasil e até à Interpol sobre a situação do empresário.

Porém, acho muito difícil Alessandro Martins ir parar atrás das grades, pois com a grana que tem logo conseguirá um habeas corpus preventivo. Como a própria juíza que mandou prendê-lo disse: o empresário Alessandro Martins sempre zombou da Justiça e da polícia maranhenses confiante em suas relações de amizades com desembargadores.

computador alessandro 2

sem comentário »

Quem será preso primeiro: Bruno ou Alessandro Martins?

1comentário

brunoemartins
Quem será preso primeiro: Bruno ou Alessandro Martins?

Os dois são ricos e famosos, mas estão seriamente enrolados com a polícia. O empresário já teve sua prisão preventiva decretada e o jogador poderá ter a sua decretada a qualquer momento. Porém, devido a impunidade que reina no país, acho muito difícil que um dos deles vá parar na cadeia.

De acordo com a polícia, o sumiço de Eliza Samudio começou a ser investigado depois de denúncias de que ela havia sido agredida no sítio que pertence ao jogador Bruno, em Esmeraldas (MG).

Dayane Fernandes, mulher do goleiro Bruno, teria dito, em depoimento à polícia, que Eliza teria abandonado o bebê. A criança foi encontrada pela polícia na casa de desconhecidos e foi entregue ao avô, pai de Eliza, em 27 de junho.
Dayane chegou a ser levada à delegacia na sexta-feira, 25 de junho. Ela foi detida e liberada em seguida. Segundo a delegada, a mulher do atleta foi autuada por subtração de incapaz.

Na segunda-feira, 28 de junho, a polícia vasculhou o sítio do goleiro Bruno, por mais de nove horas, em busca do corpo de Eliza. Policiais e peritos fizeram escavações e vistoriaram o sótão, onde encontraram roupas de mulher, objetos de criança, fraldas e passagens aéreas. Um poço também foi vasculhado. A polícia já ouviu funcionários do sítio de Bruno e amigas de Eliza.

Polícias civis procuram desde a última quarta-feira Alessandro Martins, proprietário da Euromar. O empresário teve a prisão decretada pela juíza Oriana Gomes a pedido dos promotores Augusto Cutrim (Ordem Tributária) e Lítia Cavalcanti (Defesa do Consumidor).

Alessandro Martins é acusado de uma série de crimes, entre eles: formação de quadrilha, estelionato, falsificação de documentos, infração no Código de Defesa do Consumidor, crime contra ordem econômica e crime contra relações de consumo.

Foragido desde que soube do pedido de prisão preventiva, Alessandro Martins espera um pedido de liberdade para apresentar-se a justiça. E como a própria juíza que pediu sua prisão, Oriana Gomes, o empresário sempre zombou da Justiça e da polícia maranhenses confiante em suas relações de amizades com desembargadores. O goleiro Bruno também dificilmente irá para por atrás das grades, pois além do grande quantidade de dinheiro que tem é réu primário, tem endereço fixo e outras baboseiras da Lei que impedem uma pessoa de pagar por seus crimes.

1 comentário »