Nove governadores do nordeste assinam manifesto de apoio a Dilma e contra o brasileiro

3comentários

os-pau-mandados-do-PT

Os nove pau mandados do PT continuam dizer amem para a corrupção, a favor do povo brasileiro ainda existem 17 governadores por enquanto, diante da decisão do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de instalar a comissão especial de  impeachment na ultima quinta-feira 17, os governadores do Nordeste divulgaram uma nota em que “manifestam seu repúdio a essa absurda tentativa de jogar a Nação em tumultos derivados de um indesejado retrocesso institucional”.

O texto lembra que “a decisão de abrir o tal processo de impeachment decorreu de propósitos puramente pessoais, em claro e evidente desvio de finalidade” e defende que as “eleições livres e periódicas” devem ser respeitadas. Os governadores ressaltam ainda que, para que ocorra um impeachment, a presidente Dilma Rousseff precisa ter cometido um crime de responsabilidade. “Isso inexiste no atual momento brasileiro”.

Abaixo, a íntegra da nota:

Nota Governadores do Nordeste

“Diante da decisão do Presidente da Câmara dos Deputados de abrir processo de impeachment contra a Exma Presidenta da República, Dilma Roussef, os Governadores do Nordeste manifestam seu repúdio a essa absurda tentativa de jogar a Nação em tumultos derivados de um indesejado retrocesso institucional. Gerações lutaram para que tivéssemos plena democracia política, com eleições livres e periódicas, que devem ser respeitadas. O processo de impeachment, por sua excepcionalidade, depende da caracterização de crime de responsabilidade tipificado na Constituição, praticado dolosamente pelo Presidente da República. Isso inexiste no atual momento brasileiro. Na verdade, a decisão de abrir o tal processo de impeachment decorreu de propósitos puramente pessoais, em claro e evidente desvio de finalidade. Diante desse panorama, os Governadores do Nordeste anunciam sua posição contrária ao impeachment nos termos apresentados, e estarão mobilizados para que a serenidade e o bom senso prevaleçam. Em vez de golpismos, o Brasil precisa de união, diálogo e de decisões capazes de retomar o crescimento econômico, com distribuição de renda.”

Robinson Farias (PSD – Rio Grande do Norte)

Flavio Dino (PCdoB – Maranhão)

Ricardo Coutinho (PSB – Paraiba)

Camilo Santana (PT – Ceara)

Rui Costa (PT – Bahia)

Paulo Câmara (PSB – Pernambuco)

Wellington Dias (PT – Piaui)

Jackson Barreto ( PMDB – Sergipe)

Renan Filho (PMDB – Alagoas)

3 comentários para "Nove governadores do nordeste assinam manifesto de apoio a Dilma e contra o brasileiro"


  1. Luis Henrique

    Só não entendo porque vc diz contra brasileiro?
    Vc é um jornalista, portanto por mais que não goste da Dilma tem que adotar uma postura imparcial. Não faça igual à Globo, Revista Veja, folha de SP e O Estado (O Estado de SP), que de imparciais não têm nada.
    Eu votei nela, porém reconheço que ela não está be no governo. Mesmo assim ainda existe 54 milhões de pessoas que votaram nela, portanto não é o PT e sim a democracia representada pela maioria. Mesmo caso se o Aécio tivesse ganho e estivesse passando pelo mesmo problema.
    Sou maranhense igual a vc mais não moro aí, porém tem nojo quando assisto a Globo News, a Band News, entre outras emissoras, altamente tendenciosas.
    Vc viu o juiz que suspendeu a posse de LULA. Viu onde ele estava antes numa passeata anti-Dilma. Neste caso meu amigo, era melhor ele dizer que não condição para julgar a liminar, cometendo suspeição, sem sombras de dúvidas.
    Finalmente, não esqueça que a imprensa em que ser imparcial, independente das paixões.

    Luis Henrique

  2. ricardo

    Se arrependimento matasse ! Vergonha desse conduta do nosso governador Flávio Dino. Mas daqui a uns anos vai ter eleição de novo …

  3. BENEDITO COELHO

    É natural esse apoio,afinal a economia dos nossos municípios pobres é movimentada graças ao bolsa família – sua maior industria.

deixe seu comentário