Algumas coisas que você precisa saber sobre a vacina BCG

0comentário

Boa tarde gente!

Sexta-feira chegou e nosso tópico sobre maternidade/paternidade também!

Ao nascer praticamente todas as crianças (existem algumas exceções) tomam a vacina BCG, vocês pais sabem pra que serve?

Dica - imagem

 

BCG vem do nome da bactéria atenuada que foi produzida para estimular a imunidade, o Bacilo Calmette- Guérin e é utilizada para a prevenção da tuberculose. Ela protege principalmente das formas graves da tuberculose, a Meningite tuberculosa e Tuberculose miliar, que é uma forma disseminada de tuberculose, esses são os dois tipos que mais trazem sequelas.

No Brasil a BCG é indicada para crianças de 0 a 4 anos e de acordo com a Portaria 452 de 06/12/1976, do Ministério da Saúde, obrigatória para menores de 1 ano. Deve-se vacinar o mais precocemente possível, de preferência, logo após o nascimento, é uma vacina de única dose, algumas maternidades já vacinam os recém-nascidos, se no seu caso não acontecer, você deve levar o bebê para tomar a vacina no Posto de Saúde (a vacina é fornecida gratuitamente pelo Ministério da Saúde) ou clínica (existe variação nos preços) na 1ª ou 2ª semana de vida.

Nem todos os recém-nascidos podem tomar a vacina, por precaução, os prematuros com menos de 2 Kg devem esperar que cheguem nesse peso, ou 1 mês de idade, se a criança tiver lesões de pele na região onde será aplicada a vacina, também é melhor esperar, nos casos em que  se tenha na família histórico de  imunodeficiências congênitas,  ou se já houver perdido algum filho novinho por causa de infecção ou de causa desconhecida, também é melhor esperar e consultar o pediatra antes de realizar a vacina.

101828807

A vacina é feita sempre no braço direito da criança e a forma de aplicação é diferente das outras, ela é intradérmica (na camada mais superficial da pele), por isso, a experiência de quem a aplica conta muito para a correta administração, isso pode influenciar na eficácia da vacina e na redução de efeitos adversos.

Logo depois de aplicada a vacina você notará uma pequena área elevada onde foi injetada a vacina. Entre as semanas 1-2 ficará uma manchinha avermelhada e uma área mais endurecida. Entre as semanas 3-4 aparece uma ferida com secreção e depois uma crosta no local. Nas semanas 4-5, a ferida fica como uma úlcera e por fim, entre as 6-12 semanas se forma a cicatriz.

Essa é a evolução normal da vacina: Pápula, pústula, crosta e úlcera. Não é preciso fazer curativo e não pode espremer a lesão. A higiene do local é normal, água e sabão.

O aparecimento da cicatriz pode demorar um pouco, e algumas crianças não chegam a apresentar a cicatriz, isso não quer dizer que ela não está protegida, O Ministério da Saúde recomenda esperar até 6 meses após a vacina, se a criança ainda não tem a marquinha, é preciso revacinar a criança, no entanto, antes de revacinar pode-se realizar o teste tuberculínico para ver se houve resposta a vacina ou se houve contato com a bactéria, se o teste for negativo, revacina-se.

 A vacina é considerada segura, com baixa incidência de efeitos adversos, é muito raro ter complicações graves e quando acontece,geralmente são associadas a imunodeficiências, a maioria das reações que podem ocorrer são reações locais e não necessitam de nenhum tratamento.

Se você estiver com qualquer dúvida em relação a cicatrização da vacina, procure seu pediatra para avaliar o caso.

 

Sem comentário para "Algumas coisas que você precisa saber sobre a vacina BCG"


deixe seu comentário