Exercícios em academia

1comentário
Não há duvida que fazer exercício faz bem para a saúde, até mesmo para pacientes com enfermidades que há alguns anos atrás nós cardiologistas não recomendávamos como no caso dos com pressão alta ou nos com coração dilatado.

O problema na enorme maioria dos casos não é a atividade física em si, mas os coadjuvantes , muito comuns em algumas academias, por exemplo: o uso de anabolizantes ( as chamadas bombas), para dar maior musculatura ou a corrida para ficar com um corpo preparado para a exposição do verão. E um pouco como querer emagrecer sem fazer dieta e atividade física, o que acontece é que se procura um atalho perigoso na maioria dos casos, chamado “fórmulas para emagrecimento”. Estas as vezes atrás da inocência de até mesmo subsâncias naturais traz consigo riscos enormes para o organismo.

Quem faz atividade física intensa tem que ter controle, preparação e acompanhamento de atleta, com exames periódicos que serão mais ou menos complexos de acordo com a idade, riscos, tipo de atividade física, presença de doenças, historia da família que irão nortear carga, periodicidade e modalidade.

Algumas pessoas não podem definitivamente ter atividade física como os com cardiomiopatia hipertrófica por risco de agravamento do quadro ou mesmo de morte subta. Também aqueles com arritmias cardíacas mais complexas podem ter o mesmo impedimento.

Quando vemos alguém morrer numa academia ou mesmo num campo temos que ter a consciência de que fazer exercício e muito menos arriscado para saúde do que ser sedentário, mas que é claro que pode trazer riscos se for exagerado, sem preparo adequado ou se for acompanhado de químicas aparentemente inocentes que podem trazer conseqüências gravíssimas.

Academia é ótimo para estimular, disciplinar e até mesmo para tornar agradável a prática de atividade física, porém deve ter muito claro seu papel de balizador e guardião da saúde de seus associados, isto não e um mero negócio, isto é saúde e é vida.

Academias: o exercício é o risco?
1 comentário »

Novo tratamento para Insuficiência Mitral(válvula do coração)

0comentário

 

 Procedimento MitraClip por via percutânea. É um dispositivo útil que não necessita de procedimento cirúrgico. No momento apenas em pesquisa.

sem comentário »

Tomografia Cardíaca

0comentário

Os recentes avanços nas técnicas de tomografia se caracterizam por uma velocidade mais rápida, cobertura mais anatômica, e uma dose menor de radiação, assim as aplicações da TC cardíaca aumentaram de forma colossal. Procedimento que soma-se à ressonância magnética e aos exames de imagem mais tradicionais, como a angiografia, ecocardiograma e medicina nuclear. É pouco invasivo – consequentemente, apresenta poucas complicações – requer pouco tempo e não necessita de internação.

sem comentário »