Série C

0comentário

A CBF confirmou esta tarde, as datas dos jogos da decisão do Campeonato Brasileiro Série C. As partidas entre ASA-AL x América-MG serão realizadas nos dias 13 e 20 de setembro.

13/09 – Domingo

16h – ASA x América – Estádio Coaracy Fonseca – Arapiraca

20/09 – Domingo

16h – América x ASA – Estádio Independência – Belo Horizonte

sem comentário »

A hora é do Kléo

8comentários

Não me surpreende a boa fase do Kléo no Sampaio. Sempre achei o meia Tricolor um dos destaques do futebol maranhense nos últimos anos. Nunca compreendi, no entanto, porque o Sampaio não dava sequência na carreira do jogador. Tudo mudava a cada troca de treinador.

Em 2007, Kléo foi um dos destaques do Sampaio, com o então treinador Gilson Kleina. Tentou a carreira fora, mas não conseguiu se firmar.

De volta ao Tricolor, Kléo ficou jogado mais uma vez. No início do ano, esteve no São José, por empréstimo. Retornou ao Sampaio, ainda no Campeonato Brasileiro Série C.

Fez bons jogos e ganhou a condição de titular no time de Edson Porto, barrando os que vieram de fora, entre eles, o “badalado” Jean Carlo (ex-Palmeiras). Voltou a jogar bem e a marcar gols. E o reconhecimento por parte da diretoria, enfim aconteceu.

Kléo Vive o melhor momento da carreira e está em paz com a torcida Tricolor, que, diga-se de passagem, sempre teve pouca paciência com o jogador.

A resposta veio dentro de campo. É isso aí Kléo!!!!

Leia mais:

Edson Porto aposta as fichas em Kléo

De volta ao ninho

8 comentários »

A seta e o alvo

0comentário

Clipe da música “A seta e o alvo” – Paulinho Moska

sem comentário »

Miakuda

2comentários

O ouvinte de rádio sai com cada uma. Acabo de ouvir o João Lito, do Centro, no programa Abrindo o Verbo, na Rádio Mirante AM. Vejam só:

O João Lito diz ao Geraldo Castro:

– Geraldo, o Fluminense acaba de anunciar no twitter, a contratação de um novo treinador que pode ser a salvação: é o japonês “Miakuda”.

O Geraldo responde:

– Rapaz, larga isso de mão. Só podia ser o João Lito. Técnico japonês no Fluminense: Miakuda

Tem razão quem diz que futebol é uma “caixinha de surpresa”. O rádio também é.

Que tal então? O Miakuda é a salvação do Flusão? A campanha está lançada!!!!

2 comentários »

Ceará x Fortaleza

0comentário

14 pontos separam Ceará e Fortaleza na classificação da Série B. O Vozão olha o rival de cima pra baixo… baixo mesmo. Em quarto lugar, em linha reta rumo à Série A. Enquanto o Fortaleza pena para fugir do rebaixamento e parece ter fincado os pés na degola.

O que fermenta ainda mais a rivalidade entre os dois clubes – quem já esteve no Ceará, ou bateu papo com dois “espécimes de cearense” sabe do que estou falando. São 15 pontos de distância de um para o outro, o que poderia significar um abismo organizacional, os números caracterizando a disparidade entre as duas equipes, mas não tem nada disso.

Lembremos que há menos de quatro meses o Fortaleza bateu o Ceará na decisão cearense e ficou com a taça. Em solo cearense, o Tricolor do Piçi reina. São 38 títulos, atual tricampeão e levou oito das 10 edições nesta década – sobra!

Fazendo um comparativo entre os dois times, que entraram em campo na final do cearense deste ano, uma base foi mantida de cada lado. O Vozão tinha Eriberto, Boiadeiro, Fábio Vidal e Geraldo; o Fortaleza Douglas, Gilmak, Coutinho e Marcelo Nicácio.

E o que raios o Ceará tem hoje que falta ao Fortaleza? Ponto único, determinante: comando. Não há como não separar a campanha alvinegra pré e pós-chegada de PC Gusmão. Ele arrumou a casa. Pegou um time moralmente esfacelado, instalado na Zona do Rebaixamento e também sofreu por causa disso. Tanto que a primeira vitória sobre seu comando só saiu quatro rodadas depois de sua chegada.

A primeira dele e também do Ceará, na sexta rodada, 2×1 no São Caetano. Mas dali em diante, o Vozão sofreu uma metamorfose. Quem não vinha jogando nada passou a jogar e quem vinha jogando bem passou a sobrar em campo. No Ceará você não pode dizer que determinado jogador chegou com a competição rolando e corrigiu o que vinha sendo incorrigível – não mesmo. Talvez Mota, mas como o atacante voltou há pouco ainda é cedo para uma sentença.

O Ceará passou a “jogar bola”, tão somente isso, sem formulas mágicas, receitas de feitiço. Não à toa, venceu 10, empatou seis e perdeu apenas três sob a gestão de PC. Teve uma crescente e ficou na crista da onda.

O Fortaleza paga pela falta de continuidade e tranquilidade da direção, que trocou de treinador por duas vezes com a competição rolando. Além da falta de qualidade no elenco, os jogadores que aí estão, em muitos jogos, se mostram dispersos, em outro mundo.

Quando a qualidade inexiste, abraçar o comprometimento é a saída. Poucos jogadores foram contratados e ninguém que chegou ao Piçi vestiu a camisa e resolveu.  A diferença está na vontade, na entrega, no “vestir a camisa”. Em Porangabuçu a turma está correndo, suando deveras a cada ordem do comandante PC. No Piçi, a história é outra…infelizmente.

Blog Futebol Nordestino

sem comentário »

Ainda sobre o Cartão Vermelho

4comentários

A respeito da nota publicada no BLOG com o título “Cartão Vermelho” recebi os seguintes esclarecimentos dos árbitros Marcelo Filho e Silvio Eduardo Silva e Silva. A nota publicada aqui, no último sábado, foi extraída da edição do caderno de esportes E+, do jornal O Estado do Maranhão. Leia aqui.

Marcelo Filho explicou que durante o teste realizado no último dia 19, sentiu uma dor muito forte na virilha e foi obrigado a abandonar o teste. Ele reclamou que nos testes anteriores esteve muito bem na parte físca e teórica e o BLOG não divulgou nada. E não seria diferente. A aprovação de um árbitro nos testes de rotina faz parte do óbvio. Isto é condição básica para quem quer apitar uma partida de futebol.

“Acabei de chegar da final do JEMs, onde sou coordenador de arbitragem de futebol de campo e como gosto de ler o seu BLOG e ter boas matérias e você procura se informar das notícias do nosso futebol. Sei que é melhor noticiar as coisas ruins que as boas te explico: o teste é feito mensalmente pela Ceaf – mínimo de 16 tiros – máximo 24 tiros de 150 metros em 30 segundos. Meu 1º teste foi de 18 tiros. 2º teste 20 tiros. 3º teste  24 tiros, sendo neste último recebendo nota 10 (dez) no teste físico e mota 10 (dez) na prova teórica, com aprovação de 100%. Todos os dias eu abro o teu BLOG e não observei nenhuma notícia boa a meu respeito. Neste teste do dia 19 (sábado passado) no 11º tiro, tive uma dor muito forte na virilha e abandonei o teste. Logo vejo a notícia, claro ruim. É mais fácil divulgar e o árbitro é Marcelo Filho. Pra mim ótimo estou sendo lembrado”, reclamou.

O fato do BLOG divulgar que Marcelo Filho ou qualquer outro árbitro foi “reprovado” ou recebeu “cartão vermelho” em um teste não diminui em nada a carreira de quem quer que seja. Pergunto apenas: aconteceu ou não o fato? Um goleiro pode falhar, um atacante pode perder um pênalti, um comentarista pode analisar uma jogada errada, enfim… Tudo isso é da profissão. E é claro, a reprovação dos árbitros em um teste é notícia como outra qualquer.

É notícia como foi o erro cometido pelo assistente Aélson Mariano Campelo Gomes, quando anulou um gol legítimo do Moto, na partida contra o Tocantins, pela Série D. Escrevi isto aqui e não vi nenhum árbitro, nem mesmo o Aélson Mariano vir a público assumir que errou. Ninguém disse nada.

O árbitro Silvio Eduardo Silva e Silva também encaminhou explicação ao BLOG. Ele diz que está em fase de recuperação de um problema na coluna e ainda não foi liberado pelo médico para voltar a treinar.

“Assim como os jogadores, o árbitro também tem problema físico, afinal, a nossa atividade nos obriga a sermos atletas. Esclareço que esse não foi o único motivo, estou tratando de assuntos particulares e profissionais, o que tem me tirado muito tempo. Hoje tenho 33 anos e aos 45 anos, serei obrigado a parar (assim recomenda a Fifa e a CBF) e preciso especializar-me na minha vida profissional. Mas num futuro muito próximo estarei de volta aos gramados, com a graça de Deus, para fazer o que gosto; apitar futebol. Mas para isso, preciso voltar na melhor forma pois tenho (embora de forma ainda tímida) um nome a zelar e isso me exige a não voltar de qualquer jeito. Após mostrar tantas vezes, hoje recebo um cartão vermelho e aproveito para aplicar a lei da vantagem a seus informantes que com detalhes te disseram a causa que fez não submeter-me ao último teste físico”, explicou.

Silvio Eduardo diz ainda que a reprovação no teste físico apenas exclui os árbitros dos sorteios.

“O fato de ficar reprovado em um teste físico, “não deixa de fora do quadro da CEAF” qualquer que seja o árbitro, apenas o deixa fora dos sorteios até que se submeta a outro teste e seja aprovado. Só deixa de fora do quadro quando se trata de início de temporada, início de ano. Como exemplo, o Leonardo Gaciba (RS) e o Wilson Luiz Seneme (SP), fizeram o teste/FIFA dia 11/08 em Curitiba e ambos ficaram reprovados e isso não os tirou do quadro da FIFA. Estão fora dos sorteios até que façam outro teste e sejam aprovados. Eles ainda terão mais duas chances este ano. Uma na Argentina e outra no Chile”.

Pois é Silvio, você lembrou bem. Os dois casos foram amplamente noticiados pela imprensa e pode acontecer com qualquer um, até mesmo aqui no Maranhão. Ou não pode?

4 comentários »

Empate na Segundona

1comentário

Deu empate no clássico do Baixo Parnaíba pela 2ª divisão do Campeonato Maranhense. Chapadinha e Santa Quitéria empataram por 1 a 1, neste domingo, no Estádio Lucídio Frazão.

Toninho Cortez abriu o placar para o Chapadinha, aos 5 minutos. Toni empatou para o Santa Quitéria, aos 12 minutos do 1º tempo.

O próximo adversário do Chapadinha será o Moto, dia 9 (quarta-feira), às 20h30, no Estádio Nhozinho Santos. O Santa Quitéria enfrenta o Viana, no dia 13 (domingo), às 16h, no Estádio Rodrigão.

Saiba mais

1 comentário »

São Raimundo está chegando…

2comentários

Na tarde deste domingo, três partidas agitaram a terceira fase do Campeonato Brasileiro da Série D. Os times que jogaram como mandantes não tiveram dificuldades e conseguiram boa vantagem para garantirem vagas na casa dos adversários, em jogos que acontecem na próxima semana, quando serão conhecidos os oito clubes que chegam às quartas-de-final.
 
E como o regulamento organizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) é bastante esdrúxulo, o São Raimundo, do Pará, já garantiu por antecipação a sua vaga na quarta fase.

O time paraense goleou, em casa, o Cristal-AP, por 4 a 1, chegando aos 17 pontos. Na pior das hipóteses, ele ficaria com uma vaga por índice técnico, como pode acontecer com Macaé-RJ e Chapecoense, que entraram em campo também já classificados pelo mesmo critério. Na quarta fase vão participar os cinco vencedores e mais três times por índice técnico.

Paraenses estão lá!

Em Santarém, o São Raimundo deu um grande passo para chegar às quartas-de-final. Jogando no Estádio Colosso dos Tapajós, o time paraense goleou o Cristal-AP, por 4 a 1. O grande nome da partida foi o atacante Michel, que marcou os quatro gols do time da casa. Para os visitantes o gol foi de Demir.

Com isso, o São Raimundo garantiu a vaga, pois mesmo que perca e seja eliminado pelo Cristal, fica com a terceira vaga do índice técnico. O time paranaense soma 17 pontos no geral e só pode ser ultrapassado por Tupi e Uberaba, mas caso os times vençam eles se garantem sem a necessidade de índice.

Londrina ainda tem chance

Em Chapecó do Sul, a Chapecoense venceu o Londrina por 2 a 1, na Arena Conda. Para o Verdão catarinense marcaram Luís André e William Amaral. Por outro lado, o gol que ainda dá esperança para os torcedores do LEC foi marcado por Silvinho, aos 45 minutos do segundo tempo. O experiente meia, de 32 anos, pode ter feito o gol da vaga para o time paranaense.

Com o gol no final, na próxima partida, em Londrina, no Estádio do Café, uma simples vitória classifica os paranaenses, a quarta fase da Série D. A Chapecoense joga por um empate, para conquistar a vaga dentro de campo, pois devido o critério de desempate da CBF, o time já está classificado como um dos três melhores.

Sergipe, Sergipe, Sergipe!

Em Aracaju, o Sergipe conquistou uma bela vantagem jogando no Estádio Batistão. O Alvirubro venceu o Alecrim-RN, por 3 a 1. Agora, na partida de volta, em Natal, o Sergipe pode perder por um gol de diferença que ficará com a vaga. Ao Alecrim a vitória por mais de gols é a única alternativa.

O time sergipano abriu o placar aos oito minutos, quando Magno fez de cabeça. Os visitantes foram ao ataque e chegaram ao empate aos 28, com Eduardo. Mas não foi suficiente, pois empurrado pela torcida, o Sergipe marcou mais duas vezes, com Hugo Henrique, aos 36, e Fabinho Cambalhota, aos 41.

Antes…

No sábado, duas partidas agitaram a terceira fase. Em Juiz de Fora, o Tupi ficou no empate, por 1 a 1, com o Macaé. Em Uberaba, o time da casa venceu o Araguaia, por 2 a 0, e ficou mais perto da classificação.

Confira os jogos de ida da terceira fase da Série D:

Sábado
Tupi-MG 1 x 1 Macaé-RJ
Uberaba-MG 2 x 0 Araguaia-MT

Domingo
Chapecoense-SC 2 x 1 Londrina-PR
Sergipe-SE 3 x 1 Alecrim-RN
São Raimundo-PA 4 x 1 Cristal-AP

Agência Futebol Interior

2 comentários »

Asa-AL e América-MG na decisão da Série C

1comentário

O Campeonato Brasileiro da série C conheceu, neste domingo à tarde, os seus dois finalistas da temporada. América Mineiro e ASA, de Arapiraca-AL, vão buscar um título inédito em suas histórias. Guaratinguetá e Icasa-CE estão fora da disputa, mas os quatro já tinham, de forma antecipada, garantido suas vagas no Brasileiro da Série B, em 2010. A final será definida em dois jogos, com locais sorteados pela CBF, nesta segunda-feira.

O Coelho eliminou o valente Guaratinguetá somente na cobrança de penalidades máximas, por 7 a 6, depois de ganhar o jogo, por 2 a 1. Este foi o placar do primeiro confronto, deixando os dois times em condições iguais.

O América investiu pesado para esta Série C, sendo desde o início apontado como favorito ao título. O Guará formou um time moldado para a competição e se reabilitou moralmente, depois de uma inesperada queda para a Série A2 Paulista. O time paulista sai da competição superando as expectativas iniciais, comprovando a competência de sua administração empresarial, sob o comando de Carlito Arine.

O jogo foi emocionante. O Coelho abriu com Samuel, mas Laécio empatou ainda no primeiro tempo. O gol da vitória mineira aconteceu somente aos 34 minutos do segundo tempo, com Moisés, quando então o Guará sonhava em segurar o empate e chegar à final. Nos pênaltis, valeu muito o aspecto emocional, mesmo assim,  premiou os dois times com a disputa final de 7 a 6.

ASA está bem dirigido

O ASA venceu o Icasa, no Ceará, por 3 a 2, chegando aos quatro pontos em dois jogos, porque o primeiro jogo, em Alagoas terminou empatado, por 1 a 1. O time é dirigido por Vica, ex-zagueiro do Fluminense, e que desponta como mais um nome importante na nova geração de treinadores brasileiros.

Os dois times fizeram grandes campanhas. O Icasa se recuperou também da queda a nivel estadual, onde caiu para a Segunda Divisão do Ceará. O ASA confirmou o seu crescimento e sua força, recolocando o futebol de Alagoas na Série B.

Competição mal organizada

Pela primeira vez na história, o Brasileiro da Série C teve 20 clubes. Mas como a CBF só está interessada com a Seleção Brasileira e os grandes negócios que ela gira, o resto fica em segundo plano. Dessa forma, a entidade usou uma fórmula de disputa para economizar ao máximo.

E durou apenas três meses, o que agrava ainda mais a falta de calendário para os clubes que estão fora da grande elite nacional – os que formam as Séries A e B do Brasileiro.  Por sorte, chegaram às semifinais os melhores. E, se der a lógica, o América será o campeão. Mas a lógica, nem sempre prevalece no futebol.

Agência Futebol Interior

1 comentário »

Sampaio goleia o MAC e dispara na Taça

4comentários

Dois jogos foram realizados pela 1ª fase da Taça Cidade de São Luís, neste domingo, no Estádio Nhozinho Santos.

A rodada dupla teve na preliminar, o empate de 1 a 1, entre Iape e Bacabal. O Canário “Ilha” abriu o placar aos 12 minutos do primeiro tempo. Cinco minutos depois, Anderson empatou para o BEC. Os gols das duas equipes foram marcados de pênalti.

No jogo principal, o Sampaio goleou o MAC por 3 a 0 e se isolou ainda mais na liderança, agora com 18 pontos ganhos. Os gols do Tricolor foram marcados por Juninho, aos 38 minutos do primeiro, e Kléo, aos 42. Aos 7 minutos do segundo tempo, o Sampaio volta a marcar com Leandro.

Resultados de hoje

Iape 1 x 1 Bacabal
Sampaio 3 x 0 Maranhão

Classificação

1º Sampaio – 18 pontos
2º Iape – 15 pontos
3º Moto – 10 pontos
4º JV Lideral – 8 pontos
5º São José – 7 pontos
6º Bacabal – 6 pontos
7º Maranhão – 5 pontos

Próximos jogos

03/09 – Quinta-feira

20h30 – Sampaio x São José
20h30 – Bacabal x Moto

4 comentários »