Didi diz que esperava muita dificuldade

0comentário

O atacante Didi Cearense, autor do primeiro gol, na vitória por 2 a 1, diante do Viana disse que estava preparado para encontrar muita dificuldade na 2ª divisão do Campeonato Maranhense, mas que aos poucos o Moto segue perseguindo o seu principal objetivo que é o acesso à 1ª divisão.

– Segunda divisão sempre é difícil em todo o lugar, o importante é conseguir os pontos para que o Moto possa voltar à primeira divisão. É importante a equipe manter esta regularidade para que possamos conseguir as vitórias – contou.

sem comentário »

Marcinho comanda o Papão

0comentário

O volante Marcinho foi o principal destaque do Moto na vitória por 2 a 1, contra o Viana, pela 2ª divisão do Campeonato Maranhense, hoje à noite, no Estádio Nhozinho Santos. O capitão rubro-negro comandou a equipe na primeira vitória no 2º turno da Segundona.

– Para quem pensava que o Moto estava morto, no domingo conseguimos a classificação para a próxima fase da Taça Cidade e hoje ganhamos uma partida difícil pela 2ª divisão. Acho que o time levantou a autoestima. Agora vamos para outro jogo difícil diante do Sampaio no domingo – afirmou.

Marcinho, no entanto, não poderá enfrentar o Sampaio porque ele já havia atuado no próprio Tricolor na Taça Cidade antes de se transferir para o Moto para a disputa da 2ª divisão.

Além de Marcinho, o Moto não terá Leomir e Didi Cearense, no clássico de domingo, por motivo de suspensão. O meia Juninho com uma contusão no ômbro e o atacante Jack Jone também são dúvidas para o clássico.

sem comentário »

Moto passa pelo Viana

0comentário

 O torcedor do Moto já se acostumou com muita dificuldade nesta temporada e para não fugir à regra, hoje à noite não foi diferente contra o Viana. Após um bom início de primeiro tempo, o time rubro-negro sofreu para segurar o placar de 2 a 1 e garantir a primeira no 2º turno da 2ª divisão do Campeonato Maranhense.

Com o resultado, Moto e Viana lideram o 2º turno com 3 pontos ganhos, mas o Leão da Baixada já realizou dois jogos contra apenas um do Papão.

O Moto precisou de apenas 20 minutos para fazer 2 a 0 e tudo levava a crer que a noite seria de goleada. Didi Cearense fez 1 a 0 aos 12 minutos e Diego Sousa ampliou aos 20 minutos, tudo no 1º tempo.

Quando todo mundo imaginava que o Viana estava morto, o time da Baixada resolveu sair para o jogo e aos poucos começou a dominar o Moto até diminuir aos 28 minutos com gol de Anderson Kamar, numa vacilada do goleiro Flaubert.

No 2º tempo, o Viana procurou chegar ao gol de empate e até chegou a perder duas grandes oportunidades praticamente de dentro do gol. O Moto gastava o tempo e tratou de administrar o placar.

O time rubro-negro volta a jogar no dia 7 de outubro, contra o Chapadinha, às 15h45, no Estádio Lucídio Frazão, em Chapadinha. O Viana encerra a sua participação no 2º turno, no dia 10, às 16h, também contra o Chapadinha, no Estádio Daniel Filho, em Viana.

sem comentário »

Cabrera tem dúvida no Iape

0comentário

O técnico Paulo Fernando Cabrera tem uma única dúvida para definir a escalação do Iape que enfrentará o JV Lideral, no próximo domingo, às 15h30, no CT Walter Lira, na abertura da fase semifinal da Taça Cidade de São Luís.

Cabrera aproveitará o coletivo da sexta-feira pela manhã para definir o substituto do volante Wellington que deixou o clube. A vaga é disputada pelo experiente Pires e Raí.

No restante da equipe, o treinador não tem mais nenhuma dúvida: Jade; Daniel, Hans Muller e Mimica; Jouberth, André Ramos, Pires ou Raí, Curuca e Pedro Júnior; Robson e Paulo César. A viagem com destino a Imperatriz será no sábado.

sem comentário »

Cristiano passa a ser problema no Sampaio

0comentário

O volante Cristiano passou a ser mais um problema para a comissão técnica do Sampaio. O jogador deixou o treinamento desta tarde, após tomar uma pancada no joelho.

A boa notícia foi o retorno de Leandro, Johíldo e Célio Codó que realizaram um treinamento à parte e poderão ficar como opção para o clássico de domingo. Quem está fora da partrica contra o Moto é o lateral-direito Fernandinho que continua no departamento médico e o lateral-esquerdo Raí que recebeu o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir a suspensão.

O time que trabalhou hoje teve: Rodrigo Ramos; Daílson, Walax, Robinho e Tica; Marcelo Mendes, Eloir e Kléo; Tiago Miracema, Gabriel e Gilson.

sem comentário »

Léo é destaque no JV

0comentário

O atacante Léo Carvalho foi o grande destaque no coletivo do JV Lideral realizado hoje. O jogador que é filho do ex-craque Lamartine marcou os quatro gols da goleada dos titulares contra os reservas. Léo será o companheiro de Toninho, no ataque, na partida contra o Iape.

As escalações do zagueiro Fagundes e do lateral-esquerdo Jeferson só deverão ser confirmadas pelo técnico Sandow Feques na sexta-feira. Os dois jogadores se recuperam de contusão e tem poucas chances de atuar.

O JV Lideral estreia no quadrangular da Taça Cidade de São Luís, neste domingo, às 15h30, no CT Walter Lira, com transmissão da Rádio Mirante AM.

sem comentário »

Fala internauta

0comentário

Por Frederick Brandão

Quanta bobagem! Pra começo de conversa, é uma grande falta de educação escrever um texto em caixa alta e cheio de erros! Uns torcedores mal educados e estudados não fariam mal a Bolívia Mais Querida. Sobre a frase do técnico Edson Porto: ele acertou em cheio e está corretíssimo. A partir de agora, todos os resultados passados são fumaça e mais nada. O que adiantar chegar às finais e ser vice-campeão. Qualquer Boliviano sabe que isso já encheu o saco. Essa estória de ficar no quase já deu na telha. Mas agora, felizmente, o Sampaio chegou muito bem. O que não aconteceu nas finais do maranhense, quando chegou se arrastando. O comentário do treinador é o comentário de um técnico profissional que sabe das dificuldades que existem numa fase final, onde todo o trabalho da temporada pode ir por água abaixo em apenas uma partida mal jogada. A mentalidade dele está correta. E acredito que será vitorioso. Essa torcida do Sampaio tem criado tumulto por nada. O jogo contra o Moto não valia nada. A partida que vai valer será a próxima. O Zeca tem razão, um treinador que levou o Sampaio até aqui, não deixou de ser bom só porque não venceu o Moto. É muito barulho por nada. Reafirmo o que Edson Porto levantou, o Sampaio só cumpriu com sua obrigação ao chegar a mais uma final, afinal ele é o maior clube do estado no momento. Agora pra ganhar, tem que jogar tudo, com toda a raça e o coração. E tem que ter o apoio da torcida, não pode ficar pipocando, como tem feito recentemente. Tem que apoiar mesmo! E tem que apoiar o grupo, que chegou liderando a taça, ganhando de todo mundo. Vamos apoiar Edson Porto, porque ele é um técnico experiente e conhece mais sobre o futebol do que nós torcedores. Ele treinou equipes no Japão, em Portugal, no Maranhão, no Rio Grande do Sul. Acho que ele sabe o que diz, e sabe o que faz.

frederickbrandao@hotmail.com

sem comentário »

A meta é o título

0comentário

É inegável que mais importante do que ser campeão do Campeonato Brasileiro da Série D é conseguir o acesso para a Série C. No entanto, os quatro times que subiram para a Terceirona no último domingo (Macaé, Chapecoense, Alecrim e São Raimundo) tem motivos de sobra para brigar pela taça. Qualquer um dos quatro que for campeão conquistará o primeiro título em âmbito nacional de sua história.

O caçula do quarteto é o Macaé, que foi fundado em 1990. O time fluminense foi profissionalizado somente em 1998, e neste mesmo ano conquistou o título da Terceira Divisão do Rio de Janeiro, ainda com o nome de Botafogo de Macaé, que seria mudado no ano seguinte. 

Já Chapecoense e Alecrim possuem muita tradição e títulos em seus estados. O clube catarinense, fundado em 1973, foi três vezes campeão estadual (1977, 1996 2007) e da Taça Santa Catarina (1979), mas não tem nenhuma conquista nacional.

O Alecrim viveu grande fase nas décadas de 60 e 70, época em que viveu seu apogeu. O clube é dono de sete títulos do Campeonato Potiguar (1924, 1925, 1963, 1964, 1968, 1985 e 1986), mas também nunca levantou uma taça além das fronteiras do Rio Grande do Norte. Fundado em 1915, o Alecrim ficou 16 anos afastados de competições nacionais, retornando somente neste ano e já conseguindo o acesso. Agora, o clube quer fazer história e ficar com o título.

Por fim, o São Raimundo, sediado na cidade de Santarém, aparece atualmente como a quarta força do Pará, atrás somente da dupla Paysandu e Remo e do Águia de Marabá. O clube já foi Campeão da Taça Estado do Pará, no ano passado, que equivale ao primeiro turno estadual, e parte em busca do primeiro caneca em torneios nacionais.
 
Agência Futebol Interior

sem comentário »

Futebol é assim…

0comentário

O futebol, de fato, é uma caixinha de surpresas. O Atlético-GO, está no G4 – terceiro colocado, com 47 pontos -, luta pelo acesso no Campeonato Brasileiro da Série B e mesmo assim resolveu trocar de técnico. Saiu Mauro Fernandes para a entrada de Artur Neto.
 
Aliás, esta troca é muito estranha. Mauro Fernandes foi campeão e levou o Dragão ao acesso na Série C 2008. Sem falar que neste ano, estava indo muito bem e, mais uma vez, tinha tudo para conquistar outro acesso no Rubro-negro.

Enquanto isso, Artur Neto amarelou no América-RN. Após dois jogos, ele pediu demissão de forma mandrake e poucas horas depois acertou com o Atlético. Ou seja, alguma coisa, alguma conversa já estava no ar.

Sem falar que não é de hoje que o Atlético é um fenômeno em casa. Nesta Série B foram 13 jogos, com dez vitórias e três empates. Mas o fato de não ganhar fora de casa, o Dragão está há seis jogos sem vencer longe de sua torcida, foi fundamental para esta troca inusitada.

Artur Neto chega respaldado pelo título Goiano que conquistou com o clube em 2007, além de ser conhecido pelo impeto ofensivo e também por já ter trabalhado com alguns jogadore do time, como Pituca, Róbston e Gilson.

Na próxima rodada, o Atlético encara o São Caetano, em busca da recuperação. Artur Neto já ficará no banco.

Agência Futebol Interior

sem comentário »

Surpresas na Série B

0comentário

A rodada de ontem à noite da Série B foi cheia de surpresas. Alguns mandantes se deram mal na rodada. O Vasco, por exemplo foi derrotado em casa pelo Figueirense. O Bahia perdeu para o Duque de Caxias e agora está na zona de rebaixamento. Quem saiu da zona foi o ABC-RN que venceu o Atletico-GO, em Natal.  O Campinense se complicou ainda mais ao ser derrotado, no Amigão pelo Ceará por 3 a 1. O Fortaleza encontrou muita dificuldade, mais conseguiu bater Ipatinga-MG.

 

Confira os resultados:

Ponte Preta-SP 4 x 0 América-RN
Portuguesa-SP 2 x 0 Bragantino-SP
Campinense-PB 1 x 3 Ceará-CE
ABC-RN 2 x 1 Atlético-GO
Brasiliense-DF 0 x 1 Paraná-PR
Vasco da Gama-RJ 1 x 2 Figueirense-SC
São Caetano-SP 1 x 2 Guarani-SP
Bahia-BA 1 x 2 Duque de Caxias-RJ
Vila Nova-GO 1 x 0 Juventude-RS
Fortaleza-CE 1 x 0 Ipatinga-MG

Próximos jogos
 
02/10 – 21h – Paraná-PR x Portuguesa-SP
02/10 – 21h – América-RN x Campinense-PB
02/10 – 21h – Ipatinga-MG x ABC-RN
02/10 – 21h – Juventude-RS x Ponte Preta-SP
03/10 – 16h10 – Guarani-SP x Vila Nova-GO
03/10 – 16h10 – Bragantino-SP x Vasco da Gama-RJ
03/10 – 16h10 – Duque de Caxias-RJ x Brasiliense-DF
03/10 – 16h10 – Figueirense-SC x Bahia-BA
03/10 – 16h10 – Atlético-GO x São Caetano-SP
03/10 – 21h – Ceará-CE x Fortaleza-CE

Classificação

1  Vasco da Gama-RJ 55 pontos
2  Guarani-SP 52 pontos
3  Atlético-GO 47 pontos
4  Ceará-CE 47 pontos
5  Figueirense-SC 45 pontos
6  São Caetano-SP 41 pontos
7  Portuguesa-SP 41 pontos
8  Ponte Preta-SP 39 pontos
9  Brasiliense-DF 37 pontos
10  Bragantino-SP 36 pontos
11  Ipatinga-MG 36 pontos
12  Paraná-PR 35 pontos
13  Vila Nova-GO 35 pontos
14  Duque de Caxias-RJ 33 pontos
15  ABC-RN 31 pontos
16  Juventude-RS 31 pontos
17  Bahia-BA 31 pontos
18  Fortaleza-CE 29 pontos
19  América-RN 28 pontos
20  Campinense-PB 26 pontos

sem comentário »