Em São Paulo…

0comentário

Foi aprovado em primeiro turno na Câmara dos Vereadores de São Paulo na última quarta-feira, o projeto de lei que determina que os jogos de futebol a serem realizados na capital paulista devem terminar no máximo às 23h15. Mas as dificuldades ainda são grandes para que ele se torne realidade.

Mesmo que seja aprovado em segunda votação, o projeto deve ser vetado pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM). Isso porque, em 2007, o político não sancionou projeto de conteúdo semelhante de autoria do então vereador Tião Farias (PSDB). O texto determinava que os jogos disputados nos estádios da cidade não poderiam ter início após as 21 horas. 

Se aprovado, o projeto prejudicaria a grade horária da Rede Globo, detentora dos dieitos de transmissão, que exibe os jogos do Paulistão na TV aberta, por assinatura e pelos pacotes em pay-per-view.

O argumento utilizado para justificar o veto do projeto de lei anterior foi o de que ele teria conteúdo inconstitucional, pois trataria de direito desportivo, matéria cuja competência legislativa é reservada à União e Estados, não podendo o município legislar a esse respeito.

Agência Futebol Interior

sem comentário »

Didi Cearense

14comentários

Sabe quem está retornando ao Moto?

Ninguém mais, ninguém menos que Didi Cearense que chega com a missão de sempre: fazer gols!

Atualmente no União Rondonópolis-MT, Didi marcou três gols nos quatro jogos que realizou. O seu time lidera o campeonato matogrossense. Haja amor pelo Papão.

– Faltam pequenos detalhes a acertar, mas será uma honra outra vez voltar a vestir a camisa do Moto – disse o jogador ao BLOG.

Didi deverá desembarcar em São Luís até a próxima terça-feira e poderá ser a novidade na partida do dia 4, contra o Nacional, às 18h30, no Estádio Nhozinho Santos.

14 comentários »

Três anos sem Raul

5comentários

A data de hoje entrou para a historia do futebol maranhense em 2007. Naquele ano, o futebol maranhense perdia Raul Menezes. Vítima de parada cardíaca, morria diretor de futebol do Moto Club. Ele assistia ao clássico entre Sampaio e Moto, no Estádio Nhozinho Santos pelo Campeonato Maranhense.

Fica a lembrança e muita saudade!

5 comentários »

Você viu?

4comentários

4 comentários »

Nota 10

16comentários

torcida

Fiquei impressionado mais uma vez com o torcedor maranhense. Ele é mesmo extraordinário e mais uma vez demonstrou que é louco por futebol e mais uma vez deu o seu recado: quando a competição é nacional a coisa é bem diferente. Eles estão cansados mesmo é das competições organizadas pela desorganizada FMF.

Muita gente, muita gente mesmo esteve ontem no Estádio Nhozinho Santos para assistir ao jogo entre Sampaio-MA x São Domingos-SE. Em meio a tantos escândalos, burrices e mais burrices de dirigentes, vocês deram um novo show.

Só não me perguntem quantos. Como vocês sabem, a renda aqui quando o estádio erecebe grande público fica sempre para depois.

Valeu galera. Vocês são nota 1o.

Foto: Biaman Prado

16 comentários »

Continua horrível…

2comentários

escurinho

Ainda não foi desta vez que a iluminação do Nhozinho Santos ficou boa. Os engenheiros tentaram dar um “jeitinho”, mas continua uma escuridão só. Tudo bem que o futebol no Maranhão está agonizando, mas quem sabe surge uma luz. O Nhozinho precisa de muita luz. Uma vergonha.

Foto: Biaman Prado

2 comentários »

Romão confessa

0comentário

O zagueiro Romão confessou que colocou a mão na bola, no lance polêmico na partida entre Sampaio-MA x São Domingos-SE e que colocou o Sampaio na 2ª fase da Copa do Brasil. Em entrevista ao repórter Gil Porto, na Rádio Mirante AM afirmou:

“Tocar tocou só que antes tinha acontecido a falta e eu achava que ele tinha marcado a falta, por isso que eu estava tranquilo no lance”.

sem comentário »

Imperatriz

0comentário

Com dois gols de Juninho, o Imperatriz venceu o Santa Quitéria por 2 a 0, ontem à noite, no Estádio Manoel Panelada, em Porto Franco e assumiu a 2ª colocação na Copa União. No próximo domingo, o Cavalo de Aço recebe o Nacional, também no Panelão, em Porto Franco, às 17h.

Classificação

1º Iape – 6 pontos
2º Imperatriz – 4 pontos
3º JV Lideral – 3 pontos
4º Maranhão – 2 ponto
5º Sampaio – 1 ponto (1 jogo / 2 gols pró)
6º Moto – 1 ponto (1 jogo / 0 gol pró)
7º Bacabal – 1 ponto (2 jogos)
8º Santa Quitéria – 1 ponto (0 gol pró)
9º Viana – 1 ponto (saldo -3)
10º Nacional – 0 ponto

Próximos jogos

28/02 – Domingo

15h45 – Santa Quitéria x JV Lideral
16h – Iape x Viana
18h – Maranhão x Moto
17h – Imperatriz x Nacional
17h – Bacabal x Sampaio

sem comentário »

Outra vez a ambulância…

0comentário

Taí uma coisa que está virando moda no futebol do Maranhão esse negócio de ambulância atrasar os jogos de futebol.

No ano passado, o Moto se livrou de tomar uma porrada da CBF durante uma partida com o São Raimundo-PA. A ambulância chegou com 25 minutos de atraso. Todos imaginavam que era jogada do Moto para beneficiar do resultado de um jogo em Macapá.

Nada disso, a FMF havia informado o horário do jogo errado.

Ainda no ano passado, o presidente da FMF obrigou o árbitro Mayron Frederico a iniciar o clássico entre Sampaio e Maranhão, sem que a ambulância estivesse no estádio.

No fim de semana, a partida entre Bacabal e Maranhão, no Correão pela Copa União começou com 25 minutos de atraso. O motivo foi a ambulância que chegou atrasada.

Bem, não terminou não. O jogo entre Sampaio-MA x São Domingos-SE atrasou 5 minutos. E sabem porque? A ambulância gente atrasou de novo. O árbitro Afonso Amorim de Sousa me disse no intervalo que vai relatar o fato na súmula que será encaminhada à CBF.

Vamos ver o que vai acontecer. Bem, mas de quem é a culpa?

sem comentário »

Arbitragem ruim

0comentário

triodopiauiAprendi uma coisa no futebol que é a mais pura realidade. Quando um árbitro aparece durante o jogo é porque ele foi mal, quando ele aparece muito é porque ele foi mal demais.

Foi o que aconteceu ontem à noite com o árbitro Afonso Amorim de Souza, do Piauí que dirigiu a partida entre Sampaio-MA e São Domingos-SE pela Copa do Brasil. Ele conseguiu que as duas equipes reclamasse muito após o jogo.

Amorim deixou de marcar um pênalti legítimo em Castor, aos 6 minutos do 2º tempo. Se não fosse a sinalização do assistente Francisco Machado Gaspar, ele não teria marcado o pênalti aos 47 minutos e que garantiu a classificação do Sampaio para a 2ª fase da Copa do Brasil.

A dúvida dele foi tão grande que provocou a reação da comissão técnica e jogadores do São Domingos. Ainda bem que, mesmo com a escuridão do Nhozinho Santos, o assistente teve coragem e marcou o que viu.

sem comentário »