Apertando o cinto

6comentários

Reunião a portas fechadas. A diretoria quer saber o que está acontecendo com a equipe que ainda não conseguiu realizar nenhuma boa apresentação na temporada. O Sampaio já realizou três jogos e embora não tenha sofrido nenhuma derrota, ainda não chegou a encher os olhos de ninguém.

O primeiro, em Aracaju, o Sampaio empatou com o São Domingos por 1 a 1. O time vencia por 1 a 0, mas acabou falhando e cedendo o empate.

No fim de semana, outro empate e outra atuação que provocou muita reclamação dos dirigentes e da torcida. No empate de 2 a 2 com  o Imperatriz, na estreia da Copa União, a equipe voltou a demonstrar fragilidade na defesa e falta de marcação no meio-campo.

Na quinta-feira, diante do São Domingos, nem mesmo a vitória por 2 a 1 e a classificação para a próxima fase foi o suficiente para esconder o descontentamento dos dirigentes com o time.

– O Sampaio tem um grande elenco, mas não estamos satisfeitos com o desempenho nestes três primeiros jogos. Estamos classificados, mas essa equipe ainda pode render muito mais. Pelo investimento que foi feito você sabe, o Sampaio tem que apresentar resultados melhores – garante o presidente Sérgio Frota.

Ontem à tarde, durante a conversa com comissão técnica e jogadores, Sérgio Frota cobrou resultados, mais empenho e mais futebol. Disse que o clube fará as contratações necessárias para que os resultados em campo aconteçam, mas fez questão de deixar claro a todos que não está nada satisfeito com o que viu até agora.

– Este ano eu estou menos paciente. Conversei com o Porto e ele reconheceu as falhas e explicou tudo que está acontecendo e eu entendi. Quero te dizer que eu só tiro um técnico quando ele demonstra que não tem mais condições de obter os resultados positivos. Você sabe que técnico fica em função dos resultados – explicou Frota.

Foi a demonstração de que qualquer resultado negativo de agora em diante poderá provocar mudanças imediatas na comissão técnica.

O Sampaio enfrenta o Bacabal, neste domingo, às 17h, no Estádio Correão. Os detalhes você acompanha pela Rádio Mirante AM.

6 comentários »

Vamos continuar parados?

2comentários

Ainda continuo inconformado com a passividade dos dirigentes dos futebol no Maranhão. Sei que está difícil convencer a Liga Nordeste que Maranhão e Piauí são de fato, como estudamos desde cedo em geografia, estados da Região Nordeste. Alguém tem dúvida disso?

E qual é a maior dificuldade? Bem, é que continuamos calados, de braços cruzados. Ninguém diz nada, ninguém faz nada.

Ontem, falei com um colega de imprensa de Recife e outro de Aracaju. Foi incrível, mas até eles perguntam se vamos continuar parados esperando o bonde passar.

Temos que apertar a Liga Nordeste, a CBF, quem seja. Temos que buscar o apoio das Federações do Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Alagoas e Paraíba. Temos que buscar o apoio dos grandes clubes como Vitória, Bahia, Sport, Santa Cruz, Náutico, Ceará, Fortaleza, enfim… Temos que nos mexer.

Entendi muito bem o recado do torcedor maranhense, na última quinta-feira. Quase 10 mil estiveram acompanhando a partida do Sampaio, contra o desconhecido São Domingos-SE, pela Copa do Brasil., no Nhozinho Santos. Foi lindo ver o estádio quase todo lotado.

É é apostando na força do  nosso torcedor que defendo que não podemos continuar parados. A hora está passndo…

2 comentários »