JV Lideral

1comentário

O técnico Sandow Feques só deverá definir na próxima sexta-feira, os substitutos de Jefferson (lateral-esquerdo) e Vagno Pereira (volante) que receberam o terceiro cartão amarelo na partida contra o Iape e estão fora do duelo de domingo com o Moto.

O JV Lideral é o líder da Copa União e tem 100% de aproveitamento. O time de Imperatriz venceu todos os quatro jogos que realizou. O Moto está invicto e ocupa a 3º colocação com 10 pontos.

Nos dois únicos confrontos com o Moto, o JV não foi muito bem. Um empate de 2 a 2 em Imperatriz e uma derrota por 2 a 1 em São Luís. Os dois jogos foram válidos pela Taça Cidade de São Luís 2009.

A partida entre Moto e JV Lideral será realizada no próximo domingo, às 16h30, no Estádio Nhozinho Santos.

1 comentário »

Sampaio

0comentário

O atacante Selmir será o principal desfalque do Sampaio para a partida contra o Nacional, nesta quinta-feira, às 15h45,  no Estádio Lourão em Vitória do Mearim.

Com dores musculares na coxa, o jogador foi vetado pelo departamento médico.

O técnico Edson Porto descartou a possibilidade de poupar o meia Castor.

– Não tem nada disso, o Castor sentiu dores musculares juntemente com o Selmir, mas se o departamento médico liberar o jogador ele será escalado para o jogo com o Nacional – adiantou.

O time provável para a partida desta quinta-feira: Rodrigo Ramos; Fernandinho, Mimica, Johíldo e Eloir. Jadão, André Ramos, Marcelo Sá e Castor; Gabriel e Tiago Miracema.

Reforço

A diretoria do Sampaio faz mistério, mas um lateral-esquerdo está sendo contratado e deverá desembarcar em São Luís nesta quarta-feira à noite. Além do lateral-esquerdo, o presidente Sérgio Frota disse que o Sampaio está à procura de um meia.

sem comentário »

Lopes: ‘A causa foi política’

0comentário

O time do Atlético-PR não estava apresentando um grande futebol neste início de temporada, o que levou inclusive a torcedores protestarem em um outdoor na capital paranaense. Mas o fato é que o Furacão não perdia há onze jogos consecutivos, desde o dia 20 de janeiro. Desde então, foram sete vitórias e quatro empates.

Porém, a campanha do time comandado pelo Delegado não foi suficiente para mantê-lo no cargo. Sua demissão foi anunciada pela diretoria atleticana na noite desta segunda-feira. Em entrevista ao programa Redação SporTV, o treinador se mostrou surpreso pela dispensa.

– Fiquei boquiaberto. A causa foi política. Me disseram que estava havendo uma pressão do Conselho para eu sair. Eu disse que se fosse pelos resultados, não poderiam me tirar, pois já estamos garantidos na fase final do Estadual, e avançamos à segunda fase da Copa do Brasil – diz Lopes.

Leia mais no Globoesporte.com

sem comentário »

Frase do dia

1comentário

“A iluminação no Estádio Nhozinho Santos não está boa, mas os árbitros estão dando os jogos senão o campeonato vai parar, mas lá não tem condição de jogo”.

Lucas Lindoso
Presidente da Comissão de Arbitragem – Ceaf

1 comentário »

Imperatriz dispensa três

0comentário

Após a ameaça de demissão do técnico Vinícius Saldanha, o Imperatriz se reapresentou na manhã de hoje, no CT Maranhão do Sul, onde começou a trabahar visando o próximo compromisso pela Copa União 2010, contra o Viana na quinta-feira, no Estádio Manoel Panelada em Porto Franco.
 
Antes do treinamento, a diretoria confirmou o afastamento de três jogadores: os zagueiros Gilson e Júnior Baiano e o meio-campo Sandro. O meia Rubens foi regularizado junto à Federação Maranhense de Futebol e poderá ser utilizado pelo técnico Vinícius Saldanha na partida contra o Viana.

sem comentário »

Faltou bola…

4comentários

vitoriadomearim

Recebi um e-mail do secretário de Cultura, Turismo e Desportos de Vitória do Mearim, Chico de Zenerim. Nunca duvidei que a equipe daquele município tivesse qualquer responsabilidade em relação ao atraso provocado pela falta de rede e da bola oficial utilizada na Copa União.

Zenerim disse que não houve qualquer atraso provocado pela falta de rede. Segundo ele, havia uma rede que é utilizada nos jogos do campeonato local e que a diretoria do Nacional se comprometeu a levar uma outra rede e a bola que é utilizada na competição.

O BLOG entrou em contato com o técnico do Maranhão, Arlindo Azevedo que confirmou a informação do secretário. Ele garantiu que o atraso foi mesmo por conta da falta da bola. “Foi preciso que o Maranhão Atlético Clube cedesse a bola para que a partida começasse, depois a bola chegou e fizeram a troca” – afirmou Arlindo.

O BLOG não fez qualquer comentário em relação ao campo de jogo. Ouvi sim, o técnico do MAC, Arlindo Azevedo fazer muitos elogios ao gramado que segundo ele é muito bom, o que é possível ver através da foto.

O que ninguém imaginava é que a Federação Maranhense de Futebol havia feito a “vistoria” e liberado o campo de jogo com uma rede que não seria apropriada. Já imaginou se o jogo não tivesse acontecido por este motivo. Seríamos alvo de gozação outra vez no cenário nacional. Enfim, a responsabilidade é mesmo da FMF e Nacional.

O presidente da Ceaf, Lucas Lindoso disse que de acordo com o regulamento a obrigação de levar a bola era do Nacional (mandante da partida).

Chico Zenerim disse ainda que a Prefeitura de Vitória do Mearim se sentiu bastante honrada ao sediar uma partida oficial válida pela Copa União e receber clubes como Maranhão e Nacional.

Ainda bem que a Secretaria de Cultura, Turismo e Desporto de Vitória do Mearim procurou o BLOG dar a sua versão sobre o que aconteceu. Não dava mesmo para esperar a FMF se posicionar, o que, na verdade nem deverá acontecer. è melhor ficar calado e deixar o torcedor esquecer.

4 comentários »

Só não enxerga quem não quer…

1comentário

Não compreendo as crises permanentes da torcida do Sampaio que não aceita a postura do time e os resultados neste início de temporada. É claro que todos gostariam de ver um time aplicando goleadas e dando espetáculo dentro de campo. Seria um time tipo a Seleção de 70.

Tirando o Santos que cumpre uma boa campanha no Campeonato Paulista não vejo , no momento nenhuma outra equipe no futebol brasileiro jogando o fino da bola e engolindo os adversário. A grande maioria vem apresentando altos e baixos.

E quando isto não acontece a grita do torcedor é geral. É o que estamos acompanhando no Sampaio. A paciência do torcedor Tricolor anda pequena demais. Cinco, dez, quinze minutos apenas. 

Mas vejam só, o Atlético Paranaense acaba de dispensar o rodado técnico Antônio Lopes. O Palmeiras não suportou mais o Murici Ramalho. E o Vasco que anda ganhando, mesmo jogando mal? São exemplos que acontecem com clubes da primeira divisão, mas que servem para esta reflexão.

Aqui é bem diferente. Estamos todos na 4ª divisão do futebol brasileiro. Mesmo assim, o Sampaio investiu o que foi possível. Fez aquilo que está dentro das condições financeiras do presidente Sérgio Frota. Tenho absoluta certeza que Frota gostaria de ir mais longe, mas se estivesse no lugar dele, também não faria nenhuma loucura no futebol. O sacrifício seria perigoso demais.

O torcedor, por outro lado não quer saber disso. Quer um grande time e excelentes resultados. Estão certos, mas precisam observar melhor o momento do futebol maranhense. Onde o Sérgio Frota vai buscar dinheiro para formar esse “grande time”? Como montar um grande time sozinho, sem patrocínios?

E não me venham querer usar como referência o nível da Copa União. O JV Lideral, por exemplo que lidera a competição com 100% de aproveitamento caiu ao ser goleado pela Ponte Preta-SP. O Sampaio passou, no sufoco após vencer o desconhecido São Domingos-SE por 2 a 1.

A nossa realidade é essa. Só não enxerga quem não quer.

1 comentário »

Nhozinho Santos

0comentário

nhozinhosantos

Blog do Mauricio Araya

sem comentário »

Atlético-PR demite Antônio Lopes

0comentário

0,,35739592-DP,00Um dia após o empate no Atletiba, na Arena da Baixada, o técnico Antônio Lopes foi demitido do Atlético-PR. O site oficial do clube rubro-negro informa que a decisão foi tomada nesta segunda-feira em uma reunião do Conselho Administrativo e da Diretoria de Futebol do Furacão.

De acordo com o site, o auxiliar-técnico Leandro Niehues assumirá o comando do time até o fim do Campeonato Paranaense e nos jogos da Copa do Brasil. Leandro Niehues trabalha no Atlético-PR desde agosto do ano passado.

Antônio Lopes, que assumiu o comando do time em agosto, durante a disputa do Campeonato Brasileiro de 2009, dirigiu o Furacão em 11 partidas pelo Campeonato Paranaense deste ano, com a campanha de seis vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. O time está na vice-liderança da competição, com quatro pontos a menos que o líder Coritiba. Na Copa do Brasil, o treinador conquistou uma vitória e um empate contra o Vilhena-RO e deixou a equipe classificada para a segunda fase da competição.

O Atlético-PR é o adversário do Sampaio na 2ª fase da Copa do Brasil. A primeira partida será realizada no dia 17 de março em São Luís.

Leia mais no Globoesporte.com

sem comentário »